17 de janeiro de 2009

Uma história de amor à natureza

Este ano, "seu João", como é conhecido, colhe uma safra recorde em sua plantação de 10 mil árvores. São 800 toneladas que estão sendo colhidas para abastecer grandes redes de supermercado do Paraná e Santa Catarina. Aos 75 anos, o maior produtor de pêra do Estado, João Brongiel, considera-se na flor da vida e faz da proteção à natureza uma bandeira.

A paixão pela fruticultura que João cultiva desde os 14 anos é repassada às novas gerações. Dois filhos e um genro trabalham na produção. "Na verdade toda a família vive em função da pêra", conta. Além disso, ele "adotou" um garoto em Araucária (PR). O menino vivia pelas ruas e morava numa favela. João convidou-o para trabalhar na produção de pêra e hoje, aos 22 anos, o rapaz comprou dois alqueires de terra e já iniciou sua própria plantação com 800 pés, além de continuar auxiliando o pai adotivo. Afinal as árvores levam pelo menos cinco anos para dar os primeiros frutos.

Os caçadores já sabem que devem ficar longe dos 26 alqueires de terra de João. Parte da propriedade é destinada à preservação ambiental. Ali ele vai plantando araucárias e árvores nativas. Quando fala da natureza, os olhos enchem-se de lágrimas. "Sou de paz, mas para defender uma árvore ou um animalzinho eu chego a brigar", confessa.

Em vez de utilizar inseticidas ou espantar os pássaros com rojões, João tem uma espécie de acordo com os passarinhos para que estes não destruam o peral. Ele plantou diversas árvores de ameixa vermelha entre os pés de pêra. "A ameixa amadurece antes e é preferida pelos passarinhos que, assim, deixam as pêras de lado", conta.

Aos 14 anos, João pediu ao pai que deixasse iniciar uma plantação de ameixas e pêras. Aos 16 anos, foi acometido por uma espécie de paralisia que o impediu de andar por seis meses. Mesmo assim, ia carregado ao pomar, verificar pessoalmente cada árvore.

A colheita inicia em janeiro e termina no final de março. Neste período, 27 pessoas trabalham no pomar e na embalagem dos produtos. No restante do ano são 15 empregados. Sacos de papel são amarrados a cada fruta o que preserva o aroma e a coloração natural da pêra. "O brasileiro antes de comprar uma fruta a cheira", ensina João. Em 1986, João colheu a maior pêra de sua vida, com peso de 1,3 kg. Depois de madura, a pêra resiste até um mês na árvore. As árvores do produtor possuem 13 anos. "Quando tiverem de 15 a 25 anos, vou colher oito caixas por pé", prevê.

A partir dos 25 anos a produção começa a cair, por isso ele já possui áreas com novos exemplares. O produtor conta que a terra do pomar está pobre em fósforo, por isso é preciso investir em adubação. No ano passado, João investiu R$ 30 mil na plantação. Este ano vai investir mais R$ 50 mil. A plantação de pêras já transformou-se em atrativo turístico.

Colonizada por descendentes de poloneses, Itaiópolis recebe, com freqüência, visitantes da Polônia que não voltam para casa enquanto não conhecem o peral de João. O produtor diz que a florada dos pés de pêra é a parte mais gratificante de sua plantação. "Isso vira um mar de flores brancas, muito bonito de se ver".

Fonte: Correio do Contestado
Leia Mais ►

Torcedor catarinense ainda não sabe quem vai transmitir o campeonato

Os torcedores catarinenses ainda não sabem quem vai transmitir os jogos do Campeonato Estadual 2009. Que começa neste sábado 17 de janeiro. Uma briga entre as emissoras de televisão RIC Record e RBSTV/Globo na Justiça ainda está indefinida.

A RIC Record teve sucesso, nesta sexta dia 16, na ação número 023.09.004493-5, na 2a. Vara Cível da Capital, conseguindo a tutela antecipada e garantindo o televisionamento exclusivo do Campeonato Catarinense de Futebol, sob pena de multa diária de R$ 100.000,00 em caso de desobediência, ou seja, caso a RBS transmita algum jogo. A decisão foi da juiza Denise Volpato.

Mas a Associação de Clubes de Futebol Profissional de Santa Catarina recorreu nesta sexta mesmo da decisão provisória da juíza, pois tanto os clubes quanto a Federação Catarinense de Futebol, responsáveis pelo campeonato, consideram o contrato de transmissão com a Rede Record desfeito.

A RIC Record anuncia que a primeira transmissão do Campeonato Catarinense 2009 acontece neste domingo, às 16 horas entre Joinville e Criciúma. Já aRBS anuncia que está pronta para transmitir para toda Santa Catarina, menos Grande Florianópolis, o jogo de abertura da temporada de 2009: Avaí X Brusque, neste sábado, às 16h30min, no Estádio da Ressacada, caso a Justiça permita.

Os direitos de transmissão do Campeonato Catarinense foram adquiridos pela Record, em contrato com a Associação de Clubes de Futebol Profissional de Santa Catarina e Federeção Catarinense de Futebol, em dezembro de 2006 para os anos de 2007, 2008 e 2009. Até 2006 os direitos pertenciam ao Grupo RBS. Entre maio e setembro de 2008, a RIC Record foi procurada pela associação. Os clubes queriam mais dinheiro, caso contrário iriam fechar com a afiliada da Rede Globo. A RIC Record não aceitou e em outubro de 2008 o juiz Paulo Bruschi negou liminar pedindo quebra de contrato com a Record. Na decisão, o juiz deixou claro que nos termos apresentados o contrato com a Record continuava em vigor.

As duas entidades futebolísticas afirmam que a Record descumpriu cláusulas importantes do contrato estabelecido entre elas. A Federação Catarinense, a Associação de Clubes de Futebol Profissional e os 10 clubes participantes do Estadual assinaram contrato com a RBS TV, para a transmissão do campeonato.

Assim a briga continua e o torcedor catarinense fica nesta agonia esperando para ver ou não ver.
Leia Mais ►

16 de janeiro de 2009

Faesc faz reivindicações ao governo para amenizar efeitos das enchentes

Um conjunto de reivindicações endereçadas aos governos estadual e federal para minimizar os efeitos das enchentes na região sul-catarinense está sendo sustentado pela Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de Santa Catarina (Faesc). Essas medidas resultam de encontro ocorrido nesta semana em Araranguá e coordenado pelo vice-presidente da Faesc, Enori Barbieri, com Sindicatos rurais, autoridades, líderes e produtores rurais.

As perdas na lavoura do arroz foram pesadas, ficaram na média regional de 20%, mas, em muitas propriedades, 100% das lavouras foram dizimadas. A enchente também prejudicou as culturas de fumo, feijão, milho, melancia, banana, maracujá, mandioca e hortaliças.

Em face dessa situação, a Faesc pediu ao governo estadual que determine à Epagri a elaboração dos laudos técnicos de perdas em todas as propriedades afetadas. Também reivindicou que a Defesa Civil faça o reconhecimento do estado de emergência ou calamidade decretada pelos municípios e que o Tesouro do Estado devolva o crédito do ICMS que os agricultores tem com as aquisições de máquinas e óleo diesel.

A recuperação da infra-estrutura regional é outra prioridade. A Faesc e os produtores solicitaram uma ação conjunta do Estado e dos municípios na reconstrução de estradas vicinais, pontes e pontilhões, além de vias internas das propriedades e erosão dos solos agricultáveis. Os produtores querem que o governador Luiz Henrique atue junto ao governo federal para flexibilização do seguro agrícola e do Proagro-Mais.

Ao governo federal está sendo endereçado outro conjunto de reivindicações em favor dos produtores realmente atingidos e identificados pela Epagri e pela Defesa civil. É considerada medida essencial a prorrogação dos investimentos das parcelas que vencem em 2009 e das parcelas anuais dos custeios agrícolas da safra 2007/2008.

Barbieri destaca que, para evitar nova onda de êxodo rural, é necessário instituir crédito ou bolsa emergência para agricultores com perdas superiores a 50%, além da liberação imediata do seguro rural e do Proagro-Mais. Enfim, pede-se a suspensão da cobrança através de agentes financeiros de todos os empréstimos agrícolas de produtores que apresentarem laudos de perdas até que se encontre uma solução negociável.

A Faesc contabilizou as perdas causadas pelos distúrbios climáticos em diversas regiões catarinenses em cerca de 500 milhões de reais. Das 200 mil propriedades de SC, em torno de 100 mil, de uma forma ou de outra, tiveram prejuízos com as chuvas e estiagens. Os produtos agrícolas mais atingidos pelas enchentes e pelos deslizamentos em Santa Catarina foram arroz, trigo, feijão, bovino de corte e leite, banana, cebola, fumo, hortaliças, mel, milho e soja.

