26 de setembro de 2009

Telas de galinheiro e futebol na TV

Será que telas de galinheiro têm algo a ver com jogos de futebol na TV? Leia este artigo e fique sabendo.

Quatro meses depois de inaugurada a TV Tupi de São Paulo, vai ao ar a TV Tupi do Rio de Janeiro em 20/01/1951. Nessa primeira fase, seus estúdios funcionavam no 4º andar do Edifício Associado. O primeiro diretor da estação é o radialista José Mauro, que antes dirigia as Rádios Associadas cariocas. A programação vai desde o telejornal criado por Luís Jatobá, até Espetáculos Tonelux, com Virgínia Lane, Fantasia, um programa infantil e o O Céu é o Limite, a grande sensação da época, apresentado por Jota Silvestre.

Um dos feitos mais incríveis da TV Tupi foi a transmissão do jogo de futebol entre os selecionados do Brasil e Itália, realizado em 1956, do Maracanã para São Paulo. O técnico da Tupi, Reinaldo Paim, resolveu fazer uma experiência: instalou antenas feitas de tela de galinheiro em Ilhabela e Itapeva e começou a transmissão. O improviso funcionou e os telespectadores paulistas assistiram, pela primeira vez, a um jogo no Maracanã, em transmissão direta.

O feito impressionou alguns técnicos de televisão americanos, que eles chamaram a experiência de O Voo do Besouro, porque o besouro, segundo a aerodinâmica, não teria condições de voar, mas voa.

Fonte de pesquisa: Nosso Século, Abril Cultural, 1980.

Leia Mais ►

As dez coisas que eu detesto!

Recebi este desafio do amigo Alexandre Brendim, do Blog JJ Cabeleireiros. È um dos melhores blogs que eu conheço e recomendo que você faça uma visita. Vale a pena. Como fez o Alexandre, na sequência passo o desafio a mais dez amigos, quem já tiver recebido, pode desconsiderar e quem não quiser fazer não é obrigado. Então vamos a lista:

1) Falsidade

Muitas pessoas usam da falsidade para levar vantagens, obter lucros, ascensão social, desmoralizar outras pessoas, etc. Para mim este é pior lado do ser humano e me deixa muito irritado.

2) Desperdicio

Qualquer desperdicio me deixa irritado. Dentre os que mais me irritam está o desperdicio de comida. Sabem aquelas pessoas que enchem o prato e depois deixam a metade da comida nele? Tenho vontade de enfiar tudo na goela dessas pessoas.

3) Falta de respeito

Uma das coisas que mais acontecem hoje em dia é falta de respeito. Não é só a falta de respeito de pessoa para pessoa. Mas somos constantemente desrespeitados em quase tudo. Como eleitores, cidadãos, consumidores e em muitas situações. isto me deixa muito triste e irritado.

4) Café Doce

Há mais de 30 anos abandonei o açucar e não me acostumei com o adoçante, portanto meu café é amargo. Mas tem lugares que ainda nos servem café já adoçados. Adoro café mas, com açúcar, detesto.

5)  Mau Humor

A vida é bela e curta. Então vamos sorrir. O mau humor deixa a pessoa para baixo e irritada, não vale a pena. Quando encontro alguém mau humorado procuro tentar levantar o astral da pessoa.

6) Maltrato

Tanto faz se com pessoas ou com animais. Sou da opinião que devemos ajudar e proporcionar o bem estar tanto para as pessoas como para com os animais. Assim vivemos em paz com nós mesmo.

7) Dirigir com chuva

Principalmente ser for a noite e em rodovias. Só faço se for necessário.

8) Cerveja quente

Gosto de tomar uma cervejinha, mas tem que estar geladinha e com colarinho.

9) Atraso

Procuro sempre ser pontual. Se alguma coisa me impedir sempre aviso antes que vou me atrasar. Por isto detesto esperar.

10) Fanáticos

Detesto qualquer tipo de fanático. Seja no futebol, religião, política, etc. Acho o fanático uma pessoa perigosa para a sociedade.

Bom, são estas as dez coisas que mais detesto.

Lanço o desafio para os seguintes amigos:

João Ananias do Blog do Ananias

Bianco Garniz do Como Fazer Web

Sonia Regly do Compartilhando as Letras

João Adelino Monteiro do Tudo Grátis

Fabricio Marques do Vestibulando Web

Michelle Carvalho do Blog da Mimi

Roberto Maia do Ti-Rinhas

Dalete do Blogueiras Compulsivas

Roberta do Agulha e Tricot

Principe Encantado do Mensagens Para Nós Dois

Leia Mais ►

25 de setembro de 2009

Mulher tenta anular casamento devido ao tamanho do membro do marido

Poucos dias depois do novo casamento, a bela viúva da fronteira pediu para anular o matrimônio, alegando "erro essencial".


A petição inicial alegava que "o membro viril do marido, além do tamanho descomunal, possui na ponta uma verruga que - segundo avaliação inicial do ginecologista da peticionária, pode até causar câncer uterino". O juiz da causa mandou citar e -  após a contestação - examinar o réu.


O perito médico apôs uma observação instigante: "nas três vezes em que examinei o paciente, o mesmo não conseguiu a ereção, o que é admissível acontecer, em virtude da constrangedora situação". O louvado também colocou-se "à disposição do MM. Juízo para outros esclarecimentos", ressalvando porém que ele próprio "não faria qualquer medição ou apalpação, limitando-se a uma observação visual".


Ante o impasse, o magistrado ´tocou a bola´ para o Ministério Público. O promotor pediu, então, "a designação de audiência especial, nela comparecendo as partes, o perito, o escrivão (este não podendo ser substituído por servidora do sexo feminino), a fim de que o polêmico membro seja exibido em Juízo, para medição e verificação".


