23 de maio de 2009

Capoeira recebe homenagem em selo postal

Os Correios lançam nesta segunda-feira (25), às 20h, no Teatro Castro Alves, em Salvador, selo em homenagem à roda de capoeira e ao ofício dos mestres dessa importante manifestação popular, tornada Patrimônio Imaterial do Brasil em 15 de julho de 2008. A cerimônia de lançamento será realizada em meio às comemorações do Dia da África e contará com a participação do presidente Luiz Inácio Lula da Silva; do presidente do Senegal, Abdoulaye Wade; do Ministro da Cultura, Juca Ferreira; do governador da Bahia, Jaques Wagner, e do presidente dos Correios, Carlos Henrique Custódio.

Durante o evento, será lançado oficialmente o III FESMAN – Festival Mundial das Artes Negras, uma realização do governo do Senegal, previsto para ocorrer de 1º a 14 de dezembro deste ano, na cidade de Dakar. O objetivo do festival é intensificar a valorização das artes negras no cenário mundial e a unificação dos países africanos e diáspora. O Brasil participa como convidado de honra e é o responsável por articular os demais países da América Latina. Para celebrar o lançamento do III FESMAN, será apresentado um espetáculo, que contará com a presença de diversos artistas: os brasileiros Gilberto Gil, Carlinhos Brown e Margareth Menezes e o grupo musical senegalês Les Frères Guissé, entre outros.

O selo lançado pelos Correios focaliza a obra ”Vadiação”, da série Jogo de Capoeira, do artista Carybé (1911-1997). A imagem mostra uma típica roda de capoeira e suas figuras tradicionais: os jogadores e os instrumentistas em ação, assistidos, informalmente, pelo povo em descontração e simplicidade. Os tons fortes realçam o clima festivo.

A tiragem é de 10 milhões e 200 mil selos, a R$ 0,65 cada. As peças filatélicas podem ser adquiridas nas agências e na loja virtual dos Correios (www.correios.com.br/correiosonline).

Com esta emissão filatélica, os Correios buscam ressaltar os valores nacionais e sua importância no contexto sociocultural do Brasil, ao mesmo tempo em que divulgam aspectos da expressiva cultura africana presente na comunidade brasileira.

Sobre a capoeiracapoeira

De origem remota e controversa, a capoeira fincou suas raízes no Brasil, onde criou mitos e lendas, inclusive na resistência contra a opressão escravocrata. Perseguida e marginalizada por quase trezentos anos, era praticada às escondidas, sendo considerada apenas mais uma obscura tradição dos negros.

Hoje, a capoeira é parte do cenário brasileiro, envolvendo em sua prática grande abrangência de expressão, ao reunir várias linguagens artísticas. Além disso, sua vinculação com a Antropologia e com a História reforça o seu papel social e colabora na educação de importantes segmentos da população brasileira.

Presente em todos os estados do Brasil e em mais de 150 países, a capoeira tem variações regionais e locais a partir de suas modalidades mais conhecidas: capoeira de Angola e capoeira regional. Nesse aspecto, assume expressões fundamentais da nossa cultura, nas quais o povo brasileiro se reconhece. A manifestação testemunha o quanto o brasileiro consegue redimensionar as adversidades em práticas positivas de beleza incontestável.

Fonte: Correios

Leia Mais ►

Entevista: diretor técnico do Sebrae Anacleto Ângelo Ortigara

Para ficar “cada vez mais próximo dos empreendedores” e ter uma atuação permanente em 100% do território catarinense, o Sebrae de Santa Catarina vai mudar. Inspirada na necessidade de estabelecer um novo modelo de parcerias para ampliar e modernizar as áreas de atendimento, a nova estrutura de operação do Sebrae em Santa Catarina foi anunciada na semana passada, em Chapecó, pelo diretor técnico Anacleto Ângelo Ortigara.

Mestre em administração e doutor em engenharia da produção, o gestor do Serviço de Apoio às Micro e Pequena Empresas (Sebrae), em Santa Catarina, acredita na capacidade empreendedora dos catarinenses. Administrador, ex-professor e dirigente universitário, Ortigara, aos 49 anos de idade, coordena dezenas de projetos de dinamização de vários setores da economia, entre eles, os arranjos produtivos locais (APLs) de dezenas de cadeias produtivas. Foi o principal mentor da reforma recém-implantada.

Por que o Sebrae decidiu anunciar essas mudanças em Chapecó?

Anacleto Ortigara – Essa é uma forma de homenagear uma região que tem sido paradigma nacional em termos de atuação exemplar do Sebrae no apoio às pequenas e microempresas e, por outro lado, onde se concentram os mais exitosos programas com as melhores respostas dos empreendedores.

Qual é a concepção da nova estrutura definida para o Sebrae de SC?

Ortigara – A nova estrutura está baseada na constituição de nove coordenadorias regionais, oito agências e seis pontos de atendimento. Sua concepção obedece ao objetivo de ampliar a representatividade do Sebrae, melhorar a gestão e agilizar processos. Ela foi orientada para prestar assistência e acompanhamento em todas as regiões catarinenses.

Ela já está implantada ou apenas definida? E qual a situação dos colaboradores?

Ortigara – As mudanças foram decididas pelo Conselho Deliberativo e implementadas pela diretoria executiva neste mês de maio. Não haverá demissão de colaboradores, apenas realocação de recursos humanos.

Qual é a distribuição geográfica das unidades administrativa que formam essa nova estrutura?

Ortigara – As coordenadorias regionais funcionarão em Florianópolis, Blumenau, Joinville, Itajaí, Criciúma, São Miguel do Oeste, Chapecó, Joaçaba e Lages. As agências de atendimento operarão em Jaraguá do Sul, São Bento do Sul, Tijucas, Brusque, Tubarão, Caçador, Xanxerê e Rio do Sul. Os primeiros postos de atendimento atuarão nas cidades de Palhoça, São José, Canoinhas, Curitibanos, Concórdia e Pinhalzinho.

Como foi definida essa estrutura e como se distinguem uma das outras?

Ortigara – Os critérios para definição das coordenadorias foram o potencial de mercado, a capacidade de mobilização de investimentos e o equilíbrio na distribuição geográfica da representatividade institucional do Sebrae/SC. As coordenadorias serão estruturas próprias que atuarão na coordenação das agências, dos postos de atendimento e dos projetos, além de prospectar e atender as micro e pequenas empresas e os empreendedores. As agências serão estruturas vinculadas às coordenadorias. Os postos de atendimentos serão resultado de parcerias com entidades locais, públicas e privadas. Todas as unidades terão foco no atendimento.

Que efeitos o Sebrae espera dessas mudanças?

Ortigara – As mudanças reduzirão custos e fortalecerão a presença do Sebrae em regiões que concentram o maior número de empresários e potenciais empresários, atendendo a uma demanda de projetos cada vez mais regionalizados e melhorando o atendimento individual e coletivo aos empreendedores. A nova estrutura permitirá melhorar o processo gerencial e a qualidade da assistência prestada aos micro e pequenos empresários, além de atender as demandas por maior número de gestores de projetos.

Qual era a conformação estrutural anterior?

Ortigara – A estrutura anterior era constituída de 12 agências de articulação e atendimento (Blumenau, Chapecó, Criciúma, Florianópolis, Itajaí, Jaraguá do Sul, Joaçaba, Joinville, Lages, São Miguel do Oeste, Tubarão e Xanxerê) e por 11 agências de articulação (Brusque, Caçador, Canoinhas, Concórdia, Curitibanos, Palhoça, Rio do Sul, São Bento do Sul, São José, Tijucas e Pinhalzinho).

Quais são as metas do Sebrae para este ano e como o Sr. define a atuação do órgão em Santa Catarina?

Ortigara – É uma das mais eficientes e de mais alta resolutividade do país. Em Santa Catarina existem 358 mil micro e pequenas empresas (MPE´s) que geram 1 milhão 697 mil empregos. A meta do Sebrae em 2009 é atender 38 mil MPE´s que padecem da escassez de conhecimento, treinamento, tecnologia e infraestrutura para inovação. No geral, serão prestados 2,5 milhões de atendimentos presenciais e à distância, coletivos e individuais. Out

ortigara

ra meta é a longevidade empresarial: em 2002, apenas 50% das empresas completavam o segundo ano de vida; em 2008 subiu para 75,9% e a meta para 2009 é 77,2%.

