23 de abril de 2013

Cuide bem da sua voz

A comunicação é essencial para a socialização e qualidade de vida do ser humano. No entanto, dificilmente as pessoas analisam a importância de alguns cuidados básicos para a preservação vocal. No último dia 16 de abril foi celebrado o dia mundial da voz, visando alertar para a adoção de hábitos que garantam a preservação desta “ferramenta” fundamental para a interação verbal.

A fonoaudióloga do Programa de Medicina Preventiva da Unimed Chapecó (Univida), Ana Paula de Castro Silva Funai, realça que a voz enriquece a transmissão da mensagem, acrescentando à palavra falada o conteúdo emocional, a entoação, a expressividade, além de identificar o indivíduo. “Ela é utilizada em todos os ciclos de vida e, portanto, os cuidados devem ser adotados desde a infância e mantidos ao longo dos anos. Dessa forma, é possível prevenir as alterações vocais causadas por mau uso/abuso da voz que comprometem a longevidade vocal”.

Segundo a fonoaudióloga, por meio da voz, as pessoas mantêmrelacionamentos afetivos e sociais. Na infância, um distúrbio vocal pode causvozar impacto na eficiência comunicativa, no desenvolvimento social e educacional e na participação nas atividades escolares em grupo. Na adolescência, dos 10 aos 19 anos, ocorrem as grandes mudanças decorrentes de alterações hormonais que transformam a laringe infantil em adulta. Quanto maior a alteração vocal em adolescentes, maior o impacto na sua qualidade de vida, pois é a partir da voz que o adolescente poderá se expressar e se desenvolver na sociedade.

Na fase adulta, a voz tem impacto nos relacionamentos afetivos e na sociedade, principalmente, no ambiente de trabalho. Independente da atividade exercida, por ser um dos fatores que podem influenciar positiva ou negativamente, alguns hábitos preventivos são fundamentais no dia a dia. Os cuidados, na terceira idade, são importantes para evitar o isolamento social devido à dificuldade de comunicação advinda de um problema vocal.

Em todos os ciclos da vida existem cuidados básicos que devem ser tomados com a voz, tais como: evitar abusos vocais como, por exemplo, gritar ou falar muito alto por um longo período, falar com mais esforço que o necessário, conversar muito durante quadros gripais e pigarrear. Além disso, a hidratação diária (ingestão de água) é fundamental para o bom funcionamento das pregas vocais, pois reduz o esforço e aumenta o rendimento da voz. Dormir bem e manter uma boa postura ao falar ou cantar também são hábitos que auxiliam nesse processo. Profissionais que utilizam a voz como instrumento de trabalho devem adotar medidas específicas que preparam e protegem a voz durante o uso profissional. “Ao tomarmos estes cuidados básicos, nos tornamos “Amigo da Voz“ em todos os ciclos da vida”, conclui Ana Paula.

Fonte: MARCOS A. BEDIN

MB Comunicação Empresarial/Organizacional

mb@mbcomunicacao.com.br

Leia Mais ►

Recomendo

  • Projeto Valença Troca Livros - Aguardem! Em novembro! Vem aí o *"Projeto Valença Troca Livros"* Sem custo algum, apenas doação, amor. Já tenho alguns livros *livros* para serem trocados...
    Há 4 dias
  • - Cheiro de Goiaba - Mais uma participação da escritora, historiadora *Urda Alice Klueger, *Comentando o seu primeiro dia de aula, na Rua da Glória antiga Escola São José, e q...
    Há 2 semanas
  • - Noite da Família no Clã! No sábado a noite (13/05) foi realizado uma noite super especial com todas as Mães e familiares do Clã, onde rolou bolos e salgad...
    Há 5 meses
  • -

Arquivo do Blog