3 de outubro de 2009

Jogos de Cartas: Copas Básico

Copas é denominação genérica dada a um grande número de jogos, cuja característica básica é evitar que se ganhe Copas, ou outras cartas, durante a partida.

Segundo alguns especialistas, esses jogos, são provavelmente originários de um jogo que se tornou muito popular na Europa no século XVIII, o Reverse. Neste jogo, o principal objetivo é evitar a tomada da Grande Quinola, o Valete de Copas, ou da Pequena Quinola, a Dama de Copas. Além disso, o jogador não deve ganhar nenhuma vaza ou, então, tem que ganhar todas. O nome Reverse vem exatamente da característica de não ganhar vazas, que é, na realidade, o reverso do objetivo usual na maior parte dos jogos de cartas.

Na segunda metade do século XIX, o Reverse cedeu lugar ao Copas Básico, que, embora seja um jogo muito simples, exige uma boa dose de atenção e raciocínio para ser bem jogado. No século XX, o Copas Básico tornou-se bastante popular, e dele surgiram inúmeras variantes.

O Copas Básico pode ser jogado por um mínimo de três e um máximo de sete jogadores, mas o número ideal é quatro. Usa-se um baralho normal de 52 cartas, e, para que o número de cartas distribuidas seja igual, costumam-se retirar os 2 de ouros, espadas e paus. Quando jogam 3 pessoas, retira-se um 2 de qualquer destes naipes; se forem 4 ou 6 jogadores, não se retira nenhum; quando jogam 7 pessoas, retiram-se essas 3 cartas. O 2 de Copas nunca deve ser retirado. Os valores de cartas são, em ordem decrescente, Ás, Rei, Dama, Valete e do 10 ao 2.

Para iniciar o jogo, o carteador distribui todas as cartas, uma de cada vez e fechadas, no sentido horário. O primeiro jogador à esquerda do carteador, inicia o jogo, descartando uma carta qualquer, os demais jogadores deverão, na sua vez, descartar uma carta do mesmo naipe e caso não a tenham, poderão descartar uma de qualquer naipe. Ao final da rodada, as cartas jogadas na mesa constituem uma vaza, que será ganha pelo jogador que tiver descartado a carta de maior valor do naipe em jogo. A rodada seguinte será iniciada pelo jogador que venceu a vaza anterior e a mão termina quando todas as cartas de Copas tiverem sido descartadas.

Ao final de cada mão, faz-se a contagem dos pontos de cada jogador, atribuindo-se um ponto para cada carta de Copas que ele ganhou. O carteador da próxima mão será o primeiro jogador à esquerda do que foi o carteador anterior. Costuma-se jogar até que um dos participantes faça um número preestabelecido de pontos, 50, por exemplo. O vencedor será o jogador que tiver o menor número de pontos quando a partida terminar, isto é, quando um dos jogadores atingir o número de pontos preestabelecido.

Fonte de pesquisa: Todos os Jogos, Editora Abril, 1978.

Leia também:

Jogos de Cartas: Mate

Jogos de Cartas: Gin Rummy

Jogos de Cartas: Go bum é um jogo fácil e divertido

Jogos de Cartas: Brisca

Jogos de Cartas: A Sueca

Jogos de Cartas: Conheça o Whist

Jogos de Cartas: Cálculo - Conheça as regras da mais difícil das paciências

Jogos de Cartas: Conheça o Tute

Jogos de Cartas: O baralho espanhol

Jogos de Cartas: Saiba como nasceu a paciência

Blog Widget by LinkWithin

2 comentários:

  1. Adoro jogar copas aqui em casa, aos sábados nos distraímos muito. Mais só de brincadeira, entre família.
    Abraços forte

    ResponderExcluir
  2. Gosto muito desse jogo, Luiz! Viciante no bom sentido.

    Abraços

    ResponderExcluir

Deixe aqui seu recado.

Recomendo

  • Projeto Valença Troca Livros - Aguardem! Em novembro! Vem aí o *"Projeto Valença Troca Livros"* Sem custo algum, apenas doação, amor. Já tenho alguns livros *livros* para serem trocados...
    Há um dia
  • - Cheiro de Goiaba - Mais uma participação da escritora, historiadora *Urda Alice Klueger, *Comentando o seu primeiro dia de aula, na Rua da Glória antiga Escola São José, e q...
    Há uma semana
  • - Noite da Família no Clã! No sábado a noite (13/05) foi realizado uma noite super especial com todas as Mães e familiares do Clã, onde rolou bolos e salgad...
    Há 5 meses
  • -

Arquivo do Blog