25 de setembro de 2010

Arcebispo é acusado de humilhar os pobres

Leigos, religiosos, diáconos e presbíteros pediram a substituição do arcebispo da Paraíba, dom Aldo di Cillo Pagotto, por causa do seu relacionamento “sistematicamente desrespeitoso e preconceituoso em relação aos pobres”. Uma carta aberta assinada por integrantes da própria Igreja Católica, a exemplo de Leigos, Leigas, Religiosas, Religiosos, Diáconos e Presbíteros da Arquidiocese da Paraíba foi encaminhada aos responsáveis de diferentes instâncias eclesiais como a Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), CNBB Nordeste II e a Arquidiocese da Paraíba, sob forma de denúncia contra o arcebispo.

Nesta carta os insatisfeitos reportaram-se ao “mais recente ato de desrespeito e de preconceito aos pobres e suas legítimas demandas”. Pagotto questionou, em coluna fixa no Correio da Paraíba, o plebiscito pelo limite do tamanho da propriedade da terra no Brasil, realizado no início do mês.domaldo

Além de questionar, o arcebispo teceu “insinuações injuriosas – inclusive de roubo – contra os pobres e contra os movimentos populares”. Os signatários da carta lembram que o plebiscito teve o apoio da CNBB e do Conselho Nacional de Igrejas Cristãs do Brasil (Conic).

Os signatários mencionaram que dom Aldo apresenta atitudes de “desdém ou de humilhação” a tudo o que diga respeito às Comunidades Eclesiais de Base ou à Comissão Pastoral da Terra, às pessoas comprometidas com a causa dos pobres, que constantemente são agredidos por palavras e atos, “tratando aos pobres com arrogância e desprezo, enquanto trata com privilégio os ricos e poderosos e seus respectivos interesses”.

A permanecer no cargo em João Pessoa, a situação só tende a se agravar, “caso continue prevalecendo o silêncio ou a omissão diante da lista considerável de atitudes de desdém aos pobres e humildes”, alertam os signatários.

Fonte: ALC

Leia Mais ►

24 de setembro de 2010

Dia do Coração: Cuidado com esse órgão vital

No último domingo do mês de setembro se comemora o Dia Mundial do Coração. Segundo especialistas, a data é importante para lembrar à população da necessidade de se cuidar desse órgão vital, já que levantamentos apontam que as doenças cardiovasculares representam a primeira causa de mortalidade em todo o mundo.


Dados do Ministério da Saúde mostram que o Brasil registra uma média anual de 70 mil mortes por infarto. O cardiologista Marco Antônio de Mattos, diretor-geral do Instituto Nacional de Cardiologia (INC), do Rio de Janeiro, explica que alguns cuidados essenciais precisam ser tomados para manter o coração saudável.


“Nós temos que praticar exercícios físicos regularmente, exercícios aeróbicos, pelo menos quatro a cinco vezes na semana, por quarenta a cinquenta minutos. Também devemos adotar hábitos alimentares saudáveis, evitando alimentos gordurosos, como frituras, para poder manter o colesterol no sangue em valores de normalidade, abaixo de duzentos miligramas. Precisamos ainda manter níveis de açúcar no sangue controlados e evitar o tabagismo", disse o médico, acrescentando: "O coração é um dos órgãos vitais do nosso corpo. Ele é responsável pelo bombeamento de sangue. E o sangue leva oxigênio e nutrientes para todas as células do nosso organismo. Daí, então, a importância de a gente manter um coração saudável."coracao


Os problemas cardiovasculares podem ser fatais, principalmente quando a pessoa não sabe que sofre desse mal. Segundo o diretor do INC, problemas como palpitações fortes e desmaios podem ser sinais de alguma doença cardíaca. "O coração pode dar algumas manifestações clínicas, alguns sintomas. Os principais sintomas, após os quais você deve procurar o auxílio de um médico, de um cardiologista, são falta de ar e cansaço durante esforço físico, dor no peito, palpitações ou acelerações do ritmo cardíaco, taquicardia, e também o desmaio, cientificamente conhecido como síncope, que também pode ser uma manifestação de doença cardíaca grave."


O diretor do INC alerta que, diante de qualquer um desses sintomas, é preciso procurar um cardiologista e realizar os exames necessários. Segundo ele, para quem já sofre de hipertensão, os cuidados precisam ser redobrados. Além de cuidados médicos e da prática de exercício físico, é preciso ter uma alimentação impecável e ficar longe do sal.
Confira a integra da entrevista com o cardiologista Marco Antônio de Mattos realizada pela Web Rádio Saúde

Fonte: Portal da Saúde

Leia Mais ►

23 de setembro de 2010

Eleições 2010: Sabe como são eleitos os candidatos aos cargos proporcionais?