O juiz - aliás, recentemente aposentado como desembargador e que guarda cópias amarelecidas das peças dos anos 70 - concordou com o pedido, designando data para a solenidade, mas explicitou uma clara ressalva que correspondia a um encargo: "desde que o ilustre representante do Ministério Público proceda, ele próprio à medição, ou sugira pessoa disposta a aceitar o encargo da medição".


Meia dúzia de dias antes da audiência, a senhora desistiu da causa e - ao que se sabe - continuaria casada. Talvez porque já tivesse se acostumado.

Fonte: Espaço Vital

Leia Mais ►

Vídeo: A Garota do Frank

Depois da Garota do Obama agora quem faz sucesso no Youtube é a Garota do Frank.

Uma estudante de direito de 22 anos em Berlim criou sua homenagem a Frank-Walter Steinmeier, do Partido Social Democrata (SPD), 53 anos, vice-chanceler e ministro das Relações Exteriores.

Com música ao fundo, a moça aparece dançando em vários locais da cidade e beijando imagens de Frank-Walter. No próximo domingo haverá eleições legislativas na Alemanha.

Leia Mais ►

24 de setembro de 2009

TV anuncia o primeiro reality show religioso do mundo

Um pequeno canal de TV da Turquia, o Kanal T, ganhou as páginas dos jornais ao anunciar o início, no término das férias do verão europeu, no final de setembro, do primeiro reality show religioso do mundo.

Um padre católico, um reverendo ortodoxo, um imã muçulmano, um rabino judeu e um monge budista tentarão converter para as suas fileiras um dos dez participantes leigos do programa. Vencerá aquele que mostrar ter-se convertido a um dos cinco credos, e ganhará como prêmio uma peregrinação para local de referência da fé encontrada.

O convertido será acompanhado a Jerusalém pelo rabino, ou irá ao Vaticano junto com o padre católico, ao Tibete, na companhia do monge budista, a Meca, com o imã, ou a Éfeso, acompanhado do reverendo ortodoxo.

Com esse concurso, telespectadores vão encontrar a paz, entende a direção da TV. “Daremos a vocês o maior prêmio do mundo: a fé em Deus”, promete o vice-diretor do Kanal T, Ahmet Ozdemir, em entrevista ao jornal italiano La Repubblica. O nome do programa é “Tobvekarlar Yarisiyor” – Peregrinos em Disputa.

A controvérsia gerada pelo anúncio do programa chegou até o governo. O órgão religioso do Estado recusou-se a autorizar seus imãs a aceitar o convite de participar do programa, considerado “um deboche”.

E você o que acha?

Fonte: ALC

Leia Mais ►

Empreendedor Individual: Veja as atividades autorizadas a se formalizar

Veja, aqui, as 288 ocupações que estão entre as atividades autorizadas a se formalizar.

Está publicada no Diário Oficial da União de quarta-feira (23/09) a Resolução nº 67 do Comitê Gestor do Simples Nacional (CGSN) que amplia a relação de ocupações que podem ser registradas como Empreendedor Individual. Na relação há 288 ocupações. Essa resolução também retira a autorização de registro para atividades consideradas típicas de serviços pessoais para pessoas físicas como de serviço doméstico, de diarista e de baby siter.


Conforme o secretário-executivo do Comitê, Silas Santiago, as 288 ocupações que integram a lista já estavam autorizadas a se registrar como Empreendedor Individual porque estão dentro das atividades integrantes do Código Nacional de Atividades Econômicas (CNAE) que podem se formalizar dessa maneira. O que o Comitê fez foi deixar o tipo de ocupação mais clara, para facilitar o entendimento.

Isso foi necessário, explicou, porque como cada registro de identificação no CNAE pode conter mais de uma atividade, muitos empreendedores estavam com dificuldades de ver o enquadramento da sua ocupação dentro desse mecanismo. “Muitas pessoas não estavam conseguindo identificar a sua ocupação na relação de atividades econômicas permitidas. O que o Comitê fez foi explicitar as ocupações abrangidas por cada CNAE autorizado”, reforçou.

A única entrada de novas atividades contempladas na figura jurídica do Empreendedor Individual foi a autorizada pela Resolução nº 64, publicada no Diário Oficial da União do dia 21 de agosto, permitindo o registro de atividades de produção teatral e de produção musical.


Sobre a retirada da autorização para o registro de ocupações relativas a serviços pessoais a pessoas físicas, Silas Santiago esclareceu que o objetivo é evitar dúvidas em relação ao vínculo empregatício desses profissionais. Além disso, explicou, o Empreendedor Individual não é vantajoso para eles, já que não precisam recolher ISS e podem recolher normalmente os 11% do seu INSS.

