27 de abril de 2009

Exportação brasileira de mel cresce quase 12%

As exportações brasileiras de mel continuam crescendo em 2009. Em março, o País vendeu três mil toneladas, correspondentes ao valor de US$ 7,216 milhões, um incremento de 11,9% em relação a fevereiro (US$ 6,446 milhões). O crescimento é ainda maior na comparação com março de 2008, quando foram exportados cerca de 991 toneladas em peso e US$ 2,088 milhões em valor.


Os números provam que a crise mundial ainda não repercutiu na apicultura. Só no primeiro trimestre deste ano, foram exportadas 7,4 mil toneladas de mel, gerando uma receita de US$ 17,49 milhões. No mesmo período do ano passado, o País exportou apenas 3,264 mil toneladas, alcançando uma receita de US$ 6,239 milhões.mel


Os dados constam do levantamento consolidado pelo analista do Sebrae Reginaldo Resende. A referência é o Sistema de Análise das Informações de Comércio Exterior via Internet (Alice-Web), da Secretaria de Comércio Exterior (Secex) do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior.


Os Estados Unidos permanecem como grandes compradores do mel brasileiro. Em março, 2,038 mil toneladas de mel, o correspondente a US$ 4,625 milhões, foram destinadas a esse país. A Alemanha importou 549,814 toneladas , totalizando em valor US$ 1,550 milhão. O Reino Unido foi responsável pela importação de 247,260 toneladas, o correspondente a US$ 640,341 mil. O Brasil também exportou mel para Angola, Bélgica, Bolívia, Cabo Verde, Canadá, Coréia do Sul, Holanda, Hong Kong e Japão.

São Paulo continua liderando as vendas externas de mel, sendo responsável por uma receita de US$ 2,48 milhões, o que representa mais de um terço do valor total da exportação de mel em março. O Ceará assumiu a segunda posição no ranking dos exportadores de mel, com receita de US$ 1,32 milhão.


Em terceiro lugar vem o Estado do Rio Grande do Sul, com US$ 1,29 milhão. Santa Catarina foi o quarto exportador com US$ 619,02 mil. O quinto no ranking foi o Paraná, seguido do Piauí, Rio Grande do Norte e Minas Gerais. A novidade do mês de março veio do Estado do Mato Grosso do Sul, que fez sua estréia no mercado internacional com uma pequena exportação de quatro quilos de mel para a Bolívia, correspondente a US$ 46,00.


De acordo com Reginaldo Resende, o mercado ainda não dá sinais de que entrará em queda. “Pelo contrário, deverá permanecer favorável por conta das reduções de oferta de mel decorrentes de problemas climáticos em vários países. Além disso, o Brasil está com uma boa safra de mel no Nordeste, especialmente no Piauí e no Ceará”, explica.

Fonte: Giovana Perfeito/Agência Sebrae de Notícias

Blog Widget by LinkWithin

2 comentários:

  1. Uma boa notícia de vez em quando faz bem. Parabéns.

    ResponderExcluir
  2. Eu diria então que as abelhas deram uma ferroada na crise. rsss

    Muito boa notícia.

    Abraço

    ResponderExcluir

Deixe aqui seu recado.

Recomendo

  • Projeto Valença Troca Livros - Aguardem! Em novembro! Vem aí o *"Projeto Valença Troca Livros"* Sem custo algum, apenas doação, amor. Já tenho alguns livros *livros* para serem trocados...
    Há 4 dias
  • - Cheiro de Goiaba - Mais uma participação da escritora, historiadora *Urda Alice Klueger, *Comentando o seu primeiro dia de aula, na Rua da Glória antiga Escola São José, e q...
    Há 2 semanas
  • - Noite da Família no Clã! No sábado a noite (13/05) foi realizado uma noite super especial com todas as Mães e familiares do Clã, onde rolou bolos e salgad...
    Há 5 meses
  • -

Arquivo do Blog