Faltam 10 dias para as eleições gerais de 2010. Neste pleito, o eleitor deve escolher, entre outros cargos, seus representantes na Câmara Federal e nas Assembléias Legislativas estaduais. São os chamados cargos proporcionais. Neste sistema, não é necessariamente eleito quem consegue mais votos. Para elegerem-se, os candidatos dependem de dois cálculos: o quociente eleitoral e o quociente partidário.

Para participar da distribuição dos lugares na Câmara dos Deputados e nas Assembléias Legislativas, o partido ou coligação precisa alcançar o quociente eleitoral — resultado da divisão do número de votos válidos no pleito (todos os votos contabilizados excluídos brancos e nulos), pelo total de lugares a preencher em cada Parlamento. De acordo com o artigo 111 do Código Eleitoral (Lei 4.737/65), se nenhum partido ou coligação alcançar o quociente eleitoral, até serem preenchidos todos os lugares, serão considerados eleitos os candidatos mais votados.eleicoes2010

Feito o cálculo do quociente eleitoral, é realizado o cálculo do quociente partidário, que vai dizer a quantidade de candidatos que cada partido ou coligação vai ter no parlamento. Para chegar ao quociente partidário, divide-se o número de votos que cada partido/coligação obteve pelo quociente eleitoral. Quanto mais votos as legendas conseguirem, maior será o número de cargos destinados a elas. Os cargos devem ser preenchidos pelos candidatos mais votados de partido ou coligação, até o número apontado pelo quociente partidário.


Com os quocientes eleitorais e partidários pode-se chegar a algumas situações. Um candidato A, mesmo sendo mais votado que um candidato B, poderá não alcançar nenhuma vaga se o seu partido não alcançar o quociente eleitoral. O candidato B, por sua vez, pode chegar ao cargo mesmo com votação baixa ou inexpressiva, caso seu partido ou coligação atinja o quociente eleitoral.


Quando sobram vagas, mesmo depois de preenchidos os quocientes partidários, faz-se uma nova conta, chamada de cálculo de distribuição das sobras (artigo 109 do Código Eleitoral). Para esta distribuição utiliza-se a votação válida de cada partido ou coligação que já conquistou vagas, dividida pelo número de vagas obtidas no quociente partidário, mais um, cabendo ao partido ou coligação que apresentar a maior média uma das vagas a preencher.

Confira aqui o número de cadeiras na Câmara dos Deputados, por estado, e o número de cargos em disputa nas Assembleias Legislativas de cada ente federativo.

Fonte: TSE

Leia Mais ►

22 de setembro de 2010

A manutenção dos castelos

A infância é realmente uma construção de sonhos, de ilusões. A vida, para as crianças, é feita de castelos e fantasias. A felicidade total está na perspectiva de alcançarem a idade adulta e então fazerem tudo o que querem: não tomar mais banho, como diz meu filho, comer todos os chocolates e sorvetes possíveis, comprar brinquedos indefinidamente, não ter mais pai ou mãe para obedecer,

estudar somente quando estão com vontade, ter o maior chulé do mundo, só assistir televisão, dormir até bem mais tarde, não ter horário para nada, ir nos locais mais fundos da piscina mesmo sem saber nadar, arrotar e flatular na mesa sem censuras, entupir-se de pizza e cheese burger e por aí vai. A lista pode ser infindável!

Crescer e ser “gente grande” é um dos ideais da infância que embute em si mesmo toda uma perspectiva positiva quanto ao que consiste ser uma pessoa adulta. O mundo dos adultos é um mundo perfeito, é o palco da justiça, da ética e da liberdade.castelo

Imagino o quanto as crianças nos colocam num pedestal ... nós, pais, principalmente. Somos poderosos para eles: sabemos tudo, não erramos nunca, temos a sapiência de sempre discernir as atitudes corretas e as negativas. Como se não bastasse isso somos o protótipo dos mais nobres ideais e valores: honestos, trabalhadores, leais, solidários, altruístas, estudiosos, asseados, sem preguiça, saudáveis e ainda por cima, lindos de morrer. Somos sempre os melhores em tudo! ... até chegar a adolescência deles, momento em que a nossa máscara vai sendo tirada e começamos a ser vistos como pessoas “normais”, cheias de defeitos. As instituições passam a ser questionadas, tudo é passível de ressalvas e de “graves defeitos”. A princípio, são contra, talvez mais para tentar dar consistência à própria identidade, ávida de sedimentar-se frente os senões adultos.