Confira a relação completa

Acabador de calçados
Adestrador de cães de guarda
Agente de correio franqueado
Agente de viagens
Agente funerário
Agente matrimonial
Antiquário
Aplicador agrícola
Apurador, coletor e fornecedor de recortes de matérias publicadas em jornais e revistas
Armador de ferragens na construção civil
Arquivista de documentos
Artesão de bijuterias
Artesão em louças, vidro e cristal
Baleiro
Boiadeiro/vaqueiro
Bolacheiro/Biscoiteiro
Caçador
Cantor/Músico independente
Carpinteiro
Instalador
Chocolateiro
Clicherista
Coletor de resíduos perigosos
Colhedor de castanha-do-pará
Colhedor de palmito
Colhedor de produtos não madeireiros
Comerciante de animais vivos e de artigos e alimentos para animais de estimação
Comerciante de artigos de armarinho
Comerciante de artigos de caça, pesca e camping
Comerciante de artigos de cama, mesa e banho
Comerciante de artigos de colchoaria
Comerciante de artigos de cutelaria
Comerciante de artigos de iluminação
Comerciante de artigos de joalheria
Comerciante de artigos de óptica
Comerciante de artigos de relojoaria
Comerciante de artigos de tapeçaria, cortinas e persianas
Comerciante de artigos de viagem
Comerciante de artigos do vestuário e acessórios
Comerciante de artigos eróticos
Comerciante de artigos esportivos
Comerciante de artigos fotográficos e para filmagem
Comerciante de artigos funerários
Comerciante de artigos médicos e ortopédicos
Comerciante de artigos para habitação
Comerciante de artigos usados
Comerciante de bebidas
Comerciante de bicicletas e triciclos; peças e acessórios
Comerciante de brinquedos e artigos recreativos
Comerciante de cal, areia, pedra britada, tijolos e telhas
Comerciante de calçados
Comerciante de discos, CDs, DVDs e fitas
Comerciante de eletrodomésticos e equipamentos de áudio e vídeo
Comerciante de embalagens
Comerciante de equipamentos de telefonia e comunicação
Comerciante de equipamentos e suprimentos de informática
Comerciante de equipamentos para escritório
Comerciante de extintores de incêndio
Comerciante de ferragens e ferramentas
Comerciante de flores, plantas e frutas artificiais
Comerciante de fogos de artifício
Comerciante de gás liquefeito de petróleo (GLP)
Comerciante de instrumentos musicais e acessórios
Comerciante de lubrificantes
Comerciante de madeira e artefatos
Comerciante de materiais de construção em geral
Comerciante de materiais hidráulicos
Comerciante de material elétrico
Comerciante de medicamentos veterinários
Comerciante de móveis
Comerciante de objetos de arte
Comerciante de peças e acessórios novos para veículos automotores
Comerciante de peças e acessórios para aparelhos eletroeletrônicos para uso doméstico
Comerciante de peças e acessórios para motocicletas e motonetas
Comerciante de peças e acessórios usados para veículos automotores
Comerciante de perucas
Comerciante de plantas e flores naturais
Comerciante de pneumáticos e câmaras-de-ar
Comerciante de produtos de limpeza, inseticidas, raticidas e produtos para piscinas
Comerciante de produtos de panificação
Comerciante de produtos de tabacaria
Comerciante de produtos farmacêuticos homeopáticos
Comerciante de produtos farmacêuticos, com manipulação de fórmulas
Comerciante de produtos farmacêuticos, sem manipulação de fórmulas
Comerciante de produtos para festas e natal
Comerciante de produtos religiosos
Comerciante de redes para dormir
Comerciante de sistema de segurança residencial
Comerciante de tecidos
Comerciante de tintas e materiais para pintura
Comerciante de toldos e papel de parede
Comerciante de vidros
Compoteiro
Concreteiro
Cuidador de idosos e enfermos
Cunhador de moedas e medalhas
Distribuidor de água potável em caminhão pipa
Editor de jornais
Editor de lista de dados e de outras informações
Editor de livros
Editor de revistas
Eletricista em residências e estabelecimentos comerciais
Encadernador/Plastificador
Entregador de malotes
Envasador e empacotador
Fabricante de absorventes higiênicos
Fabricante de Açúcar Mascavo
Fabricante de águas naturais
Fabricante de alimentos prontos congelados
Fabricante de Amido e Féculas de Vegetais
Fabricante de artefatos de funilaria
Fabricante de artefatos estampados de metal
Fabricante de artefatos para pesca e esporte
Fabricante de artefatos têxteis para uso doméstico
Fabricante de artigos de cutelaria
Fabricante de aviamentos para costura
Fabricante de balas, confeitos e frutas cristalizadas
Fabricante de bolsas/bolseiro
Fabricante de brinquedos não eletrônicos
Fabricante de calçados de borracha, madeira e tecidos e fibras
Fabricante de calçados de couro
Fabricante de chá
Fabricante de cintos/cinteiro
Fabricante de conservas de frutas
Fabricante de conservas de legumes e outros vegetais
Fabricante de desinfetantes
Fabricante de embalagens de cartolina e papel-cartão
Fabricante de embalagens de madeira
Fabricante de embalagens de papel
Fabricante de especiarias
Fabricante de esquadrias metálicas
Fabricante de fios de algodão
Fabricante de fios de linho, rami, juta, seda e lã
Fabricante de fumo e derivados do fumo
Fabricante de geléia de mocotó
Fabricante de gelo comum
Fabricante de guarda-chuvas e similares
Fabricante de guardanapos e copos de papel
Fabricante de instrumentos musicais
Fabricante de jogos recreativos
Fabricante de Laticínios
Fabricante de letreiros, placas e painéis não luminosos
Fabricante de luminárias e outros equipamentos de iluminação
Fabricante de malas
Fabricante de massas alimentícias
Fabricante de meias
Fabricante de mochilas e carteiras
Fabricante de painéis e letreiros luminosos
Fabricante de pão de queijo congelado
Fabricante de papel
Fabricante de partes de peças do vestuário – facção
Fabricante de partes de roupas íntimas – facção
