22 de junho de 2009

Cordeiro, vinho e negócios

Ela já foi considerada exótica e de consumo exclusivo das classes A e B.

Porém, dona de grande valor nutritivo e de grande versatilidade à mesa, a carne de cordeiro conquista, aos poucos, espaço entre todos os tipos de consumidores, particularmente no Rio Grande do Sul. Carne de cordeiro e vinho formam uma combinação perfeita à mesa. Assim, juntam-se aos criadores de cordeiro viticultores da região do Pampa gaúcho que estão mudando a direção dos seus negócios, deixando de ser apenas fornecedores de matéria-prima para se tornarem produtores de vinho.


Esta é a base do encontro de negócios ‘Sabores do Rio Grande’, que será realizado nesta segunda (22) e na terça-feira (23) em Caçapava do Sul – município do sudeste gaúcho, distante 263 km de Porto Alegre. O Sabores do Rio Grande é um projeto realizado por meio do programa Juntos para Competir, incentivado pelo Sebrae/RS e Sistema Farsul e Senar, e que tem como objetivo estimular as cadeias principais produtivas do agronegócio no Estado.


Ainda conhecida como um produto sofisticado, a carne de cordeiro ganha cada vez mais espaço na mesa dos restaurantes populares e nos churrascos de fim de semana. Há alguns anos, no entanto, a prática era consumir a carne da ovelha limitada ao descarte da produção de lã. E os ácidos graxos na gordura dos animais mais velhos resultavam em um sabor não tão agradável ao paladar.


No Brasil, os restaurantes mais sofisticados foram responsáveis por introduzir a carne em pratos refinados e adaptados à cultura local. Essa característica de versatilidade colocou a carne de cordeiro no gosto popular. Macia e com sabor marcante, já está presente em algumas redes de supermercados, disputando a atenção dos consumidores. Para estimular o seu consumo, uma dica é saboreá-la com uma boa taça de vinho fino. Durante o encontro Sabores do Rio Grande, é essa união que promete atiçar o paladar dos participantes.


De acordo com a gestora do projeto Ovinocultura na Região Centro, Fabiana Kellermann de Freitas, “o objetivo do evento é estimular o aumento da comercialização da carne com a marca Cordeiros da Província, de Caçapava do Sul, bem como divulgar os vinhos da região do Pampa gaúcho. Trata-se de uma ação que trabalhará os elos da cadeia produtiva relacionados ao varejo e consumidores”.


O presidente da Associação Caçapavana de Produtores de Ovinos e Caprinos (ACPOC), Edu Teixeira, diz que o setor está em processo de crescimento. “Além da rodada de negócios, também os cursos previstos no evento irão divulgar o consumo, ainda muito baixo no Brasil se comparado com o de países da Europa, e incrementar a comercialização”, salienta.


Teixeira explica que esta expansão inclui negociações com frigoríficos de âmbito estadual. “Estamos trabalhando para estabelecimentos com licença para operar em nível municipal. Nos próximos dias teremos uma definição para vendermos em outras cidades. Ou fechamos contrato com essas empresas, ou vendemos o animal para o abate”, disse o presidente da entidade, integrada por 16 produtores do município.


Três vinícolas, a Cooperativa Vinoeste, de Uruguaiana; Vinhos Guatambú de Dom Pedrito; e Vinícola De Luca, de Caçapava do Sul, também esperam incrementar seus negócios. Para o gestor do Projeto de Fruticultura do Pampa Gaúcho pelo Sebrae/RS, Tauê Bozzeto Hamm, a participação delas no encontro tem dupla importância. “Além da degustação dos produtos, do treinamento para profissionais do ramo e das possíveis negociações, a atividade servirá para posicionar que a região está deixando de fornecedora de uvas para as vinícolas da Serra e transformando-se em um importante pólo produtor de vinhos finos”.


Ao final da rodada, uma degustação especial apresentará os vinhos e pratos preparados com a carne de cordeiro para cerca de 150 potenciais consumidores e formadores de opinião. As vinícolas apresentarão suas bebidas em espaços individuais e as carnes serão servidas de acordo com o cardápio definido pelo cheff responsável.


A programação do evento inclui, também, treinamento gratuito para garçons, com o objetivo de oferecer conhecimento sobre as diferenças do vinho produzido no Estado e a forma correta de servi-lo com a carne do cordeiro, capacitando-os para um contato direto com o consumidor. Também será realizado um treinamento para cozinheiros, por meio do qual os participantes conhecerão a melhor forma de aproveitar por inteiro uma carcaça de cordeiro, a maneira correta de preparo e a elaboração de pratos.


O Sabores do Rio Grande é uma iniciativa do Programa Juntos para Competir, iniciativa do Sebrae/RS, Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar), e Federação da Agricultura do Rio Grande do Sul (Farsul). A terceira edição do evento, em Caçapava do Sul, conta também com a parceria da Associação Caçapavana de Produtores de Ovinos e Caprinos (ACPOC), grupo pertencente ao projeto Ovinocultura na Região Centro.


A primeira edição da iniciativa foi realizada em 2007, na cidade de Passo Fundo, e a segunda em 2008, em Santa Maria. O Programa Juntos Para Competir tem o objetivo de organizar e aprimorar as cadeias produtivas do agronegócio no Rio Grande do Sul, como a bovinocultura de corte, a suinocultura, a ovinocaprinocultura, a fruticultura, a floricultura, a vitivinicultura, a apicultura e a cultura da cana-de-açúcar e seus derivados.

Fonte: Agência Sebrae de Notícias

Blog Widget by LinkWithin

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui seu recado.

Recomendo

  • Projeto Valença Troca Livros - Aguardem! Em novembro! Vem aí o *"Projeto Valença Troca Livros"* Sem custo algum, apenas doação, amor. Já tenho alguns livros *livros* para serem trocados...
    Há 2 dias
  • - Cheiro de Goiaba - Mais uma participação da escritora, historiadora *Urda Alice Klueger, *Comentando o seu primeiro dia de aula, na Rua da Glória antiga Escola São José, e q...
    Há uma semana
  • - Noite da Família no Clã! No sábado a noite (13/05) foi realizado uma noite super especial com todas as Mães e familiares do Clã, onde rolou bolos e salgad...
    Há 5 meses
  • -

Arquivo do Blog