27 de dezembro de 2008

Presidente faz balanço do Brasil

Nas palavras do presidente da República o Brasil melhorou muito, em todos os setores, desde a proclamação da independência. Neste balanço ele também mostra números surpreendentes do nosso desenvolvimento e do crescimento da economia brasilera.


"Os congressos scientíficos, históricos, artísticos e económicos a que ides assistir, do mesmo modo que a Exposição, em que procuramos resumir alguns aspectos da nossa cultura intelectual e da producção das nossas terras e fábricas, bastarão para convencer-vos de que alguma cousa temos feito e muito poderemos ainda realizar para o futuro, depois deste passo tão difficil do primeiro centenário de vida emancipada.

Em um século passamos de 3 a 30 milhões de habitantes; o valor da nossa balança commercial cresceu na proporção de 20.000 para 1 milhão e hoje se expressa em 4 milhões de contos; a extensão das nossas linhas férreas é de 30.000 km; excede de 50 milhões a tonelagem dos navios que sulcam as águas dos nossos portos; contamos perto de 60.000 km de linhas telephonicas, 1.5000 km de carris urbanos, talvez mais de 1 milhão de objectos de correspondência postal, cerca de 50.000 km de linhas telegraphicas; o valor dos nossos estabelecimentos ruraes excede de 10 milhões e 500 mil contos; na pecuária occupamos o terceiro ou quarto logar no mundo; para a renda geral de 4.000 contos em 1823, temos agora a receita de quasi 1 milhão de contos de réis, só para a União, sem incluir a dos estados; da instrucção temos cuidado com o possível desvelo: de 1907 a 1920, o augmento dos cursos elevou-se de 72% e o de alumnos de 85%, o que revela o esforço do paiz, nos últimos annos, pelo incremento da sua instrucção.

Contamos cerca de 2.400 jornaes e revistas, 650 associações scientíficas, literárias e artísticas, 1.400 estabelecimentos de assitência, muito milhares de sociedades de auxílio mútuo e caridade, e que a nossa última organização sanitária, talhada nos moldes mais adeantados, prepara a olhos vistos o fortalecimento da raça e augmento da sua capacidade productora.

Do Rio de Janeiro de 1822 fizemos, durante o império e principalmente na república, a cidade moderna que actualmente se honra de hospedar-vos, sem as epidemias dizimadoras, que eram com razão o terror do estrangeiro."

Discurso do presidente da República, Epitácio Pessoa em 8 de setembro de 1922.

Fonte: Enciclopédia Nosso Século, 1981.

Leia Mais ►

Dispositivo de material orgânico auxiliará médicos

Uma pesquisa desenvolvida na Universidade Federal de Ouro Preto (Ufop) com o apoio financeiro da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais (Fapemig), acaba de receber dois prêmios. Um deles, divulgado no último dia 15, foi o 3º Prêmio Werner Von Siemens de Inovação Tecnológica, na modalidade Saúde, categoria Estudante-Novas Idéias, promovido pela empresa Siemens. O outro foi o Prêmio de Incentivo em Ciência e Tecnologia para o SUS 2008, na categoria trabalho publicado, que também concorreu em nível nacional.

Apresentada pela estudante Cláudia Karina Barbosa de Vasconcelos e pelo orientador Rodrigo Bianchi, a pesquisa concorreu com 149 trabalhos de todo o país e foi contemplado com R$ 10 mil em dinheiro.

A pesquisa

Utilizando técnicas de nanotecnologia, os pesquisadores desenvolveram um dosímetro, dispositivo de material orgânico luminescente, que auxiliará médicos de todo o País no tratamento da icterícia neonatal.

Atualmente, o tratamento é a base de fototerapia, ou banho de luz, preferencialmente azul. Ela age sobre a criança, convertendo a bilirrubina em uma substância inofensiva. Entretanto, o tratamento nem sempre é feito da maneira adequada. Em alguns casos, os bebês são expostos a fontes luminosas erradas, mal posicionadas ou por tempo insuficiente.