Fabricante de partes de roupas profissionais – facção
Fabricante de partes para calçados
Fabricante de produtos de polimento
Fabricante de produtos de soja
Fabricante de produtos de tecido não tecido para uso odonto-médico-hospitalar
Fabricante de produtos derivados de carne
Fabricante de Produtos Derivados do Arroz
Fabricante de Rapadura e Melaço
Fabricante de refrescos, xaropes e pós para refrescos
Fabricante de roupas íntimas
Fabricante de sabões e detergentes sintéticos
Fabricante de sucos de frutas, hortaliças e legumes
Farinheiro de Mandioca
Farinheiro de Milho
Filmador
Fornecedor de alimentos preparados para empresas
Fotógrafo aéreo
Fotógrafo submarino
Gravador de carimbos
Guardador de móveis
Humorista
Instalador de equipamentos para orientação à navegação marítima, fluvial e lacustre
Instalador de isolantes acústicos e de vibração
Instalador de isolantes térmicos
Instalador de máquinas e equipamentos industriais
Instalador de painéis publicitários
Instalador de sistema de prevenção contra incêndio
Instalador e reparador de acessórios automotivos
Instalador e reparador de elevadores, escadas e esteiras rolantes
Instalador e reparador de sistemas centrais de ar condicionado, de ventilação e
Refrigeração
Instrutor de cursos gerenciais
Instrutor de cursos preparatórios
Lavadeira de roupas profissionais
Lavrador agrícola
Livreiro
Locador de andaimes
Locador de aparelhos de jogos eletrônicos
Locador de equipamentos científicos, médicos e hospitalares, sem operador
Locador de equipamentos recreativos e esportivos
Locador de fitas de vídeo, DVDs e similares
Locador de livros, revistas, plantas e flores
Locador de máquinas e equipamentos agrícolas sem operador
Locador de máquinas e equipamentos para construção sem operador, exceto andaimes
Locador de máquinas e equipamentos para escritório
Locador de material médico
Locador de móveis, utensílios, instrumentos musicais e aparelhos de uso doméstico e pessoal
Locador de objetos do vestuário, jóias e acessórios
Locador de outras máquinas e equipamentos comerciais e industriais não especificados
anteriormente, sem operador
Locador de palcos, coberturas e outras estruturas de uso temporário, exceto andaimes
Mecânico de motocicletas e motonetas
Moendeiro
Montador de móveis
Montador e instalador de sistemas e equipamentos de iluminação e sinalização em vias
públicas, portos e aeroportos
Moveleiro de móveis metálicos
Operador de marketing direto
Organizador municipal de excursões em veículo próprio
Panfleteiro
Papeleiro
Pastilheiro
Peixeiro
Pescador em água salgada
Pintor de parede
Podador agrícola
Produtor de algas e demais plantas aquáticas
Promotor de turismo local
Promotor de vendas
Proprietário de Albergue não assistencial
Proprietário de camping
Proprietário de cantinas
Proprietário de carro de som para fins publicitários
Proprietário de casa de chá
Proprietário de casa de sucos
Proprietário de casas de festas e eventos
Proprietário de estacionamento de veículos
Proprietário de fliperama
Proprietário de Hospedaria
Proprietário de lanchonete
Proprietário de pensão
Proprietário de Restaurante
Proprietário de sala de acesso à Internet
Proprietário de salão de jogos de sinuca e bilhar
Queijeiro/Manteigueiro
Quitandeiro ambulante
Reciclador de borracha, madeira, papel e vidro
Reciclador de materiais metálicos, exceto alumínio
Reciclador de materiais plásticos
Reciclador de sucatas de alumínio
Reflorestador
Removedor e exumador de cadáver
Reparador de aparelhos e equipamentos para distribuição e controle de energia elétrica
Reparador de balanças industriais e comerciais
Reparador de baterias e acumuladores elétricos, exceto para veículos
Reparador de bicicleta
Reparador de cordas, velames e lonas
Reparador de embarcações para esporte e lazer
Reparador de equipamentos hidráulicos e pneumáticos, exceto válvulas
Reparador de extintor de incêndio
Reparador de filtros industriais
Reparador de geradores, transformadores e motores elétricos
Reparador de máquinas de escrever, calcular e de outros equipamentos não-eletrônicos
para escritório
Reparador de máquinas e aparelhos de refrigeração e ventilação para uso industrial e
Comercial
Reparador de máquinas e aparelhos para a indústria gráfica
Reparador de máquinas e equipamentos para a indústria da madeira
Reparador de máquinas e equipamentos para a indústria têxtil, do vestuário, do couro e calçados
Reparador de máquinas e equipamentos para agricultura e pecuária
Reparador de máquinas e equipamentos para as indústrias de alimentos, bebidas e fumo
Reparador de máquinas motrizes não-elétricas
Reparador de máquinas para bares e lanchonetes
Reparador de máquinas para encadernação
Reparador de máquinas, aparelhos e equipamentos para instalações térmicas
Reparador de tanques, reservatórios metálicos e caldeiras, exceto para veículos
Reparador de tonéis, barris e paletes de madeira
Reparador de tratores agrícolas
Reparador de veículos de tração animal
Restaurador de instrumentos musicais históricos
Restaurador de jogos acionados por moedas
Restaurador de prédios históricos
Retificador de motores para veículos automotores
Revelador de filmes fotográficos
Salineiro/extrator de sal marinho
Salsicheiro/linguiceiro
Sepultador
Serigrafista publicitário
Seringueiro
Tanoeiro
Tecelão de algodão
Técnico de manutenção de computador
Técnico de manutenção de eletrodomésticos
Técnico de manutenção de telefonia
Tintureiro
Transportador aquaviário para passeios turísticos
Transportador de mudanças
Transportador marítimo de carga
Transportador municipal de cargas não perigosas(carreto)
Transportador municipal de travessia por navegação
Transportador municipal hidroviário de cargas
Vidraceiro de edificações