 
 
Anacleto Ortigara, diretor técnico do Sebrae/SC

Por: Marcos A. Bedin
MB Comunicação
Assessoria de Imprensa
(49) 3323-4244, (49) 9967-4244
mb@mbcomunicacao.com.br

Leia Mais ►

22 de maio de 2009

Leilão de jóias em Fortaleza

A Caixa Econômica Federal realizará no próximo dia 26 de maio, em Fortaleza (CE), leilão de jóias de contratos de penhor vencidos há mais de 30 dias. Os clientes titulares dos contratos incluídos podem regularizá-los em qualquer agência da CAIXA até o dia do leilão.

Serão 1.367 lotes de jóias, com valor médio de R$ 881,00, vinculados a objetos de contratos de penhor das agências Bezerra de Menezes e Pessoa Anta. Os lotes serão vendidos pelo maior valor ofertado, tendo como piso o valor constante do “Catálogo de Licitação de Jóias”, encontrado no site da CAIXA, na opção download e em seguida venda de jóias, edital 022/2009. O menor lote disponível tem lance mínimo de R$ 65,00. Já o maior lote tem lance mínimo de R$ 53.857,00. joia

As jóias ficarão expostas das 10 às 15 horas, nas dependências da agência Pessoa Anta (Av. Almirante Barroso, 500, centro). Os lances poderão ser feitos em qualquer agência do Banco, nos terminais de autoatendimento, com o uso da senha fornecida durante o cadastramento.

O resultado será divulgado no dia 27/05/2009, na agência Pessoa Anta e na internet (www.caixa.gov.br). O pagamento (sinal ou integral) deverá ser efetuado, impreterivelmente, na quarta-feira (27), a partir da divulgação do resultado. As jóias somente poderão ser retiradas com o pagamento integral, conforme disposto no Edital, também disponível no sítio da caixa na internet.

Como participar - Para participar do leilão, bastam a identificação e o cadastramento em agência da CAIXA que trabalhe com penhor de jóias mediante a apresentação de original e cópia de documento de identidade, CPF regular perante a Receita Federal e comprovante de endereço atualizado.

No caso de pessoa jurídica, é necessário CNPJ regular na Receita Federal, cópia autenticada do documento de constituição da empresa, procuração original e com poderes específicos para representar a empresa na licitação e a cópia dos documentos de identidade dos representantes.

Serviço

Leilão de jóias em Fortaleza

Data da exposição: 26 de maio de 2009

Horário da exposição: das 10h às 15h

Data do resultado e pagamento do sinal: 27/05/09

Local: Agência Pessoa Anta – Rua Almirante Barroso, 500, Centro - Fortaleza/CE

Assessoria de Imprensa da CAIXA - Regional Ceará

Leia Mais ►

Inventor de acessório para frescobol procura empresários para comercializar

Dentista procura empresários interessados em comercializar o produto e diz ter capacidade para produzir mais de 50 mil unidades por mês. O frescobol é um dos jogos mais difundidos nas praias brasileiras e é praticado em quase todos os estados, inclusive nas capitais, como em São Paulo. No exterior, países como Estados Unidos (Flórida, Califórnia e Havaí), Espanha (Barcelona, praias de San Sebástian e Nova Icária), Austrália (Gold Coast), Nova Zelândia, Portugal (Aveiro) e Peru já têm muitos adeptos do 'fast ball'.


Aos poucos o jogo vem ganhando ares de esporte oficial. Em São Paulo, Rio Grande do Sul, Espírito Santo já existem as federações estaduais. O presidente da Federação Paulista de Frescobol, Milton Santana, diz que o objetivo agora é mobilizar outros estados e criar uma confederação. “Ainda é grande o preconceito em relação ao jogo. Em muitas praias e locais públicos, ele é proibido”.batebola


“O grande problema está na velocidade da bola, que pode quebrar objetos e até machucar pessoas no entorno”, diz Santana. Para tentar resolver uma parte desses problemas, o dentista Flávio Giordani criou o ‘Bate Bola’, um acessório para iniciantes, em que a bolinha fica presa a uma base no chão.


“Fizemos uma pesquisa informal com praticantes do jogo e descobrimos que 87% deles não gostavam de ir buscar a bolinha. Com o ‘Bate Bola’, o praticante tem liberdade de jogo. Pode ser usado por quem está começando e ainda não tem muita coordenação e até mesmo por pessoas com limitação motora”, diz o empresário. Sediado na Incubadora de Empresas de Guarulhos, o dentista-inventor diz que tem capacidade para produzir até 54 mil peças por mês.


“Estamos conversando com grandes empresas interessadas em associar suas marcas ao produto. Além disso, nosso produto está sendo testado em eventos ligados às federações estaduais e em clínicas de frescobol”, diz.


Para Milton Santana, o ‘Bate Bola’ é importante porque permitirá que o jogo chegue a pequenos espaços, como o quintal das casas, shopping centers, etc. “Queremos que o frescobol seja liberado em qualquer lugar e o ‘Bate Bola’ vai nos ajudar com isso”.

Dentista de profissão, mas empreendedor por natureza, Flávio Giordani fez um curso oferecido pelo Sebrae, o Empretec. Observando as dificuldades que os praticantes de frescobol tinham na praia, em 2005, criou o primeiro protótipo e registrou a patente.


Em 2006, entrou na Incubadora de Empresas de Osasco. Com as orientações dos especialistas e as pesquisas realizadas, o empresário aperfeiçoou o projeto, que chegou a uma versão final em novembro de 2008. “Gastei quase R$ 80 mil em material e design, sem nenhum tipo de financiamento. Agora quero começar a comercializar em escala”. Para conhecer mais sobre o produto, basta acessar o sitehttp://www.batebolaesportes.com.br .

Fonte: Agência Sebrae de Notícias

Leia Mais ►

Saíra-de-sete-cores foi eleita ave símbolo de Indaial

A consulta popular para a escolha da ave símbolo de Indaial, realizada pela UNIASSELVI, através do Clube de Observadores de Aves do Vale Europeu (COAVE), ultrapassou todas as expectativas. Entre o período de 4 a 20 de maio, a população indaialense pode escolher a ave símbolo através da internet (no site do COAVE – www.coave.org.br ) e nas 25 urnas distribuídas em escolas do município e outros pontos de grande circulação. Quatro aves estavam na disputa: gavião-carijó, saíra-de-sete-cores, tucano-de-bico-verde e pica-pau-benedito. O número total de votos válidos foi de 14.296. O próximo passo, agora, será dado na Câmara de Vereadores de Indaial, através da apresentação e aprovação de um projeto de lei, de autoria do vereador Anderson Luz dos Santos (Batata), indicando a saíra-de-sete-cores como a ave símbolo de Indaial. A escolha faz parte da programação da Semana do Meio Ambiente, que será realizada entre os dias 1°e 7 de junho na cidade e terá como uma das atrações, a assinatura do prefeito sancionando a lei.saira


De acordo com o presidente do COAVE, Maicon Mohr, o resultado não poderia ter sido melhor. “Tínhamos uma expectativa de chegar aos cinco mil votos, estamos felizes com a aceitação da população”. O presidente acredita que a repercussão da escolha em outras localidades também contribuiu para o resultado e demonstrou a preocupação das pessoas em relação à preservação ambiental. “Com a grande divulgação da imprensa, inclusive a nacional, através do site G1, da Rede Globo, muitas pessoas participaram da escolha pela internet”. Mas o grande volume de votos se deu nas 25 urnas espalhadas por Indaial. Dos 14.447 votos totais, apenas 5.657 foram pela internet. Palestras foram realizadas nas escolas para conscientizar os jovens sobre a importância da preservação do meio ambiente e difundir a prática da observação de aves.


O vereador Anderson Luz dos Santos entrará com o projeto de lei nesta sexta-feira (22) na Câmara de Vereadores de Indaial. “Batata”, como é conhecido, explica que pedirá à mesa diretora a dispensa dos pareceres das comissões para que a matéria tramite diretamente para a discussão e votação única no plenário. O vereador salienta a importância do parlamento jovem na escolha. “Os vereadores mirins levaram o tema às escolas, contribuindo com a importância da escolha da ave símbolo como forma de preservar o meio ambiente”.