Os prejuízos também são grandes em bovinos de corte, leite e frango. As mortes registradas foram em torno de três mil cabeças por afogamento, perda da produção de leite na segunda maior bacia leiteira do Estado, que é em torno de 10% da produção, e alguns aviários atingidos na região de Blumenau que tiveram perdas totais pela enxurrada em torno de 100 mil aves.

A contabilidade das perdas é a seguinte: Feijão 50%, em torno de 75 mil toneladas perdidas; arroz 20% que são 250 mil toneladas perdidas; trigo 20%, significa 50 mil toneladas perdidas; fumo 25% que equivale a 75 mil toneladas perdidas; mel 50% de quebra em uma produção estimada de 5 mil toneladas; cebola 50% perdida em uma produção estimada de 400 mil toneladas; em hortaliças 90% de perdas e o Estado está sendo abastecido pelo Paraná e São Paulo; a banana interrompeu todo o processo de comercialização por falta de estrutura rodoviária, e não há levantamento das perdas ainda apurado; o leite se estima 10% de perdas diárias ou 400 mil litros/dia; e o milho e a soja contabilizam perdas por estiagem na região produtora: para o milho 15% ou 600 mil toneladas e a soja também 10% ou 100 mil toneladas de perdas.

Marcos A. Bedin
Registro jornalista profissional MTb SC-00085-JP
MB Comunicação
Assessoria de Imprensa
(49) 3323-4244, (49) 9967-4244
mb@mbcomunicacao.com.br
Av. Getúlio Vargas, 870-N, sala
89801-901 Chapecó (SC)
Leia Mais ►

Indústria de chocolate não tem crise

A crise financeira internacional não conseguiu desanimar os empresários da indústria de chocolates. De acordo com a Associação Brasileira de Chocolates, Cacau, Amendoim, Balas e Derivados (Abicab), que representa 18 empresas, o número de contratações temporárias para produção de produtos de Páscoa será de 25 mil funcionários. O número é praticamente igual ao de 2008. Segundo a associação, esses profissionais podem ser efetivados ou aproveitados para substituir férias de funcionários do quadro.

Os trabalhadores estão sendo contratados desde o fim de 2008 por pequenas, médias e grandes empresas. Juntas, reforçarão as linhas de produção com 7,5 mil funcionários. Já as áreas comerciais contratarão 17,5 mil profissionais, divididos entre promotores de vendas e motoristas.

O presidente da entidade, Getúlio Ursulino Netto, afirma que a crise financeira não provocou grandes impactos no setor por diversos fatores. "Trabalhamos com produtos de uso continuado (chocolate em barra, bombons e tabletes). Além disso, contamos com 600 mil pontos de vendas. O preço das matérias-primas não teve aumento relevante. Também já estamos com todas as encomendas fechadas", disse.

Feliz da vida

O empresário Enor Francisco Terres, proprietário da empresa Chocolates Lugano, de Gramado (RS), está feliz da vida. Para atender a demanda deste ano, ele contratará 40 funcionários temporários, que prestarão serviços em sua empresa até o mês de abril. Ele lembra que, em 2008, essas contratações foram de apenas 15 funcionários.

Como novidade para este ano, a empresa conseguiu a licença oficial de mais de dez times de futebol da série A do Campeonato Brasileiro para reproduzir seus mascotes nos produtos, além de chuteiras e bolas de chocolate, combinando sabor e paixão.

"A linha já está sendo comercializada em lojas especializadas dos times de futebol em todo o Brasil. Com essas novidades, as vendas nesta Páscoa devem crescer em 30%", comemora Enor.

Aumento nas vendas

O empresário Márcio Marcondes, proprietário da Munik Chocolates, localizada em São Paulo, também está otimista com as vendas de Páscoa. "Ao contrário do que se especulava, de que poderia haver uma queda nas vendas de Natal, houve um aumento de 2% em relação o ano passado", explica Márcio. O empresário acredita que esse resultado deverá se repetir na Páscoa. "Esperamos aumento de 7% nas vendas", afirma.

Para atender bem seus clientes, Márcio investiu recentemente em mais duas lojas e contratou 60 funcionários temporários. "Vamos aproveitar parte da mão-de-obra utilizada no Natal, quando foram contratados 80 funcionários. Desses, 60 irão reforçar os setores de produção e vendas", explica.

Por: Regina Xeyla - Agência Sebrae de Notícias
Leia Mais ►

Telescópio é atração nas praias de Florianópolis

Nas noites do mês de janeiro, telescópios e lunetas proporcionarão uma visão diferente do céu a visitantes e moradores das praias de Florianóplis. De 19 a 25, o Grupo de Astrofísica e o Grupo de Estudos de Astronomia, ambos ligados à UFSC, percorrem Lagoa da Conceição, Barra da Lagoa, Joaquina, Jurerê, Canasvieiras, Ingleses e Armação do Pântano do Sul, oferecendo ao público a oportunidade de observação de estrelas e planetas.

As atividades integram a semana de abertura do Ano Internacional da Astronomia, que será comemorado em 2009 como uma homenagem aos 400 anos desde as primeiras observações telescópicas dos corpos e fenômenos celestes realizadas pelo cientista italiano Galileu Galilei. O Ano Internacional propõe uma celebração global da Astronomia e suas contribuições para o conhecimento humano.

“O telescópio que usaremos é um Meade. É um telescópio amador, mas já dá para ver coisas de tirar o fôlego”, instiga Alexandre Zabot, doutorando em Física na UFSC, membro do Grupo de Astrofísica. Há vários anos essa equipe desenvolve o projeto de extensão ´De Olho no Céu de Floripa`, proporcionando observações astronômicas nas noites de quarta-feira, no Observatório da UFSC. Para comemorar o Ano Internacional da Astronomia essas atividades serão intensificadas e diversificadas.

Outra equipe que levará equipamentos para as praias de Florianópolis é o Grupo de Estudos em Astronomia (GEA). Também há vários anos, todas as sextas-feiras, esse grupo formado por astrônomos amadores promove palestras no Planetário da UFSC. O GEA é uma entidade sem fins lucrativos, destinada ao estudo de Astronomia. Mantém um acordo de cooperação técnica com o Departamento de Geociências da UFSC e atua no Planetário da universidade. Este ano suas ações também serão intensificadas em comemoração ao Ano Internacional da Astronomia.

As atividades que serão realizadas pela UFSC fazem parte de um projeto que integra diferentes grupos da universidade. A proposta foi aprovada pelo CNPq dentro do ´Programa Especial de Difusão e Popularização da Ciência e Tecnologia`. O projeto permitirá à universidade agregar os trabalhos destas equipes envolvidas com trabalhos de ensino, extensão e pesquisa relacionada à Astronomia, intensificando a divulgação desta que é uma das mais antigas ciências.

Por Arley Reis / Jornalista da Agecom
Leia Mais ►

Começa hoje a Festa Pomerana

Em todos os detalhes da programação, de 16 a 25 de janeiro, a Festa Pomerana se ocupará de celebrar a riqueza da cultura brasileira de origem alemã. A abertura oficial acontece nesta Sexta-feira, dia 16, às 20h, no Palco Cultural em Pomerode, reunindo a beleza da rainhas e princesas, o colorido dos grupos de danças folclóricos e a tradição dos clubes de caça e tiro.

O evento oficial do município de Pomerode mantém a deliciosa gastronomia, a música contagiante e o perfil alegre e familiar como os principais atrativos no ano em que se comemora o cinqüentenário de emancipação da cidade mais alemã do Brasil.

Música

Grande atração do ano de 2008 os alemães da Blechdatschi retornam aos palcos. A banda de instrumentos de sopro, vinda da Bavária, ficou conhecida por sua música vibrante, calorosa e cheia de humor. Tendo o mesmo perfil cativante, o artista internacional “Der Blonde Hans” se apresenta pela primeira vez no Brasil prometendo não deixar ninguém parado com suas apresentações performáticas. Bandas consagradas, como a Banda Cavalinho e Orquestra Os Montanari, também garantem animação de qualidade nos pavilhões.

Gastronomia

Um dos espaços mais apetitosos e de maior sucesso em 2008, a Casa da Gastronomia ressurge ampliada e reformulada nesta 26ª edição. Visto logo na entrada dos pavilhões, o local é ponto de venda de pães e cucas, assados no forno a lenha. Diariamente, as iguarias são preparadas ao vivo, de modo caseiro, levando o sabor único da culinária de “antigamente”. O ambiente também é a sede dos Concursos Culinários, que coloca o visitante como jurado das melhores receitas de bolos, tortas, sobremesas, geléias, licores e muito mais.
Leia Mais ►

15 de janeiro de 2009

Haco lança etiquetas em Braile

A Haco, empresa blumenauense e líder mundial no setor de etiquetas, reafirma sua preocupação com questões de responsabilidade social e lança linha de etiquetas com inscrições em Braille. A idéia surgiu a partir de um trabalho em conjunto com grupos de deficientes visuais, quando foi identificada a carência de produtos que facilitem o acesso destas pessoas ao universo da moda.

