8 de agosto de 2009

Casal é condenado por fazer sexo em igreja

Casal foi pego no flagra pelo pastor da igreja.

O nigeriano Tolu Akintepe, de 30 anos, e sua mulher Bunmi, de 28, foram condenados a uma indenização de 117 euros (cerca de R$ 310) após serem flagrados fazendo sexo sobre os degraus do altar de uma igreja em Ikeja, subúrbio de Lagos (Nigéria).


As informações são do jornal belga HLN, que publicou uma foto do casal relativamente sorridente, após sairem da audiência judicial em foram advertidos, punidos em dinheiro e obrigados a um serviço comunitário ao longo de sete dias.


O ato sexual foi flagrado pelo pastor da Igreja Pentecostal, da cidade de Ikeja, num horário em que não havia celebrações e a igreja estava praticamente vazia. Além de exigir a limpeza do local, o pastor entrou com uma ação para que o casal pagasse uma compensação financeira pela profanação do altar.


Os amorosos foram presos, levados à repartição policial local e, em seguida, apresentados ao juiz da cidade. Diante deste, Akintepe explicou que "a relação amorosa do casal estava morna, pois estamos casados há quatro anos".


Ele pretendeu justificar, afirmando que "minha mulher estava sempre dizendo que queria tornar mais interessante a nossa vida sexual". Ela admitiu que "era verdadeiro".

A partir do próximo domingo (16), Tolu e Brunmi Akintepe também cumprirão a pena complementar: limpar a igreja por uma semana.

Fonte: www.espacovital.com.br

 

Blog Widget by LinkWithin

4 comentários:

  1. Existe loco para tudo, Deus tenha piedade deles.
    A paz

    ResponderExcluir
  2. Deixa eles... faça amor n faça guerra !

    ResponderExcluir
  3. kkkkkkkkkk Muito massa!
    Nada como inovar... XD

    ResponderExcluir
  4. Eu considero total falta de respeito!

    ResponderExcluir

Deixe aqui seu recado.

Recomendo

Arquivo do Blog