De qualquer forma, por mais que o adolescer vire uma página importante de desmonte de “castelos”, o livro não se fecha. Nos tornamos adultos, pretensamente caímos na “real” mas não cansamos de nos decepcionar com as pessoas, as instituições, o sistema econômico, os jogos de poder e conosco mesmo. As ilusões permanecem. Por quê tudo têm que continuar sendo tão perfeito no nosso imaginário e ao mesmo tempo tão inviável? Será uma sabedoria transcendental, inerente aos mistérios, que torna necessária a manutenção dos sonhos infantis na cabeça de todos nós para que possamos suportar a crueza do viver?

Será que a maturidade da velhice nos brindará com a virtude de esperar de tudo tão pouco como se fosse tudo?

Por: Návia T. Pattussi/Psicanalista/naviat@terra.com.br

Fonte: MARCOS A. BEDIN

MB Comunicação Empresarial/Organizacional

mb@mbcomunicacao.com.br

Leia Mais ►

21 de setembro de 2010

Pingar vodka nos olhos, a nova moda entre adolescentes

A brincadeira de pingar vodka no olho, surgida nos Estados Unidos e na Inglaterra, já chegou ao Brasil, virou moda entre meninos e meninas e preocupa os especialistas na área da saúde. Nas baladas, os jovens arriscam a própria saúde ocular com a falsa idéia de que a bebida nos olhos vai, supostamente, acelerar a embriaguez.


A oftalmologista Roberli Bicharra, diretora-geral do Hospital Federal da Lagoa, no Rio de Janeiro, afirma que a ação é perigosa, e o risco de ficar cego é alto. "Eles estão correndo o risco deter uma lesão ocular grave. A vodca tem uma porcentagem muito grande álcool e o álcool é tóxico para a membrana da superfície ocular”.


A especialista explica que a substância pode causar a deterioração e descamação da córnea, facilitando infecções. “Com a cicatrização, ocorre a formação de uma membrana branca que vai impedir que a visão ocorra.Então, pode acarretar perda parcial ou total da visão."vodkanoolho


Já existem relatos de pessoas no Brasil que tiveram sérios danos na visão por pingar vodka nos olhos. A Drª. Roberli Bicharra orienta, caso esse tipo de situação ocorra, que a pessoa lave imediatamente o local com água filtrada em abundância e jamais esfregue o olho, pois pode desencadear o aumento da descamação na área da córnea.


Já a psicóloga Suely Guimarães afirma que comportamentos de risco, como o de pingar vodka no olho, são relativamente comuns na adolescência. Ela destaca que os pais devem ficar em alerta para orientar corretamente seus filhos. "É muito importante que os pais estejam atentos a tudo que acontece no dia a dia dos filhos. Eles precisam ter condições de oferecer suporte e orientação para ajudar o jovem a atravessar o momento da adolescência", orienta a psicóloga.
Confira a íntegra da entrevista com a Drª Roberli Bicharra realizada pela Web Rádio Saúde

Fonte: Portal da Saúde

Leia Mais ►

20 de setembro de 2010

A osteopatia recoloca o organismo no caminho da saúde

“O ser humano é dotado de grande poder de autocura e a intervenção da osteopatia recoloca o organismo no caminho da saúde. Quando se restabelece as funções normais da estrutura músculo-esquelética, melhora a circulação dos influxos nervosos e sanguíneos.” A constatação é do fisioterapeuta osteopata, Edson Bramatti, que atua na Clínica Reichmann de Chapecó.

Bramatti explica que a osteopatia é um sistema de avaliação e tratamento, com metodologia e filosofia própria, que visa restabelecer a função das estruturas e sistemas corporais, agindo através da intervenção manual sobre os tecidos (articulações, músculos, fáscias, ligamentos, cápsulas, vísceras, tecido nervoso, vascular e linfático). Segundo ele, a osteopatia deve ser desmistificada, pois está baseada na anatomia, na fisiologia e semiologia, não deve ser considerada esotérica e sim cartesiana, não há receitas, mas sim um tratamento que se baseia em exame osteopático.

“A validade da osteopatia é tão concreta que é recomendada e incentivada pela OMS (Organização Mundial de Saúde) como prática de saúde”, afirma Bramatti. A técnica é indicada para tratar todas as dores músculo-esqueléticas, como torcicolos, lombalgias agudas e crônicas, desequilíbrio da pelve e hérnias de disco. Também é indicada nas dores dos membros superiores e inferiores.osteopatia

O fisioterapeuta explica que osteopatia é uma especialidade que conquista o mercado dia após dia, já que a fisioterapia redimensiona a autonomia em cima das terapias manuais. “O objeto do trabalho de fisioterapia é o movimento humano em todas as suas expressões”, aponta.