Conforme o último censo demográfico realizado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o Brasil possui cerca de 16,5 milhões de deficientes visuais, sendo 160 mil com perda total de visão. Para a concepção da linha, a Haco desenvolveu ampla pesquisa sobre o universo dessa deficiência, chegando a três produtos indicados para receber as inscrições em Braille, de acordo com suas propriedades de leitura.

A nova tecnologia possibilita que as marcas das grifes sejam vistas e sentidas por meio de uma nova linguagem da moda. Mais do que um diferencial para grifes que procuram se destacar no mercado, as etiquetas em Braille representam uma forma importante de inclusão social. A linha é lançada exatamente no ano que marca as comemorações do bicentenário de nascimento do francês Louis Braille, inventor do sistema de escrita homônimo.

História

Como tantas grandes organizações, a líder mundial em etiquetas também tem origem numa pequena empresa familiar. Em 1928, na Vila Itoupava, em Blumenau, Santa Catarina, a família Conrad, vinda da Alemanha, adquiriu uma pequena fábrica de cadarços de algodão. Tratava-se de uma estrutura muito simples, com apenas dez funcionários e seis teares.


Enquanto seguiu implantando o que há de mais avançado em tecnologia, continuou seu processo de expansão, adquirindo mais unidades fabris - atualmente são cinco, quatro no Brasil e uma em Portugal - e ampliando sua representação comercial.

Fonte: Haco Etiquetas
Leia Mais ►

Vagas para professores em Santa Catarina

A Secretaria de Estado da Educação abrirá, a partir de terça-feira (20), inscrições para o processo seletivo de professores Admitidos em Caráter Temporário (ACTs) que atuarão nas salas de tecnologias educacionais de mil escolas da rede pública estadual. As inscrições vão até o dia 19 de fevereiro, mas a Secretaria está divulgando com antecedência para que os candidatos tenham mais tempo na preparação da documentação. Interessados em mais detalhes podem acessar o site www.sed.sc.gov.br, no qual está publicado o edital de número 030/2008, assinado pelo secretário Paulo Bauer. A inscrição será realizada pela internet, por meio do mesmo site.

Ao se inscrever, para apenas uma das regionais, o professor não pode esquecer-se de imprimir o recibo de pré-inscrição e, obrigatoriamente, informar seu endereço eletrônico. De 16 a 20 de fevereiro, é preciso validar esse procedimento na Gerência Regional de Educação (Gered) para a qual o candidato optou.

Para participar do processo seletivo, os professores precisam ter pós-graduação, curso superior com complementação pedagógica, diploma específico do Ensino Médio ou estejam cursando o nível superior na área de tecnologia e informática.

Os novos ACTs vão desenvolver com os professores disciplinas do núcleo comum aulas interativas, de multimídia, aplicando as tecnologias educacionais. “O professor de Ciências, por exemplo, precisa saber bem o conteúdo da sua matéria, mas não tem a obrigatoriedade de entender sobre tecnologias educacionais. Por isso, nas aulas em que for utilizar a tecnologia como ferramenta pedagógica terá um segundo professor para trabalhar essa parte com ele”, explica Elizete.
Leia Mais ►

Crescimento da cadeia produtiva do leite em SC será mostrado na Mercoláctea 2009

Apesar de notabilizado mundialmente como produtor de carne e de grãos, o oeste de Santa Catarina registra um extraordinário desenvolvimento na produção de leite e caminha para tornar-se pólo nacional desse segmento. Pólo dessa região, o município de Chapecó sediará a segunda edição da Mercoláctea Milk Fair de 24 a 26 de março de 2009, no Parque de Exposições Tancredo Neves, em Chapecó. A feira será organizada pela Associação Comercial e Industrial de Chapecó (Acic), Prefeitura Municipal de Chapecó e Agência T12, sendo promovida pela Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de Santa Catarina (Faesc) e demais entidades do agronegócio, com apoio do Sebrae e do Senar.

O leite é produzido por 60.000 produtores rurais e está presente em 80% dos estabelecimentos com até 50 hectares em SC. O sucesso ou o fracasso econômico da atividade leiteira reflete-se de imediato no cotidiano de vasta parcela da população catarinense.

A importância socioeconômica do produto foi captada pelo Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresa (Sebrae) de Santa Catarina que, desde 2004, desenvolve o Arranjo Produtivo Local (APL) do Leite e Derivados do Oeste Catarinense, onde pretende investir mais de R$ 1 milhão de reais em três anos.

O diretor técnico do Sebrae, Anacleto Ortigara, mostra que o leite deixou de ser uma atividade secundária e passou a ser uma das principais geradoras de renda para o produtor catarinense em razão da conjugação de vários fatores que tornaram o Estado o sexto maior produtor nacional. Entre esses fatores situam-se as condições naturais favoráveis, a concentração da produção e a exclusão de produtores de outras cadeias produtivas (como a do fumo), a adoção de sistemas eficientes de produção e profissionalização dos criadores.

O projeto do Sebrae será exibido na Mercoláctea 2009 e tem a parceria da Cooperitaipu, de Pinhalzinho e da Coopercentral Aurora, de Chapecó, e a assessoria técnica e científica da Udesc. O objetivo é melhorar a competitividade e elevar o patamar tecnológico dos empreendimentos rurais produtores de leite, promovendo a sustentabilidade da atividade e habilitação para a participação no mercado internacional.

A expo-feira exibirá máquinas, equipamentos e insumos para a cadeia produtiva, especialmente das indústrias de laticínios, com produtos e serviços para manejo, nutrição, sanidade, qualidade, genética, máquinas, equipamentos, embalagens, etc. A principal clientela visitante/compradora é formada de criadores, técnicos e proprietários de indústrias de processamento.

Para 2009 serão implementadas algumas mudanças, atendendo resultado de consulta aos expositores: o evento será compactado em três dias, de terça-feira à quinta-feira, de acordo com o modelo mundial de feiras técnicas, com duração menor e sem ocupar os dias úteis de início e fim da semana. O setor pecuário será ampliado com maior oferta de material genético e exposição de animais de raças leiteiras, em 2009.

Serão promovidos três eventos paralelos à Mercoláctea Milk Fair 2009: o Showroom da Indústria Láctea, o Seminário do Leite e a Simpósio Interleite.

Marcos A. Bedin
Registro jornalista profissional MTb SC-00085-JP
MB Comunicação
Assessoria de Imprensa
(49) 3323-4244, (49) 9967-4244
mb@mbcomunicacao.com.br
Av. Getúlio Vargas, 870-N, sala
89801-901 Chapecó (SC)
Leia Mais ►

Como você usa a internet ?

Hoje, com as facilidades da tecnologia, vivemos em uma época em que temos um grande diferencial, que é o acesso a diversos tipos de conteúdos e conhecimentos disponíveis na internet, 24 horas por dia, ao menos, para aqueles que têm acesso ao mundo digital. Com empenho, paciência e curiosidade, certamente uma busca neste amplo espaço cultural que é a web, deveria ser no mínimo proveitoso.

Caso você pretenda descobrir novos mundos ou atualizar seus conhecimentos, certamente encontrará muito conteúdo. Seja qual for seu objetivo, desde uma simples consulta para saber os últimos lançamentos do cinema ou um objetivo mais técnico, como fazer um upgrade em seu Photoshop via download, assim como as atualizações para seus variados software estarão lá disponíveis.

A internet é um dos modos mais ágeis e dinâmicos que atualmente temos para ter acesso aos diversos conteúdos espalhados pelo mundo. As formas de comunicação pessoal evoluíram consideravelmente, e hoje é possível manter contato diariamente com pessoas que estão distantes, de maneira simples e objetiva. O resultado deste momento nuca antes vivenciado na história da liberdade de informação e expressão é que temos a possibilidade de ampliarmos consideravelmente nossos horizontes.

O modo com que absorvermos estas diversas informações é que vai nos moldar, pois somos aquilo que consumimos. Se você só se interessar em coisa superficiais e sem utilidade, a probabilidade de você reproduzir essas influências é muito grande. Se você só acessa a internet para ler horóscopo ou fofocas, para se comunicar com seus amigos via orkut, msn e etc, não vai ter subsídios suficientes para formar um conhecimento crítico e criativo e estará perdendo uma enorme fonte de informação.

Aproveitar seu tempo e as facilidades que as novas tecnologias trazem para buscar novos conhecimentos, e ampliar seu mundo subjetivo, certamente ser-lhe-á extremamente útil em sua vida.
Leia Mais ►

A aprendizagem começa apenas na escola ?