De acordo com o IBGE, a população de Indaial, em 2008, era de 49.959 habitantes. A escolha para a ave símbolo mobilizou, não levando em conta os votos de outras cidades através da internet, 28,91% dos indaialenses. O resultado registra um acréscimo de 288,94% em comparação à expectativa inicial, quando a meta era chegar a cinco mil votos totais. A idéia da escolha da ave símbolo parece ganhar força em outras cidades. Timbó, Brusque e Rodeio, por exemplo, deverão ser as próximas cidades a escolher as suas representantes. Saiba mais sobre a observação de aves, acesse www.coave.org.br .

Fonte: Prefeitura Municipal de Indaial

Leia Mais ►

21 de maio de 2009

Uma história de audácia

Raul Anselmo Randon, fundador do conglomerado gaúcho Randon, fabricante de implementos rodoviários, será um dos debatedores no painel Cultura Empreendedora da Expogestão – Congresso Nacional de Atualização em Gestão –, marcada para o período de 17 a 19 de junho, em Joinville/SC.

O empresário acaba de concluir o processo de transição na direção da empresa, substituído pelo filho, o engenheiro mecânico David Abramo Randon, de 49 anos, novo diretor-presidente da holding Randon S/A Implementos e Participações. Depois de 60 anos, Raul passa a comandar o Conselho de Administração do grupo.

Hoje, o conglomerado Randon integra nove empresas, com filiais e escritórios em todos os continentes. O grupo é composto por dez empresas de implementos rodoviários e ferroviários, veículos fora-de-estrada, autopeças e uma administradora de consórcios. Raul tem se dedicado, também, a diversas atividades associativas empresariais e comunitárias. Já ganhou mais de 150 homenagens entre medalhas, troféus, diplomas e títulos outorgados por entidades governamentais e particulares, nacionais e estrangeiras.

O painel Cultura Empreendedora será mediado por Rodrigo Teles, presidente do Instituto Empreender Endeavor. Além de Raul Randon, participam do debate Walter Torre Jr., presidente do Grupo WTorre, e Mário Chady, presidente do Grupo Umbria - Spoleto, Domino's Pizza Brasil e KoniStore.

O talento, a calculada ousadia e o trabalho árduo são os ingredientes fundamentais na receita de sucesso que une as histórias inspiradoras destes empresários. Todos comandam ou criaram conglomerados consolidados e com presença internacional, com um jeito único de revolucionar o modo de seguir e criar tendências e contextos. Randon, Torre e Chady vão compartilhar suas experiências, esperanças e expectativas, falando de negócios, decisões, dificuldades, superação, economia e liderança.

A Expogestão – Congresso Nacional de Atualização em Gestão e Feira de Produtos e Serviços da Gestão 2009 está marcada para 16 a 19 de junho, no Centreventos Cau Hansen, em Joinville (SC). Em sua sétima edição, o evento se consolida como um espaço para a troca de experiências e o estreitamento de relacionamentos, unindo o pensamento à prática da gestão empresarial. Palestras e debates abordarão temas como sustentabilidade, crise econômica, modelos inovadores, empreendedorismo e a busca da excelência.

Durante a Expogestão serão oferecidos conteúdos de valor para os profissionais que atuam na gestão das empresas, reunindo congresso, feira, workshops e encontros temáticos. Paralelamente ocorrerá a Feira de Produtos e Serviços da Gestão, nos dias 16 a 19 de junho, no Expocentro Edmundo Doubrawa.

A Expogestão é promovida pelo Núcleo dos Jovens Empresários da Acij – Associação Empresarial de Joinville e pela Facisc – Federação das Associações Empresariais de Santa Catarina, com apoio do Grupo Estrutura, KPMG, Universidade da Região de Joinville (Univille) e Hospital Dona Helena.

Texto por: Marcos A. Bedin
MB Comunicação
Assessoria de Imprensa
(49) 3323-4244, (49) 9967-4244
mb@mbcomunicacao.com.br

Leia Mais ►

Suor em excesso? Saiba como corrigir a Sudorese

O suor é regulado pelo Sistema Nervoso Simpático, e a hiperatividade, das glândulas sudoríparas levam ao suor em excesso, recebendo o nome de Hiperidrose. Essa situação é relativamente frequente e trata-se de situação extremamente desconfortável, que causa profundo embaraço social e transtornos de relacionamento no portador, que frequentemente se isola socialmente e adquire hábitos procurando esconder o problema.

A sudorese excessiva e constante é uma condição constrangedora, desagradável, que dificulta as atividades do dia-a-dia e interfere no trabalho, no laser e nas atividades sociais, como escrever, apertar a mão de outra pessoa, segurar papéis, etc.

O inicio dos sintomas pode ocorrer na infância, na adolescência ou somente na idade adulta, por razões desconhecidas. Os locais mais comuns afetados pela Hiperidrose são as mãos, axilas, pés e face, sendo que o suor em excesso nas axilas pode acarretar em odor fétido, bromidrose, pela decomposição do suor com bactérias e fungos.

As opções de tratamento clínico incluem o uso de antiperspirantes e adstringentes, talco ou amido de milho, uso de drogas antidepressivas e ansiolíticas e injeções locais de toxina botulínica.

O tratamento definitivo para a maioria desses casos é uma videocirurgia do tórax com o nome de Simpatectomia. É um procedimento relativamente simples, que através de dois orifícios de menos de 1 cm na região axilar é colocado uma ótica de 5 mm e a pinça necessária para o desligamento do nervo simpático.

O paciente recebe alta hospitalar no dia seguinte à operação e pode retornar as suas atividades no máximo em 7 dias. Os resultados cirúrgicos são surpreendentes, pois as extremidades superiores, mãos e axilas, encontram-se secas e quentes assim que o paciente recupera-se da anestesia em 95% dos casos.

Fonte: Folha da saúde

Por: Dr. Herlado Leandro Demarchi?Cirurgião de tórax e Mestre em Clínica Cirúrgica

Leia Mais ►

Fã recebe R$ 13.500,00 por perder show do grupo Rebeldes

A Gol Transportes Aéreos foi condenada ao pagamento de R$ 13.500,00 a título de danos morais devido ao atraso de um vôo do Rio de Janeiro para São Paulo. A decisão é do desembargador Binato de Castro, da 12ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Rio.

A autora da ação, menor de idade, comprou a passagem aérea para assistir ao show do grupo Rebeldes, no dia 27 de abril de 2007, em São Paulo. A chegada estava prevista para as 15h35, sendo que a apresentação teria inicio às 20h. rebeldes

No dia marcado para o voo, por desorganização da empresa aérea, a autora, depois de longa espera, foi obrigada a se deslocar para outro aeroporto do Rio de Janeiro em um táxi, sem a presença de um funcionário da companhia aérea e em via considerada perigosa (Linha Vermelha). O avião aterrissou em São Paulo por volta das 21h e a menina chegou à apresentação a tempo de ouvir apenas a última música.

"A autora, menor de idade, teve sua pretensão de assistir ao show de seu grupo favorito em São Paulo frustrada por falha da companhia aérea, que não cumpriu com seu dever contratual de levar o passageiro com segurança, no local e horário aprazado", ressaltou o desembargador em seu relatório.

Processo nº: 2008.001.60284

Fonte:TJRJ

Leia Mais ►

20 de maio de 2009

Por que fazer pesquisa de clima organizacional na empresa?

Por: Mara Rosane Dal Vesco – Psicóloga - MD Consultoria

É importante entendermos inicialmente que o clima organizacional nos fornece um indicador do grau de satisfação dos membros de uma empresa, em relação a diferentes aspectos da cultura e gestão organizacional, tais como: política de recursos humanos (RH), modelo de gestão, missão da empresa, processo de comunicação, valorização profissional e identificação com a empresa.

O objetivo principal da Pesquisa de Clima Organizacional para qualquer empresa  é maximizar, caMariaDalVescoda vez mais, suas relações com os colaboradores  oferecendo condições adequadas de trabalho, proporcionando oportunidades de desenvolvimento e estabelecendo um ótimo ambiente, o que proporcionará o alcance e a superação dos objetivos definidos pela diretoria.

No entanto, nem sempre os funcionários veem dessa forma, podendo sentir-se inseguros perante a realização da pesquisa. Se esse sentimento persistir mesmo após a sensibilização, teremos interferências no resultado final, já que depende-se basicamente das informações que eles trarão.