Fonte: Agência Sebrae de Notícias

Leia Mais ►

Seu beijo é salgado?

Conhecida popularmente como a doença do beijo salgado, a fibrose cística não tem cura, mas deve ser tratada para oferecer qualidade de vida e assim uma maior sobrevida.


A Fibrose cística, ou Mucoviscidose, é uma doença hereditária, transmitida geneticamente, que compromete principalmente os sistemas respiratórios e digestivos. Decorrente de uma disfunção das glândulas da secreção exócrina, é caracterizada pela produção de muco mais espesso, que bloqueia as vias respiratórias e também outros órgãos, afeta o pâncreas o fígado entre outros.


A incidência da doença varia de 1 para cada 9.000 nascimentos entre brancos, um indivíduo em cada 25 é portador assintomático do gene. A doença é menos frequente em brancos e asiáticos.A cura ainda não foi descoberta, mas há tratamentos disponíveis que podem oferecer ao paciente mais qualidade de vida.


Hoje, no nosso país, entre os cerca de 3.200 pacientes em acompanhamento, mais de 40% são adultos. Segundo Dr. Paulo Tarso Roth Dalcin, presidente da Comissão de FC (Fibrose Cística) da Sociedade Brasileira de Pneumologia e Tisiologia (SBPT). Estima-se, no entanto que no Brasil haja aproximadamente 8 mil pacientes com a doença. Esta sobrevida prolongada, em média até os 38 anos de idade, só é possível por meio de um tratamento multidisciplinar, afirma Dr. Paulo.


O diagnóstico precoce na maternidade, nos primeiros anos de vida, por meio do teste do pezinho, é obrigatório desde o ano de 2001, quando o ministério da saúde regulamentou o programa nacional de triagem Neonatal (PNTN), através da portaria GM nº 822.


Mas, hoje ainda muitos estados não cumpriram a lei de incluir a FC entre as doenças a ser detectadas pelo teste. O diagnóstico precoce é importante para que se evite o desperdício dos gastos com os sintomas em doentes que ainda não foi identificada a fibrose cística. Muitas vezes nestes casos a doença permanece por anos sem o correto tratamento, gerando custos ao estado e a família.


Quando não é feito o diagnóstico correto os pacientes vão aos consultórios com problemas respiratórios, como sinusite e pneumonia, apresentam mau funcionamento do pâncreas, eliminam gordura nas fezes, diarreia, desnutrição, perda acentuada de peso e suor mais salgado que o normal.


A sensação de beijar a face de alguém com fibrose cística é de um beijo salgado, procure tratamento!

Fonte: www.saudelazer.com

Leia Mais ►

23 de setembro de 2009

Campanha: Segunda sem Carne

O movimento surgiu nos Estados Unidos, espalhou-se na Austrália e na Grã-Bretanha, incentivando as pessoas a não consumirem carne às segundas-feiras.

A Secretaria Municipal do Verde e do Meio Ambiente de São Paulo lançará, no sábado, 3 de outubro, a campanha “Segunda sem Carne”.

A produção de carne é extremamente ineficiente, destacam organizações de saúde pública dos Estados Unidos, e representa uma ameaça aos recursos naturais, à saúde das pessoas e aumenta as emissões de gases que provocam o efeito estufa.

“Não pedimos que você se torne vegetariano nem se transforme em defensor dos direitos dos animais, mas apenas assuma o compromisso de não comer carne uma vez por semana. Nenhuma outra ação é tão simples e poderosa para ajudar o planeta”, diz o texto da campanha nos Estados Unidos.

Estudo da Organização das Nações Unidas para a Agricultura e Alimentação (FAO) mostra que as emissões de gases estufa associada à cadeia de produção de carne representam 18% das emissões totais. O desmatamento para a criação de pastagens, o transporte e o processamento industrial do alimento integram a cadeia produtiva da carne.

Com a quantidade economizada com um dia sem carne cada estadunidense poderia encher a banheira com água cerca de 20 vezes por ano e evitaria o consumo de 44,5 bilhões de litros de gasolina.

A Segunda sem Carne quer incentivar paulistanos a deixarem de consumir o alimento uma vez por semana, levando-os a redescobrir sabores e ampliar o repertório de alimentos.

A campanha terá a parceria da Sociedade Vegetariana Brasileira, com o apoio do Greenpeace, Instituto Polis, Slow Food São Paulo, Agência de Notícias de Direitos dos Animais e do Instituto Nina Rosa.

E você vai participar?

Fonte: ALC

Leia Mais ►

Motociclistas: vítimas das dores nas costas

Depois das dores lombares, as dores nos ombros também são frequentes nesses profissionais.

Cerca de 50% dos motociclistas da região oeste catarinense sofrem de dores lombares. O aumento no número de motocicletas em circulação também tem elevado a procura destes pacientes pelas clínicas de ortopedia. A constatação é do médico ortopedista e traumatologista, Joaquim Reichmann, e tem por base estatística informal do atendimento clínico.

Reichmann adverte que permanecer muito tempo em cima da moto pode provocar dores lombares, especialmente em motociclistas que não estejam em boa forma física ou que mantenham hábitos de posição incorreta sobre a moto. Por isso, o médico orienta uma parada de pelo menos cinco minutos a cada hora para relaxamento e alongamento. “Esse procedimento é vital, especialmente para os motoboys que permanecem durante todo o dia pilotando” alerta.

Depois das dores lombares, as dores nos ombros também são frequentes nesses profissionais. Essa situação decorre, geralmente, dos impactos absorvidos pelo guidom da motocicleta. “Para evitar esse desconforto deve-se fazer exercícios regulares de alongamento”, adverte Reichmann.

Quem utiliza o serviço de moto-táxi com frequência, também está exposto a riscos de complicações e dores nas costas. “O carona da motocicleta não vê os buracos no chão e não pode proteger sua coluna, elevando-se sobre as pernas para aliviar os impactos na coluna vertebral. Portanto, está mais suscetível ao problema e também precisa estar bem alongado”, enfatiza.

As dores na coluna e ombros podem causar também alterações no estado psicológico do motociclista, tornando-o irritado e menos atento. “Sempre que sentir essas alterações, a pessoa deve reavaliar sua condição física, seu alongamento e sua postura para continuar a pilotar”. Joaquim Reichmann lembra que os acidentes com moto geralmente resultam em sérios ferimentos, razão pela qual o motociclista deve estar sempre em boas condições físicas e emocionais para evitá-los.


