10 de outubro de 2009

Dia Mundial da Alimentação

Alimentação um direito inviolável -16 de outubro - Dia Mundial da Alimentação

 “Toda pessoa tem direito a um padrão de vida capaz de assegurar a si e a sua família saúde e bem estar, inclusive alimentação, vestuário, habitação, cuidados médicos e os serviços sociais indispensáveis, e direito à segurança em caso de desemprego, doença, invalidez, viuvez, velhice ou outros casos de perda dos meios de subsistência fora de seu controle.”        [Artigo XXV / DECLARAÇÃO UNIVERSAL DOS DIREITOS HUMANOS]

Há 800 milhões de pessoas desnutridas no mundo,1 bilhão de pessoas passando fome, 30 mil crianças morrem de fome a cada dia, 15 milhões a cada ano, um terço das crianças dos países em desenvolvimento apresentam atraso no crescimento físico e intelectual, 1,3 bilhão de pessoas no mundo não dispõe de água potável, 40% das mulheres dos países em desenvolvimento são anêmicas e encontram-se abaixo do peso.  Uma pessoa a cada sete padece fome no mundo.

selo_planeta
A cada dia 275 mil pessoas começam a passar fome ao redor do mundo, o Brasil é o 9º país com o maior numero de pessoas com fome,  tem 15  milhões de crianças desnutridas. 45% das crianças Brasileiras, menores de 5 anos sofrem de anemia crônica.


O Brasil é o quinto país do mundo em extensão territorial, ocupando metade da área do continente sul-americano. Há cerca de 20 anos, aumentaram o fornecimento de energia elétrica e o número de estradas pavimentadas, além de um enorme crescimento industrial. Nada disso, entretanto, serviu para combater a pobreza, a má nutrição e as doenças endêmicas.Em 1987, no Brasil, quase 40% da população (50 milhões de pessoas) vivia em extrema pobreza. Nos dias de hoje, um terço da população ainda é mal nutrido, 9% das crianças morrem antes de completar um ano de vida e 37% do total são trabalhadores rurais sem terras.


Enquanto o consumo diário médio de calorias no mundo desenvolvido é de 3.315 calorias por habitante, no restante do globo o consume médio é de 2.180 calorias diárias por habitante.Metade dos habitantes da Terra ingere uma quantidade de alimentos inferior às suas necessidades básicas. Cerca de um terço da população do mundo ingere 65% dos alimentos produzidos. A quarta edição do Inquérito Mundial sobre Agricultura e Alimentação, patrocinado pela ONU em 1974, concluiu: "Em termos mundiais, a quantidade de alimentos disponíveis é suficiente para proporcionar a todo mundo uma dieta adequada.".


O aumento dos preços dos alimentos fez o número de famintos no mundo crescer 40 milhões para 963 milhões de pessoas em 2008, ante o ano passado, de acordo com dados preliminares divulgados hoje pela Organização das Nações Unidas (ONU) para Agricultura e Alimentação (FAO, na sigla em inglês). A entidade advertiu que a crise econômica mundial pode levar ainda mais pessoas a essa condição. Levando em conta dados do US Census Bureau, departamento de estatísticas do governo norte-americano, que contam a população mundial em 6,7 bilhões de pessoas, o número de famintos representa 14,3% do total.


...em 2007 no Planeta havia 860 milhões de famintos; em janeiro de 2009 cento nove milhões mais. A metade da população africana subsahariana, por citar um exemplo dessa África crucificada, mal vive na extrema pobreza. A ladainha de violência e desgraças provocadas é interminável. No Congo há 30.000 meninos soldados dispostos a matar e a morrer a troco de comida; 17% da floresta amazônica foram destruídos em cinco anos, entre 2000 e 2005; o gasto da América Latina e do Caribe em defesa cresceu um 91%, entre 2003 e 2008; uma dezena de empresas multinacionais controla o mercado de semente em todo o mundo. Os Objetivos do Milênio se evaporaram na retórica e em suas reuniões elitistas os países mais ricos dizem covardemente que não podem fazer mais para reverter o quadro.


“Quase cem mil mortes diárias no planeta se devem à fome. Dentre elas, 30 mil são de crianças com menos de cinco anos. Mais do que três torres gêmeas por dia que se desmoronam em silêncio, sem que ninguém chore ou construa monumentos”, declarou à swissinfo Carlos Alberto Libânio Christo, mais conhecido como Frei Betto.


Essas são algumas das Estatísticas da  fome que o mundo se acostumou a acompanhar de tempos em tempos. Todavia a fome segue matando de maneira endêmica em muitas regiões do globo.