Além do envolvimento e comprometimento do funcionário, a diretoria também possui papel importante para que se atinja bons resultados, pois as informações que receberão da consultoria trarão boas e más noticias sobre sua gestão. Nesse momento a maturidade profissional contribui para a apreciação das críticas de forma equilibrada e consequente busca de melhorias, bem como a otimização dos pontos positivos ressaltados pelos funcionários. 

A escolha dos responsáveis pela realização da pesquisa é determinante: indica-se profissionais capacitados para tal, pessoas neutras e sem vínculo com a organização, conduta ética e responsável, visto que as informações mencionadas são sigilosas e não deve haver identificação de funcionário para não gerar constrangimentos. O que se apresenta no final das entrevistas e observações é um relatório, com dados quantitativos e qualitativos, situações problemas encontradas e propostas de melhorias.

Considerando então, qualidade dos profissionais contratados, comprometimento dos funcionários e envolvimento da direção da empresa, teremos valiosas informações para aumentar a motivação da equipe, através de ações operacionais e estratégicas, alcançando maior produtividade e melhorando o resultado final, tanto esperado nos dias atuais.

Enviado por: Marcos A. Bedin
MB Comunicação
Assessoria de Imprensa
(49) 3323-4244, (49) 9967-4244
mb@mbcomunicacao.com.br

Leia Mais ►

Blumenau lembra os 112 anos de falecimento do naturalista Fritz Müller

A Fundação Cultural de Blumenau faz uma homenagem, nesta quinta-feira, dia 21, ao naturalista Fritz Müller, lembrando os seus 112 anos de falecimento. No Cemitério Evangélico Centro será feita a colocação de uma coroa de flores sobre o túmulo de Fritz Muller, ao som de um dueto da Banda Municipal, que vai tocar músicas clássicas. A bisneta de Fritz Müller, Tula Mayer, vai ler dois poemas do homenageado, em alemão, e dois alunos da Escola de Educação Básica Júlia Lopes de Almeida vão ler as mesmas poesias, traduzidas para o português. Em seguida a Fundação Cultural lembra sobre a vida e obra de Fritz Müller. A homenagem está marcada para às 9 horas.


Fritz Müller


Nascido em 31 de março de 1822, na distante Windischholzhausen, próximo a Erfurt, na Alemanha, Fritz Müller foi uma figura de vida marcante. Suas contribuições científicas revolucionaram o pensamento biológico do século XIX a tal ponto, que pode-se afirmar que a biologia mudou seus parâmetros para antes e depois de Müller. Filho de pastor protestante, voltou-se como pensador livre, “... para ele Deus era aFritz_Muller natureza. Só esta criava e transformava todas as coisas, a matéria e o pensamento, interdependentes e inseparáveis.”


Doutor em Filosofia, matriculou-se no curso de medicina, porém, a carreira de médico não o fascinava. Empolgava-se com a botânica e a zoologia. O seu lado artístico revelou-se nos desenhos que fazia para ilustrar os resultados dos seus trabalhos sobre a flora e a fauna. Cioso das suas convicções políticas, e por achar que as diretrizes implantadas pelo governo prussiano não condiziam com os seus princípios éticos e morais, sentindo-se tolhido em seus ideais democráticos diante da intolerância política e religiosa da época, Fritz Müller decidiu emigrar.

 
Em agosto de 1852 chegou à Colônia Blumenau juntamente com seu irmão, August, e suas respectivas esposas e a filha Anna. Como colono, Müller dedicou-se à lavoura. Apesar da dureza da vida na roça, sentia-se feliz. Foi um pioneiro do processo colonizador no Vale do Itajaí.


O Doutor Blumenau, no entanto, considerava um disperdício de talento a vida de Fritz Müller na colônia. Na realidade, a preocupação do Diretor da Colônia estava na influência que Müller poderia representar aos seus colonos em relação aos seus conceitos espirituais. Através da sugestão do Dr. Blumenau, Fritz Müller recebeu o convite para ocupar o cargo de professor no Liceu Provincial no Desterro. Foi lá que teve oportunidade de estudar a fauna marinha que tanto o fascinava.


Também em Desterro realizou seus estudos com crustáceos e moluscos do litoral, contribuindo para reforçar as teorias evolucionistas das espécies pelo processo de seleção natural, defendidos por Charles Darwin. Do contato com “Origem das Espécies” nasceu a obra “Für Darwin” e uma sólida amizade. Os desmandos políticos da época colocaram seu cargo de professor à disposição, e em 1867, volta com a família a Blumenau.


A retomada ao árduo trabalho da terra não o impediu de realizar pesquisas e experiências com plantas. No ano de 1870 foi nomeado naturalista viajante do Museu Nacional e pôde dedicar-se exclusivamente à pesquisa. Sua perseverança e temperamento forte fizeram dele um homem admirável. A riqueza de seu conhecimento e a seriedade das suas pesquisas o tornaram colaborador de grandes nomes da ciência naturalista como Darwin, Agassiz, Häckel e outros.


Por recusar-se a acatar a imposição de que os naturalistas viajantes deveriam residir no Rio de Janeiro, no ano de 1891 Fritz Müller foi demitido do seu posto. O mundo científico protestou. No cotidiano colonial ocupou o cargo de Juiz de Paz, colaborou com suas experiências e orientações junto ao Culturverein. E envolveu-se politicamente, defendendo suas convicções e senso de justiça. Foi um defensor da monarquia brasileira por julgá-la liberal, apesar de ser na Europa um contestador do regime. Tornou-se simpatizante do movimento Federalista e foi nomeado Superintendente de Blumenau. O seu temperamento não era compatível ao exercício do poder, sua gestão foi efêmera.


Pai de nove filhas, a vida de Müller fora marcada pela perda da filha Rosa, na qual depositara a esperança de ser a continuadora de seu trabalho. Também o falecimento da esposa abriu um vazio que lhe tirou o entusiasmo. Na retomada à pesquisa nos anos 90, voltou-se à observação e experiência com as bromélias. Para auxiliá-lo nesse trabalho, contava com a ajuda dos netos Hans e Fritz Lorenz.


No entanto, por insistência da família, em abril de 1997 Fritz Müller mudou-se para a residência de sua filha Ana Brockes. Longe do seu jardim, com o qual havia convivido durante 30 anos, Fritz Müller se sentia doente. Aos poucos foi perdendo as forças, no entanto, ainda se preocupava com as bromélias. Faleceu em 21 de maio de 1897.

Texto da repórter: Marilí Martendal/ Prefeitura Municipal de Blumenau

Leia Mais ►

Equipamento promete economia de combustível e preservar o meio ambiente

Permitir a opção de usar mais de um tipo de combustível, possibilitar a economia e ajudar na preservação do meio ambiente. Esses são conceitos relacionados ao desenvolvimento do Ecoflex Auto, dispositivo que adapta um veículo para o uso de dois a três tipos de combustíveis. O produto é desenvolvido pela empresa Exsto, localizada no pólo tecnológico de Santa Rita do Sapucaí, município conhecido como Vale da Eletrônica.

A Exsto começou suas atividades em 2001, dentro da Incubadora de Empresas Municipal, mantida pela prefeitura. A empresa produz bancadas didáticas para laboratórios e conversores de combustível.
Alckmin lembra que, após deixarem a incubadora, ele e seu sócio, José Domingos Adriano, foram procurados por uma empresa de Ribeirão Preto (SP) interessada na fabricação dos conversores. “Ficava caro pôr a idéia em prática. Tivemos de buscar recursos”, conta o empresário.ecoflex


O projeto foi viabilizado com apoio da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais (Fapemig), do CNPq e do Sebrae em Minas Gerais. O CNPq cedeu bolsistas para ajudar no trabalho, a Fapemig financiou o projeto e o Sebrae/MG ofereceu recursos para a contrapartida da empresa, por meio do Sebrae Tec (mecanismo que tem como finalidade promover a melhoria e a inovação de processos e produtos de micro e pequenas empresas), e para consultorias tecnológicas.


O Ecoflex Auto existe em dois formatos: o conversor bicombustível e o tricombustível. O primeiro possibilita que um automóvel a gasolina também possa circular com álcool. Já o tricombustível permite que um veículo a gasolina funcione com álcool e ainda com o Gás Natural Veicular (GNV). O conversor bicombustível foi lançado em julho de 2008 e o tricombustível deve chegar ao mercado ainda este ano.