Fonte: Marcos A. Bedin

MB Comunicação
Assessoria de Imprensa
(49) 3323-4244, (49) 9967-4244
mb@mbcomunicacao.com.br

Leia Mais ►

22 de setembro de 2009

Roupa Nova na Efapi 2009

Com quase 30 anos de estrada, gravando discos e fazendo arranjos, há 8 anos o Roupa Nova não lançava um disco de músicas inéditas.

O grupo, que estará em Chapecó no dia 15 de outubro, durante a Efapi 2009, começou como Famk’s nos anos 70 e virou Roupa Nova no início dos anos 80. Nos últimos 12 anos, a banda realizou projetos de regravações (“Agora Sim!”, 1999), de homenagem aos compositores mineiros (“Ouro de Minas”, 2001), dois volumes de “Acústico” (2004 e 2006) e um disco natalino (“Natal Todo Dia”, 2007).

Pela primeira vez em muitos anos, em 2008 a banda realizou um EP “4U (Four You)” e o lançou em outubro passado – às vésperas de uma acalentada viagem para Londres. Os seis membros da banda – Serginho, Kiko, Nando, Feghali, Cleberson e Paulinho – resolveram que deveriam fazer daquele momento algo ainda mais especial. E, para quem cresceu no mundo da música idolatrando os Beatles, nada mais emocionante do que gravar no estúdio 2 do complexo de Abbey Road, onde a banda mais trabalhava e que não por acaso é o único que jamais foi reformado.

Na bagagem, além dos instrumentos e de toda parafernália, um repertório definido por 10 canções inéditas, 4 regravações e (claro) uma dos Beatles. E, naturalmente, a equipe da premiada diretora Joana Mazzucchelli, com a incumbência de filmar todos os passos dessa nova empreitada.

Todo o trabalho foi naturalmente registrado para um novo DVD, que sai simultaneamente e ainda oferece uma versão bônus exclusiva de “Lumiar”. O DVD mostra bastidores da gravação das novas faixas no estúdio e também cenas da banda na capital inglesa, ao som das gravações do EP “4U”. No repertório de ambos os produtos, vale destacar as revisitações de “Sonho” (1985), “Lembranças” (1996), “Muito Mais” (1997) e “Correndo Perigo” (1990), que ganhou nova letra e virou “A Cor do Dinheiro”. Além disso, uma versão – com arranjo para octeto de cordas – de “She’s Leaving Home”, de McCartney e Lennon, gravada originalmente pelos Beatles no LP “Sgt. Pepper” de 1967 e agora registrada à capela pelo Roupa Nova no estúdio AIR Lyndhurst Hall, instalado numa igreja centenária há 15 anos por Sir George Martin, o lendário produtor e maestro dos Beatles, considerado por muitos o quinto integrante.

“Roupa Nova em Londres” fecha com a canção “Coração da Terra”, com letra que versa sobre preocupações bem atuais e que, como todas as demais novas músicas, oferecem o que a banda sabe fazer de melhor para sua platéia sempre renovada: música de qualidade e alto astral.

Para assistir Roupa Nova, na Efapi, os valores de ingresso são R$ 15 e R$ 7,50 (meia-entrada).

Período da EFAPI 2009: 9 a 18 de outubro de 2009

Local: Parque de Exposições Tancredo Neves, Chapecó (SC)

Promotora: Prefeitura Municipal de Chapecó

Expositores: 650 expositores

Volume de negócios: R$ 110 milhões de reais (10% de incremento)

Público: 500.000 pessoas (11% de crescimento)

Estrutura do parque: área territorial total de 216.000 m2, 52 edificações com área coberta total de 50.000 m2

Edição de 2009: 17ª edição - 42 anos de ininterrupta realização

Fonte: Marcos A. Bedin
MB Comunicação
Assessoria de Imprensa
(49) 3323-4244, (49) 9967-4244
mb@mbcomunicacao.com.br

Leia Mais ►

Não há tempo para burocracia

Superam 150 milhões de reais os prejuízos materiais causados pelas intempéries na zona rural.

A criação de um fundo estadual de catástrofe e a formação de uma força-tarefa multi-institucional para socorrer os produtores rurais atingidos pelos temporais, tormentas e tornados que assolaram as zonas agrícolas do território catarinense, na semana passada são propostas da Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de Santa Catarina (Faesc) para mitigar o sofrimento dos atingidos.

As famílias rurais perderam casas, paióis, aviários, criatórios de suínos, estábulos, etc, e a reconstrução dependerá de dois fatores: um, é o dinheiro para investimento; o outro e a questão legal, formal e burocrática, explica o presidente da Faesc, José Zeferino Pedrozo. Cada benfeitoria que for reconstruída dependerá de projetos, autorizações e licenciamentos que dependem de órgãos públicos de diversas esferas, como Prefeitura, Fatma, Ibama, CREA, etc. Se forem seguidos os ritos normais, levará meses para o cumprimento das formalidades e, nesse caso, muitos abandonarão o campo. “Não há tempo para a burocracia”.

O Fundo de Catástrofe, nutrido por receitas públicas cuja origem seria definida em lei, é a única alternativa para atender com rapidez e eficiência a população em situações críticas, segundo o vice-presidente da Faesc,Enori Barbieri. Outra medida importante é a autorização especial e excepcional para que os agricultores cortem as milhares de árvores retorcidas pelas tormentas e tornados, sem necessidade de autorização do órgão ambiental.

Os proprietários rurais, de regra, não possuem apólices de seguro e, portanto, amargarão, prejuízos pela perda desses bens.“Patrimônios que exigiram uma vida inteira de trabalho para serem construídos foram destruídos em uma noite”.

