13 de novembro de 2010

Campanha de superação do racismo

Pela Rede Afrokut será lançada, no dia 21 de novembro, a Campanha de Superação do Racismo na Educação Infantil nas Igrejas. A campanha tem por propósito levar o debate sobre preconceito e discriminação para as escolas dominicais e escolas bíblicas das igrejas evangélicas brasileiras. 

 

A campanha integra a programação da 7ª edição da Semana Nacional Evangélica de Consciência Negra (Senecon). Na Semana também será lançado o Curso Pastoral da Negritude, de 60 horas e a distância, voltado à formação e capacitação de pessoas para o ministério e pastorais de negritude cristã nas igrejas.

Com o patrocínio da Fundação Luterana de Diaconia (FDL) e da Coordenadoria Ecumênica de Serviço (Cese), a Senecon tem por objetivo envolver as igrejas evangélicas na questão racial e da negritude.

No sábado, 6, o Santuário Nacional de Aparecida, São Paulo, recebeu romeiros da 14ª Romaria das Comunidades Negras, organizada pela Pastoral Afrobrasileira, da Igreja Católica. “Mãe Negra Aparecida somos protagonistas de um novo tempo” foi o lema da Romaria.

Olhar as Sagradas Escrituras na perspectiva da negritude é a proposta do livro Bíblia e Negritude – Pistas para uma Leitura Afro-Descendente, editado pelo Centro de Estudos Bíblicos (Cebi).
No livro, Edmilson Schinelo indaga se fiéis que participam regularmente da vida da igreja ao menos ouviram a hipótese de que Simão de Cirene, aquele que ajudou Jesus a carregar a cruz, era negro. 

“Ora, Cirene fica no norte da África, mas alguma vez você ouviu em prédica ou sermão, na catequese, na escola dominical ou no ensino confirmatório, que um africano ajudou Jesus a carregar a cruz?” Estudiosos alegam que Simão era um judeu na diáspora, mas com que argumentos? – pergunta.
Moisés casou-se com uma africana, segundo o livro de Números 12, um africano de nome Ebed-Melec liderou movimento para libertar o profeta Jeremias, que fora jogado numa cisterna, de acordo com o relato de Jeremias 38.

“Queremos e podemos descobrir as raízes negras do povo hebreu e de toda a Bíblia”, porque o livro dos livros, antes de ser europeu, ele é afro-asiático, afirma Edmilson. Ele não nega a contribuição européia ao continente americano e assinala que negros e latinos querem seguir trocando saberes com o Velho Continente. “Mas denunciamos o cristianismo branco e opressor, com teologias que chegam ao absurdo de justificar a escravidão negra, feita pelos brancos, e que continuam, muitas vezes, negando nossas raízes.”

Fonte:ALC
Leia Mais ►

12 de novembro de 2010

Sustentabilidade é assunto também nos salões de beleza

Os salões de beleza há muito tempo deixaram de ser um lugar onde os assuntos giravam em torno da cor do esmalte, do corte de cabelo da atriz famosa ou da mudança do visual para a próxima estação. Uma ação do Núcleo dos Profissionais da Beleza, nesta semana, incluiu os salões de beleza, definitivamente, no tema “sustentabilidade”.

O especialista Itamar Cechetto foi um dos palestrantes do workshop “Mechas Sustentáveis” com Roll Meches Colors. Ele apresentou dados de uma pesquisa realizada no Estado de São Paulo que aponta o volume de resíduos produzidos pelos salões. Entre os principais vilões desse lixo, está o papel alumínio, utilizado para fazer mechas.

Estima-se que no Brasil existam em torno de 250 mil estabelecimentos de beleza, com CNPJ, produzindo por ano mais 15 mil toneladas somente de papel alumínio, que acaba sendo jogado no lixo comum e levado para os aterros sanitários ou lixões.
Luiz Cintra durante demonstração de corte(foto MB Comunicações)


Com a ferramenta apresentada durante o workshop, o papel alumínio seria substituído pelo “roll meches” e cada kit desse produto introduzido no mercado equivale a cerca de 60 quilos de papel alumínio. O roll meches é um polímero com durabilidade de dois anos. “Tudo começa pela mudança de comportamento. Não dá pra usar a sustentabilidade para fazer marketing. Tem que ser verdadeiro”, aconselhou Cechetto.

