31 de março de 2009

Dor crônica, como tratá-la ?

A dor, independente da intensidade, é sempre desagradável. Dores crônicas, que persistem por mais de três meses, acabam desencadeando uma série de outros problemas, inclusive emocionais, que precisam ser tratados. Estimativas da Organização Mundial de Saúde – OMC – indicam que cerca de um terço da população apresentará algum tipo de dor crônica durante a vida. À medida que vivemos mais, cresce o número de pessoas com dores na coluna, articulações, doenças reumáticas, degenerações ou inflamações nos órgãos internos e outros problemas que podem provocar dores crônicas.

O médico ortopedista e traumatologista, Joaquim Reichmann explica que nos paciente com dor crônica, o sistema nervoso simpático ajusta-se à condição dolorosa, com redução da hiperatividade. “Por causa da dor podem ocorrer várias alterações psicológicas e de outras origens. Freqüentemente se desenvolve aumento da irritabilidade, depressão mental, preocupação com o corpo e afastamento dos interesses externos. Além disso, os pacientes que sofrem de dor crônica podem afastar-se das pessoas mais próximas e apresentar incapacidade ocupacional“, explica. Outros sintomas comuns, decorrentes da dor, são insônia, diminuição do desejo sexual e alteração do apetite.

Em pacientes com artrite reumatóide, lombalgia crônica e dor no pescoço foram observados quadros de ansiedade e depressão. De acordo com Reichmann, para melhorar a qualidade de vida do paciente, a abordagem multidisciplinar que inclui medicações, aconselhamento, fisioterapia, bloqueio de nervos, eletroacumpuntura e mesmo cirurgia, pode trazer bons resultados. “Embora muitos pacientes possam ser controlados apenas com medicações, outros podem requerer encaminhamento a uma clínica especializada em dor” aponta.

Para o ortopedista, o tratamento da dor crônica é complexo e o sucesso terapêutico requer esforço multidisciplinar, baseado em múltiplos enfoques do conhecimento humano. “O tratamento é absolutamente individualizado, cada dor é a “dor de uma pessoa", com uma história, criação, seu contexto e seu momento. A dor é subjetiva, mas não é abstrata” destaca Reichmann.  Ele enfatiza ainda que a dor é sentida por alguém que precisa ser compreendido e respeitado, e que na maioria das vezes, encontra-se com medo de sua realidade: não entende por que tem dor, teme a causa da dor, teme sua doença, seu tratamento, seu prognóstico, e a própria perspectiva de sentir (ou não) sua dor.“A dor gera sofrimento e consideramos sofrimento um conceito mais global, um sentimento negativo que prejudica a qualidade de vida do sofredor. Tanto o aspecto físico, quanto o aspecto psicológico atuam no sofrimento, e a dor pode ser apenas um pequeno componente circunstancial” completa o médico Joaquim Reichmann.

Para atender pacientes com dores crônicas, que é um desafio muito grande para os profissionais da área de saúde e familiares, está em funcionamento em Chapecó - SC a Clínica de Dor, formada por uma equipe multidisciplinar de profissionais da saúde, que inclui médico ortopedista, médico anestesiologista, médico neurocirurgião, nutricionista, psicólogo, fisioterapeuta especializado em dor e reabilitação, osteopata e massoterapeuta. De acordo com o médico Joaquim Reichmann, a Clínica de Dor, situada na rua Uruguai em Chapecó, dedica-se ao atendimento qualificado de pacientes que apresentem dores crônicas, tendo à disposição “uma equipe de profissionais que se comunicam entre si, fazendo com que os pacientes sejam avaliados e/ou tratados por mais de um ou por vários deles, quando necessário”

Por: Marcos A. Bedin
MB Comunicação
Assessoria de Imprensa
(49) 3323-4244, (49) 9967-4244
mb@mbcomunicacao.com.br

Blog Widget by LinkWithin

2 comentários:

  1. Venho aqui divulgar um fórum que criei sobre a dor crónica (por falta de um em português).

    O endereço é: http://dorcronica.myfreeforum.org/

    Estão todos convidados a participar: desde quem sofre de dor crónica até a quem tem de lidar com pessoas que sofrem desta doença.

    Obrigada.

    ResponderExcluir
  2. Muito bom o artigo!
    Tenho trabalhado com produtos terapêuticos para alívio da dor e visitado muita gente “dolorida” por aí principalmente com dor nas costas quer por problemas mais sérios ou mesmo com dores musculares pelo estresse diário e má postura.
    Percebo que os produtos mais novos que usam photon platina ajudam a aliviar a dor em questão de minutos pelo forte infravermelho que possui junto com ionização negativa.
    Não estou falando de cura, mas de um grande alívio de dores.
    Olha, é bem interessante tenho acompanhado alguns casos bem graves principalmente de dor nas costas com bons resultados.
    Vale a pena dar uma olhada no site http://www.conforsoft.com.br/dor-nas-costas

    Grande abraço e parabéns pelo trabalho!
    Rodrigo Santos

    ResponderExcluir

Deixe aqui seu recado.

Recomendo

  • Projeto Valença Troca Livros - Aguardem! Em novembro! Vem aí o *"Projeto Valença Troca Livros"* Sem custo algum, apenas doação, amor. Já tenho alguns livros *livros* para serem trocados...
    Há 6 dias
  • - Cheiro de Goiaba - Mais uma participação da escritora, historiadora *Urda Alice Klueger, *Comentando o seu primeiro dia de aula, na Rua da Glória antiga Escola São José, e q...
    Há 2 semanas
  • - Noite da Família no Clã! No sábado a noite (13/05) foi realizado uma noite super especial com todas as Mães e familiares do Clã, onde rolou bolos e salgad...
    Há 5 meses
  • -

Arquivo do Blog