Para que o carro possa ter o Ecoflex Auto instalado, é necessário que possua direção hidráulica. “Parte significativa de nossa frota poderia utilizar conversores”, afirma César. Segundo ele, ao usar outros combustíveis que não sejam a gasolina, como o álcool e o GNV, além de economizar, o condutor diminui o nível de poluição na atmosfera. “O álcool reduz em até 30% a emissão de gases tóxicos. Com o GNV a diminuição pode ser de até 70%”, calcula Alckmin.
O conversor bicombustível custa R$ 250. Segundo César, quem adquirir o produto cobre os gastos em apenas três meses, por conta da economia de combustível.

Fonte: Agência Sebrae de Notícias

Leia Mais ►

19 de maio de 2009

Blumenau tem Domingo de lazer na Vila Germânica

No próximo domingo, dia 24, o Parque Vila Germânica vai proporcionar um dia de lazer e entretenimento para a comunidade blumenauense a partir das 10 horas seguindo até as 17 horas. Diversas atividades estão previstas para o lazer e divertimento de crianças, jovens e adultos. Até para os cachorros estão previstas atividades. É o Domingo no Parque.

Artesanato e Brechó

Uma Feira de Artesanato e Brechó animarão as pessoas durante todo o domingo, em frente ao Setor 3. Para as crianças, a animação fica por conta de brinquedos infláveis e jogos lúdicos. Das 14h30min às 16h30min, haverá um espaço com Cultura de Rua (apresentações de Hip Hop).

Praça de Antiguidades

Em paralelo com o Domingo no Parque, acontece a Praça de Antiguidades, em frente ao Setor 3 da Vila Germânica. A Praça, que é realizada desde maio de 2007, tem como objetivo expor e/ou vender antiguidades e objetos de coleção. Serão expostos no local, objetos como livros, revistas, móveis, bicicletas, tapetes, louças e utensílios domésticos.

Cãominhada

A 5ª edição da Caminhada também acontece no domingo. Às 9h cães e seus donos serão recepcionados em frente ao setor 3 da Vila Germânica. O passeio inicia às 10h, com saída pela Rua Humberto de Campos, passando pelas Ruas Sete de Setembro e João Pessoa, e, retornando pela Rua Alberto Stein.


Durante o evento, haverá apresentações de Agility e sorteio de brindes. Os primeiros 300 inscritos ganharão camisetas da Cãominhada no local. Lembrando que cães de médio e grande porte devem usar focinheiras e todos os cães devem estar com as vacinas em dia. A Cãominhada encerra ao meio dia.

 

Fonte: Prefeitura Municipal de Blumenau

Leia Mais ►

Second Life Completo para Iniciantes

Pela primeira vez, o Seminário Nacional Abed de Educação a Distância (Senaed) será totalmente a distância. O evento, promovido pela Associação Brasileira de Educação a Distância (Abed), será realizado de 23 a 31 de maio. O Second Life será uma das ferramentas utilizadas no 7º Senaed. O Sebrae oferecerá no dia 21, das 14h às 18h, em sua Ilha do Empreendedor, localizada no Second Life, um curso básico sobre este ambiente virtual e tridimensional que simula aspectos da vida real.


O Second Life surgiu em 2003. Mantido pela empresa Linden Lab, possui diversas funções como jogo, simulador, comércio virtual, rede social e aprendizagem. Para entrar no ambiente, torna-se necessária a criação do ‘avatar’, uma personalidade virtual.


O Sebrae chegou ao Second Life em agosto de 2007. Em 8 de maio de 2008, inaugurou a Ilha do Empreendedor, espaço bem maior do que aquele que dispunha originalmente. Mais de 13 mil pessoas já visitaram o espaço da instituição no mundo virtual.sebraesecondlife


A Ilha oferece atendimento de segunda-feira à sexta-feira, das 9h às 20h. No local, o visitante pode fazer dois cursos sobre o ambiente virtual: ‘Second Life completo para iniciantes’ e ‘Curso de criação de conteúdos para o Second Life’. Os cursos duram em média dois meses e são ministrados para turmas de até 20 alunos.


Para o 7º Senaed, o Sebrae preparou uma versão sintética do curso ‘Second Life Completo para Iniciantes’. “O Second Life será uma ferramenta importante para quem participar do Seminário”, explica Rodrigo Gecelka, consultor do Sebrae responsável pelo atendimento no ambiente virtual.


Para participar do Second Life, o interessado deve primeiro criar gratuitamente uma conta, o que deve ser feito pelo link https://join.secondlife.com/index.php?lang=pt-BR. Em seguida, é necessário fazer o download do programa pelo linkhttp://secondlife.com/support/downloads.php. Para chegar à Ilha do Empreendedor é preciso acessar o link http://slurl.com/secondlife/Ilha%20do%20Empreendedor/157/9/26.


Futuro da educação


Quando alguém busca informações sobre o Sebrae na Ilha do Empreendedor, os atendentes orientam o visitante a buscar o portal da Instituição (www.sebrae.com.br). Além disso, o ponto virtual exibe vídeos sobre empreendedorismo e divulga ações como o jogo virtual Desafio Sebrae. Na opinião de Rodrigo Gecelka, o Second Life tornou-se um importante aliado para a educação. “Muitos especialistas consideram essa ferramenta o futuro da educação a distância pela semelhança que ela apresenta com a sala de aula real”, diz o consultor.


Para Márcia Matos, coordenadora de Second Life no Sebrae, participar deste mundo virtual mostra que a Instituição encontra-se em sintonia com os novos recursos educacionais. “Temos a possibilidade de nos atualizarmos e de mantermos mais um canal de comunicação inovador com os nossos clientes”, afirma.
O tema central do seminário será “Polifonia na Docência e Aprendizagem Online”, com foco nos diversos canais de educação online. As atividades serão realizadas tendo sempre como referência os conceitos de interatividade e bidirecionalidade.


O evento envolverá diversas plataformas, como listas de discussão por e-mail, ambientes virtuais de aprendizagem, redes sociais, blogs, wikis, podcasts, vídeos, videoconferências, rádio, televisão, games e mundos virtuais. O 7º Senaed tem como um dos objetivos mostrar como essas ferramentas podem ser utilizadas na educação a distância.

Fonte: Agência Sebrae de Notícias

Leia Mais ►

Professor lança livro sobre direitos trabalhistas

O livro “Flexibilização dos direitos trabalhistas: ações afirmativas da dignidade da pessoa humana como forma de resistência”, que tem como autor o Juiz do trabalho e professor da Universidade do Oeste de Santa Catarina (Unoesc), unidade de Chapecó, Rodrigo Goldschmidt, já está disponível para aquLivroDirisição.

A obra, que é resultado da tese de doutorado defendida por Goldschmidt na Universidade Federal de Santa Catarina, foi publicada no mês passado, pela Editora Ltr, conhecida nacionalmente pela especialização na área trabalhista.

Goldschmidt explica que o artigo 170 da Constituição de 1988 determina, de forma clara, que o poder econômico deve valorizar o trabalho humano; e seu objetivo é assegurar a todos uma existência digna. “Por isso, não é difícil concluir que o poder econômico é o meio para assegurar e promover a dignidade do ser humano, sendo ilegítimo e inconstitucional qualquer raciocínio que pretenda inverter esta ordem, ou seja, colocar o homem como meio, para fomentar o capital, sem dele participar ou se beneficiar” argumenta.

Na pesquisa, Goldschmidt afirma que é por meio de ações de resistência, também conhecidas como “ações afirmativas da dignidade da pessoa humana”, que o povo poderá se proteger dos efeitos nocivos gerados pelo neoliberalismo econômico, que tenta acabar com direitos trabalhistas conquistados ao longo da história.Prof

“Essas ações afirmativas visam à justiça social prometida pela Constituição, combatendo a flexibilização precarizante do Direito do Trabalho, colocando o homem, e não o capital, no centro do sistema. É essa a tese que pretendo defender, com ineditismo, neste estudo”, enfatiza Goldschmidt.

O livro pode ser adquirido nas livrarias especializadas ou através do sitewww.ltr.com.br, pelo valor de R$ 50,00.