O dosímetro desenvolvido pela equipe da Ufop se assemelha a um selo e é composto por moléculas orgânicas que têm propriedades luminescentes e que mudam de cor com a radiação. Fixado sobre a pele ou a fralda do bebê, ele indica o tempo ideal de exposição à luz. Na cor vermelha, o selo indica que a criança ainda não recebeu radiação suficiente. Com a prolongação do banho de luz, o adesivo fica amarelo, indicando que o tempo de radiação está a “meio caminho”. A cor verde indica que o tempo de exposição já foi suficiente e, se o exame de sangue comprovar a normalização da bilirrubina no organismo, o tratamento pode ser interrompido.

O equipamento permite prescrição mais segura do tratamento, além de ter baixo custo (cada selo custa, em média, R$ 0,30). O produto também pode ter outros usos. Segundo o coordenador das pesquisas, o dispositivo também pode ser útil no monitoramento da dose de radiação em bronzeamento artificial, no tratamento do vitiligo e no controle da exposição de trabalhadores a raios ultra-violeta. “A pessoa pode se expor a determinada quantidade de radiação e o dosímetro é uma forma de quantificar e qualificar a radiação absorvida”, diz Bianchi.

Fonte:
Assessoria de Comunicação Social - FAPEMIG

Fone: (31) 3280-2105/2106/2113/2141
Email: acs@fapemig.br
Leia Mais ►

26 de dezembro de 2008

Novo Prêmio

Mais uma vez o Blog do Seu Luiz está em festa. Recebi do blog Luka Free mais um belíssimo presente. Luka, muito agradecido, por mais este mimo.

Vou repassar carinhosamente aos seguintes amigos:

PcSaudável.com

Pé de Cogumelo

Vassourando

Universo Exotérico

Airton Farias

Felicidades a todos.

Leia Mais ►

Osteoartrose de quadril pode ser conseqüência de outras doenças

Caracterizada como doença da articulação degenerativa que atinge com maior freqüência adultos de meia idade e idosos, a osteoartrose de quadril, algumas vezes não apresenta causa específica. Entretanto, na maioria dos casos, o problema é conseqüência de outras doenças, como defeitos congênitos do quadril, artrite reumátoide, necrose avascular da cabeça femoral, doenças ocorridas na infância e após traumatismo. A genética também pode ser considerada um fator de risco.

O médico ortopedista, Joaquim Reichmann, diretor da Clínica Reichmann, especializada em ortopedia e traumatologia explica que o problema se manifesta por um desgaste de cartilagem articular que de uma superfície absolutamente lisa harmônica transforma-se em uma superfície áspera e irregular. Os primeiros sintomas podem ser um leve desconforto na região inguinal, nádega, coxa ou mesmo no joelho ou alguma rigidez articular.Normalmente a dor fica mais intensa com atividade física e melhora com o repouso.

Com o passar do tempo, os sintomas tendem a se intensificar e a dor e a rigidez podem estar presentes mesmo em repouso. Quando a pessoa percebe que está com dificuldade de vestir as meias ou calçar os sapatos é sinal de que a cartilagem está cada vez mais fina e irregular e quando o tecido cartilaginoso se esgota, o movimento passa a acontecer osso com osso, o que é extremamente doloroso. Neste estágio, diminui sensivelmente a capacidade de movimentação dos quadris, tornando os movimentos limitados.

Segundo Reichmann, para realizar diagnóstico, é importante que o paciente relate os sintomas. Também é necessário realizar exame físico da articulação coxofemoral e radiografias que mostram alterações articulares podendo ser complementados com outros exames.

Programa de fisioterapia faz parte do tratamento inicial da osteoartrose de quadril.

“É preciso evitar esportes de alto impacto e dar preferência para atividades físicas moderadas na piscina como natação ou hidroginástica e/ou bicicleta ergométrica sem carga”, declara Reichmann. Evitar carregar peso, subir escadas ou ladeiras e ingerir antiinflamatórios não esteróide também fazem parte do tratamento.

Em estágios avançados da doença, quando a dor é intensa e há diminuição da mobilidade do quadril é indicado o tratamento cirúrgico. Em alguns casos, a cirurgia indicada é osteotomia por videoartroscopia, mas na maioria das vezes, a artroplastia total do quadril é a cirurgia de eleição e consiste na substituição da articulação por uma prótese. Este procedimento elimina a dor e devolve a mobilidade da articulação.

