8 de outubro de 2010

Festa do clima 10.10.10

A continuar o descaso dos humanos pela Pacha Mama, Gaia, a natureza, nos próximos anos o planeta terá de 100 milhões a 150 milhões de refugiados climáticos, mais um problema político mundial de graves consequências, alerta o teólogo brasileiro Leonardo Boff.

Neste domingo – 10/10/2010 – cidadãos e cidadãs de 187 países participarão de mais de 6.300 “festas de trabalho pelo clima”, integradas na Campanha 10.10.10 www.350.org e do Tempo da Criação, incentivado pelo Conselho Mundial de Igrejas (CMI).

As mobilizações em escala global incentivam ações locais para melhor cuidar do patrimônio universal – o planeta Terra. Tempo da Criação é um período de oração – a Semana Ecumênica de Oração pela Criação - e de promoção de estilos de vida simples e sustentáveis.

O Tempo da Criação inicia, a cada ano, em 1o de setembro, primeiro dia do ano da Igreja Ortodoxa, e prossegue até 4 de outubro, dia de São Francisco de Assis, na tradição católica. Este ano, excepcionalmente, o Tempo da Criação estende-se até o domingo, para integrar a campanha 10.10.10.

As religiões têm uma elevada tarefa pedagógica. “Elas ensinam a respeitar e a venerar e a pôr limites ao nosso desejo ilimitado. A elas cabe a missão de educar as pessoas para não respeitaram somente os textos sagrados e os lugares de veneração, mas a defender, respeitar a cada ser, pois ele saiu das mãos de Deus e revela possibilidades escondidas e realizadas do processo de evolução”, defende Bofffestadoclima.

O teólogo diz que as religiões, mais do que falar da natureza, deveriam se habituar a falar de criação, pois criação remete ao Criador. “O ato de criação não ocorreu no passado primordial. Ele está ocorrendo a cada momento. Se Deus não continuar dizendo ‘faça-se a luz’, ‘surjam as águas, os animais as plantas e fundamentalmente o ser humano’ tudo voltará ao nada. Assistimos a todo instante o milagre da criação e a emergência do céu e da Terra”, explica.

O movimento 10.10.10 quer chamar autoridades governamentais do mundo a se somarem na busca de soluções para as mudanças climáticas, e que cheguem a um novo tratado climático global, deixando de lado o lamento pelos resultados pífios alcançados na Conferência de Copenhague, em dezembro do ano passado.

Na Festa de Trabalho Global, no domingo, eventos programados em várias partes do planeta incluem o plantio de árvores na Tanzânia, a instalação de painéis solares na China, o passeio de bicicleta internacional da Jordânia para Israel. A mensagem dos participantes dessas ações é simples: nós estamos gerando soluções para as mudanças climáticas nas nossas comunidades.

Qualquer pessoa pode participar da festa do clima no domingo. Basta verificar quais ações estão previstas para a sua região e se inscrever acessando http://www.avaaz.org/po/global_work_party/?vl

Fonte: ALC

Leia Mais ►

7 de outubro de 2010

Macacos brasileiros estão entre as espécies mais ameaçadas do mundo

Duas espécies de macacos endêmicas do Brasil foram incluídas na lista dos 25 primatas mais ameaçados do mundo. A lista é elaborada a cada dois anos pelo Grupo Especialista em Primatas da União Internacional para a Conservação da Natureza (IUCN) e tem o objetivo de atrair ações de pesquisa e conservação, aumentando os esforços de preservação dos primatas.

A inclusão é resultado das articulações feitas pela delegação brasileira, liderada pelo Centro Nacional de Pesquisa e Conservação de Primatas Brasileiros (CPB), durante o 23º Congresso Internacional de Primatologia, realizado em setembro deste ano, na Universidade de Kyoto, no Japãmacacopregoo.

Na nova lista da IUCN, está o macaco-prego-galego, Cebus flavius(foto), incluído devido à sua recente redescoberta e ao escasso conhecimento disponível sobre suas diminutas populações confirmadas na Mata Atlântica nordestina. Essa espécie foi considerada criticamente em perigo.

O outro macaco incluído na lista é o guigó-da-caatinga (Callicebus barbarabrownae). Ele é o único primata endêmico desse bioma e sofre acelerada degradação, inclusive em áreas em processo de desertificação. Neste cenário, o guigó sobrevive em raros remanescentes de caatinga arbórea, sendo considerado criticamente em perigo tanto na lista da IUCN quanto na avaliação do Ministério do Meio Ambiente.

O CPB desenvolve pesquisas e ações de manejo com foco nessas duas espécies e espera que, incuídas na lista mundial, elas possam servir como espécies-bandeira, alertando para a situação de toda a biodiversidade na Mata Atlântica nordestina e na caatinga.