Muita vezes, cometemos o erro de pensar que a aprendizagem começa apenas na escola. no entanto, o processo de aprendizagem e desenvolvimento tem início a partir do momento em que a criança começa a interagir com o meio social e cultural no qual vive.

A sala de aula não é o início do aprendizado. A criança, quando chega à escola, já possui conhecimentos acerca da construção de hipóteses e sobre o mundo, ou seja, já adquiriu conhecimentos através do processo da educação informal.

Contudo, é na escola que acontece a educação formal, ela é uma instituição social que exerce a função pela educação sistemática de crianças, jovens e adultos, buscando fazer esta mediação através do ensino sistemático, organizado e planejado.

A criança, desde o seu primeiro dia de vida, está exposta aos elementos culturais produzidos historicamente e à presença do outro, como agente mediador, entre ela e o mundo. Deste modo, ela encontra-se envolta num processo de aprendizagem e desenvolvimento. Embora esta ação não seja planejada de forma sistemática, com teorias e métodos científicos, a criança aprende a falar, a gesticular, adquire conhecimento sobre os objetos que a rodeiam, utiliza os utensílios domésticos( garfo, faca, copo, etc), se comportando de acordo com suas necessidades e possibilidades.

Assim a educação informal assume também um papel importante no aprendizado e desenvolvimento do ser humano. O cotidiano vivenciado, experienciado e observado pela criança produz aprendizado e desenvolvimento e vivencia um conjunto de experiências e opera sobre todo o material cultural.
Leia Mais ►

14 de janeiro de 2009

O Youhooo! Sua adrenalina vai subir

O Parque Unipraias inaugura, amanhã dia 15, o mais moderno trenó de montanha do mundo em Balneário Camboriú, no litoral de Santa Catarina. O equipamento desce por um percurso de trilhos repleto de curvas entre as copas das árvores e com uma vista magnífica da orla da cidade e da praia Central de Balneário.

O Youhooo!, como a atração é chamada, faz a adrenalina dos visitantes subir enquanto o trenó desce um percurso de 710 metros, a uma velocidade de até 60 quilômetros por hora, com um sistema de freios que permite ao condutor controlar a velocidade. O público poderá experimentar a atração radical e alucinante, com toda a segurança, a partir das 14 horas do dia 15/01/2009. Pela manhã o novo equipamento será apresentado à imprensa, autoridades e convidados que poderão experimentar o trenó em primeira mão a partir das 10 horas.

O Youhooo! possui 30 trenós fabricados pela empresa alemã Wiegand, que deslizam nos trilhos pela ação da gravidade e tem sua descida controlada por um sistema de freios que permite apreciar o passeio com mais ou menos velocidade, semelhante ao freio de mão dos tradicionais carrinhos de rolimã. Cada trenó comporta até duas pessoas.

Os visitantes sobem pelo bondinho do Unipraias até a Estação Mata Atlântica e de lá, do alto do morro, podem adquirir ingressos para os trenós. Quem quiser mais emoção, pode fazer ainda os dois percursos de arvorismo do Parque de Aventuras e caminhar nas passarelas ecológicas.

O parque Unipraias é o maior complexo turístico de Balneário Camboriú, com 85 mil m², em meio à Mata Atlântica, compreendendo três estações que se interligam através de 47 bondinhos aéreos com capacidade para até seis pessoas cada. Os bondinhos foram projetados com a mais moderna tecnologia em transportes de pessoas por cabos aéreos, ligando as praias Central e de Laranjeiras através da Estação Mata Atlântica, com 240m de altitude.

Fonte:
Noticenter
Leia Mais ►

Intervenções urbanas

A partir desta quinta-feira (15), dez artistas mostram sua arte nas ruas da maior cidade de Santa Catarina. É a 38ª Coletiva de Artistas que chega para movimentar a agenda cultural de Joinville. Com o tema "Intervenções urbanas", a coletiva estará espalhada em vários locais da cidade e também ganha uma exposição no Anexo 1 do Museu de Arte de Joinville (MAJ), na Cidadela Cultural Antarctica. A abertura do evento está prevista para o Anexo 1 do MAJ, no próprio dia 15, às 20 horas.

Promovido pelo Museu de Arte, com apoio da Fundação Cultural de Joinville, o projeto foi contemplado no Mecenato Municipal 2008, por intermédio do Sistema Municipal de Desenvolvimento pela Cultura (Simdec), e vai distribuir R$ 11.250,00 entre os dez artistas selecionados para a mostra.

As obras são dos artistas Alena Marmo, Coletivo Schokleng, Franzoi, Jefferson W. Kielwagen, Juliano Jahn, Priscila dos Anjos, Ricardo Ledoux, Rogério Negrão, Sérgio Adriano H. e Tirotti.

A Exposição da 38ª Coletiva de Artistas fica aberta até o dia 1º de março de 2009, no Anexo 1 do MAJ, localizado na Cidadela Cultural Antarctica, na rua 15 de Novembro, 1383. A visitação pode ser feita até o dia 1º de fevereiro, de terça-feira a domingo, das 12 às 18 horas; e de 3 de fevereiro a 1º de março, de terça a sexta-feira, das 9 às 17 horas, e sábados, domingos e feriados, das 11 às 17 horas.

Fonte: Secretaria de Comunicação da Prefeitura Municipal de Joinville
Leia Mais ►

Metamorfose Party em Tubarão

O Dia da Visibilidade Travesti, comemorado no dia 29 de janeiro, será lembrado em Tubarão com um evento organizado pela ONG Gata.

A festa Metamorfose Party, que acontece no dia 31 de janeiro, a partir das 23 horas, no Farol Lanches, pretende chamar a atenção para a campanha “Travesti e Respeito”, lançada pelo Programa Nacional de DST e Aids, do Ministério da Saúde. O objetivo é sensibilizar educadores e profissionais de saúde além de motivar travestis e transexuais para cidadania e autoestima. O ingresso para a festa é um litro de leite que será doado às entidades carentes do município.

A ONG Gata atua nos municípios da AMUREL desde 2004 e tem seu foco nas questões de prevenção das DST/HIV/AIDS na população de gays, profissionais do sexo, travestis, transexuais e transgêneros, trabalhando em parceria com o Programa Municipal DST/HIV/AIDS da secretaria municipal de Saúde, de Tubarão.

Fonte: Secom/PMT
Leia Mais ►

Troque Lixo por Livro

Fazer muito mais pela cultura e pela formação de alunos de escolas públicas e particulares de Blumenau e região é o objetivo do projeto Troque Lixo por Livro, coordenado pelo Instituto Evoluir. Este projeto é a prova de que boa vontade e ideias inovadoras fazem toda a diferença. O lixo reciclável das empresas vira livro para as crianças e o que as crianças levam para a escola vira recurso para melhorias na própria escola.

As empresas que participam do projeto doam o lixo para o Instituto, que seleciona os autores e as obras que serão publicadas. É através desse processo que os livros são editados e impressos. As crianças colaboram levando 1kg de lixo reciclável para as escolas, e trocam o material pelos livros. O montante gerado pelas crianças vira investimentos na própria escola.

Os números do Troque Lixo por Livro, que tem três anos e meio, impressionam: 19,3 mil crianças beneficiadas e 250 mil livros distribuídos – o que representa 250 toneladas a menos de lixo nas ruas ou nos morros. Não é a toa que Cristina Marques, escritora e presidente do Instituto Evoluir, recebeu em 2006 o prêmio nacional de Mulher Empreendedora pelo Sebrae.

Um dos grandes enganos que entrava a disseminação da cultura, segundo Cristina, é a ideia de que crianças só gostam daquilo que é dado. “Se elas precisam realizar alguma tarefa para conquistar as coisas, a valorização é muito maior”, diz a escritora. Por isso, para conquistar os livros, as crianças precisam levar para as escolas 1kg de lixo reciclável.

No próximo ano o Instituto Evoluir lança o Livro Trabalhando com Gêneros Literários, obra especialmente desenvolvida para os professores. “É a segunda vez que editamos um material voltado para os professores, que também trocam por lixo”, conta Cristina. O objetivo é trazer informações sobre literatura que auxiliem nas aulas, já que um aluno pode adorar ou detestar um livro, caso não se identifique com o gênero literário.

Fonte: Noticenter
Leia Mais ►

Joinville concentra estudos nas últimas cheias

As enchentes ocorridas na Bacia do Rio Cachoeira nos dias 22 de novembro e 16 de dezembro são também foco do estudo dos técnicos da Secretaria de Infraestrutura Urbana (Seinfra) e do consórcio responsável pela elaboração do Plano Diretor de Drenagem Urbana da Bacia Hidrográfica do Rio Cachoeira (PDDU).

