22 de novembro de 2008

O preço da vida na Capital Federal

No Rio de Janeiro, então Capital Federal, só vivem bem comerciantes fortes e altos funcionários públicos. Um "pé rapado" que queira progredir geralmente se emprega no comércio. Em 1903, um caixeiro de loja ou armazém chega a ganhar 300$000(trezentos mil réis) por mês, e, com esse salário, já pode casar-se. Os jornais da época anunciam: Aluga-se alcova mobiliada, com pensão, para casal por 100$000.

Uma calça de linho branco custa 40$000, já um bom terno, 80$000, nas alfaiatarias da rua 7 de setembro. Um vestido de ir à missa podia ser comprado por 80$000 nas lojas populares da rua Uruguaiana.

Geralmente uma prendada esposa de caixeiro ou de funcionário público é econômica, compra tecidos e costura suas próprias roupas pelos moldes da revista mensal La Mode Parisiense, que custa 4$000 o exemplar. Nem é preciso saber francês é só adaptar os riscos.

A alimentação não é cara, o queijo do Reino custa 6$000 o quilo; a manteiga mineira, 3$500. É possível comprar 1 quilo de carne por $500 e de açúcar, por $400. A lata de leite Moça custa $800; o quilo de feijão preto, $200; o de arroz inglês, $220; uma lata de banha Navio de 1 quilo, 2$500; 1 quilo de toucinho, 1$000.

Este casal que ganha 300$000 por mês terá de progredir, pois logo chegam os filhos e a pensão não os admite.
Blog Widget by LinkWithin

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui seu recado.

Recomendo

  • Projeto Valença Troca Livros - Aguardem! Em novembro! Vem aí o *"Projeto Valença Troca Livros"* Sem custo algum, apenas doação, amor. Já tenho alguns livros *livros* para serem trocados...
    Há 6 dias
  • - Cheiro de Goiaba - Mais uma participação da escritora, historiadora *Urda Alice Klueger, *Comentando o seu primeiro dia de aula, na Rua da Glória antiga Escola São José, e q...
    Há 2 semanas
  • - Noite da Família no Clã! No sábado a noite (13/05) foi realizado uma noite super especial com todas as Mães e familiares do Clã, onde rolou bolos e salgad...
    Há 5 meses
  • -

Arquivo do Blog