Um mundo livre da fome. Nós do Planeta Voluntários buscamos um  mundo sem fome e desnutrição - um mundo no qual cada uma e todas as pessoas possam estar seguras de receber a comida que necessitam para estar bem nutridas e saudáveis. Nossa visão é a de um mundo que protege e trabalha para que haja assistência social e dignidade humana para todas os povos. Um mundo no qual cada criança pode crescer, aprender e florescer, e desenvolver-se como membros ativos e ativos da sociedade.


Por: Marcio Demari
PLANETA VOLUNTÁRIOS
Porque ajudar faz bem !
http://www.planetavoluntarios.com.br
A maior Rede Social de Voluntários e ONGs do Brasil !!!

Leia Mais ►

9 de outubro de 2009

Prefeitura do Rio lança site Transparência Olímpica

População poderá acompanhar os projetos passo a passo.

As ações da Prefeitura para a organização dos Jogos Olímpicos e Paraolímpicos Rio 2016 poderão ser acompanhadas passo a passo no site Transparência Olímpica (www.transparenciaolimpica.com.br), lançado nesta quinta-feira, dia 8, pelo prefeito Eduardo Paes. O evento, realizado no Palácio da Cidade, contou com a presença do secretário geral do Comitê Rio 2016, Carlos Roberto Osório; do controlador geral do Município, Vinícius Costa; e do procurador geral do Município, Fernando Dionísio.

No site estarão disponíveis as propostas do Rio de Janeiro para áreas como transporte, instalações esportivas e meio ambiente. Cada projeto relacionado com a Prefeitura terá uma descrição básica, o valor aplicado, e as previsões de início e término. “Este site mostra como a Prefeitura tratará as questões relacionadas com os Jogos Olímpicos de 2016. A população precisa ter o entendimento total do processo, sem informações truncadas. É assim que a prefeitura pretende trabalhar”, disse Eduardo Paes.

Carlos Roberto Osório reforçou a importância do novo site da prefeitura. “Organizar os Jogos Olímpicos e Paraolímpicos é um processo grande e importante. A população tem interesse e todo o direito de acompanhar. O Comitê Rio 2016 também tratará todos os assuntos com correção e transparência”, disse o secretário geral do Comitê Rio 2016.

Será que os governos Federal e Estadual seguirão o exemplo?

Fonte: www.rio2016.com.br

Leia Mais ►

Programa Negócio Certo Rural

Formar empreendedores rurais, provocar inovações no campo e qualificar os jovens a repensar as atividades econômicas ligadas ao meio rural para prospectar e alavancar novos negócios.

Esse é o objetivo do Negócio Certo Rural, um programa inédito criado pelo Sebrae de Santa Catarina, em parceria com o Senar, que será lançado no próximo dia 16, às 14h30, no parque de exposições da Efapi, em Chapecó.

       O ato de lançamento acontecerá no stand do Sebrae junto ao parque Tancredo Neves, durante a 17a Exposição-Feira Agropecuária, Industrial e Comercial de Chapecó, e será presidido pelo presidente do Conselho Deliberativo, José Zeferino Pedrozo, pelo diretor superintendente Carlos Guilherme Zigelli e pelo diretor técnico Anacleto Ângelo Ortigara.

No horizonte de um ano, o programa atenderá 50 turmas em comunidades rurais de todo Estado, mas principalmente no oeste, formando 1.500 jovens empreendedores rurais. Sebrae e Senar investirão 630 mil reais - 315 mil reais cada um – na implementação das ações instrucionais e pedagógicas.

       “O Negócio Certo Rural surgiu da percepção de que a versão urbana do já consolidado Programa de autoatendimento Negócio Certo, poderia receber uma nova roupagem e metodologia e com isso propiciar ao meio rural os mesmos resultados já alcançados em cinco anos de aplicação em Santa Catarina e no país”, explica o gerente de comunicação com o mercado, Spyros Diamantaras.      

Logo depois de concluído o treinamento das duas turmas-piloto, o programa passou por mais uma bateria de avaliação e essa experiência permitiu modificar a metodologia e a abordagem: deixou-se de atuar no conceito de autoatendimento e passou-se a trabalhar por meio de curso presencial modulado com consultoria individual, de modo a garantir que o participante possa absorver ainda mais todo conteúdo. O NCR está pronto, agora, para ser implementado em todo o Estado, podendo ser adotado como programa nacional.

O Sebrae e o Senar esperam atingir dois objetivos: orientar o participante a identificar uma idéia de negócio na propriedade rural, e ainda, orientar o participante a administrar de forma mais organizada a atual atividade empresarial realizada na propriedade rural.