A equipe de trabalho que começou a levantar em dezembro os dados topográficos dos 28 afluentes que compõem a bacia hidrográfica do Cachoeira quer agora aproveitar fotos, imagens e as marcas deixadas pelas águas para definir o tamanho da área de inundação e o período de retorno destas chuvas. "Vamos produzir um mapa aproximado do que aconteceu na enchente, que servirá para balizar os estudos que vão contribuir para evitar novas cheias e amenizar o processo de impermeabilização no rio Cachoeira", diz a engenheira da Seinfra, Carla Brene.

O trabalho envolve o estudo das imagens, saídas a campo para levantar medidas e a análise de como ficou a região durante as inundações. Paralelo a este trabalho segue o levantamento topográfico.

O consórcio responsável pelo plano deverá iniciar ainda este mês o estudo das marés. Para isso, uma régua será implantada na Ponte dos Trabalhadores, no rio Cachoeira. Serão feitas quatro leituras diárias e mais duas nos horários da baixamar e preamar. O professor José Rodolfo Scarati Martins, especialista no assunto, vai coordenar os trabalhos.

O projeto de drenagem vai contemplar inicialmente a bacia hidrográfica do rio Cachoeira e seus 28 afluentes. Esta bacia foi escolhida por concentrar a maior parte da população urbana e localizar-se onde ocorrem boa parte das inundações. Estão previstas 21 obras, no rio Morro Alto, entre pontes, caixas de sedimentação, galerias e tubulação.

São aproximadamente 83 km2 de área e cerca de 93 km lineares de rios entre os bairros centro, Bucarein, América, Glória, Floresta, Anita Garibaldi, Nova Brasília, Atiradores, Guanabara, Boa Vista e Fátima. O plano abrange a qualidade ambiental da bacia hidrográfica, a redução de riscos de inundação e a melhoria da capacidade de gestão ambiental municipal. O estudo técnico do PDDU vai custar R$ 3 milhões e 328 mil.

Fonte: Secretaria de Comunicação da Prefeitura Municipal de Joinville
Leia Mais ►

Furb oferece pós-graduação em web

Especializar profissionais em tecnologias emergentes e sua aplicação no desenvolvimento de sistemas, tornando-os capazes de definir estratégias e processos tecnológicos para o desenvolvimento de aplicações para o ambiente WEB é o objetivo do curso de pós-graduação em nível de especialização em ‘Tecnologia para o desenvolvimento de aplicações WEB’.

Graduados em Ciências da Computação, Sistemas de Informação, Tecnologia em Processamento de Dados ou áreas afins são o público alvo do curso.

Fazem parte da grade curricular disciplinas como ‘Aspectos Jurídicos da Internet’, ‘Banco de Dados na Web’, ‘Modelagem de Sistemas para Web’, ‘Projeto de Website’, ‘Qualidade de Software’ e ‘Segurança na Web’

O curso é oferecido em parceria com o Instituto Gene e as inscrições podem ser feitas até fevereiro.

Mais informações em www.furb.br/pos
Leia Mais ►

Expectativa de bons negócios em Brusque

A 24ª Rodada de Negócios (PRONEGÓCIO), que acontece de 12 a 16 de janeiro de 2009 em Brusque, começou com a expectativa de bons negócios para as empresas participantes. Neste primeiro dia passaram pelo Hotel Montez compradores de várias partes do mundo. A Associação das Micro e Pequenas Empresas de Brusque (AMPE) contou com o apoio da equipe do hotel que preparou uma ampla estrutura para receber todos os visitantes. Juntamente com as mini rodadas ocorridas no final do ano passado contabilizaram-se a comercialização de 140 mil peças.

Apesar de ser a primeira vez que o paraense Ronaldo Câmara, vem a Brusque participar da Rodada, ele já fechou alguns pedidos nas primeiras horas do dia. Câmara demonstrou satisfação com os produtos apresentados, "fiquei surpreso com a variedade de peças em jeans, pensava que eram negociados apenas produtos em malhas", completa.

O dominicano, Diojenes Mendez, que está em Brusque pela 4ª vez consecutiva, garante melhoria na qualidade das peças comercializadas e aposta em boas negociações. "Os produtos desta Rodada estão com menor preço em virtude da valorização da moeda norte americana e também com melhor qualidade, os designs das peças estão com um ótimo acabamento", destaca Mendez. Ele possui uma rede de lojas na Republica Dominicana onde comercializa sua própria marca a Blue Country e também as peças que adquire na Rodada. Mendez destaca também a importância da recepção calorosa dos brusquenses durante o evento.

De acordo com o presidente da Associação, Nilo Schulenburg, os números iniciais estão dentro do previsto. "Tudo o que projetamos para o evento está ocorrendo", finaliza.

Fonte:Ampe
Leia Mais ►

13 de janeiro de 2009

Museu da Colonização retratará vida dos pioneiros

O Museu da Colonização será inaugurado na abertura da maior exposição-feira de difusão tecnológica de Santa Catarina – o Itaipu Rural Show – uma iniciativa da Cooperativa Regional Itaipu que tem como cenário o município de Pinhalzinho, no período de 28 a 31 deste mês de janeiro. Cento e cinqüenta empresas exibirão os últimos avanços da ciência e da indústria fornecedora de insumos para o agronegócio, atraindo um público de 30 mil produtores e empresários rurais. Serão fechados negócios da ordem de 10 milhões de reais.

O presidente da Cooperitaipu, Arno Pandolfo, expôs que o Museu recuperará e preservará a identidade das etnias, a história de pioneirismo e desbravamento da região pelos imigrantes italianos, alemães e poloneses que colonizaram a região. “A compreensão da história contribui para a construção do futuro”, assinala.

Para sede física do Museu, a Cooperitaipu investiu na construção de uma casa típica do período da colonização, com 366 metros quadrados de área construída em três pavimentos. A base é de pedra e a estrutura é de madeira. O acervo inicial terá cerca de 200 peças, entre utensílios domésticos e máquinas e equipamentos utilizados pelos colonizadores. As peças foram obtidas através de doação das famílias rurais associadas à Cooperitaipu. Esse conjunto estará disposto de forma a mostrar aos descendentes como os antepassados viviam a cerca de um século e meio atrás.

As peças começaram a surgir com o programa De Olho na Qualidade, que o Sebrae, o Senar, o Sescoop e a cooperativa desenvolvem nas propriedades rurais desde 1998. O programa tem uma etapa chamada “descarte” em que trata da destinação de bens inservíveis. Nessa fase surgiram muitas peças que deixaram de ser utilizadas no processo produtivo, porém são de elevado valor histórico.

“O Itaipu Rural Show é a maior exposição-feira de difusão tecnológica do agronegócio em Santa Catarina”, explica o coordenador geral do evento Fernando Rohr. Para a 11ª edição, o espaço físico foi ampliado com o arrendamento de 2,5 hectares contíguos destinados às demonstrações agromecânicas. A feira ocupará uma área territorial de 18,5 hectares do Centro de Treinamento e Difusão de Tecnologias Cooperitaipu, localizado no quilômetro 580 da rodovia federal BR-282, a um quilômetro do trevo oeste da cidade de Pinhalzinho, no oeste de Santa Catarina.

O público-alvo é formado por produtores rurais de pequeno e médio porte, técnicos e empresários originários do grande oeste de Santa Catarina, do noroeste do Rio Grande do Sul e do sudoeste do Paraná. São esperadas mais que as 200 excursões registradas na edição 2008, dezenas delas já confirmadas.

O Itaipu Rural Show tem, como patrocinadores, a Nutron Alimentos, Tectron, Creditaipu, Ceraçá e a Prefeitura de Pinhalzinho e, como apoiadores, o Sebrae/SC, Senar/SC, Sescoop/SC e os governos federal e estadual.

Por: Marcos A. Bedin
Registro jornalista profissional MTb SC-00085-JP
MB Comunicação
Assessoria de Imprensa(49) 3323-4244, (49) 9967-4244
mb@mbcomunicacao.com.br
Av. Getúlio Vargas, 870-N, sala
89801-901 Chapecó (SC)
Leia Mais ►

Das Esperanças

A eleição de Barack Obama, assim como com a performance de Gabeira no Rio de Janeiro e também com a crise econômica mundial desencadeada pela economia americana são sinais de esperança ? Leia o texto da psicanalista Návia T. Pattussi Bedin, e dê sua opinião.


