2 de dezembro de 2008

Marion, sinônimo de progresso ou de degradação ambiental ?

Colaboração: Secom, Patrícia Nonnenmacher

O nome de uma máquina ficou marcado na história da região de Criciúma e divide opiniões. A Marion, para uns, sinônimo de progresso, para outros de degradação ambiental, é objeto de exposição na Casa da Cultura. Promovida pela Fundação Cultural de Criciúma (FCC), Memória do Carvão – Marion pode ser visualizada por meio de fotos e fragmentos de textos, porém, chama a atenção, uma réplica da máquina, confeccionada pelo mineiro aposentado Antônio Marcílio, 72 anos.






Antônio conta que a idéia de fazer a mini-Marion, ou “seu brinquedinho” , como define, surgiu por uma inspiração divina e levou um ano e meio para ser finalizada. O aposentado, nunca chegou a operar a Marion, mas acredita que o equipamento é parte da história de uma cidade que ficou conhecida como a Capital do Carvão.

Segundo ele, muitas pessoas observam o invento e comentam que esta foi uma máquina da destruição. Mas ele não concorda. “A máquina não destruiu a natureza. Ela foi operada pelo homem. Com ela não veio a destruição, veio o pão. Eu mesmo sobrevivi da extração do carvão”, salientou.

A mini-Marion pesa 102 quilos e é controlada por um painel mecânico e elétrico que simulam todos os comandos da verdadeira, com 20 engrenagens e 47 rolamentos. A mostra fica na Casa da Cultura até sexta-feira (5).


Blog Widget by LinkWithin

3 comentários:

  1. O problema certamente não é a máquina. É a matriz energética.
    Já é tempo de trocarmos nossa matriz energética por uma não poluente e sustentável.
    Mesmo que requeira um investimento um pouco maior num primeiro momento.
    Mas isso deve ser encarado como "investimento em sobrevivência". Que tal alocar as verbas para a mudança diminuindo as verbas de representação dos nossos políticos?
    Grande abraço!

    ResponderExcluir
  2. parabens pela postagem.

    bom inicio de 2009 você gostaria de uma parceria de link

    ResponderExcluir

Deixe aqui seu recado.

Recomendo

  • Projeto Valença Troca Livros - Aguardem! Em novembro! Vem aí o *"Projeto Valença Troca Livros"* Sem custo algum, apenas doação, amor. Já tenho alguns livros *livros* para serem trocados...
    Há 6 dias
  • - Cheiro de Goiaba - Mais uma participação da escritora, historiadora *Urda Alice Klueger, *Comentando o seu primeiro dia de aula, na Rua da Glória antiga Escola São José, e q...
    Há 2 semanas
  • - Noite da Família no Clã! No sábado a noite (13/05) foi realizado uma noite super especial com todas as Mães e familiares do Clã, onde rolou bolos e salgad...
    Há 5 meses
  • -

Arquivo do Blog