22 de abril de 2009

O vaso defeituoso

Uma velha senhora chinesa possuía dois grandes vasos, cada um suspenso na extremidade de uma vara que ela carregava nas costas.Um dos vasos era rachado e o outro era perfeito. Este último estava sempre cheio de água ao fim da longa caminhada da torrente até a casa, enquanto aquele rachado chegava meio vazio.
Por longo tempo a coisa foi em frente assim, com a senhora que chegava em casa com somente um vaso e meio de água.Naturalmente o vaso perfeito era muito orgulhoso do próprio resultado e o pobre vaso rachado tinha vergonha do seu defeito, de conseguir fazer só a metade daquilo que deveria fazer.vaso


Depois de dois anos, refletindo sobre a própria amarga derrota de ser 'rachado', o vaso falou com a senhora durante o caminho: 'Tenho vergonha de mim mesmo, porque esta rachadura que eu tenho me faz perder metade da água durante o caminho até a sua casa...'


A velhinha sorriu e disse:
- Você reparou que lindas flores tem somente do teu lado do caminho? Eu sempre soube do teu defeito e portanto plantei sementes de flores na beira da estrada do teu lado. E todo dia, enquanto a gente voltava, tu as regavas. Por dois anos pude recolher aquelas belíssimas flores para enfeitar a mesa. Se tu não fosses como és, eu não teria tido aquelas maravilhas na minha casa.
Cada um de nós tem o próprio defeito. Mas o defeito que cada um de nós temos, é que faz com que nossa convivência seja interessante e gratificante. É preciso aceitar cada um pelo que é... E descobrir o que tem de bom nele.


Portanto, meu defeituoso amigo, tenha um bom dia e lembre de regar as flores do seu lado do caminho. e envie esta mensagem a algum (ou a todos) os seus defeituosos amigos. Sem esquecer que é defeituoso também quem a mandou a você!


Quando Deus tira algo de você, Ele não está punindo-o, mas apenas abrindo suas mãos para receber algo maior.


A vontade de Deus nunca irá levá-lo aonde a graça de Deus não possa protegê-lo!

Blog Widget by LinkWithin

4 comentários:

  1. Este texto é um verdadeiro ensinamento,devemos sempre buscar o lado bom das coisas, e não permitir nunca que a amargura nos aflija.
    A Paz

    ResponderExcluir
  2. Que belo artigo, Luiz. Texto lindo e verdadeiro que nos faz refletir e reclamar menos dos ditos problemas.

    Abraços

    ResponderExcluir
  3. Olá, amigo. Eu já conhecia esse texto, é belíssimo e diz muito realmente. Que bom que você o colocou, assim pude relembrar.

    Abraços.

    ResponderExcluir
  4. Eu não conhecia ele.

    Mas esse texto fez ganhar meu dia. =D

    ResponderExcluir

Deixe aqui seu recado.

Recomendo

  • Projeto Valença Troca Livros - Aguardem! Em novembro! Vem aí o *"Projeto Valença Troca Livros"* Sem custo algum, apenas doação, amor. Já tenho alguns livros *livros* para serem trocados...
    Há 5 dias
  • - Cheiro de Goiaba - Mais uma participação da escritora, historiadora *Urda Alice Klueger, *Comentando o seu primeiro dia de aula, na Rua da Glória antiga Escola São José, e q...
    Há 2 semanas
  • - Noite da Família no Clã! No sábado a noite (13/05) foi realizado uma noite super especial com todas as Mães e familiares do Clã, onde rolou bolos e salgad...
    Há 5 meses
  • -

Arquivo do Blog