Enfim que fiquei profundamente emocionada com a eleição de Barack Obama, assim como com a performance de Gabeira no Rio de Janeiro e também com a crise econômica mundial desencadeada pela economia americana. Cito por ora apenas esses acontecimentos para dizer das minhas esperanças de que temos oportunidades de construir, de reler a nossa própria história quantas vezes desejarmos, de reorganizarmos uma série de funcionamentos de toda a ordem. É claro que essa possibilidade só ocorre quando conseguimos reconhecer a situação, os problemas envolvidos e a partir daí tomar atitudes. Não fugindo à obviedade: nunca conseguimos mudar nada se não houver uma insuportabilidade em relação ao que vivemos e uma disposição de enfrentamento e não de fuga das dores.

Viver efetivamente a sensação de que nada é definitivo também pode ser um bálsamo apesar do pavor e da apreensão que sempre gera o que é da ordem do inusitado e da novidade. A lição que tiro desses episódios é que as perdas, apesar das dores que elas trazem consigo, em muitas circunstâncias podem ser molas que alavancam novos movimentos e faróis que localizam novas forças. Algumas talvez adormecidas e outras tantas ainda não reconhecidas.

Essa possibilidade que temos, enquanto humanos, de subverter a fixidez do que é da ordem da natureza, e rearranjá-la do jeito que nos aprouver, pelo menos na imaginação, é o germe de tudo o que é possível construirmos a partir dos nossos desejos.

Alguma coisa está mudando, apesar do mar de lama que nos envolve e dos problemas de toda a ordem que fazem parte do nosso dia a dia. A história traz consigo movimentos por vezes imperceptíveis. Quarenta e seis anos após Martin Luther King preconizar a igualdade racial elege-se um negro como presidente dos Estados Unidos, um dos países mais preconceituosos do mundo. Fernando Gabeira, usando como bandeira de sua campanha as posturas éticas que tomou no Congresso Nacional e dizendo aos quatro ventos que quem o ajudasse na campanha não teria cargo garantido em função disso, subverte a lógica do perfil do político corrupto, individualista e descompromissado com as causas coletivas, ao quase eleger-se prefeito do Rio de Janeiro.

A falência do mercado financeiro nos dá um grande recado: repensem o consumismo desenfreado, a realização pessoal unicamente através da posse de objetos, o livre mercado, o capitalismo, o socialismo, as economias supostamente fortes e as emergentes, o papel do Estado, o individualismo exacerbado. O que tem valor afinal? Ou melhor, o que ainda tem valor? Até onde vai a nossa liberdade de ação?

O que me chama a atenção é que o resultado do que vivemos hoje, ou do que acontece como surpresa no presente, é sempre algo que vêm sendo escrito de uma forma subliminar, por vezes imperceptível no passado, mas que acaba ordenando e determinando os fatos. Esse outro mundo, que vai além das percepções conscientes, e que subjaz aos nossos sentimentos e realidades teima em nos surpreender, posto que nos portamos como autômatos, alienados em relação ao que somos, ao que nos envolve e que sem nos darmos conta ajudamos a construir.


Návia T. Pattussi Bedin
Psicanalista
naviat@terra.com.br
www.movimentopsicanalitico.com.br
Leia Mais ►

Amosc e Fecam promovem dois cursos em Chapecó

A Associação dos Municípios do Oeste de Santa Catarina (Amosc), em parceria com a Federação Catarinense de Municípios (Fecam), promove dois cursos no mês de fevereiro em Chapecó. O curso “Aspectos tributários do simples nacional e registro mercantil integrado (Regin)” é direcionado aos servidores públicos e a capacitação “Licitação, contrato e pregão” é destinada ao presidente e membro da comissão de licitação, pregoeiro, membro de equipe de apoio, chefe do departamento de compras, assessor jurídico e demais interessados.

Programado para o dia 2 de fevereiro, no auditório da Amosc, o curso sobre aspectos tributários do simples e registro mercantil visa discutir o Estatuto Nacional das Micro Empresas e Empresas de Pequeno Porte e Registro Mercantil Integrado - Regin.

O curso de “Licitação, contrato e pregão” acontece nos dias 2 e 3 no Sindicato dos Bancários com objetivo de orientar servidores municipais sobre as alterações nos processos licitatórios decorrentes da publicação da lei complementar nº 123 (Estatuto das ME e EPP), aborda as modalidades tradicionais de licitação pública, aspectos relevantes da modalidade pregão e procedimentos para implantação e operação do Sistema de Registro de Preço e terceirização no setor público.

Outros aspectos importantes da capacitação estão relacionados ao esclarecimento da modalidade de licitação pregão, presencial e eletrônico, obrigatoriedade da utilização da modalidade pregão na aquisição de bens e serviços comuns com recursos transferidos voluntariamente pela união.

A relação completa dos cursos da Fecam está disponível para consulta na internet no http://www.egem.org.br/ e no http://www.fecam.org.br/ . O acesso é por meio do banner "Eventos e Cursos 2009".
Leia Mais ►

Recomendações para quem vai acampar ou fazer trilhas

Quem decidir fazer trilhas ou acampar para aproveitar as férias deve adotar medidas de segurança para evitar acidentes, além de tomar cuidados para preservar o meio ambiente, orienta a Defesa Civil.

Acondicionar as roupas em sacos plásticos bem fechados, escolher calçados adequados à atividade escolhida e levar um kit básico de primeiros socorros são essenciais.

A Defesa Civil alerta também para que se verifique os calçados antes de usá-los pela manhã, porque algum inseto ou pequeno animal pode ter se alojado no interior deles durante a noite, para se aquecer.

É importante lembrar que as bebidas alcoólicas diminuem a resistência física, então o ideal é evitá-las. Outra dica da Defesa Civil é deixar com algum conhecido o roteiro da atividade, com informações como localização e duração do passeio. Na alimentação, dê preferência a alimentos não-perecíveis como biscoitos, leite em pó, café solúvel e frutas.

Em relação aos cuidados com o meio ambiente, uma das recomendações da Defesa Civil é não acender fogueiras, dando preferência ao uso de fogareiro ou similar. Se não houver alternativa, a orientação é manter a fogueira em pequenas dimensões e apagá-la totalmente ao deixar o local.

O turista não deve tomar banho com sabonete nem lavar louças com detergente em rios, lagos e nascentes, para evitar poluição dos recursos hídricos, e recolher todo o lixo que produzir.

Fonte: Agência Brasil
Leia Mais ►

Base de Dados da Pesquisa Agropecuária na Internet

Desde novembro, está disponível na internet no endereço www.repdigital.cnptia.embrapa.br o Repositório Digital Embrapa, desenvolvido pela Embrapa Informática Agropecuária, em parceria com o Comitê Permanente (CP) do Ainfo da empresa.

O repositório apresenta os textos integrais, em meio eletrônico, dos trabalhos técnico-científicos gerados pela área de pesquisa, desenvolvimento e inovação, editados e publicados pela Embrapa. Com esse sistema, os usuários da informação agora terão maior garantia na recuperação e acesso aos textos disponíveis na Base de Dados da Pesquisa Agropecuária - BDPA.

O conteúdo abrange livros, folhetos, sistemas de produção, capítulos de livros, trabalhos apresentados em eventos, além dos artigos das revistas PAB - Pesquisa Agropecuária Brasileira e Cadernos de Ciência & Tecnologia. Os desenvolvedores usaram a ferramenta livre DSpace, explica o pesquisador da Embrapa Informática Agropecuária Marcos Cezar Visoli. Esse recurso vai propiciar uma integração com outros repositórios de áreas correlatas aos temas de pesquisa da Embrapa e também com outras áreas científicas, uma vez que o software possui esta característica de interoperabilidade.

O repositório abrange 39 comunidades, que foram organizadas por centros de pesquisa da Embrapa. Atualmente há 11 mil itens disponíveis, entre livros, artigos e outros documentos digitais, incluindo formatos de texto, imagem e som. Para Visoli, é um espaço que contribui para a preservação da memória da empresa, facilitando o acesso à informação técnico-científica e garantindo um serviço de qualidade.

Fonte:
Nadir Rodrigues
(MTb/SP 26.948)
Embrapa Informática Agropecuária
Contatos: (19) 3211-5747
Leia Mais ►

12 de janeiro de 2009

Afiliadas de Globo e Record brigam na justiça em SC

Há alguns meses o público catarinense vem recebendo informações desencontradas sobre sua transmissão pela TV do Campeonato Catarinense de Futebol Profissional 2009. De um lado o Grupo RIC (filiado à Rede Record) diz que tem contrato assinado com a Associação dos Clubes para realizar a transmissão dos jogos nos anos de 2007, 2008 e 2009, e que exibirá os jogos. Do outro lado está o Grupo RBS (filiado à Rede Globo) que assinou contrato com a mesma entidade há mais ou menos um mês e divulga em seus veículos que será dela, com exclusividade, a transmissão dos jogos.