Texto e imagens por: Marcos A. Bedin
MB Comunicação
Assessoria de Imprensa
(49) 3323-4244, (49) 9967-4244
mb@mbcomunicacao.com.br

Leia Mais ►

18 de maio de 2009

Cuidado! Este vírus é 100 vezes mais infectivo que o HIV

Para marcar o Dia Mundial de Luta Contra as Hepatites Virais, 19 de maio, a Secretaria de Estado da Saúde (SES) criou estratégias para divulgar a doença e estimular a vacinação, contra a hepatite B, nos menores de 20 anos. A intenção é garantir que, com a informação, as pessoas conheçam os fatores de risco, as formas de prevenção e a possibilidade da detecção precoce da doença. O vírus causador da hepatite B é 100 vezes mais infectivo que o HIV, e as hepatites crônicas B e C podem levar à morte por doença hepática em 25 % dos casos.

No ano passado, foram confirmados em Santa Catarina 1.782 casos de hepatite B e C através de diagnóstico sorológico. Destes, 322 pacientes foram a óbito. Considerada um dos maiores problemas de saúde pública do mundo, a hepatite B é a causa da morte de 1 milhão de pessoas por ano em todo o planeta. Atualmente, a estimativa é de que, no mundo, cerca de 1 milhão e meio de pessoas estejam infectadas com o vírus da Hepatite A, 350 milhões (mais ou menos 5% da população mundial) com o vírus da Hepatite B, e quase 200 milhões com o vírus da Hepatite C, dos quais 3,2 milhões estão no Brasil.hepatite

Dados da Diretoria de Vigilância Epidemiológica (DIVE) apontam que a média de custos anuais do Sistema Único de Saúde com internações por hepatite viral, hepatocarcinoma (tipo de câncer) e transplante de fígado é de R$ 107.362,05, R$ 117.013,49 e R$ 3.619.851,77, respectivamente. Os valores triplicam se incluídos os custos com medicamentos. "O beneficio social e econômico é muito mais representativo quando investimos em prevenção, por isso disponibilizamos, através dos postos de saúde municipais, a vacina anti-hepatite B", explica a responsável pelo Programa Estadual das Hepatites Virais da DIVE, Elaine Tritany.

A vacina é oferecida, gratuitamente, a menores de 20 anos de idade e adultos pertencentes a grupos suscetíveis à infecção, como profissionais do sexo e profissionais que atuam em unidades de saúde. "Além de oferecer a vacina, também realizamos todos os anos uma Mobilização para a conscientização da população sobre os diferenciais de cada hepatite e a importância da prevenção. Se não forem combatidas, estas doenças podem duplicar sua incidência em 10 anos", alerta. No mundo, apenas 30% dos países oferecem vacinação contra a hepatite B na infância.

Com informação adequada, a população passa a evitar a doença, através da adoção de hábitos saudáveis. A hepatite é a inflamação do fígado e pode ser provocada por abuso de bebida alcoólica, por reação não desejada a alguns remédios e por vírus. Somente a hepatite viral é transmitida de uma pessoa para outra. O vírus é muito resistente, e pode durar de horas a dias em materiais contaminados de sangue e secreções, sendo facilmente transmitido através do sexo sem camisinha e do uso de drogas com o compartilhamento de agulhas e seringas. Além do tratamento ser delicado, o diagnóstico é difícil. Os sintomas podem se manifestar alguns anos após a infecção, o que representa uma ameaça silenciosa para qualquer pessoa.

O ABC DA HEPATITE

Dos 6 milhões de brasileiros portadores de hepatites, cerca de um terço tem coinfecção com o vírus HIV. Em 2008, foram notificados e investigados 3.369 casos de hepatites virais em Santa Catarina. As hepatites virais mais comuns são a do tipo B e C, sendo predominante em determinadas regiões conforme suas características. Como a hepatite B é uma doença sexualmente transmissível, as fontes de infecção mais comuns são pelo sexo desprotegido e pelo compartilhamento de objetos perfurocortantes sem a esterilização adequada, como alicate, navalha, aparelho de barbear e instrumentos cirúrgicos. O maior número de casos é registrado na região Oeste, sendo mais frequente em mulheres de 20 a 39 anos. Por isso, a importância da vacinação nas pessoas com menos de 20 anos de idade.


Já a principal forma de infecção da hepatite C é pelo uso compartilhado de drogas injetáveis, além de transfusões de sangue ou hemoderivados ocorridas antes de 1993. A maioria dos portadores do vírus é do sexo masculino com idade entre 40 e 49 anos. A maior incidência da doença em Santa Catarina se apresenta no Sul e no litoral do Estado. A relação da Hepatite C com o vírus da Aids é muito estreita. Descoberto apenas em 1989, o vírus da Hepatite C só é transmitido pela relação sexual em 3% dos casos. Seu contágio está muito mais ligado ao contato com sangue infectado, tanto que pesquisas apontam que usuários de drogas injetáveis que compartilharem seringas por um ano têm 50% de chance de contrair a doença.


A Hepatite C é a principal causa de transplante de fígado no Brasil. Para evitar que a doença evolua, existem tratamentos - que podem chegar a R$ 48 mil anuais por paciente - e que só são indicados quando a doença se manifestar na forma crônica, em função de seus efeitos colaterais. Causa prostração, anemia, náusea, sensação de gripe, irritação e depressão, o que muitas vezes leva ao abandono do tratamento.
Existem ainda outros tipos de Hepatites, como a Delta, que só se manifesta em organismos já acometidos pelo vírus B, muito comum na região Amazônica, e a Hepatite E, também contagiosa, que ocorre tanto sob a forma epidêmica como esporádica, em áreas endêmicas de países em desenvolvimento. Além da etiologia viral, a Hepatite pode ser também desencadeada por determinadas drogas, chás, resíduos tóxicos, consumo de álcool, doenças autoimunes e metabólicas.

SAIBA MAIS:


HEPATITE A: Sua incidência está diretamente relacionada com o saneamento básico e o tratamento da água. A principal via de contágio é fecal-oral, por contato inter-humano ou por água e alimentos contaminados. É tratada com repouso, dieta e jejum de álcool.

HEPATITE B: O contágio costuma se dar através de relações sexuais desprotegidas, uso compartilhado de seringas, procedimentos com equipamentos não-esterilizados (em manicures, tatuadores, dentistas) e acessórios domésticos (para quem compartilha escovas de dente e lâminas de barbear). Os sintomas da Hepatite B crônica quando manifestos, são: fadiga, problemas digestivos, cirrose, edema, icterícia, ascite, varizes de esôfago e alterações hematológicas. Neste caso o tratamento é feito com medicamentos, em ambulatório especializado.

HEPATITE C: Progride para a forma crônica em 85% dos casos. o contágio, normalmente, se dá pelo contato com o sangue infectado, através do uso compartilhado de seringas, procedimentos com equipamentos nãoestrilizados (em manicures, tatuadores, dentistas) e acidentes ocupacionais.O contágio em transfusão de sangue e hemodiálise é muito raro desde o início da testagem obrigatória, em 1993. O portador da Hepatite C pode apresentar fadiga, problemas digestivos, cirrose, icterícia, edema, varizes de esôfago e alterações hematológicas e o tratamento é feito com a aplicação de medicamentos em ambulatório especializado.

Fonte:Secretaria de Estado da Saúde

Leia Mais ►

Semana da enfermagem relembra a história da profissão

Os dias que marcam o início e o fim da Semana Brasileira de Enfermagem tem um importante significado histórico, por estarem vinculados a duas personalidades da categoria. O dia 12 de maio, data em que se comemora o dia nacional do enfermeiro é referência ao aniversário de Florence Nightingale, precursora da enfermagem moderna. O dia 20, quando é comemorado o dia do técnico de enfermagem eFlorence_Nightingalestá relacionado à data da morte de Ana Neri, enfermeira brasileira que se destacou ao atuar na guerra do Paraguai.

Considerada a fundadora da enfermagem moderna, a italiana, Florence Nightingale é lembrada por suas contribuições para a melhoria das condições sanitárias dos hospitais militares de campo e por seu trabalho durante a guerra da Criméia em 1854. Na guerra, atuou com 38 voluntárias entre religiosas e leigas vindas de diferentes hospitais e, ao longo de seu trabalho, conseguiu reduzir significativamente a mortalidade de soldados.

Após receber um prêmio do Governo Inglês pelo trabalho durante a guerra, fundou, no ano de 1860, a escola de Enfermagem no Hospital Saint Thomas, que passou a servir de modelo para as demais instituições que surgiram posteriormente. A disciplina rigorosa, do tipo militar, era uma das características da escola, bem como a exigência de qualidades morais das candidatas.