       As duas turmas-piloto foram formadas em 2008, sendo uma em Pinhalzinho e, outra, em São Lourenço do Oeste, ambas formadas por 30 produtores e filhos de produtores rurais do oeste catarinense, com idade entre 16 a 35 anos.  As diferentes etapas são ministradas quinzenalmente e, intercalando cada uma delas, os participantes receberão consultoria individual dos técnicos do Sebrae. Os conteúdos estão disponíveis em material impresso, pela internet ou em CD ROM.

       Spyros realça que, ao final do treinamento, os participantes terão a capacidade de gerar uma ideia de negócio, verificar se ela é viável ou não, saber qual melhor forma de formalizar ou legalizar o negócio, possuir controles financeiros e por fim, aprender a vender, ou seja, atrair e manter clientes.

O diretor técnico Anacleto Ortigara identifica nesse instrumento um elemento de fixação dos jovens no meio rural. As atividades vinculadas ao setor primário da economia – basicamente agricultura e pecuária – estão retomando crescimento depois da aguda crise financeira internacional e, por isso, surgirão novas demandas mundiais de alimentos. “Faltava um meio de motivar os jovens para descobrir os empreendimentos viáveis que estão ao seu alcance”, assinala, lembrando que existem centenas de oportunidades esperando para serem descobertas em áreas como fruticultura, floricultura, mel, piscicultura, pequena agroindústria artesanal etc.

Fonte: Marcos A. Bedin
MB Comunicação Assessoria de Imprensa
(49) 3323-4244, (49) 9967-4244
mb@mbcomunicacao.com.br

Leia Mais ►

8 de outubro de 2009

Miss Plastic Hungry 2009

Acontece amanhã, dia 09/10/2009, em Budapeste na Hungria, a final do Miss Plastic Hungry 2009.

Este concurso foi feito exclusivamente para mulheres que passaram por cirurgias plásticas. De acordo com o site da competição, a proposta é mostrar que "as cirurgias plásticas não são trabalho do diabo" e que seu resultado pode parecer natural, "deixando a beleza perfeita ainda mais perfeita".


Os jurados - que irão também premiar os cirurgiões por seu trabalho manual - não precisam estudar apenas as informações pessoais das concorrentes, mas também seus registros médicos. As 18 finalistas têm entre 19 e 38 anos.

Veja aqui as candidatas.

Fonte: Espaço Vital

Leia Mais ►

Sebrae oferece cursos gratuitos on line

Ao todo serão ofertados 13 cursos com diferentes temas relacionados ao processo de internacionalização de empresas.

A partir do dia 16 de outubro, o Sebrae vai disponibilizar cursos gratuitos, on line, direcionados às micro e pequenas empresas interessadas no mercado internacional. No total, serão 26 turmas de 200 inscritos, totalizando 5.200 alunos. Os cursos têm carga horária de 15h a 40h e podem ser concluídos em até 30 dias – o tempo investido é inteiramente determinado pelo empresário interessado.


Dentro do Programa de Internacionalização – que tem como objetivo promover a atuação de forma sustentável das micro e pequenas empresas brasileiras no mercado externo –, o Sebrae preparou 13 cursos. A intenção é atingir as empresas que têm potencial para investir no mercado internacional ou empresas que já fazem esse trabalho e precisam de um melhor direcionamento.


Segundo a coordenadora do Programa de Internacionalização do Sebrae Nacional, Louise Machado, é importante que os empresários interessados participem, uma vez que as empresas precisam se tornar mais competitivas. “Os cursos vão trabalhar as dificuldades que as empresas têm para acessar o mercado internacional. Para exportar, é preciso um planejamento diferenciado, procedimentos de um plano de marketing, conhecimento das condições de venda e pagamento lá fora, enfim, uma gama de particularidades que fazem toda a diferença”, aponta Louise. Os interessados poderão se inscrever em mais de um curso, já que cada um deles aborda um tópico diferente do processo de internacionalização. As turmas vão ser abertas entre outubro deste ano e agosto de 2010.


A inscrição deve ser feita no site www.internacionalizacao.sebrae.com.br. Após o cadastro, o empresário receberá o convite para entrar no ambiente reservado ao curso, em que estarão disponibilizados os módulos e exercícios, tudo acompanhado por um tutor. “O curso é feito inteiramente pela internet, mas há toda uma interação com o tutor. E o inscrito é quem vai escolher quantas horas diárias ou semanais ele vai investir para concluir o curso”, explica Louise.


A meta do Sebrae é atender 5.200 empresas até o próximo ano. “A idéia é conscientizar as micro e pequenas empresas quanto aos desafios, às vantagens e oportunidades desse processo de internacionalização. Queremos aumentar o número de empresas que exportam, o volume e, claro, a qualidade das exportações das MPE do Brasil”, diz a coordenadora do programa.

