4 de janeiro de 2009

Ciclone extratropical provoca estragos em Florianópolis e engarrafamento na 101

A passagem de um ciclone extratropical pelo Litoral catarinense provoca estragos em Florianópolis. Com o vento forte, uma árvore caiu sobre a pista na Avenida Beira-Mar Norte e deixou o trânsito lento no sentido Centro - universidade no final da tarde deste sábado. 

O tráfego de veículos ficou em apenas uma faixa próximo à casa do governador, no bairro Agronômica, por cerca de uma hora. A situação já foi normalizada.

Pela manhã, um barco pesqueiro foi jogado contra a areia no Pântano do Sul e não conseguiu ancorar na baía. A embarcação ficou encalhada e só foi resgatada com o auxílio de um trator.

BR-101 tem 100 quilômetros de engarrafamentos

A BR-101 tem 100 quilômetros de engarrafamentos entre Florianópolis e a divisa com o Rio Grande do Sul, segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF). Dois pontos da rodovia estão completamente bloqueados e sem desvios. A água sobre a pista interditou os kms 404, em Maracajá, e 409, em Araranguá, ambos no Sul de Santa Catarina.

Em Palhoça, na Grande Florianópolis, o congestionamento começa no km 217, no sentido norte-sul, e vai até Paulo Lopes. O trânsito está lento desde as 10h e as filas chegam a 54 quilômetros. 

Na altura das cidade de Tubarão e Capivari de Baixo, sentido sul-norte, a rodovia está com uma lâmina de 30 centímetros de água. Os carros trafegam lentamente pela região e o engarrafamento chega a 35 quilômetros.

No km 324, em Capivari de Baixo, o trânsito no sentido norte-sul está sendo desviado para a pista principal, que estava interditada para obras., mas não está alagada. Os carros passam lentamente.

A BR-101 Norte, de Tijucas à Itajaí, também está com engarrafamento no sentido sul-norte desde a manhã de sábado. O tráfego de veículos não está interditado, mas o trânsito é lento.

Fonte: ClickRBS

Blog Widget by LinkWithin

2 comentários:

  1. É seu Luiz, os efeitos do aquecimento global, do desmatamento desenfreado e da ocupação desordenada começa a causar desastres nunca antes vistos por estas bandas.

    ResponderExcluir
  2. Acho que esse ciclone está chegando por aqui agora, começou a esfriar e a chover logo pela manhã e não época desse clima aqui em Valença. As mudanças climáticas são frutos do desrespeito do homem pelo meio ambiente. Abraços

    ResponderExcluir

Deixe aqui seu recado.

Recomendo

  • Projeto Valença Troca Livros - Aguardem! Em novembro! Vem aí o *"Projeto Valença Troca Livros"* Sem custo algum, apenas doação, amor. Já tenho alguns livros *livros* para serem trocados...
    Há 2 dias
  • - Cheiro de Goiaba - Mais uma participação da escritora, historiadora *Urda Alice Klueger, *Comentando o seu primeiro dia de aula, na Rua da Glória antiga Escola São José, e q...
    Há uma semana
  • - Noite da Família no Clã! No sábado a noite (13/05) foi realizado uma noite super especial com todas as Mães e familiares do Clã, onde rolou bolos e salgad...
    Há 5 meses
  • -

Arquivo do Blog