“Os cuidados são os mesmos do tratamento não cirúrgico, pois o sucesso e a duração da vida útil da prótese depende dos cuidados pós-operatórios recomendado pelo médico”, observa Reichmann.

Por:
Marcos A. Bedin
Registro jornalista profissional MTb SC-00085-
JPMB Comunicação
Assessoria de Imprensa(49) 3323-4244, (49) 9967-4244mb@mbcomunicacao.com.br
Av. Getúlio Vargas, 870-N, sala 89801-901 Chapecó (SC)
Leia Mais ►

Processamento de hortaliças em pequenas escala é tema de livro

Acesso a alimentos na entressafra, agregação de valor, redução de perdas e diversificação da economia são algumas das vantagens do processamento de hortaliças. Essa atividade é também uma boa alternativa para geração de renda para pequenos produtores.

“Tipicamente, as hortaliças têm um preço baixo quando in natura, mas podem ser processadas em um bom número de alimentos secos, sucos, picles, doces etc., que possuem um valor agregado substancialmente maior”, explica a pesquisadora Cristina Maria Monteiro Machado, da Embrapa.

No entanto, ela destaca que uma série de recomendações técnicas devem ser observadas para que o produto final tenha condições de concorrer no mercado. Para isso, a Embrapa lançou o livro “Processamento mínimo de hortaliças em pequena escala”. A publicação é direcionada aos pequenos produtores e aos agricultores familiares e trata das principais operações utilizadas no processamento de hortaliças, em especial dos métodos adequados à pequena escala.

Segundo a autora, Cristina Machado, inicialmente, o livro apresenta alguns aspectos fundamentais do processamento, como a escolha da matéria prima, causas da deterioração de alimentos e boas práticas de higiene. Nos seis capítulos seguintes são abordadas as operações de processamento, que vão desde o transporte, recepção e armazenamento temporário da matéria-prima, até a embalagem e rotulagem do produto final, passando pelas operações que envolvem aquecimento, redução de umidade, remoção de calor, adição de substância químicas e processamento bioquímico (fermentação).

O livro “Processamento mínimo de hortaliças em pequena escala” custa R$ 12,00 e pode ser comprado por meio do Serviço de Atendimento ao Cidadão (SAC) da Embrapa Hortaliças, pelo telefone (61) 3385-9110.

Fonte:
Marcos Esteves (4505/14/45v/DF)Assessoria de Imprensa
Embrapa Hortaliças
Contatos: (61) 3385-9109
Leia Mais ►

25 de dezembro de 2008

Prêmio, recebendo e repassando

Recebi com muito orgulho este prêmio do Blog Nandaschme Muito Obrigado, Nanda !

Premio Dardos:


"reconhecer os valores que cada blogueiro mostra a cada dia, seu empenho por transmitir valores culturais, éticos, literários, pessoais, etc. em suma, demonstram sua criatividade através do pensamento vivo que está e permanece intacto entre suas letras, entre suas palavras…"
Conforme as regras a cumprir:
1. Aceitar exibir a distinta imagem e cumprir as regras.
2. Linkar o blog do qual recebeu o premio.
Nandaschme
3. Escolher 15 (quinze) blogs para entregar o Premio Dardos:

Os meus indicados:


Leia Mais ►

24 de dezembro de 2008

Recomendo

  • Fundar uma ONG não é Complicado - Incentivar, ajudar, se doar, frequentemente faço isso. Algumas pessoas não percebem o quão fácil é agir dessa maneira, e quantos benefícios isso trás para ...
    Há 2 horas
  • - Papagaio (a) Chica - *CHICA* Oi,Chica! A história de nosso personagem começa dia *03 de janeiro de 1999*, quando o amigo *Lauro Werner* nos traz de presente um Papagaio (a) c...
    Há uma semana
  • - Noite da Família no Clã! No sábado a noite (13/05) foi realizado uma noite super especial com todas as Mães e familiares do Clã, onde rolou bolos e salgad...
    Há 7 meses
  • -

Arquivo do Blog