16 de junho de 2010

Copa 2010: Uruguai dá show e Espanha dá vexame

Bastante ofensiva, mostrando um futebol envolvente, o Chile bateu Honduras por 1 a 0, nesta quarta-feira, em Nelspruit, no jogo que abriu o Grupo H do Mundial. Mesmo sem contar com seu artilheiro Humberto Suazo, a seleção chilena de Marcelo Bielsa não abriu mão de atacar Honduras com veemência. O Chile já havia ameaçado Honduras pelo menos três vezes até achar seu gol. Em uma triangulação de passes, Matías Fernández lançou Isla que, da linha de fundo, colocou Beausejour em condições de marcar da pequena área. No lance, o atacante chileno ainda dividiu com o zagueiro de Honduras e acabou marcando o gol com a barriga.

No segundo jogo do dia, a seleção espanhola apontada como favorita, dá vexame logo na estreia e sucumbe diante do paredão suíço. Em campo, a proposta das duas equipes ficou clara desde os primeiros minutos. Desfalcada de Alexander Frei, o técnico Ottmar Hitzfeld segurou ainda mais a equipe, deixando muitas vezes o atacante Blaise Nkufo sozinho na frente. Enquanto isso, a Espanha trocava passes com facilidade na intermediária e ia aos poucos tentando furar o bloqueio adversário.UruXAFS

Apesar do domínio espanhol, a primeira chance só veio aos 24 minutos e em uma jogada característica do Barcelona. Após cruzamento, Iniesta lançou Piqué dentro da área o zagueiro cortou o último adversário, mas desta vez foi parado pelo goleiro Benaglio. No segundo tempo a história se repetiu. Com a posse de bola beirando os 70%, a Espanha rondava a área rival com Iniesta, Xavi e Silva, que buscavam a solução em lançamentos curtos para Villa ou para os meias que vinham de trás. No entanto, mesmo pressionada, a Suíça conseguiu o que até então parecia impossível. Em reposição de Benaglio, a bola atravessou o campo e sobrou para Eren Derdyiok, que dividiu com Casillas já na área. Na sobra, Fernandes ganhou de Piqué e só empurrou para o gol vazio. Zebra?

No terceiro jogo desta quarta-feira, África do Sul e Uruguai, que empataram na primeira rodada começaram a todo vapor a partida. A Celeste Olímpica, mais tranquila em relação à estreia diante da França, mostrou-se mais consistente e perigosa, sobretudo com a bola no chão. Na partida disputada em Pretória, o time sul-americano deu um grande passo rumo a classificação às oitavas de final com o triunfo por 3 a 0 em uma partida equilibrada, que acabou decidida por detalhes.

Os primeiros dois gols da Celeste saíram dos pés de seu craque Diego Forlán, no primeiro tempo, o craque arriscou um chute de fora da área aos 24 minutos e viu a bola desviar sutilmente no capitão sul-africano Aaron Mokoena e encobrir e encobrir o goleiro Itumeleng Khune. O segundo foi de pênalti, aos 80 minutos, depois de Luis Suárez ser derrubado dentro da área. O terceiro veio, já nos descontos, com o lateral esquerdo Álvaro Pereira, que cabeceou sozinho na pequena área,  no último minuto de jogo.

Blog Widget by LinkWithin

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui seu recado.

Recomendo

  • Projeto Valença Troca Livros - Aguardem! Em novembro! Vem aí o *"Projeto Valença Troca Livros"* Sem custo algum, apenas doação, amor. Já tenho alguns livros *livros* para serem trocados...
    Há 5 dias
  • - Cheiro de Goiaba - Mais uma participação da escritora, historiadora *Urda Alice Klueger, *Comentando o seu primeiro dia de aula, na Rua da Glória antiga Escola São José, e q...
    Há 2 semanas
  • - Noite da Família no Clã! No sábado a noite (13/05) foi realizado uma noite super especial com todas as Mães e familiares do Clã, onde rolou bolos e salgad...
    Há 5 meses
  • -

Arquivo do Blog