Confira os cursos:
Planejamento para Exportar – 20h
Procedimentos para Exportação – 20h
Documentos Utilizados no Processo de Exportação – 20h
Condições de Venda para o Mercado Externo – 15h
A Negociação Internacional – 15h
Pagamentos Internacionais – 15h
Financiamento à Exportação – 15h
Marketing Internacional – 30h
Logística Internacional – 20h

Cursos específicos (setoriais):
Informações Básicas para Exportação – Setor de Confecções – 20h
Informações Básicas para Exportação – Setor de Flores e Plantas ornamentais – 20h
Informações Básicas para Exportação – Setor de Móveis – 20h
Informações Básicas para Exportação – Setor de Software e Serviços de TI – 40h

Fonte: Agência Sebrae de Notícias

Leia Mais ►

7 de outubro de 2009

O perigo em nossas bocas

Mercúrio é um metal líquido e uma das substâncias mais perigosas conhecidas pelo homem. A maioria das pessoas tem amálgama em suas bocas e seu preenchimento leva como matéria-prima esse metal.

Durante anos, os dentistas acreditaram que estes preenchimentos estavam seguros, mas agora sabemos que toda vez que mastigamos ou escovamos nossos dentes, o mercúrio é lançado como vapor e nós o inalamos. Foi descoberto um corpo crescente de evidências científicas que mostram ligações entre o mercúridentsem150 o dos dentes e enfermidades sérias.


Foi revelado também um fundo incômodo de desvanecimento e ignorância dentro da Associação Dental Britânica e apatia do governo que está ajudando a esconder a verdade sobre os perigos desse veneno em sua boca. Uma vez removido aquilo que viveu durante anos em nossas bocas, passa a ser tratado como um veneno perigoso, o que realmente é.

O mercúrio é tóxico que, a certos níveis, deixa a pessoa incontrolável, mas até as quantias mais baixas são consideradas inseguras. Os mais baixos níveis, e ninguém sabe quais, o metal ataca o cérebro e o sistema nervoso central, produzindo sintomas que incluem nervosismo e irritabilidade, falta de concentração, perda de memória e problemas psicológicos, humor alterado, ansiedade, depressão, fadiga e insônia.


Pode haver outras causas para esses sintomas, ninguém associou o amálgama dental com isso. Mas, de repente, o mercúrio familiar de nossos dias está começando a parecer inadequado. Segundo a Associação Dental Britânica, o amálgama é seguro como qualquer outro material, mas, a Organização Mundial de Saúde diz que não existe um nível seguro de mercúrio e que ele é considerado um veneno, então, como pode continuar a ser usado pelos dentistas?


Durante todo o século, os dentistas usaram o amálgama convencidos de sua segurança. O mercúrio é usado para unir a prata e outros metais para fazer um preenchimento barato, eficiente e durável, contudo ninguém provou que o mercúrio é seguro quando entra em nosso corpo. Os dentistas sempre assumiram que estava seguro, pois não havia nenhum efeito colateral identificável, mas será que eles eram as pessoas mais certas para procurar o sutil, mas perigoso, sintoma de envenenamento de mercúrio de baixo nível? E se houvesse um sintoma colateral, eles saberiam reconhecer? Será que o sintoma sempre esteve lá?


A primeira evidência da jornada de mercúrio no corpo foi feita há dez anos atrás. Os dentistas sempre assumiram que o mercúrio ficaria preso dentro do preenchimento, mas um cientista provou que um novo preenchimento de amálgama dentro de um dente polido não ficaria e sim evaporaria e cairia na corrente sanguínea.


Um quadro de elétrons, onde o amálgama estava envelhecido dez anos, apresentou buracos negros onde o mercúrio estava, comprovando que 40% desse mercúrio tinha evaporado. Sendo assim, para onde esse mercúrio foi? O desafio foi levado até o Canadá Ocidental, onde dois homens de disciplinas diferentes não conseguiram provar apenas por onde o mercúrio passa, mas todo estrago que ele faz dentro do corpo.


Murray Vimy, dentista acadêmico e consultor da Organização Mundial de Saúde, e Fritz Lorscheider, Professor de Fisiologia Médica na Universidade de Calgary, fizeram a seguinte experiência: levaram uma ovelha e colocaram um preenchimento em seus dentes contendo mercúrio radioativo, que apareceriam como buracos negros na radiografia.

Quando foi feita a radiografia, os rins, o fígado e o cólon transversal da ovelha apareceram negros, mostrando que o mercúrio migrou da mandíbula para essas regiões do corpo. Os dentistas disseram que não era um bom exemplo, pois as ovelhas regurgitam a comida e pediram um novo teste. Desta vez eles fizeram com um macaco e os buracos negros apareceram novamente e foi descoberto também que isso danificou os rins da ovelha.