Pedrozo mostra que a origem da preocupação está na segurança física e econômica das famílias em mais de 4 mil estabelecimentos rurais: “ou eles recebem apoio ou sairão do campo, provocando uma nova onda de êxodo rural”.

O dirigente observa que técnicos e autoridades visitaram os setores atingidos, mas pouca coisa tem sido efetivamente feita em favor dos flagelados. Realça que desespero e o desânimo tomaram conta do campo, onde a população tem idade média de 50 anos e já acumula muitos revezes – cheias, estiagens, crises de preço no mercado agrícola etc.

O presidente da Faesc entende que um programa emergencial de apoio à reconstrução das benfeitorias destroçadas pelos tornados só terá sucesso com a integração dos organismos públicos de todas as esferas do governo. Nesse sentido, Pedrozo – que também preside o Sebrae em Santa Catarina – anunciou que esse integrante do sistema “S” criará mecanismos de apoio às famílias rurais.

A Faesc constatou que, nos 64 municípios mais atingidos, além das perdas de patrimônio, as famílias rurais perderam a capacidade produtiva e renda. Guaraciaba, Salto Veloso e Santa Cecília e a região do extremo oeste, o oeste e meio-oeste catarinense registram os maiores volumes de perdas. Na área de Xanxerê, as tormentas destroçaram muitas construções, equipamentos e rebanhos em Ipuaçu, Ouro Verde, Abelardo Luz, Bom Jesus e Passos Maia. Essa situação afetará o movimento econômico dos municípios e provocará a redução das receitas tributárias, especialmente o retorno do ICMS.

A produção de leite será afetada porque muitos animais morreram e centenas de propriedades continuam sem energia elétrica e, por conta disso, perderam o resultado das últimas ordenhas.

Fonte: Marcos A. Bedin
MB Comunicação
Assessoria de Imprensa
(49) 3323-4244, (49) 9967-4244
mb@mbcomunicacao.com.br

Leia Mais ►

21 de setembro de 2009

Convide seus amigos para a Oktoberfest com o Oktober Cards

O objetivo é que as pessoas se divirtam convidando os colegas para vir a festa de uma forma criativa.

O Parque Vila Germânica lança mais uma novidade para divulgar a 26ª Oktoberfest – de 01 a 18 de outubro - desta vez, utilizando a tecnologia. São cartões virtuais animados - Oktober Cards - que já estão disponíveis no site www.oktobercard.com.br. Basta acessar e realizar o cadastro.

Ao todo são dois modelos de corpinhos animados (masculino e feminino) que podem ser personalizados. Para montar seu card é só colocar uma foto de rosto no local indicado e mandar para seus amigos.


Embora a festa termine dia 18 de outubro, o site do Oktober Card fica no ar até final do ano, iniciando a promoção da festa 2010. A organização da Oktoberfest pretende atingir cerca de 1 milhão de pessoas no mundo inteiro.

Veja também o filme oficial de divulgação da Oktoberfest 2009:

Fonte: Site da Oktoberfest

Leia Mais ►

Saiba se você é um pré-diabético

Este termo é usado para identificar as pessoas que possuem risco potencial de desenvolver o diabetes.

É uma forma ou um estado intermediário entre a normalidade e o diabetes do tipo 2 no adulto. No entanto, sabe-se que nem todos irão deixar a condição de pré-diabético para se tornar um diabético. Mas, por precaução, são considerados em estado de risco para essa progressão.

Existem fatores que são considerados de risco para o desenvolvimento do diabetes. Entre eles estão: o fator da idade (estar acima de 45 anos); o excesso de peso; o sedentarismo; a hipertensão arterial e as alterações nas taxas de colesterol e triglicérides sangüíneos e a história familiar de diabetes .

Isso serve para ambos os sexos. Mulheres que geraram filhos com mais de 4 kg ou que sejam portadoras de Síndrome dos Ovários Policísticos também têm risco aumentado.

Nesses casos, preconiza-se a realização da dosagem de glicemia de jejum ou a realização do teste oral de sobrecarga com glicose, para possível detecção de pré-diabetes ou mesmo diabetes.

A melhor maneira de identificar o pré-diabetes é através da dosagem da glicemia. Sua definição laboratorial dá-se quando a taxa de glicemia de jejum (mínimo de oito horas) encontra-se entre 100 e 125 mg/dl e/ou quando o valor de glicemia na segunda hora do teste de sobrecarga oral à glicose (também chamado de curva glicêmica) está entre 140 e 199 mg/dl (indivíduos classificados também como intolerantes à glicose).

A quantidade de pessoas que evoluem para o diabetes é parecida nos grupos que têm glicemia de jejum alterada e os que apresentam alterações nas taxas de glicemia na segunda hora do teste oral. No mais, apesar de ser raro, outros grupos que não apresentarem essas condições e nem fatores de risco,também podem desenvolver diabetes no futuro.

importante salientar que as pessoas que adquirem novos hábitos no estilo de vida - como a atividade física regular resultando na diminuição de 5 a 7% no peso corporal - ajudam a, no mínimo, retardar o aparecimento do diabetes.

Em grandes estudos realizados com indivíduos com pré-diabetes, tais medidas reduziram a taxa de novos casos em mais de 50% em um período de dois a cinco anos de acompanhamento. Essas mudanças ainda são benéficas para o estado de saúde geral, promovendo menor risco no desenvolvimento de outras doenças, especialmente cardiovasculares.

A busca pela perda de peso pode receber o auxílio de algumas medicações, no entanto, não devemos nos esquecer de que todas essas orientações devem ser realizadas pelo médico, analisando cada situação individualmente.

Ou seja, no geral existem muitas evidências de que o diabetes tipo 2 pode ser prevenido ou ter seu início retardado. Os indivíduos com pré-diabetes podem ser facilmente identificados. Alterações no estilo de vida, especialmente redução moderada do peso e aumento da atividade física são indicadas, além de promoverem efeito positivo adicional na saúde como um todo.

