22 de novembro de 2008

Situação de emergência em Santa Catarina

Após 52 dias de chuva, que resultaram em mais de 700 pessoas desabrigadas e seis mortes, o governo de Santa Catarina decretou hoje situação de emergência em todo o Estado.

A perspectiva de que as chuvas continuem de forma significativa sobre o Estado preocupa as autoridades. É uma situação que está grave e tende a piorar cada vez mais com a seqüência das chuvas.

A situação é considerada mais crítica em Joinville, Blumenau, Itajaí, Brusque e na Grande Florianópolis.





Tubulação de gás rompe na BR-470 em SC





A rodovia está interditada nos dois sentidos na altura de Gaspar Um deslizamento de terra no km 41,5 da BR-470 em Gaspar, no Vale do Itajaí, provocou, por volta das 4h deste sábado, o rompimento da tubulação da Companhia de Gás de Santa Catarina (SCGás). Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), o local apresenta uma cratera de 20 metros de profundidade por cem metros de comprimento. O tráfego na rodovia está interditado nos dois sentidos.



Em Brusque, também no Vale do Itajaí, há pelo menos 300 desabrigados e 160 desalojados. De acordo com a Coordenadoria do município, os estragos foram provocados por alagamentos e deslizamentos de terra.

Em Balenário Camboriú, uma rocha desmoronou de um barranco atingindo duas alas e a cozinha do Hospital Santa Inês. Os pacientes foram removidos para outros setores do próprio hospital.

No Norte do Estado, os bairros da Zona da Sul de Joinville são os mais castigados. O Corpo de Bombeiros Voluntários já começou a retirar os moradores das casas nos bairros Morro do Meio, Anita Garibaldi, Jativoca, Jardim Paraíso e Jardim Sofia. Também foram registrados vários casos de deslizamento de terra.

BR 101

Em Itapema, no Litoral Norte, o km 140 da BR 101 está interditado na faixa da esquerda no sentido norte-sul. Já em Paulo Lopes, na Grande Florianópolis, um alagamento interdita totalmente o km 268. O trânsito é desviado por uma via ao lado da BR.


Apagão


Cerca de 28 mil consumidores estão sem energia elétrica desde as 17h em Blumenau e cidades vizinhas. O apagão foi provocada pela queda de árvores sobre a rede de energia, em razão da chuva na região.

De acordo com a Centrais Elétricas de Santa Catarina (Celesc), o apagão afeta 15 mil consumidores em Blumenau, 7 mil em Gaspar e 6 mil em cidades próximas. O trabalho para consertar cabos arrebentados e postes que caíram deve seguir até o domingo à noite, pelo menos. Até lá, alguns pontos da região continuarão sem luz.



Florianópolis



Em Florianópolis, a situação mais crítica por causa dos estragos na chuva nas últimas horas é verificada no Sul da Ilha. Há registro de alagamentos nas localidades de Rio Tavares e Areias do Campeche, além do bairro Monte Cristo, na região continental da Capital. Dez famílias estão desabrigadas no Rio Tavares e na Chico Mendes. Elas estão em abrigos improvisados pela prefeitura em sedes de Conselhos Comunitários dos bairros.
Blog Widget by LinkWithin

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui seu recado.

Recomendo

  • Projeto Valença Troca Livros - Aguardem! Em novembro! Vem aí o *"Projeto Valença Troca Livros"* Sem custo algum, apenas doação, amor. Já tenho alguns livros *livros* para serem trocados...
    Há 6 dias
  • - Cheiro de Goiaba - Mais uma participação da escritora, historiadora *Urda Alice Klueger, *Comentando o seu primeiro dia de aula, na Rua da Glória antiga Escola São José, e q...
    Há 2 semanas
  • - Noite da Família no Clã! No sábado a noite (13/05) foi realizado uma noite super especial com todas as Mães e familiares do Clã, onde rolou bolos e salgad...
    Há 5 meses
  • -

Arquivo do Blog