9 de março de 2009

Simpósio Brasil Sul de Avicultura traz pesquisador da Universidade de Oklahoma

O Núcleo Oeste de Médicos Veterinários está desenvolvendo dois importantes projetos para 2009: o 10° Simpósio Brasil Sul de Avicultura e o 1ª Brasil Sul Poultry Fair. O Simpósio, já considerado o melhor fórum de discussão aplicada e dirigida da avicultura do Mercosul, está agendado para o período de 31 de março, 1° e 2 de abril, no Centro de Cultura e Eventos Plínio Arlindo De Nês, em Chapecó-SC. Paralelamente, ocorrerá a feira de relacionamentos e oportunidades, a Poultry Fair.

Entre os destaques da programação está prevista a palestra “Nutrição X Temperatura Ambiente”, no dia 1° de abril, às 13h30, com o doutor Robert Teeter, da Oklahoma State University.  O palestrante irá expor os experimentos que foram conduzidos para avaliar o impacto da coccidiosis no valor calórico efetivo (ECV) na dieta e outros custos energéticos em frangos. Os resultados indicam que os impactos  da coccidiosis dependem da idade, afetando de forma mais aguda a curva de crescimento de frangos com o sistema imunológico ainda ingênuo.

Diversos fatores não-nutritivos afetam a performance do plantel. Questões gerenciais como ventilação, densidade do estoque, luminosidade e processo de alimentação têm recebido grande atenção no impacto calorífico da produção avícola. Isso é especialmente reconhecido quando tais fatores são acompanhados da coccidiosis. Tal doença é famosa por elevar custos com alimentação a fim de atingir determinado peso.     

Segundo o palestrante “o ganho de tecido está condicionado por todos os fatores. A alteração acidental de um fator requer correção imediata acompanhada de compensação através dos outros”, analisa.

As ações combinadas de combate à coccidiosis, manutenção e perda de energia fecal impactam no rendimento avícola.  O valor efetivo calórico expressa o impacto combinado desses fatores como uma equivalência dietética que seria necessitada para atingir esta ação. A combinação de diminuído consumo de energia com custos elevados de manutenção e perda de energia fecal fazem o desafio da coccidiosis crítico para se evitar. Caso ocorra a doença, os resultados sugerem que exposição prematura incidirá num menor impacto no consumo de energia.

Por: Marcos A. Bedin
MB Comunicação
Assessoria de Imprensa
(49) 3323-4244, (49) 9967-4244
mb@mbcomunicacao.com.br

Blog Widget by LinkWithin

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui seu recado.

Recomendo

  • Projeto Valença Troca Livros - Aguardem! Em novembro! Vem aí o *"Projeto Valença Troca Livros"* Sem custo algum, apenas doação, amor. Já tenho alguns livros *livros* para serem trocados...
    Há 5 dias
  • - Cheiro de Goiaba - Mais uma participação da escritora, historiadora *Urda Alice Klueger, *Comentando o seu primeiro dia de aula, na Rua da Glória antiga Escola São José, e q...
    Há 2 semanas
  • - Noite da Família no Clã! No sábado a noite (13/05) foi realizado uma noite super especial com todas as Mães e familiares do Clã, onde rolou bolos e salgad...
    Há 5 meses
  • -

Arquivo do Blog