Além desse teste, o Professor Vasken Aposhian, do Departamento de Biologia Molecular e Celular da Universidade do Arizona, mostrou que 2/3 do amálgama encontrado em um corpo veio de apenas 2 preenchimentos de mercúrio e acredita que, com as provas científicas que já existem, é possível banir o amálgama, que não será necessário fazer testes em seres humanos e que já poderíamos estar usando outros materiais muito mais seguros.

Fonte: Site Médico

Leia Mais ►

Oktoberfest, Fenarreco, Marejada: Venha e divirta-se!

Blumenau te recebe de braços abertos na 26ª Oktoberfest, que iniciou na última quinta-feira, dia 01. Nos quatro primeiros dias da festa, mais de 140 mil pessoas passaram pelo Parque Vila Germânica.

Nesta quarta-feira, dia 07, a partir das 19h30min, a rua XV de Novembro se transforma em palco para mais um desfile oficial da 26ª Oktoberfest. Mais de 2,5 mil pessoas entre grupos folclóricos, Sociedades de Atiradores (Clubes de Caça e Tiro), bandinhas, participantes de carros alegóricos e outros grupos compõem as 108 atrações que farão a festa no centro da cidade.


De acordo com Lílian Ribeiro, presidente da Comissão de Desfiles, a expectativa é reunir um público de 20 mil pessoas ao longo da rua XV. "Os desfiles são um espetáculo ao ar livre, agradam blumenauenses e turistas", garante.

Fenarreco

A 24ª Festa Nacional do Marreco (Fenarreco) na cidade de Brusque, inicia hoje, quando acontecerá a sangria do primeiro barril de chopp, que marcará a abertura oficial da festa mais gostosa do Brasil. O primeiro, dos doze dias da Fenarreco, contará com o show de uma das principais bandas típicas do Sul do Brasil: Os Montanari.

Marejada

Para amanhã, dia 08, está marcada a abertura da 23ª Marejada na cidade de Itajaí. A Marejada é a maior Festa Portuguesa e do Pescado do Brasil. Ela une a cultura dos Açores, que colonizaram esta região brasileira, com a força da atividade pesqueira da cidade.

A 23ª edição da festa acontece de 8 a 18 de outubro de 2009 no Centro de Eventos de Itajaí, que possui uma capacidade para mais de 20 mil pessoas.  Com uma grande variedade de atrações, a Marejada atrai todas as idades. São apresentações folclóricas portuguesas, cantores de fado (música típica de Portugal), grupos de terno de reis, boi de mamão, dança e música contemporânea, gaiteiros e shows nacionais que vão agitar e divertir.

As opções são muitas. Venha e divirta-se. E para te deixar com água na boca, veja este vídeo, com momentos da Oktoberfest.

Leia Mais ►

6 de outubro de 2009

Agropecuária mostra força e prestígio na Efapi 2009

Ocupando espaços exponenciais e ostentando um amplo programa de eventos, o setor agropecuário recupera a força e o prestígio que, em 1967, foram determinantes no surgimento da Exposição-Feira Agropecuária, Industrial e Comercial de Chapecó.

Neste ano, o parque de exposições foi equipado com novo e moderno pavilhão e arena multiuso para rodeios e outros eventos. O segmento pecuário terá mais de 2.000 animas em exposição, feiras e leilões. No período de 9 a 18 deste mês, a Efapi 2009 receberá 500 mil visitantes e seus 650 expositores movimentarão 110 milhões de reais em negócios.

O maior evento multissetorial do sul do Brasil reconhece a força da agropecuária e seu papel no desenvolvimento regional, observa o prefeito João Rodrigues. “Recolocamos o setor primário da economia regional no lugar de destaque que ele merece”, assinala o presidente da Comissão Central Organizadora, José Cláudio Caramori. “A maior fatia dos investimentos foi dedicada à agropecuária”, enfatiza o coordenador geral Américo do Nascimento Júnior.

O presidente do Núcleo de Criadores de Bovinos, Gelson Dalla Costa, realça que “os empresários rurais em geral e os criadores, em particular, estão otimistas e satisfeitos com as prioridades definidas nesta 17a edição da expo-feira”.

Um novo setor agropecuário foi construído na área sul, onde tradicionalmente era instalado o parque de diversões. Obra iniciada em julho e concluída em outubro de 2009 permitiu a construção de um pavilhão de agropecuária com 2.416 metros quadrados de área coberta e capacidade para 600 bovinos, com estrutura de concreto pré-moldado, cochos e lavador de animais. O investimento foi de 370,6 mil reais, suportado pelo Estado e pelo Município.