         Outro palestrante foi o especialista Luiz Cintra que abordou os temas visagismo, técnicas de corte, tendências, marketing pessoal e empresarial, moda e beleza.Visagismo é a arte de criar uma imagem pessoal personalizada, baseada no princípio de que o rosto deve expressar quem a pessoa é, com harmonia e estética, além de revelar suas qualidades.

Fonte: MARCOS A. BEDIN
MB Comunicação Empresarial/Organizacional
Leia Mais ►

11 de novembro de 2010

6 toneladas de lixo eletrônico recebem destino correto

A natureza agradece. A ação desencadeada pela CDL Chapecó, através do programa Recicla CDL, em parceria com o Senac, Fatma, empresa Realtec e Programa Oficina Educativa Verde Vida, arrecadou no último sábado, 6.350 quilos de lixo eletrônico.

As quase 10 toneladas de equipamentos estão no Verde Vida onde serão desmontados e encaminhados para reciclagem. “Essa iniciativa, além de conscientizar a população a dar o destino correto para esses materiais, proporciona saúde ao meio ambiente”, ressalta o diretor de eventos da CDL Chapecó, Claudinei Pacheco. 

 Chapecó deu um exemplo de cidadania para todo o estado e até para o país. As pessoas entenderam o objetivo do Recicla CDL e atenderam ao chamado. Equipamentos que até então ficavam acumulados em casa ocupando espaço agora serão destinados corretamente, sem agredir a natureza”, comemora a coordenadora, Mariana Gerhardt.

Foram arrecadados milhares de aparelhos celulares, CPU’s, placas mãe, de rede e som, centrais telefônicas, drives de computador, fontes e transformadores, processadores cerâmicos e sintéticos, HD (disco rígido), CD’s e DVD’s, cabos de força e dados, teclados e mouses, impressoras, aparelhos de DVD, som vídeocassete, monitores e televisores, hubs, pilhas e baterias, no break e baterias de automóveis, eletrodomésticos e cobre. 

Cada computador utiliza materiais diversos que podem ser reciclados. Um computador mediano é feito de elementos básicos, como plásticos e metais, mas também de componentes extremamente danosos à saúde, como chumbo, cádmio, belírio, mercúrio, etc.
Lixo Eletrônico(Foto Mb Comunicação)


O mercúrio, utilizado em computadores, monitores e TVs de tela plana pode causar danos cerebrais e ao fígado. O chumbo, componente mais usado em computadores, além de televisores e celulares, pode causar náuseas, perda de coordenação e memória. Em casos mais graves, pode levar ao coma e à morte.

Fonte: MARCOS A. BEDIN
MB Comunicação Empresarial/Organizacional
mb@mbcomunicacao.com.br
Leia Mais ►

8 de novembro de 2010

72ª Festa das Flores de Joinville

A tradicional exposição de flores, somada a diversas atrações especiais, como apresentações culturais e de lazer, gastronomia típica e eventos especiais fazem da festa das flores de Joinville um evento inesquecível. Com entrada franca, a festa recebe entre os dias 12 a 16 de Novembro de 2010, centenas de milhares de visitantes, entre eles famílias e excursões de todo Brasil e do exterior.

A abertura acontecerá dia 11/11, às 19h, com a presença do patrono da 72ª Festa das Flores, Miguel Krigsner, que é fundador e presidente do Conselho de Administração do Boticário. Dentre as novidades desta edição está a participação da Escola do Teatro Bolshoi no Brasil, pela primeira vez na Festa das Flores, com o espetáculo "Jurei pro amor um dia te encontrar", da Cia Jovem (domingo, dia 14/11, às 19h). Outra novidade é o ônibus que levará visitantes, da Expoville até a Estrada da Ilha, para um passeio nas plantações de hemerocallis e lírios. As saídas serão diárias, durante o período da Festa das Flores.72_festa_das_flores


A 2ª Exposição Internacional de Orquídeas, com mais de 4.500 exemplares de flores selecionadas entre expositores nacionais e internacionais, contará com a presença de jurados e palestrantes vindos dos EUA, Alemanha, Cuba, Bolívia, entre outros países. O evento também oferece diversas atrações culturais, de lazer e gastronomia típica. Em um mesmo espaço, a Festa reúne atividades como Mercado de Flores e Plantas, Feira Jardim, Casa & Lazer, Artesanato e Palco Cultural.