Sem uma definição para a polêmica, pairam dúvidas em algumas agências de publicidade que, ao não saberem o que vai acontecer com o televisionamento dos jogos, temem perdas de oportunidades comerciais e, também, um eventual prejuízo para anunciantes que fecharam contratos com as duas redes. Há, também, agências que não definiram a veiculação de marcas que têm no público do futebol, um de seus principais alvos. Quando o impasse terminar, aquelas marcas que optaram por uma ou outra rede, terão que reorganizar suas ações de marketing e comunicação.

Em comunicado enviado ao mercado na última sexta-feira, a RIC diz que a menos de 10 dias do inicio da principal competição do futebol de Santa Catarina, caberá à justiça decidir qual emissora transmitirá os jogos para todo o Estado. A mensagem enfatiza que não houve quebra de contrato por parte da Rede Record, conforme afirmou o presidente da Associação de Clubes, Carlos Crispim, em matéria publicada no Diário Catarinense, no dia 07 de Janeiro. Com a chegada da RIC em Santa Catarina, a emissora passou a ter o direito de transmissão, uma vez que é a afiliada da Rede Record no Estado.

Já para o Grupo RBS, há um contrato assinado com a Associação dos Clubes de Futebol Profissional de Santa Catarina e com a Federação Catarinense de Futebol, no dia 25 de outubro do ano passado, que lhe garante o direito de transmitir o campeonato nos anos de 2009, 2010 e 2011.

O que diz o presidente da FCF Delfim Pádua Peixoto Filho

“Assinamos o contrato com a RBS para três anos de televisionamento do Campeonato Catarinense e está valendo, sem dúvida alguma. Infelizmente estão querendo confundir a opinião pública e os telespectadores, que são os maiores interessados em um televisionamento de qualidade do campeonato”.

Justiça

Há uma ação correndo na Justiça onde a Associação de Clubes acusa a Rede Record de ter descumprido o contrato anterior, ao repassar para a RIC a responsabilidade de transmissão dos jogos do Campeonato Catarinense. A Federação Catarinense de Futebol, através de seu presidente Delfim Peixoto, afirma nos veículos do Grupo RBS, que a qualidade da transmissão feita pela RIC foi precária em 2008, inclusive com transmissão de jogos para cidades onde os mesmos eram realizados, e que por isso vale o contrato assinado com a RBS. “O processo corre na Justiça e não sei o que o Juiz vai decidir, mas para nós (FCF e Associação dos Clubes), o que vai valer é o contrato com a RBS”, enfatiza Delfim Peixoto.

Fonte: Rádio Criciúma
Leia Mais ►

Efeitos da musculação na adolescência

A adolescência é uma fase de muitas transformações e descobertas. Trata-se de um período de alterações psíquicas, sociais e físicas e que, muitas vezes, é encarada com ansiedade por aqueles que estão deixando de ser crianças e ainda não estão se tornando adultos.

Nesta fase, com tantas mudanças aparentes no corpo, muitos adolescentes se entregam ao excesso de atividades musculares para melhorar a aparência. O médico ortopedista e traumatologista, Joaquim Reichmann diz que a atividade muscular é boa e necessária, porém, alguns cuidados devem ser tomados para que o adolescente evite excessos e não sofra danos à saúde, como sobrecarga dos joelhos e distensões musculares. Reichmann faz o alerta em função do crescente número de adolescentes lesionados que procuram as clínicas ortopédicas. “É fundamental que o jovem tenha sempre orientação de um educador físico que irá prescrever os exercícios de acordo com as possibilidades e limitações de cada um”, alerta.

De acordo com o médico, o tempo de exercício deve ser em média de 50 minutos por sessão ou então deve ser fixado de acordo com as metas a serem alcançadas. Reichmann recomenda um intervalo para o organismo se recuperar entre uma sessão e outra e sugere, como freqüência ideal, três vezes por semana salvo em casos de atletas de competição. “Também é importante para quem está praticando musculação não se esquecer do alongamento muscular, principalmente na região lombar e região posterior das pernas” recomenda Reichmann.

Para as meninas que, na maioria, preferem não apresentar grande volume de massa muscular, Reichmann recomenda a atividade muscular com pesos menores e aumento no número de exercícios. No entanto, as orientações de um profissional são fundamentais para evitar exercícios errados que podem provocar distensões musculares, além de dores nas costas, joelhos e pernas e problemas posturais.

Quanto ao momento certo para iniciar as atividades musculares, Reichmann diz que não existe uma idade ideal. “Cada caso é um caso, depende da pretensão. O que não pode haver são excessos de atividades desportivas que podem levar a problemas tipo osteocondrite (inflamação no núcleo de crescimento dos ossos), má postura, tendinites, dores musculares, dores nas articulações” alerta o médico Joaquim Reichmann. Equilíbrio e moderação são os melhores remédios para evitar lesões.
Leia Mais ►

Para Zigelli 2009 será o ano do empreendedorismo

“Viveremos em 2009 o ano do empreendedorismo, uma atitude positiva para o enfrentamento da tão falada crise econômica, como forma para estimular a geração de negócios e empreendimentos sustentáveis”. A manifestação é do diretor superintendente do Sebrae/SC, Carlos Guilherme Zigelli, na solenidade de posse dos novos dirigentes para o biênio 2009/2010, final de semana, em Florianópolis.

O ato foi prestigiado por 500 autoridades e líderes empresariais, entre eles o governador e vice-governador do Estado, presidente da Assembléia Legislativa, deputados e senadores, presidentes de entidades empresariais e órgãos públicos. No Conselho Deliberativo foram empossados José Zeferino Pedrozo, presidente da Federação da Agricultura e Pecuária (Faesc) e Alcântaro Corrêa, presidente da Federação das Indústrias (Fiesc). Para a diretoria executiva foram reconduzidos o diretor superintendente Carlos Guilherme Zigelli, o diretor técnico Anacleto Ângelo Ortigara e o diretor administrativo e financeiro José Alaor Bernardes. No mesmo ato tomaram posse os conselheiros fiscais Eduardo Luiz Collaço Paulo, Enocir Gonçalves, Fernando Pisani de Linhares, Francisco Eugênio Pereira, Gilson Angnes e Marcos José da Silva Arzua.

O discurso de posse de Zigelli foi de otimismo: “Precisamos e vamos superar em 2009 o que foi alcançado em 2008”. Lembrou que o povo catarinense fornece, ao longo de sua história, notáveis exemplos de ousadia, coragem, trabalho, criatividade e enfrentamento de crises.

O diretor chamou a atenção para as mudanças do mercado de trabalho, considerando que, “no mundo globalizado, o fantasma do desemprego se agiganta quando as grandes empresas, em busca de competitividade, aceleram seus processos de automação, produzindo muito mais com muito menos pessoas”. Lembrou, porém, que o desemprego encontra um poderoso antídoto na proliferação de eficientes empresas de pequeno porte.

Carlos Guilherme Zigelli enfatizou que o Sebrae desenvolve e consolida a força empreendedora de Santa Catarina e está voltado para o segmento dos pequenos negócios. Em um breve relato de 2008, destacou que foram atendidas 157.785 pessoas físicas e jurídicas. O atendimento individual à distância, via site, registrou dois milhões de acessos, o teleatendimento receptivo e ativo chegou a 78 mil atendimentos, destacando Santa Catarina entre as demais unidades do sistema Sebrae. A Feira do Empreendedor teve 28 mil visitantes.

Na área de inovação e tecnologia, o Sebrae/SC é referência na aplicação de recursos para as incubadoras de empresas e instituições de ciência e tecnologia, por intermédio de projetos e das chamadas públicas Sebrae/FINEP, para as quais destina 24,49% do orçamento estadual.


Por:
Marcos A. Bedin
Registro jornalista profissional MTb SC-00085-JP
MB Comunicação
Assessoria de Imprensa(49) 3323-4244, (49) 9967-4244
mb@mbcomunicacao.com.br
Av. Getúlio Vargas, 870-N, sala
89801-901 Chapecó (SC)
Leia Mais ►

Befana, a Bruxinha Boazinha

A criançada italiana tem três datas importantes durante o ano: Dia de San Nicolò (6 de dezembro), Natal (25 de dezembro) e Befana, a Bruxinha Boazinha, comemorado na úçtima terça-feira, 6 de janeiro. Nestes três dias, os pequenos recebem presentes e doces.

Pela tradição italiana, a "Befana" passa nas casas para deixar uma meia recheada de balas e chocolates para as crianças que se comportaram bem durante o ano. Para aquelas que foram más com os pais e amiguinhos, a Bruxinha coloca na meia somente pedaços de carvão.

A festa da Epifania – vem daí o nome Befana – é muito antiga e está ligada ao dia em que os três reis Magos visitaram o Menino Jesus, recém-nascido, e levaram-lhe presentes.