Este setor será dotado de mais três novos pavilhões que serão construídos no primeiro semestre de 2010 mediante convênio já formalizado entre a Prefeitura de Chapecó e o governo do Estado. Os projetos preveem um pavilhão de bovinos com 2.000 metros quadrados de área; um pavilhão de equinos com 1.600 metros quadrados e um pavilhão de ovinos com 500 metros quadrados. O investimento total será de 1 milhão e 12 mil reais, sendo 708 mil reais de recursos do Governo do Estado e 304 mil reais de contrapartida da Administração municipal.

Esses investimentos tornarão Chapecó o quarto maior centro de mostras pecuárias do sul do país. “Chapecó ficará com a quarta melhor estrutura para eventos pecuários do sul do Brasil – logo após Esteio (RS), Londrina (PR) e Maringá (PR)”, assegura o prefeitoJoão Rodrigues.

Outra grande conquista é a ARENA MULTIUSO, construída neste ano para sediar rodeios crioulos e demais eventos pecuários no interior do parque de exposições Tancredo Neves, palco da Efapi 2009. A obra custou 351 mil reais e ocupa uma área total de 8.000 metros quadrados na zona sul do parque, constituída por um quadrilátero de 200 x 40 metros. Esse terreno foi rodeado com cerca especial e recebeu 600 metros cúbicos de areia para adequação do solo à pressão dos cascos de bovinos, equinos e outros semoventes que ali participarão de provas e competições.

O conjunto é formado por área cercada para rodeios, brete de largada, local para alojamento de animais e cabine de narração, julgamento e controle. Um sistema de iluminação com posteamento e potentes lâmpadas permite provas no período noturno.

A Arena Multiuso funcionará nos dez dias da Efapi 2009 e poderá receber até 12.000 espectadores que ficarão acomodados em uma arquibancada permanente e em amplas arquibancadas móveis, de aço, montadas em torno da praça.

Os eventos agropecuários da EFAPI 2009 reunirão mais de 2.000 animais no Parque de Exposições Tancredo Neves, divididos nos núcleos de eqüinos, ovinos,bovinos, suínos e piscicultura. Cerca de 200 criadores participarão e os negócios com animais devem atingir a 1,5 milhão de reais.

Todos esses animais passarão pelo julgamento morfológico, ou seja, comparação entre indivíduos da mesma raça e classificação, para eleger o campeão de cada categoria, que passarão a servir de padrão para os criadores. Os animais serão julgados por árbitros oficiais homologados pelas associações de cada raça e pelo Ministério da Agricultura.

A III Mostra de Ovinocultura terá 120 animais das raças de corte e leite. Paralelamente, outros eventos estão programados: demonstração de ordenha de ovinos, de tosquia e de emprego de cães Border Collie no manejo de ovinos, e exposição de artesanato de lã ovina.

Na eqüinocultura serão apresentados cerca de 300 animais das raças Quarto de Milha e Crioula que estarão envolvidas na VII Expoeste – Exposição Morfológica da Raça Crioula e na II Credenciadora ao Freio de Ouro do Oeste Catarinense. As atividades serão coordenadas pelo Núcleo de Criadores de Cavalos Crioulos e pelo Núcleo Catarinense de Criadores de Quarto de Milha. Outra novidade será o espaço para competições eqüestres, uma espécie de cancha de rodeio dentro das normas para receber as principais competições do cavalo crioulo, como a Credenciadora do Freio de Ouro.

No dia 15 de outubro a partir das 14 horas ocorrerá o Campeonato Sul Brasileiro de Laço em Dupla e às 20 horas o Rodeio Havan que prossegue até o domingo, dia 18/10. No dia 16/10, sexta-feira, às 14 horas terá início o Campeonato Catarinense e Paranaense 2009, com provas de seis balizas. No sábado dia 17, serão disputadas as provas de três tambores; as finais ocorrerão no domingo, dia 18.

O Núcleo dos Criadores de Bovinos de Chapecó coordenará as atividades com 1.200 animais para mostra, torneio leiteiro e leilão de corte e leite. O segmento desuinocultura estará representado por exposição de animais, de nutrição animal, equipamentos, melhoramento genético, biossegurança e sanidade em suínos. Durante todos os dias da feira serão oferecidas refeições em ênfase na gastronomia da carne suína.

A Efapi 2009 também contará com a Feira Tecnoagrofamiliar que exibirá e comercializará produtos agroindustrializados com a participação de cerca de 30 famílias. Os visitantes conhecerão produtos de agroturismo, agricultura e agroindústria familiar, artesanatos, piscicultura e equipamentos. “O objetivo é mostrar que os produtores aprenderam a agregar valor à produção”, explica o coordenador da agropecuária, secretário municipal de agricultura, Mauro Zandavalli.          

