25 de junho de 2009

El titiritero de Banfield

Conhecido como “El titiritero de Banfield”, o argentino Sergio Mercurio exibe também em Brasília premiado documentário sobre artista de rua de Curitiba

A CAIXA Cultural Brasília recebe uma atração internacional no primeiro final de semana de julho. Nos dias 03, 04 e 05, o argentino Sergio Mercurio desembarca no Teatro da CAIXA com o espetáculo de bonecos “Velhos”, voltado para jovens e adultos. Sexta e sábado, às 20h, e domingo, às 19h, com ingressos a R$ 10,00 a inteira e R$ 5,00 a meia-entrada. Para esquentar a noite, Mercurio exibe antes dos espetáculos, premiado documentário que dirigiu sobre uma artista de rua de Curitiba. “O Filme da Rainha” terá sessões gratuitas na sexta e no sábado, às 17h e no domingo, às 16h.

Falado inteiramente em português, “Velhos” é a primeira parte de uma trilogia de Sergio Mercurio sobre a velhice. O espetáculo de bonecos (ou títeres) apresenta oito personagens idosos manipulados de sete formas diferentes, que vão desde o pé (que vira uma cabeça) a bonecos gigantes. O habilidoso “El titiritero de Banfield”, como é mais conhecido, transforma bonecos de espuma em personagens com vida própria e expressões bem particulares. Ternos, irônicos, críticos, poéticos e cheios de humor, os velhos de Mercurio possuem passados diferentes e aparecem tal como são, ou seja, envelhecidos, sem reparos.

“Velhos” começa com Tronco, um velho raivoso e carrancudo que, sentado diante do infinito, critica e resiste à morte. Em seguida, o hilário casal Rosa e Arturo, acamados no hospital após serem atropelados, divertem a platéia com uma discussão acalorada. Manipulado juntamente com Rosamari Jacomeli, surge a simpática e gigante boneca Eduviges, que encanta o público ao lado de sua borboletinha. O boneco de mesa Navaho é um idoso indígena que vive numa solidão incompreensível. Na graciosa cena “Avô e neto”, são os pés dos manipuladores que dão vida à história, sem necessidade alguma de fala. A boneca Simona também só precisa dos gestos para se fazer entender pela platéia. E para encerrar, surge o apaixonado pelo tango, Professor, velho colocado num asilo enquanto seu filho viaja à Espanha a trabalho.

O trabalho do “El titiritero de Banfield” não se resume a uma técnica apurada. Seus textos trazem poesia e belas referências sem precisar, para isso, serem rebuscados ou complicados. São diálogos do cotidiano que, ao mesmo em que divertem, levam o público a uma profunda reflexão.

“Velhos”, que já foi apresentado na CAIXA Cultural de Curitiba, tem patrocínio da CAIXA.

O Filme da Rainha

Produzido entre 2005 e 2007, e dirigido por Sergio Mercurio, o documentário longa-metragem “O Filme da Rainha” transporta para o cinema a vida de Efigênia Ramos Rolim, conhecida nas ruas de Curitiba como “A Rainha do Papel de Bala”. Em 2007, o filme foi eleito pelo público da 31ª Mostra Internacional de Cinema de São Paulo como Melhor Documentário Estrangeiro. Além disso, o longa venceu o Prêmio Internacional Mulher e Trabalho e recebeu no México, em 2008, menção honrosa na categoria Mulheres, do V Encuentro Hispanoamericano de Cine y Video Documental Independiente Contra el Silencio Todas las Voces.