É na fria noite entre 5 e 6 de janeiro que a Bruxinha, com seus sapatinhos velhos, e sua inseparável vassoura de palha sobrevoa as casas para deixar presentes e guloseimas às crianças. Assim como Papai-Noel, ela também invade as residências descendo pela chaminé. È por isso que nesta época é comum ver nas casas italianas meias grandes e coloridas penduradas nas lareiras.

Os pequenos, em troca, deixam à velhinha um prato com bergamotas ou laranjas e um copo de vinho. Em algumas cidades italianas se faz a chama "queima da velha", é uma tradição que tem como objetivo incendiar coisas passadas e que não se usam mais, e desejar um bom ano, com coisas e esperanças novinhas em folha.

Fonte : Néia Pavei, da Itália para a Rádio Criciúma.
Leia Mais ►

Ex vice-prefeito de Blumenau não larga o gabinete

Por mais absurdo que possa parecer, Blumenau tem dois vice-prefeitos, um de fato e outro de direito. Enquanto o atual vice-prefeito, Rufinus Seibt(PMDB), está sem sala e espera pelo término da montagem do mobiliário e da decoração, o ex vice-prefeito Edson Brunsfeld(PP) manteve na sala que ocupava até 31 de dezembro.

Devido ao estado de calamidade da cidade, o prefeito João Paulo Kleinübing(DEM), decidiu anunciar os nomes dos 25 membros que irão compor o novo colegiado do governo municipal, em 1º de fevereiro, no entanto Edson Brunsfeld (PP) é o único já anunciado e estabelecido, mesmo sem ter sido nomeado oficialmente. Ele comandará a Secretaria de Governo e Articulação Política, que que nem foi criada ainda. A principal função desta secretaria é relação do poder executivo com o legislativo, tarefa desnecessária pois a base governista tem 13 dos 15 vereadores.

Entenda melhor a situação

Eleito para seu primeiro mandato em 2004, o prefeito João Paulo Kleinübing(DEM) com vice Edson Brunsfeld (PP), derrotando na época, entre outras canditaduras, a coligação PT/PMDB. Durante os quatros anos como é comum na política o PMDB mudou de lado e veio fazer parte do governo Kleinübing. Na composição para a reeleição em 2008 o PMDB exigiu indicar o candidato a vice na chapa de Kleinübing, ou se bandearia de novo para os lados do PT, que oferecia a vaga almejada. Para não deixar o PMDB escapar, o vice-prefeito Edson Brunsfeld (PP), foi convencido a seder a vaga para Rufinus Seibt(PMDB), provavelmente com a promessa de que manteria o status de vice no segundo mandato.





Leia Mais ►

Prefeitura Municipal de Brusque Lança Edital para ACTs

A Prefeitura Municipal de Brusque lançou edital de inscrição para o processo seletivo dos professores da rede municipal de ensino que atuarão em regime de admissão em caráter temporário. Para baixar o Edital clique aqui.

Segundo a secretária de educação de Brusque, Gleusa Luci Fischer, estarão sendo contratados profissionais para atuar na Educação Infantil, ensino fundamental e orientadores pedagógicos. O processo de inscrição será entre os dias 12 e 16 de janeiro na Prefeitura e a seleção se dará exclusivamente por meio de análise de títulos. A expectativa é de que aproximadamente 350 professores sejam selecionados no processo. O ano letivo terá início a partir do dia 16 de fevereiro, incluindo aí, as creches da rede municipal.

Sobre a escolha de vagas para os professores que atuarão em caráter de contratação temporária, conforme o cronograma, no dia 28 de janeiro ocorrerá a escolha de vagas para quem deseja atuar como orientador.

Na manhã do dia 29, será o momento dos profissionais que irão atuar na Educação Infantil. No período da tarde, haverá a escolha para os professores que vão trabalhar nos anos iniciais do ensino fundamental. Na manhã do dia 30 de janeiro, haverá a escolha de vagas dos professores que vão lecionar nos anos finais do ensino fundamental e no ensino médio.
Leia Mais ►

11 de janeiro de 2009

Visita virtual pode ajudar paciente internado na UTI ?

Segundo Silvia Chaves, coordenadora administrativa do Hospital Dr. JK de Brasília, sim. Leia a reportagem e saiba mais.

Os pacientes submetidos a cirurgias de grande porte ou de alta complexidade muitas vezes demandam internação em Unidade de Terapia Intensiva para monitorização constante, até que estejam aptos a seguir para enfermaria ou apartamento. Na UTI, com o objetivo de garantir a segurança, as visitas são restritas. Mas, um hospital de Brasília, o Dr. JK, decidiu minimizar a distância entre o paciente e seu núcleo familiar e social, através do serviço de Visita Virtual.

A novidade, que permite a comunicação entre pacientes internados e pessoas em qualquer lugar do planeta, utiliza o sistema WebEx. O contato é feito por meio de um notebook, devidamente preparado pela equipe de TI da instituição, que é levado ao leito em horário previamente agendado. O comunicação contempla imagem e áudio.

"A Visita Virtual ajuda na recuperação porque reduz a sensação de isolamento e o impacto psicossocial da internação em UTI", destaca Silvia Chaves, coordenadora administrativa do Hospital. A maior parte dos pacientes quer estar mais próxima da família, mas a executiva destaca que alguns aproveitam o recurso para estabelecer contato com colegas de trabalho.

Cada sessão de Visita Virtual tem duração de aproximadamente 40 minutos. O serviço é gratuito e está disponível de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h. Para fazer a solicitação é preciso contatar à equipe de enfermagem e contar com a liberação médica. "Inicialmente, apenas pacientes em Terapia Intensiva podem desfrutar da comodidade. Dado o impacto positivo, em 2009 o serviço será ampliado para todo o Hospital", antecipa Silvia.

Fonte:
Carla Furtado
AthenaPress
Unidade do Grupo Athena
(61) 3326 2066 e 8473 3509
athenapress@grupoathena.com.br
www.grupoathena.com.br
Leia Mais ►

Alagoas reduz burocracia para regularização de empresas

Para a maioria dos empresários brasileiros, legalizar o negócio é uma verdadeira “via crucis”. São tantos documentos, taxas, obrigações e uma rede burocrática que acabam por desestimular o crescimento e o desenvolvimento do País. Segundo dados do Banco Mundial, o tempo médio para se abrir uma empresa no Brasil é de 152 dias. Mas para os empreendedores alagoanos que desejam abrir e legalizar suas empresas a realidade é bem diferente.

Inaugurada em 2001, a Central de Atendimento Empresarial Fácil Maceió é referência internacional em agilidade na abertura e legalização de empresas. Em apenas três dias, o empresário tem sua empresa legalizada. “Há empresas que conseguem ser abertas em até 24 horas”, afirma a gerente da Unidade de Políticas Públicas do Sebrae, Maria Izabel Vasconcelos.

Os bons resultados do Fácil Maceió motivaram a implantação, em agosto de 2007, do Fácil Arapiraca, que atende aos empresários e empreendedores de 20 municípios do agreste e sertão, incluindo Arapiraca. Nessa região, no último mês de novembro, o prazo caiu de 7 para 3 dias, atingindo a média da capital. “Com mais agilidade e menos burocracia, as pequenas empresas conseguem ampliar suas condições de sobrevivência”, afirma a diretora técnica do Sebrae, Renata Fonseca.

O Fácil Arapiraca tem como principal objetivo a racionalização e simplificação dos processos de abertura de empresa, através da parceria de órgãos reunidos e integrados em um único ambiente. A Central Fácil é resultado de uma parceria entre o Governo de Alagoas, Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC), Receita Federal do Brasil, Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas de Alagoas (Sebrae/AL), Conselho Regional de Contabilidade (CRC), Junta Comercial, Secretaria de Estado da Fazenda de Alagoas, Corpo de Bombeiros, Secretarias de Finanças, Vigilância Sanitária e de Desenvolvimento Urbano e Meio Ambiente de Arapiraca, Prefeitura de Arapiraca e outros 19 municípios do agreste.

Agência Sebrae de Notícias
Leia Mais ►

Recomendo

  • Projeto Valença Troca Livros - Aguardem! Em novembro! Vem aí o *"Projeto Valença Troca Livros"* Sem custo algum, apenas doação, amor. Já tenho alguns livros *livros* para serem trocados...
    Há 2 dias
  • - Cheiro de Goiaba - Mais uma participação da escritora, historiadora *Urda Alice Klueger, *Comentando o seu primeiro dia de aula, na Rua da Glória antiga Escola São José, e q...
    Há uma semana
  • - Noite da Família no Clã! No sábado a noite (13/05) foi realizado uma noite super especial com todas as Mães e familiares do Clã, onde rolou bolos e salgad...
    Há 5 meses
  • -

Arquivo do Blog