A produção de pescado nas regiões do interior do Brasil está em pauta na EFAPI 2009, com a 1a Mostra Sulbrasileira de Piscicultura, coordenada diretamente pelo Ministério da Pesca e Aquicultura. A mostra ocupa espaço 1.600m2, com 14 estandes de produtores, empresas, centros de pesquisa, Governo do Estado e Epagri. Reunirá produtores, empresários e profissionais dos três estados para debater políticas de desenvolvimento.

A Mostra Sulbrasileira de Piscicultura tem programação paralela de Seminários regionais com pesquisadores da Unochapecó e cursos de gastronomia, exclusivamente de pescados, voltados para capacitação de cozinheiras e merendeiras de instituições de ensino. Visitantes da Efapi poderão se inscrever para participar gratuitamente das aulas.

A exposição foi viabilizada através de convênio firmado entre a Prefeitura de Chapecó e o Ministério da Pesca e da Aquicultura no valor de 285 mil reais e firmado entre o prefeito João Rodrigues e o ministro Altemir Gregolin. Os recursos foram investidos na estruturação da Mostra.

Uma das mais vibrantes atrações da Efapi será o Rodeio Country, que, neste ano, será novamente patrocinado pela Havan. A companhia de rodeio César Paraná foi contratada para realizar shows na nova Arena Multiuso do parque de exposições. Essa companhia atuará com uma estrutura formada por 80 cavaleiros, 150 cavalos, 20 touros e 30 bois, além de protagonizar provas de laço, três-tambores e teen taning.

Para dar mais emoção ao espetáculo, a equipe utilizará touros e cavalos preparados especialmente para derrubar os peões. Entrarão em cena os “touros-máquinas” que pesam de 800 a 1.200 quilos ao lado de cavalos rebeldes e quase indomáveis. Esses animais são garantias de adrenalina da primeira até a última montaria.

Fonte: Marcos A. Bedin
MB Comunicação Assessoria de Imprensa
(49) 3323-4244, (49) 9967-4244
mb@mbcomunicacao.com.br

Leia Mais ►

Um galinheiro é transformado na Holywood brasileira

Numa grande área verde em São Bernardo do Campo, no estado de São Paulo, a avicultura cede lugar ao sonho do cinema brasileiro.

No final de 1946, Francisco Matarazzo Sobrinho faz sua habitual visita a uma imensa área verde em São Bernardo do Campo, onde o industrial paulista possui uma próspera criação de galinhas. Nessa ocasião, o escritor José Mauro de Vasconcelos, que acompanhava-o, teria dito: “ Aqui daria um ótimo lugar para se fazer cinema no Brasil”. Três anos depois, a 4 de novembro de 1949, a avicultura cede lugar ao graveracruz200nde sonho hollywoodiano do cinema brasileiro. Franco Zampari e Cicillo Matarazzo fundam a Cia Cinematográfica Vera Cruz, com capital inicial de 7,5 milhões de cruzeiros, uma fortuna para época.

Eu estava disposto a fazer da Vera Cruz a mais perigosa experiência da minha vida. Acreditava no talento brasileiro. Eu estava disposto a perder quanto fosse necessário, nos primeiros anos. Depois, tinha certeza, a coisa melhoraria. Afinal, somos ou não somos um povo de heróis?”,  diria o engenheiro italiano, Franco Zampari.

No começo de 1950, depois de uma série de conferências sobre cinema no Museu de Arte de São Paulo, o cineasta Alberto Cavalcanti é convidado por Zampari para dirigir a recém-criada Vera Cruz. Dispondo de amplos recursos, Cavalcanti contrata técnico ingleses, italianos, diretores brasileiros e um grande elenco nacional, para iniciarem a fase do cinema brasileiro em bases industriais.

O primeiro filme com o selo da Vera Cruz foi Caiçara, com direção do italiano Adolfo Celi, e trazendo no elenco nomes como: Eliane Lage, Carlos Vergueiro e Mário Sérgio. Com muitos contratempos e acirradas brigas entre Celi e Cavalcanti, as filmagens demoraram aproximadamente seis meses, com toda a equipe sem poder sair de Ilhabela, local das filmagens.

Fonte de pesquisa: Nosso Século, Abril Cultural, 1980.

Leia Mais ►

Juiz é acusado de abusar sexualmente de detentos

Alguns prisioneiros, que alegam ter sofrido abuso sexual, afirmaram que foram retirados da cadeia para encontros com o ex-juiz em seu carro ou em seu escritório.

Segundo matéria, publicada no do site Espaço Vital, um ex-juiz da cidade de Mobile, no Estado do Alabama, nos Estados Unidos, começou nesta segunda-feira a ser julgado por supostamente abusar sexualmente de prisioneiros. Em alguns casos, o ex-magistrado Herman Thomas, 48 de idade, teria exigido sexo de detentos em troca de ajuda nos processos deles, para que tivessem penas mais leves.

