6 de abril de 2009

O misterioso Senhor Gino

De repente, a cidade de São Paulo é invadida por uma onda de assaltos. O ano é 1926, e o ladrão escolhe sempre as luxuosas mansões das avenidas Brigadeiro Luiz Antônio, Angélica e Paulista. A polícia se movimenta, mas não consegue nenhuma pista. Certa tarde, no entanto, uma mulher vai à polícia e se queixa de que seu vizinho, um tal Senhor Gino, teria espancado seu filho, e diz ainda que o menino vira na casa dele vários baús cheios de jóias.

Então dois investigadores vão até a residência do misterioso Senhor Gino, e este, ao perceber a presença dos policiais, corre para os fundos da casa, e como um felino, galga o muro de três metros e desaparece nos telhados. Está descoberto o autor dos assaltos, seu nome é Amleto Gino Meneghetti, italiano de Pisa, marido da jovem e bela Concceta e pai de dois filhos, Spartaco e Lenine.

Dias depois, com a participação da Força Pública, guardas civis e até do Corpo de Bombeiros, ele é cercado na Rua dos Gusmões. Depois de uma tarde e uma noite de fuga pelos telhados, o ladrão se entrega. É acusado, também, da morte do comissário Valdemar Dória. Mas se diz inocente deste crime: "Eu não o matei. O homem levou um tiro de 38 e meu revólver era calibre 32".

Meneghetti é condenado a 43 anos de prisão, pena que mais tarde, seria comutada para 25 anos. Em certa ocasião, em uma entrevista ao escritor Paulo Duarte, Meneghetti disse que ladrão é o distribuidor apressado das utilidades públicas e o comerciante, ao contrário, é o ladrão paciente. Meneghetti era um anarquista.

Fonte de pesquisas: Nosso Século, Abril Cultural, 1980.

Blog Widget by LinkWithin

2 comentários:

  1. oie sou a Ferrockxia dona do exoticlic, mas vim aqui agradecer seus diversos comentarios no COMO FAZER WEB sou colunista lá!

    brigada pela presença!

    bjs

    ResponderExcluir
  2. Uma boa história, mostrando que a violência é um problema crônico do Brasil e de São Paulo. Realmente pouca coisa mudou com o passar dos tempos.

    ResponderExcluir

Deixe aqui seu recado.

Recomendo

  • Projeto Valença Troca Livros - Aguardem! Em novembro! Vem aí o *"Projeto Valença Troca Livros"* Sem custo algum, apenas doação, amor. Já tenho alguns livros *livros* para serem trocados...
    Há 2 dias
  • - Cheiro de Goiaba - Mais uma participação da escritora, historiadora *Urda Alice Klueger, *Comentando o seu primeiro dia de aula, na Rua da Glória antiga Escola São José, e q...
    Há uma semana
  • - Noite da Família no Clã! No sábado a noite (13/05) foi realizado uma noite super especial com todas as Mães e familiares do Clã, onde rolou bolos e salgad...
    Há 5 meses
  • -

Arquivo do Blog