Fonte: ICMBio

Leia Mais ►

6 de outubro de 2010

Eleições 2010: Padres e bispos acusados de praticarem crime eleitoral

O bispo de Jales, municipio situado no noroeste do estado de São Paulo, dom Demétrio Valentini, denunciou que presbíteros e bispos do Regional Sul 1 da Conferência Nacional do Bispos do Brasil (CNBB) induziram os fiéis a crerem que o panfleto daquela regional representava o pensamento da entidade nacional. “A nossa instituição foi instrumentalizada politicamente com a conivência de alguns bispos”, disse.

O panfleto teve a aprovação dos bispos dom Nelson Westrupp, dom Benedito Beni dos Santos e dom Airton José dos Santos que, com um grupo de outros integrantes da ala ultra-conservadora da Igreja Católica, cometeram crime eleitoral no dia 3 de outubro, quando houve o primeiro turno das eleições presidenciais no Brasil.urna2

O texto foi distribuído à saída das missas. Os bispos e padres praticaram proselitismo político contra a candidata Dilma Rousseff, do Partido dos Trabalhadores, publicou a jornalista Maria Inês Nassif no jornal Valor Econômico. Eles se valeram da condição de religiosos e divulgaram panfletos contra a candidata do PT em local público, argumentando que as propostas de Dilma Rousseff seriam contrárias aos “valores cristãos”.

Por ser em local público e no dia do pleito, esse tipo de prática é expressamente proibida pela legislação brasileira e configura crime eleitoral. O artigo 37, da Lei n° 9.504, proíbe esse tipo de manifestação em bens de uso comum. O parágrafo 4°, do referido artigo, inclui os templos religiosos nesta categoria.

O padre Paulo Sampaio Sandes expôs na homilia o "suposto" veto da Igreja Católica brasileira a Dilma e a todos os candidatos do PT, que não foi emitido pela CNBB.

Por fazer parte de uma congregação tradicional que é contra o aborto, a união civil de homossexuais e a adoção de crianças por casais de homossexuais, o padre sentiu-se no direito de se manifestar em nome da instituição. Na saída da missa, foi distribuída carta em que a Regional Sul 1 da CNBB pedia aos fies que não votassem em candidatos que defendem o aborto, nomeando os candidatos petistas. Não foi um caso isolado.

“Estamos constrangidos, pois a nossa instituição foi instrumentalizada politicamente com a conivência de alguns bispos”, disse dom Demétrio Valentini ao jornal Valor, já que fez parecer que a CNBB apoiou ou mesmo estimulou a prática do crime eleitoral.

A Regional Sul 1, que abrange as dioceses do Estado de São Paulo, distribuiu e recomendou que as paróquias distribuíssem o “Apelo aos brasileiros”, que acusa o PT de ser parceiro do “imperialismo demográfico representado por fundações norte-americanas” e de “apoiar o aborto”.

Apesar do desmentido da CNBB nacional, o documento foi distribuído em diversas igrejas de São Paulo, causando, segundo a opinião de analistas e da maioria dos meios de comunicação, um considerável prejuízo à candidata do PT.

Por: Antonio Carlos Ribeiro/ALC

Leia Mais ►

5 de outubro de 2010

Atividade física é fundamental à saúde das gestantes

Enjôos, aumento de peso, mudança de humor, manchas na pele, são alguns dos sintomas que acompanham a gravidez. Embora esses sintomas provoquem incômodos, não se tratam de doenças, mas de um período que precisa de alguns cuidados especiais: a gestação.

Uma boa alimentação, atividade física, de acordo com as recomendações, e o acompanhamento médico durante o pré-natal são cuidados básicos. No entanto, nem sempre são suficientes, variando de mulher para mulher. Algumas gestantes, por exemplo, precisam dar atenção especial aos joelhos.

O médico ortopedista e traumatologista, Joaquim Reichmann, explica que o aumento de peso e a mudança do centro de gravidade pelo crescimento uterino provocam aumento de carga sobre os joelhos da gestante. “Se as articulações e a musculatura estiverem comprometidas apresentando flacidez ou encurtamento muscular dos ísquios tibiais, a gestante pode sofrer dores na região do joelho”, observa.gestante

Reichmann diz que quando os músculos estão fracos, a descarga de peso se faz direto na articulação e não nos músculos que deveriam funcionar como amortecedores externos das forças e dos impactos provocados pela marcha.

As dores são mais comuns em mulheres que já tiveram algum tipo de lesão de cartilagens, artrites e sinovites (inflamação da membrana sinovial). “O melhor é tratar esses problemas antes da gravidez, mas se não for possível, o acompanhamento médico é fundamental durante a gestação para não comprometer os joelhos”, alerta o médico.

O médico recomenda que a gestante mantenha uma rotina de exercícios e alongamentos para fortalecer os músculos. De acordo com Reichmann, a musculação com aparelhos deve ser evitada, já que o centro de gravidade está alterado, por causa do volume abdominal. A ginástica localizada é aconselhável e pode-ser feita com a utilização de borrachas ou pequenos pesos. A hidroginástica também é uma boa opção de exercício, não apenas para o joelho, mas para a saúde da mulher.