As acusações que vão desde a sodomia, sequestro, extorsão até abuso sexual e agressão, caso confirmadas, poderão fazer com que o ex-magistrado, que já teve sua licença de magistratura cassada, seja condenado à prisão perpétua. Segundo o procurador que fez a acusação, 15 prisioneiros e ex-prisioneiros devem testemunhar contra ele no tribunal.

O juiz Thomas já tinha sido o favorito do Partido Democrata para ser o primeiro juiz federal negro no sul do Alabama. Mas ele renunciou ao cargo em 2007 depois das acusações de que ele teria submetido prisioneiros a atos sadomasoquistas com um remo.

Robert Clark, o advogado de Herman Thomas, afirmou que as supostas vítimas estão tentando arruinar a carreira do ex-juiz. O advogado descreveu a situação como um "linchamento high-tech com motivações políticas, pois os acusadores não gostam de negros orgulhosos, e é assim que eles veem Herman", afirmou.

Fonte: Espaço Vital

Leia Mais ►

5 de outubro de 2009

Cuidado com os movimentos repetitivos

A ausência de tratamento resulta em dor e limitação de movimentos e no ombro, evolui para tendinite e síndrome do impacto.

Um número cada vez maior de pessoas que praticam movimentos repetitivos – como tenistas, nadadores, trabalhadores especializados e outros profissionais – estão sendo acometidos de bursite. A inflamação da bursa, pequena bolsa que existe nas articulações do ombro, cotovelo, quadril, joelho e tornozelo, causa dores, limita movimentos e cria desagradáveis desconfortos ao paciente.

O médico ortopedista e traumatologista, Joaquim Reichmann, explica que os processos inflamatórios que caracterizam a bursite são provocados por encurtamento muscular, esforços repetitivos, traumatismos e alterações anatômicas (menos espaço no ombro para o tendão do supra espinhoso).

Sobre a identificação do problema, Reichmann, explica que o exame físico detecta 90% dos problemas e que podem ser usados recursos complementares como raio-X, ultra-som e ressonância magnética. “O tratamento dura em média de uma a três semanas e inclui antiinflamatórios, infiltrações, alongamentos e fisioterapia”, orienta.

A ausência de tratamento resulta em dor e limitação de movimentos. No ombro, evolui para tendinite e síndrome do impacto que é uma doença de evolução progressiva que se não for corretamente tratada ou interrompida numa fase avançada, exige tratamento cirúrgico.

“A falta de tratamento acarreta limitação funcional dolorosa da articulação que pode evoluir para limitação quase total dos movimentos. Essa situação é causada pela retração muscular, capsular e tendinosa provocada pela falta de movimentos da articulação em sua plenitude”, argumenta o médico.

A bursite de ombro e a de tornozelo ocorrem em qualquer faixa etária; a de joelho e de cotovelo são mais comuns após 40 anos. A bursite de quadril ocorre com mais frequência nas mulheres após 40 anos em razão do formato anatômico.

Reichmann observa que ocorre habitual confusão entre bursite e tendinite. Esclarece que a bursite acomete somente a bursa. Tendinite é a fase seguinte com inflamação do tendão que está num plano mais profundo. As tendinites não tratadas adequadamente podem evoluir e causar ruptura parcial ou total do tendão, necessitando, nesse estágio, tratamento cirúrgico.

Fonte: Marcos A. Bedin
MB Comunicação Assessoria de Imprensa
(49) 3323-4244, (49) 9967-4244
mb@mbcomunicacao.com.br

Leia Mais ►

Gracias Mercedes

Gracias a la vida que me ha dado tanto.
Me dio dos luceros, que cuando los abro,
Perfecto distingo lo negro del blanco
Y en el alto cielo su fondo estrellado
Y en las multitudes el hombre que yo amo.

 

Leia Mais ►

Recomendo

  • Projeto Valença Troca Livros - Aguardem! Em novembro! Vem aí o *"Projeto Valença Troca Livros"* Sem custo algum, apenas doação, amor. Já tenho alguns livros *livros* para serem trocados...
    Há 5 dias
  • - Cheiro de Goiaba - Mais uma participação da escritora, historiadora *Urda Alice Klueger, *Comentando o seu primeiro dia de aula, na Rua da Glória antiga Escola São José, e q...
    Há 2 semanas
  • - Noite da Família no Clã! No sábado a noite (13/05) foi realizado uma noite super especial com todas as Mães e familiares do Clã, onde rolou bolos e salgad...
    Há 5 meses
  • -

Arquivo do Blog