Sobre a aplicação da osteopatia em atletas de alto nível, Bramatti diz que o tratamento contribui para manter a melhor forma possível. Tenistas, jogadores de futebol, de basquete, maratonistas, entre outros, se beneficiam dos tratamentos curativos e preventivos. “A técnica já é bastante difundida e aplicada em departamentos médicos de várias equipes de futebol profissional do Brasil e do exterior”, salienta Bramati.

As lesões ortopédicas prejudicam a perfeição dos gestos técnicos, diminuem a performance e podem se agravar a longo prazo. O fisioterapeuta orienta que tratar as cadeias musculares e normalizar as funções finas articulares permitem restaurar a harmonia e a eficácia dos gestos esportivos. Certos esportes como tênis, futebol ou as artes marciais provocam frequentemente distensões musculares e bloqueios vertebrais, que podem ser tratados pela Osteopatia, o que ocorre também com jogadores de futebol profissional, muito expostos a problemas mecânicos. Nas competições nacionais e internacionais, é comum as equipes contratarem um osteopata para cuidar dos atletas.

Fonte: MARCOS A. BEDIN

MB Comunicação Empresarial/Organizacional

mb@mbcomunicacao.com.br

Leia Mais ►

19 de setembro de 2010

Tom, Vinícius, João Gilberto e o nascimento da bossa nova

Em 1956, no bar Vilarino, que ficava atrás de uma mercearia, na avenida Graça aranha no Rio de Janeiro, um rapaz chamado Antônio Carlos Jobim, o Tom, foi apresentado ao diplomata e poeta Vinícius de Moraes. Depois de alguns chopes e empadinhas, ficou resolvido que Tom musicaria a peça de Vinícius, Orfeu da Conceição, que tinha sido premiada no concurso de teatro do IV Centenário de São Paulo, e que estava sendo adaptada para o cinema pelo francês Marcel Camus.

E assim, no dia 25 de setembro de 1956, a peça estreou no Teatro Municipal do Rio de Janeiro. Vinícius ficou tão empolgado com as composições daquele pianista quase desconhecido, que aceitoTomViniciusu escrever letras para suas músicas, como Lamento do Morro, Se Todos Fossem Iguais a Você, etc, que foram gravadas pela Odeon, ainda em 1956, com o cantor Roberto Paiva, o violonista Luís Bonfá e orquestra.

No Vilarino reuniam-se, quase todas as tardes, jovens músicos e intelectuais, entre os quais Irineu Garcia, dono da etiqueta Festa, Luís Jatobá, Rubem Braga, Paulo Mendes Campos e, as vezes, Eliseth Cardoso. E foi aí, entre bons papos e acaloradas discussões sobre jazz, que nasceu, em abril de 1958, O LP Canção do Amor Demais, gravado por Eliseth, com composições de Tom e Vinícius, e com a participação do violonista João Gilberto, que, em duas faixas, Chega de Saudade e Outra vez, lançou o estilo que viria caracterizar a bossa nova.

Com a harmonia repleta de acordes alterados, saltos melódicos inesperados com frequentes modulações, a economia de instrumentos e da duração de cada música, a letra lírica e coloquial, e, acima de tudo, o leve ritmo quaternário com deslocamentos independentes da melodia. Na verdade o talentoso João Gilberto, baiano de Juazeiro, não era nenhum marinheiro de primeira viagem. Em 1953, a cantora Marisa havia gravado pela RCA Victor uma composição sua, Você Esteve Com Meu Bem? E costumava apresentar-se na boate Plaza, ponto de encontro dos músicos cariocas preocupados com aprimoramentos técnicos, refinamento da harmonização, enfim, com uma nova estética musical.

Fonte de pesquisa: Nosso Século, Abril Cultural, 1980.

Leia Mais ►

Recomendo

  • Projeto Valença Troca Livros - Aguardem! Em novembro! Vem aí o *"Projeto Valença Troca Livros"* Sem custo algum, apenas doação, amor. Já tenho alguns livros *livros* para serem trocados...
    Há 2 dias
  • - Cheiro de Goiaba - Mais uma participação da escritora, historiadora *Urda Alice Klueger, *Comentando o seu primeiro dia de aula, na Rua da Glória antiga Escola São José, e q...
    Há uma semana
  • - Noite da Família no Clã! No sábado a noite (13/05) foi realizado uma noite super especial com todas as Mães e familiares do Clã, onde rolou bolos e salgad...
    Há 5 meses
  • -

Arquivo do Blog