24 de abril de 2009

Cooperativas crescem 22% em SC

As cooperativas catarinenses, em seu conjunto, faturaram R$ 11,073 bilhões de reais em 2008, montante 22,2% superior ao exercício anterior, de acordo com resultados apresentados hoje pela Organização das Cooperativas do Estado de Santa Catarina (Ocesc).

O sistema cooperativista é formado por 255 cooperativas dos ramos agropecuário, consumo, crédito, educacional, especial, habitacional, infraestrutura, mineral, produção, saúde, trabalho e transporte. Juntas, elas representam 860.000 famílias associadas (crescimento de 10,6%), o que correspondcoopere a mais de 1/3 da população estadual. As cooperativas empregam diretamente 30.000 pessoas, contingente que cresceu 12,7% em 2008.

O ramo AGROPECUÁRIO, mais uma vez, demonstrou sua absoluta hegemonia: as 51 cooperativas responderam por 66,8% do movimento econômico com faturamento de R$ 7 bilhões 406 milhões de reais (crescimento de 24% em relação a 2007). O segundo maior movimento foi das 33 cooperativas da SAÚDE, que cresceram 14,1% e faturaram R$ 1 bilhão 658 milhões de reais.

O ramo CRÉDITO, com 73 cooperativas, ficou em terceira posição, com movimento de R$ 672,8 milhões de reais e 30,4% de crescimento. O ramo TRANSPORTE, com 21 cooperativas, ficou em quarta posição com R$ 621,8 milhões de reais e 14,2% de expansão.

Em quinta posição encontra-se o ramo de CONSUMO: as 12 cooperativas cresceram 34,8% e movimentaram R$ 337,1 milhões de reais. Em sexto lugar figuram as 27 cooperativas deELETRIFICAÇÃO (ramo infraestrutura) que reduziram seus negócios em 7% e venderam R$ 327 milhões de reais.

Os demais ramos com movimentação econômica foram TRABALHO (16 cooperativas) com R$ 38,6 milhões de reais; EDUCACIONAL (12 cooperativas) com R$ 8,5 milhões de reais;PRODUÇÃO (4 cooperativas) com R$ 603 mil reais; HABITACIONAL (3 cooperativas) com R$ 917 mil reais; ESPECIAL (2 cooperativas) com R$ 208 mil reais e MINERAL (1 cooperativa) com R$ 187 mil reais.

Apesar do aumento da receita operacional bruta das cooperativas em 22,2%, as sobras do período registraram acentuada redução da ordem de 61,5% - resultado da crise do comércio internacional e da queda de preços dos principais itens da pauta de exportação, especialmente os produtos cárneos. O patrimônio líquido das 255 cooperativas cresceu 16% e atingiu R$ 2 bilhões e 380 milhões de reais.

O presidente da Ocesc destacou a prioridade concedida à capacitação dos recursos humanos empregados nos diversos níveis do cooperativismo: O Sescoop de Santa Catarina promoveu 493 eventos para a formação profissional de 62.042 dirigentes, cooperados e funcionários de cooperativas catarinenses mediante desembolso da ordem de R$ 4 milhões 113 mil reais. Esses números representam um extraordinário crescimento de 60% no número de participantes, 49% no volume financeiro e 19% no número de eventos. Em 2009, os investimentos financeiros em formação e qualificação devem crescer 20%.

Por: Marcos A. Bedin
MB Comunicação
Assessoria de Imprensa
(49) 3323-4244, (49) 9967-4244
mb@mbcomunicacao.com.br

Blog Widget by LinkWithin

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui seu recado.

Recomendo

  • Projeto Valença Troca Livros - Aguardem! Em novembro! Vem aí o *"Projeto Valença Troca Livros"* Sem custo algum, apenas doação, amor. Já tenho alguns livros *livros* para serem trocados...
    Há 2 dias
  • - Cheiro de Goiaba - Mais uma participação da escritora, historiadora *Urda Alice Klueger, *Comentando o seu primeiro dia de aula, na Rua da Glória antiga Escola São José, e q...
    Há uma semana
  • - Noite da Família no Clã! No sábado a noite (13/05) foi realizado uma noite super especial com todas as Mães e familiares do Clã, onde rolou bolos e salgad...
    Há 5 meses
  • -

Arquivo do Blog