Fonte: Sociedade Brasileira de Diabetes

Leia Mais ►

20 de setembro de 2009

Funcionário era obrigado a tirar roupa

O trabalhador que ajuizou a reclamação informou que era obrigado a caminhar, desnudado, de um vestiário, onde deixava as roupas, até outro vestiário, onde vestia o uniforme da empresa.

A Distribuidora Farmacêutica Panarello Ltda., de Recife (PE), foi condenada pela Justiça do Trabalho a pagar indenização por danos morais a um empregado obrigado a se submeter a revistas íntimas quatro vezes por dia. A 6ª Turma do TST não aceitou recurso da empresa, que questionava tanto a condenação quanto o valor da indenização.


De acordo com a inicial da reclamação trabalhista, os empregados que prestavam serviço no depósito da empresa eram obrigados a se desnudarem totalmente, em quatro momentos do dia: na ocasião do ingresso no ambiente de trabalho, no início do expediente; na saída e no retorno das refeições; e no fim da jornada.


O trabalhador que ajuizou a reclamação informou que era obrigado a caminhar, desnudado, de um vestiário, onde deixava as roupas, até outro vestiário, onde vestia o uniforme da empresa. Apesar de ter firmado termo de ajustamento conduta de âmbito nacional com a Procuradoria Regional do Trabalho da 9ª Região (PR), visando acabar com tais procedimentos, a Panarello não havia cessado a realização da revista íntima em seus empregados na filial de Recife (PE).

A sentença de primeira instância rejeitou o pedido de danos morais, pois considerou não ter sido demonstrado o malefício causado ao empregado, e entendeu “acertado e sem excesso” o procedimento da empresa, ante a responsabilidade pelo controle dos medicamentos de natureza controlada e com alto preço no mercado.
O TRT da 6ª Região (PE), ao julgar recurso ordinário, reformou a sentença e condenou a empresa por afronta à dignidade do trabalhador.


O acórdão destacou que, embora o comércio de medicamentos requeira atenção, o direito de propriedade da empresa e seu poder diretivo não podem extrapolar os princípios fundamentais da dignidade da pessoa humana, da inviolabilidade da intimidade, da honra e da imagem e aquele segundo o qual ninguém será submetido a tratamento desumano ou degradante, todos previstos na Constituição Federal.


O relator do recurso da empresa no TST, ressaltou que a revista íntima moderada, por si só, não é suficiente para provar o constrangimento ou a violação da intimidade. Mas, no caso em análise, ficou expressamente comprovado pelo TRT-PE que a empresa manteve a prática vexatória, e não há a possibilidade de se discutir a questão sem o reexame dos depoimentos, o que é impedido pela Súmula nº 126 do TST.


O julgado rejeitou ainda a alegação da empresa de que a condenação violaria dispositivos das Leis nºs 6.368/1976 e 10.409/2002, que tratam da repressão a tóxicos, pois a prática da revista íntima não se relaciona com a prevenção a drogas ilícitas.

Fonte: Espaço Vital

Leia Mais ►

Você já fez uma peniscopia?

É bem provável que não. Geralmente os homens são menos cuidadosos com sua saúde, principalmente, em se tratando de exames preventivos.

Segundo o artigo, O que é peniscopia?,  do Dr. Nilton Firmino, publicado no Site Médico,  a peniscopia é o exame do pênis com o auxilio do coloscópio e soluções reveladora de lesões, como o Ácido Acético a 5 % e o Azul de Toluidina a 1%.


A peniscopia é principalmente indicada para o diagnóstico de lesões induzidas pelo HPV (Papiloma Vírus Humano) em parceiros de pacientes portadoras desse vírus, que é apontado como causador de Câncer do Colo do Útero, Vagina, Vulva, Reto, Ânus e mais raramente do Pênis.


Além do diagnóstico de HPV, doença sexualmente transmissível mais conhecida como CONDILOMA, a peniscopia pode detectar lesões indicativas de outras doenças como Herpes Genital, infecções por Fungos (Candidíase) ou Bactérias.

Durante a Peniscopia também podem ser encontradas lesões no Orifício Uretral, Glande, Corpo Peniano, Bolsa Escrotal, Regiões Pubiana e Inguinal. Em casos particulares examina-se a Região Anal.


Mais da metade (50 a 70%) dos parceiros regulares de mulheres com CONDILOMA e/ou DISPLASIA CERVICAL (NIC) apresentam lesões de diversas formas, sendo a verrucosa a mais comum. A Peniscopia pode ser considerado o "exame preventivo do homem" coadjuvante na prevenção do Câncer Genital da mulher.


Os parceiros que não apresentam lesões podem ser portadores do vírus em estado latente ou incubado. Vale salientar que existe a possibilidade, embora bem menor, de transmissão não sexual do vírus através de objetos contaminados (vômitos) e até a transmissão materno-fetal.


Fonte: Dr. Nilton Firmino - Ginecologista, Colposcopista e Citopatologista/ Site Médico

Leia Mais ►

Recomendo

  • Projeto Valença Troca Livros - Aguardem! Em novembro! Vem aí o *"Projeto Valença Troca Livros"* Sem custo algum, apenas doação, amor. Já tenho alguns livros *livros* para serem trocados...
    Há 6 dias
  • - Cheiro de Goiaba - Mais uma participação da escritora, historiadora *Urda Alice Klueger, *Comentando o seu primeiro dia de aula, na Rua da Glória antiga Escola São José, e q...
    Há 2 semanas
  • - Noite da Família no Clã! No sábado a noite (13/05) foi realizado uma noite super especial com todas as Mães e familiares do Clã, onde rolou bolos e salgad...
    Há 5 meses
  • -

Arquivo do Blog