Florence morreu em agosto de 1910, em Londres, e a partir de então, a profissão passou a ser uma ocupação assalariada que vem atender a necessidade de mão-de-obra nos hospitais,          constituindo-se como uma prática social institucionalizada e específica.

No Brasil, a baiana Ana Neri deixou prevalecer o seu coração de mãe e decidiu acompanhar os filhos e irmãos na maior luta armada da América Latina, a guerra do Paraguai (1865-1870). Proprietária de fazendas de fumo, cana-de-açucar e algodão, ela serviu de enfermeira voluntária, enfrentou a morte de perto para salvar vidas, inclusive de inimigos da pátria e tornou-se um exemplo no mundo como pioneira da Cruz Vermelha no Brasil. Hoje, é cultuada como a patrona dos Enfermeiros do Brasil.AnaNery

Seguindo os preceitos das precursoras da enfermagem, a Unimed Chapecó prioriza desenvolver um trabalho valorizando a qualificação e o atendimento humanizado. Atualmente, fazem parte da equipe, 25 enfermeiros com especialização e 196 técnicos que atuam em diversas áreas do Complexo Unimed, dentre elas, internação clínica e cirúrgica, centro cirúrgico, pronto atendimento, Unimagem, auditoria de enfermagem, Univida, Medicina Ocupacional, materno-infantil, entre outros. “Buscamos desenvolver um trabalho de qualidade técnica, porém, sem perder a qualidade humanitária”, destaca a coordenadora de enfermagem da Unimed Chapecó, Sandra Marin.

Para conquistar essa missão, o Complexo Unimed oferece anualmente aproximadamente 40 horas de treinamento envolvendo qualidade técnica e atendimento humanizado. “Incentivamos a qualificação profissional e o atendimento com humanização, porém, é importante que o colaborador goste do que faz e atue como profissional e não como funcionário”, destaca Sandra.

Texto de: Marcos A. Bedin
MB Comunicação
Assessoria de Imprensa
(49) 3323-4244, (49) 9967-4244
mb@mbcomunicacao.com.br

Leia Mais ►

Nasce a Brasil Foods

Segundo informações do jornal O Estado de S. Paulo, deve ser anunciada nesta segunda-feira, a fusão das empresas Sadia e Perdigão. A Brasil Foods, esse é o nome de batismo, nasce exibindo uma coleção de títulos globais, segundo os especialistas: maior empresa de alimentos industrializados do Brasil, a 10ª maior das Américas, número um do mundo no processamento de carne de frango. Populares e respeitadas pelo consumidor brasileiro, as marcas Sadia e Perdigão serão mantidas.

A Perdigão é uma das maiores empresas de alimentos da América Latina. Ocupa o terceiro lugar em abate dPerdigaoe aves e está entre as 10 maiores em abates de suínos no mundo, sendo também uma das principais companhias brasileiras na captação de leite. É uma empresa de escala internacional; seus produtos chegam a mais de 110 países. 

Fundada em 1934 por imigrantes italianos em Videira (SC), a empresa emprega hoje mais de 55 mil funcionários e opera unidades industriais em oito Estados brasileiros, além da Argentina, Inglaterra, Holanda e Romênia. Escritórios comerciais da empresa estão instalados na Inglaterra, Holanda, Hungria, Espanha, Áustria, Itália, França, Rússia, Emirados Árabes Unidos (Dubai), Cingapura, Japão e Ilha da Madeira (Portugal), além de centro de distribuição na Holanda.

Fundada em 1944 por Attilio Fontana, no oeste catarinense, ao longo dos anos a Sadia firmou sua excelência no segmento agroindustrial e na produção de alimentos derivados de carnes suína, bovina, de frango e de peru, além de massas, margarinas e sobremesas. Nos últimos anos, a Sadia se especializou, cada vez mais, na produção e distribuição de alimentos industrializados congelados e resfriados diferenciados. Uma das preocupações da companhia é desenvolver, constantemente, novos produtos.Sadia

Líder nacional em todas as atividades em que opera, a Sadia também é uma das maiores empresas de alimentos da América Latina e uma das maiores exportadoras do País. No mercado brasileiro tem um portifólio de cerca de 680 itens, que são distribuídos para mais de 300 mil pontos-de-venda. Para o mercado externo exporta perto de mil produtos para mais de 100 países. As primeiras exportações da companhia foram realizadas nos anos 60.

Fontes de pesquisa: www.estadao.com.br www.perdigao.com.br www.sadia.com.br

Leia Mais ►

17 de maio de 2009

Melhor e pior vereador de Blumenau

Na última quarta-feira, 13/05/2009, a Rádio Blumenau, durante o programa Tribuna do Povo, realizou uma enquete entre seus ouvintes, para saber qual o melhor e o pior vereador de Blumenau. A diferença entre enquete e pesquisa está no valor estatístico e científico que possui a pesquisa. As enquetes e sondagens não obedecem padrão de amostragem e não têm a mesma credibilidade. Mas mesmo assim a enquete não deixa de ter seu valor, pois mostra a opinião geral da população.

Melhor vereador

Nesta enquete, em que foram ouvidas 85 pessoas, o vereador Napoleão Bernardes (PSDB) ficou em primeiro lugnapoleaoar no quesito melhor vereador. Talvez por ser jovem e apresentador de rádio, Napoleão apresenta o programa A voz do povo  na Rádio Nereu Ramos, tenha sido lembrado pela maioria dos ouvintes, 28,23%, nesta enquete. Napoleão está em seu primeiro mandato e faz parte da base de apoio ao prefeito João Paulo Kleinubing. Seu mais importante projeto  apresentado na Câmara de Vereadores foi o projeto que assegura a presença de, no mínimo, um agente de segurança nas agências bancárias, na parte anterior às portas giratórias. O projeto foi aprovado pela câmara, mas o prefeito em defesa dos bancos vetou o projeto. Apesar do vereador Napoleão Bernardes defender seu projeto, alegando que 60% das operações financeiras são efetuadas nos caixas eletrônicos e que, no ano passado, a delinqüência perpetrada nos caixas eletrônicos instalados nas agências bancárias cresceu 14%, seus pares na casa, onde a maioria, 14 dos 16 vereadores, é de apoio ao governo municipal, não derrubaram o veto do prefeito.vanderlei

Em segundo lugar, com 18,82% dos votos, ficou o vereador Vanderlei de Oliveira (PT). Vanderlei está no terceiro mandato e é um dos dois vereadores de oposição ao prefeito. O vereador tem se destacado por denuncias contra o  atual governo, principalmente no que se refere à aplicação das verbas para a reconstrução da cidade, após os desastres de novembro de 2008.

Pior vereador

Nenhuma surpresa na eleição do pior vereador de Blumenau nesta enquete. O vereador João Marçal (PP) ficou com o primeiro lugar com 56,47% dos votos. Marçal, nos últimos dias, é destaque nos noticiários pelo carteiraço que deu nos guardas de trânsito de Blumenau. Quatro agentes do Seterb cumpriam determinação de guincharem uma vmarcalan que transportava alunos de forma irregular. Foi no dia 30 de março, nas proximidades da EBM Quintino Bocaiúva, no Testo do Salto. “Com o argumento de “defender os interesses da minha comunidade”, Marçal disse textualmente em alguns momentos: “vou fuder (sic) o Seterb (Órgão regulador do trânsito em Blumenau)”, “vocês vão ver na Tribuna amanhã”,” a mesa (diretora) não vai aprovar o requerimento”, “vão arrumar briga”,” vai arrumar uma guerra “ducaralho (sic)” foram algumas expressões do parlamentar. Em um trecho da fala, Marçal determina para os guardas, com uma insinuação: ”  Vocês são obrigados a sair daqui, pois o prefeito mandou”. Marçal é da bancada de apoio ao prefeito João Paulo, e não é a primeira vez que se envolve em problemas de trânsito. Em outra ocasião, foi até preso e algemado pela Polícia Rodoviária Federal, por desacato. Infelizmente o povo ainda elege pessoas deste tipo.

Em segundo lugar, como pior vereador, ficou nada mais nada menos, que o presidente da Câmara Municipal de jensBlumenau, o vereador Jens Mantau (PSDB), com 11,76% dos votos. Mantau, assim que assumiu a presidência, se envolveu, em pelo menos duas polêmicas. A primeira foi mudar os lugares dos vereadores de oposição, no plenário da câmara. Tal fato, apesar de insignificante, serviu como protesto dos opocisionistas, que ficaram em pé durante as  seções até que o caso fosse resolvido, com o presidente voltando atrás na sua decisão. Outro fato, que acho que gerou esta antipatia ao vereador, foi a autorização para compra de notebooks para cada um dos vereadores, no valor de aproximado de R$ 6 mil reais. Esta compra foi alvo de protesto na mídia e pelo que parece a compra foi cancelada.