“Os exercícios são importantes, mas quando o caso já está agravado, com alguma lesão, a recomendação médica é indispensável” aponta Joaquim Reichmann. Ele diz ainda que é importante manter o equilíbrio entre força e alongamento e que jamais a gestante deve fazer exercícios de alto impacto.

Por: MARCOS A. BEDIN

MB Comunicação Empresarial/Organizacional

mb@mbcomunicacao.com.br

Leia Mais ►

4 de outubro de 2010

Designers invadem SC

O Sebrae/SC é apoiador da III Mostra de Jovens Designers - evento paralelo à Bienal Brasileira de Design - que tem por objetivo apresentar o panorama atual da produção acadêmica de Design de Produto no Brasil. A exposição, que reúne 56 projetos de 106 designers, de mais de 40 instituições de ensino, será aberta no dia 6 de outubro e ficará em exibição até o dia 24, no Beiramar Shopping.

Esta Mostra de Jovens Designers tem o intuito de demonstrar como o design pode agregar valor com criatividade, trazendo soluções inovadoras e competitivas às empresas de todos os setores. A analista técnica do Sebrae/SC, Luciana Sayuri Oda, destaca que o panorama mundial está marcado por um novo dinamismo econômico, baseado na crescente demanda por produtos e processos diferenciados e pelo desenvolvimento intensivo e acelerado de novas tecnologias e novas formas de organização. “Essa nova jovensdesignersdinâmica realça a importância da inovação como elemento-chave para o crescimento da competitividade industrial e nacional”, salienta.

O editor de design da Business, Week Bruce Nussbaum, diz que o paradigma da gestão global está mudando do lado esquerdo do cérebro (racional) para o direito (criativo) e que o novo mantra da administração é a inovação rompedora através do creative-design thinking (Design + criatividade = inovação + competitividade).

As vagas para participar das palestras são limitadas. A inscrição é gratuita e pode ser feita pelo e-mail jovensdesigners@jovensdesigners.com.br. A 3ª Mostra Jovens Designers é a maior edição da história do evento e até janeiro de 2011 passará ainda por Belo Horizonte e Brasília.

O evento é realizado pela Origem Produções e Associação dos Designers de Produto (ADP). Conta com o patrocínio da FIAT e apoio do Ministério da Cultura.

Por: MARCOS A. BEDIN

MB Comunicação Empresarial/Organizacional

mb@mbcomunicacao.com.br

Leia Mais ►

3 de outubro de 2010

Você sabe o que são Pênfigos?

Pênfigo é uma doença rara (0,1 a 0,5 casos por 100.000 pessoas por ano). Cerca de 70% dos casos correspondem ao pênfigo vulgar e 10 a 20% ao pênfigo foliáceo. Não existe relação com sexo ou raça.

Os pênfigos são doenças que atingem a pele e mucosas (boca, olhos e genitais), causando bolhas, feridas e crostas. Os pênfigos não são contagiosos, e sua causa é desconhecida pela Medicina. Há duas formas principais da doença: pênfigo vulgar e pênfigo foliáceo.

O pênfigo vulgar é relativamente raro e ocorre em homens e mulheres acima dos 40 anos. Geralmente começa com feridas na boca, nos olhos ou nos genitais. Depois surgem bolhas muito dolorosas no rosto, tronco, braços e pernas, atingindo grandes áreas e acompanhadas de muita fraqueza.

O pênfigo foliáceo, também chamado de “fogo selvagem”, é menos grave do que o pênfigo vulgar. No Brasil, ocorre principalmente nas áreas rurais de Goiás, Minas Gerais, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, São Paulo e Paraná. É mais comum em adultos jovens e pode acometer várias pessoas de uma mesma família, incluindo as crianças. No pênfigo foliáceo surgem bolhas que se rompem facilmente, formando escamas. Ele não atinge as mucosas. As lesões costumam aparecer nas áreas expostas ao sol, como face, região do decote e couro cabeludo, e depois se espalham para o corpo todo.

O diagnóstico é feito pelo exame clínico feito pelo dermatologista e confirmado por biopsia. O tratamento é feito com medicamentos de uso oral e controle rigoroso pelo dermatologista.

Fonte: SBD

Leia Mais ►

Recomendo

  • Projeto Valença Troca Livros - Aguardem! Em novembro! Vem aí o *"Projeto Valença Troca Livros"* Sem custo algum, apenas doação, amor. Já tenho alguns livros *livros* para serem trocados...
    Há 2 dias
  • - Cheiro de Goiaba - Mais uma participação da escritora, historiadora *Urda Alice Klueger, *Comentando o seu primeiro dia de aula, na Rua da Glória antiga Escola São José, e q...
    Há uma semana
  • - Noite da Família no Clã! No sábado a noite (13/05) foi realizado uma noite super especial com todas as Mães e familiares do Clã, onde rolou bolos e salgad...
    Há 5 meses
  • -

Arquivo do Blog