29 de julho de 2009

Marketing pessoal

Saber “vender” o seu trabalho e passar uma imagem positiva é determinante para o sucesso na profissão.

Este foi o foco da primeira palestra do Workshop “Marketing Pessoal e Atendimento”, ministrada pela consultora empresarial e assessora organizacional, Maria Berenice Gavioli, no último dia 20, no auditório da Unimed Chapecó, para cerca de 50 secretárias dos médicos cooperados. O evento foi promovido pelo Programa de Relacionamento com o Cooperado da Unimed Chapecó (Univocê) e prosseguiu no dia 23.

Através de uma exposição descontraída e com exemplos apresentados na prática, a palestrante reforçou que o marketing pessoal é uma ferramenta eficiente para desenvolver contatos e relacionamentos interessantes do ponto de vista pessoal e profissional, bem como dar visibilidade às características, habilidades e competências relevantes para aceitação e reconhecimento no ambiente de trabalho. Além disso, o cuidado com a ética e a capacidade de liderar, a habilidade de estar motivada e motivar as pessoas a sua volta, também fazem parte do Marketing Pessoal. “Os pacientes são os clientes da clínica. Se o atendimento não for bem desenvolvido, a pessoa procura outro consultório”, argumentou Maria Berenice.

Desenvolver um trabalho com profissionalismo, buscar conhecimento sobre os aspectos da profissão, desenvolver autonomia, limite, confiança, responsabilidade e saber se colocar no lugar do outro, são características imprescindíveis para a profissão. “Se a profissional conquistou autonomia foi porque demonstrou que conhece limites, é pró-ativa e sabe tomar decisões quando necessário”, complementou Maria Berenice.

Outra questão abordada na palestra foi a apresentação pessoal, atendimento a clientes e a importância de gostar do que se faz. “Nem sempre a gente faz o que gosta, mas é necessário ter consciência e agir como profissional. Dessa forma é possível mostrar atributos para chegar onde se deseja”, revelou Maria Berenice.

A palestrante também destacou que as pessoas devem ser visionárias, questionadoras, que arriscam, que procuram diferenças, que fazem acontecer, além de ser solidárias. Mas para isso, é fundamental ter firmeza no que está questionando e ter condições de apresentar alternativas.

Dicas:

. Estar sempre pronto e capacitado para enfrentar mudanças;

. Ter consciência da importância da atividade para a concretização de objetivos;

. Saber focar os problemas e controlar a preocupação e os sentimentos de frustração e angustia;

. Entender e acreditar na própria capacidade de realização e superação de obstáculos;

. Manter – se motivado.

Fonte: Marcos A. Bedin
MB Comunicação
Assessoria de Imprensa
(49) 3323-4244, (49) 9967-4244
mb@mbcomunicacao.com.br

Blog Widget by LinkWithin

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui seu recado.

Recomendo

  • Projeto Valença Troca Livros - Aguardem! Em novembro! Vem aí o *"Projeto Valença Troca Livros"* Sem custo algum, apenas doação, amor. Já tenho alguns livros *livros* para serem trocados...
    Há 2 dias
  • - Cheiro de Goiaba - Mais uma participação da escritora, historiadora *Urda Alice Klueger, *Comentando o seu primeiro dia de aula, na Rua da Glória antiga Escola São José, e q...
    Há uma semana
  • - Noite da Família no Clã! No sábado a noite (13/05) foi realizado uma noite super especial com todas as Mães e familiares do Clã, onde rolou bolos e salgad...
    Há 5 meses
  • -

Arquivo do Blog