A Festa das Flores é realizada pela Fundação Turística de Joinville e promovida pela AJAO(Agremiação Joinvilense de Amadores de Orquídeas), e foi recentemente instituída como festa oficial da cidade por lei municipal. São esperadas cerca de 200 mil pessoas, vindas de todo o Brasil e do exterior. O tema central da Festa este ano é a Biodiversidade, em sintonia com o Ano da Biodiversidade da ONU, com uma exposição alusiva ao tema que inclui expografia, documentários e workshops sobre desenvolvimento sustentável, consciência ambiental e diversidade cultural.


72ª Festa das Flores de Joinville
De 11 a 16 de novembro/2010
Complexo Expoville
Informações:
AJAO: 47 3422-5585
Fundação Turística de Joinville: 47 3453-2663

Leia Mais ►

7 de novembro de 2010

Você conhece a doença de Peyronie?

A doença de Peyronie, é mundialmente assim conhecida, por ter sido descrita em 1743 por François Gigot de La Peyronie (1678 - 1747), cirurgião francês, que foi nomeado primeiro cirurgião e confidente do rei Luís XV.

A doença de Peyronie caracteriza-se pela formação de placas ou nódulos no pênis, em uma das suas camadas chamada de túnica albugínea. Pode ocorrer dor, durante as ereções, e curvatura/encurtamento peniano. Esta curvatura, por sua vez, pode dificultar a penetração durante o ato sexual.

Não existe uma origem explicada, porém acreditase que exista algum trauma que desencadeie todo este processo inflamatório. A doença atinge aproximadamente 5% da população masculina adulta. A regressão espontânea não é comum. O diagnóstico é clínico, sem necessidade, de uma maneira geral, de exames complementares, pois as placas normalmente são facilmente palpáveis.

A doença de Peyronie pode ser dividida em duas fases:image

A fase inflamatória, que é a inicial, geralmente acompanhada de intensa dor ou desconforto durante as ereções, e ocorre geralmente nos primeiros 6 meses de evolução. Pode haver resolução espontânea desta dor, em um período de tempo variável, mas também pode ser indicado, nesta fase, o uso de alguns medicamentos que podem trazer algum benefício, como a vitamina E, colchicina e paraaminobenzoato de potássio.

A segunda fase, chamada de tardia, sem dor, mas com curvatura e deformidade peniana, que representa a doença estabilizada, e varia de 12 a 18 meses de evolução. Normalmente nestes casos, quando esta deformidade peniana atrapalha a penetração, está indicado o tratamento cirúrgico para retificação peniana. Quando o paciente apresenta dificuldade de ereção, que não responde aos tratamentos habituais, associada à curvatura peniana, o implante de uma prótese pode ser discutido.

Fonte: SBU

Leia Mais ►

Recomendo

  • Projeto Valença Troca Livros - Aguardem! Em novembro! Vem aí o *"Projeto Valença Troca Livros"* Sem custo algum, apenas doação, amor. Já tenho alguns livros *livros* para serem trocados...
    Há 2 dias
  • - Cheiro de Goiaba - Mais uma participação da escritora, historiadora *Urda Alice Klueger, *Comentando o seu primeiro dia de aula, na Rua da Glória antiga Escola São José, e q...
    Há uma semana
  • - Noite da Família no Clã! No sábado a noite (13/05) foi realizado uma noite super especial com todas as Mães e familiares do Clã, onde rolou bolos e salgad...
    Há 5 meses
  • -

Arquivo do Blog