Nascida em um povoado de Minas Gerais, Efigênia se mudou há 15 anos, juntamente com seus nove filhos e um marido enfermo, para a capital paranaense. Em Curitiba, aos 60 anos e depois de já ter enviuvado e criado seus filhos, Efigênia transformou-se numa artista popular. Segundo consta, sua mudança pessoal aconteceu num momento de desassossego, quando viu um objeto brilhante jogado na rua que confundiu com uma jóia. Pegou-o do chão e descobriu tratar-se de um papel de bala. Efigênia viu-se refletida nesse papel e a partir daí encontrou uma missão em sua vida. Decidiu vestir-se com os restos do que as pessoas jogam na rua e assim se transformou numa rainha, “A Rainha do Papel de Bala”.

O filme será exibido no Teatro da CAIXA em sessões gratuitas às 17h na sexta e no sábado, e às 16h no domingo.

Sergio Mercurio

Sergio Mercurio, o "El titiritero de Banfield", realiza espetáculos de bonecos só para jovens e adultos. Com o sonho de percorrer o continente com seu trabalho, viajou de 1992 a 2004, por países como Argentina, Bolívia, Chile, Uruguai, Peru, Brasil, Equador, Colômbia, Venezuela, Costa Rica, El Salvador, Honduras, Guatemala e

México, realizando mais de 1000 apresentações de seu trabalho. O périplo pelas Américas rendeu o livro “De Banflield ao México”, já na segunda edição.

Antes de “Velhos”, Mercurio já havia escrito outra trilogia: "El titiritero de Banfield", estreado na Bolívia em1995; "En Camino", de 1997; e, "De Banfield a México", seu terceiro espetáculo estreado no Uruguai. Além disso, o titiritero editou, em 2000, o CD "Contos de um Banfileño".

"Velhos" estreou em 23 de fevereiro de 2007, no teatro Nacional Sucre, em Quito, Equador.

Serviço

Espetáculo de bonecos “Velhos”

Data: 03, 04 e 05 de julho de 2009

Horário: sexta e sábado, às 20h e domingo, às 19h

Local: Teatro da CAIXA - SBS Qd 4 lote 3/4, anexo do edifício Matriz da CAIXA

Recepção: 3206-9448 - Administração: 3206-9450

Bilheteria: 3206-6456 (aberta de terça-feira a domingo, das 12h às 21h)

Ingressos: R$ 10,00 e R$ 5,00 (meia-entrada para estudantes, pessoas com 60 anos ou mais, professores e empregados da CAIXA)

Classificação Etária: Não recomendado para menores de 10 anos

Duração: 70 minutos

Exibição do documentário longa-metragem “O Filme da Rainha”

Data: 03, 04 e 05 de julho de 2009

Horário: sexta e sábado, às 17h e domingo, às 16h

Local: Teatro da CAIXA - SBS Qd 4 lote 3/4, anexo do edifício Matriz da CAIXA

Recepção: 3206-9448 - Administração: 3206-9450

Classificação Etária: Não recomendado para menores de 10 anos

Duração: 67 minutos

Entrada franca

Fonte: Assessoria de Imprensa da Caixa Econômica Federal

Blog Widget by LinkWithin

Um comentário:

  1. Olá!

    Sergio Mercurio retornará ao Rio nos dias 21, 22 e 23 de maio, no Teatro Nelson Rodrigues, para apresentrar novos espetáculos também de bonecos para adultos.

    Mais informações: 21 2262 5483/8152

    ResponderExcluir

Deixe aqui seu recado.

Recomendo

  • Projeto Valença Troca Livros - Aguardem! Em novembro! Vem aí o *"Projeto Valença Troca Livros"* Sem custo algum, apenas doação, amor. Já tenho alguns livros *livros* para serem trocados...
    Há 6 dias
  • - Cheiro de Goiaba - Mais uma participação da escritora, historiadora *Urda Alice Klueger, *Comentando o seu primeiro dia de aula, na Rua da Glória antiga Escola São José, e q...
    Há 2 semanas
  • - Noite da Família no Clã! No sábado a noite (13/05) foi realizado uma noite super especial com todas as Mães e familiares do Clã, onde rolou bolos e salgad...
    Há 5 meses
  • -

Arquivo do Blog