Popularidade zerozeca

Um fato marcante, nesta enquete da Rádio Blumenau, foi o vereador José de Souza (PDT), mais conhecido como Zeca Bombeiro, que não obteve nenhum voto a favor e nenhum contra. Isto quer dizer, que para os pesquisados, ele não  existe. Zeca também esteve envolvido em uma polêmica de trânsito quando fugiu de uma blitz, pois não portava os documentos e o carro estava com o licenciamento vencido.

Acho que depois desta enquete, os nobres edis blumenauenses, devem repensar sobre suas atuações como vereadores, eleitos para defender os interesses do povo e fiscalizar o executivo e não para causar polêmicas desnecessárias.

Leia Mais ►

Jogos de Cartas: As variantes do Tute

Este artigo encerra a série sobre o jogo de cartas Tute. Esta última parte é sobre as variantes de jogo. Caso você não tenha acompanhado, os dois outros artigos são: Conheça o Tute e A pontuação no Tute e como o Tute é jogado com o baralho espanhol é interessante ler também O Baralho Espanhol. Bem vamos conhecer algumas variantes do Tute:cartazEsp

Tute Corrente

Esta é a mais antiga variante do Tute, e deve ser jogada por apenas dois jogadores. Cada jogador recebe seis cartas, que podem ser distribuídas uma a uma ou de três em três. As cartas restantes formam um monte voltadas com as faces para baixo. O mão começa descartando uma carta aberta, que marcará o trunfo da partida, e seu adversário também fará um descarte, não sendo obrigado a seguir o naipe, caso em que, a menos que jogue um trunfo, não ganhará a vaza. O jogador que ganhar a vaza, com a carta mais alta ou com o trunfo, recolhe as cartas, deixando-as fechadas ao seu lado. A carta que marca o trunfo, entretanto, deverá ficar aberta à frente do jogador que ganhou a primeira vaza e este jogador será o mão da próxima vaza.

Nas vazas seguintes, o mão tira uma carta do monte e joga uma carta aberta na mesa, e o jogo prossegue dessa forma até que o monte se esgote. Quanto isto acontecer, cada jogador terá seis cartas na mão, e a partir daí torna-se obrigatório seguir o naipe do mão. Se o jogador não puder seguir o naipe e tiver cartas de trunfo ele é obrigado jogar uma delas. Os acuses de 20 ou 40 e os Tutes de Reis ou Cavaleiros (veja A pontuação no Tute) só podem ser cantados pelo jogador que ganhou pelo menos uma vaza e somente um jogador poderá cantar na mesma vaza.

A partida será ganha pelo jogador que cantar um Tute de Reis ou Cavaleiros, ou pelo jogador que conseguir 101 pontos ou mais. Caso nenhum jogador consiga atingir os 101 pontos joga-se uma nova rodada. O carteador será aquele que ganhou o dez de últimas  na rodada anterior, e são mantidas as mesmas regras. Será vencedor o jogador que conseguir chegar a 101 pontos, contando com os pontos da rodada anterior.

Assim que chegar aos 101 pontos o jogador deve anunciar esse fato. Porém, isso requer muita atenção, pois é proibido olhar as vazas fechadas que ele ganhou nesta segunda rodada devendo guardar na memória os pontos acumulados. Caso um jogador anunciar os 101 pontos e estiver errado o vencedor será o adversário. Se os dois jogadores cantarem os 101 pontos ao mesmo tempo, será vencedor aquele que tiver ganhado o dez de últimas, mesmo que o adversário tenha mais pontos.

Tute Americano

Também é para dois jogadores, e utiliza as mesmas regras do Tute Corrente, com as seguintes diferenças:

Distribuem-se oito cartas para cada jogador e a décima sétima carta marca o trunfo, sendo colocada na mesa com a face voltada para cima, metade dela abaixo do monte restante. Ao final da mão ela será comprada pelo último jogador. Na primeira vaza o mão é obrigado a seguir o naipe do trunfo.

Quando termina o monte de cartas da mesa, o jogador é obrigado a assistir  o naipe, caso não tenha ele é obrigado a cortar  com trunfo. Isto vale para as oito última vazas.

O jogador que não puder assistir o trunfo em uma vaza é obrigado a comprar cartas do monte até que obtenha um trunfo. Estas cartas serão deixadas ao lado, fechadas, e só poderão ser jogadas no final.

Nesta variante não valem o Tute de Reis ou Cavaleiros, sendo que o vencedor será o jogador que conseguir 121 pontos ou mais.

Tute Habanero

Utiliza as mesmas regras do Tute Americano, tento como novidade o Capote. Trata-se de uma jogada especial que consiste em um jogador ganhar todas as oito últimas vazas. Para fazer isto o jogador deve declarar esta intenção no início destas rodadas e caso não consiga seu adversário será o vencedor. É muito difícil dar o Capote, pois é preciso memorizar as cartas especiais e os trunfos já jogados, para ter certeza que vai conseguir.

Tute de Leilão

Esta variante é para três jogadores, sendo considerado o jogo mais elaborado e difícil de todos praticados com baralho espanhol. Na Argentina e em outros países da América do Sul ele também é conhecido como Tute de Remate. São utilizadas para esta variante 36 cartas, retirando-se os 2,8 e 9 de todos os naipes e são distribuídas doze cartas para cada jogador.

Após a distribuição das cartas é feito um leilão. Cada jogador avalia suas cartas e calcula mentalmente o número de pontos que poderá alcançar. O jogador que declarar o maior número de pontos será o vencedor do leilão e escolherá o trunfo. Os outros dois adversários jogarão contra ele, tentando impedi-lo de alcançar o objetivo. Geralmente é fixado 60 pontos como o mínimo a declarar e quem começa a declaração é o mão, que dirá passo, caso ache que não poderá chegar a este número. Caso a declaração for superior a 60 pontos deve ser feita sempre com números múltiplos de cinco. O jogador seguinte ao mão deverá fazer uma declaração superior ao do mão ou passar sendo este o mesmo procedimento do terceiro jogador. Caso os três jogadores não conseguirem o mínimo de 60 pontos as cartas são recolhidas e distribuídas novamente.

Se um jogador fizer uma declaração mínima, e perder, ele pagará a cada adversário o valor desta declaração, ou seja, 60 pontos, e se ganhar recebe o mesmo valor de cada um dos adversários. Durante o jogo é obrigatório assistir, montar, cortar, pisar e o contra-corte. Só é permitido fazer um acuse  a cada vaza ganha, sempre os de 40 antes dos de 20.

Tute de Duplas

Esta variante é para quatro jogadores, divididos em duas duplas. Os parceiros devem sentar-se à mesa um de frente para o outro. São distribuídas dez cartas para cada jogador e o carteador abrirá a última carta que designará o naipe do trunfo. As regras são as gerais do Tute, com a diferença, que a cada vaza ganha pela dupla, os parceiros podem cantar um acuse,  mas apenas um por vaza. O jogo será ganho pela dupla que fizer mais pontos.

Leia Também:

Jogos de Cartas: Conheça o Tute

Jogos de Cartas: A pontuação no Tute

Jogos de Cartas: O baralho espanhol

Jogos de Cartas: Saiba como nasceu a paciência

Fonte de pesquisa: Todos os Jogos, Editora Abril, 1978.

Leia Mais ►

Recomendo

  • Projeto Valença Troca Livros - Aguardem! Em novembro! Vem aí o *"Projeto Valença Troca Livros"* Sem custo algum, apenas doação, amor. Já tenho alguns livros *livros* para serem trocados...
    Há 4 dias
  • - Cheiro de Goiaba - Mais uma participação da escritora, historiadora *Urda Alice Klueger, *Comentando o seu primeiro dia de aula, na Rua da Glória antiga Escola São José, e q...
    Há 2 semanas
  • - Noite da Família no Clã! No sábado a noite (13/05) foi realizado uma noite super especial com todas as Mães e familiares do Clã, onde rolou bolos e salgad...
    Há 5 meses
  • -

Arquivo do Blog