3 de março de 2009

Filme histórico rodado em Chapecó será lançado este mês: Aos Espanhois Confinantes

Pela primeira vez nos 91 anos de história, Chapecó será palco de um lançamento nacional de uma obra filmográfica: AOS HESPANHOIS CONPHINANTES. Rodado em Chapecó e no oeste catarinense, o filme é uma superprodução para os padrões brasileiros pois reuniu 150 atores e 47 técnicos e exigiu seis anos de filmagens e pós-produção do diretor catarinense Ângello Cllemente Sganzerla.

A pré-estréia está programada para dia 26 deste mês de março, às 21 horas, no Cinema Arco Íris, localizado no Mercocentro. O avant-première será ao estilo de Hollywood, com tapete vermelho, atrizes, filmeatores, diretores e imprensa com participação de 400 convidados. No dia seguinte, o filme entra em circuito nacional pela rede de cinemas Arco Íris e entrará em cartaz em sessão noturna nos Cinemas de Chapecó. O lançamento conta com apoio da Prefeitura Municipal de Chapecó e da Rede Brasil Sul.

Aos Hespanhois Conphinantes é um longa-metragem, filmado em 35 mm, do gênero ficção/faroeste, com 85 minutos de duração e é uma adaptação do livro homônimo de Othon Gama D’Eça  que narra a viagem da integração do litoral com o Oeste Catarinense, no ano de 1929, com as disputas por esta região entre argentinos, paulistas, paranaenses e gaúchos.

O filme foi concluído em setembro de 2008 e concorreu na 32ª Mostra Internacional de Cinema de São Paulo, em outubro o ano passado, no 10° Festival Internacional de Cinema de Brasília, em novembro de 2008 e do V Ibero Brasil Cine Festival de Valencia, na Espanha, em fevereiro de 2009. “No festival de São Paulo o filme “Aos Hespanhois Conphinantes”, concorreu com 1.200 filmes do mundo inteiro e foi selecionado entre os 350 que foram exibidos na mostra oficial”, explica o diretor Ângello Sganzerla.

SINOPSE

Em março de 1929, uma comitiva excursionista foi formada por integrantes do alto escalão do governo catarinense para uma viagem visando à integração do litoral com o extremo oeste Catarinense, pois foram inúmeras às disputas por esta região.

A aventura dos excursionistas inicia na localidade de Passo Bormann, em Chapecó, descendo as perigosas corredeiras do Rio Uruguai, em lanchas, pernoitando e visitando as vilas ribeirinhas, seguindo viagem em lombo de burro e cavalo, acampando no mato, percorrendo trechos a pé, de automóvel e de trem. Percorreram 2.830 km em 30 dias, de Florianópolis a Dionísio Cerqueira. Uma aventura inédita, perigosa e prolífica em encontros e descrições.

Por: Marcos A. Bedin
MB Comunicação
Assessoria de Imprensa
(49) 3323-4244, (49) 9967-4244
mb@mbcomunicacao.com.br

Blog Widget by LinkWithin

2 comentários:

  1. Deve ser muito legal e informativo. resta saber se ganhará o circuito para que tenhamos a oportunidade de assisti-lo por aqui.

    ResponderExcluir
  2. Ótimo saber disso, Luiz.
    O Brasil tem tantos lugares lindos e propícios a filmes, novelas... Todos muito mal explorados. Se as TVs saíssem um pouco do famoso eixo Rio-SP talvez os telespectadores teriam mais interesse, pelo menos no meu caso.

    Abração

    ResponderExcluir

Deixe aqui seu recado.

Recomendo

  • Projeto Valença Troca Livros - Aguardem! Em novembro! Vem aí o *"Projeto Valença Troca Livros"* Sem custo algum, apenas doação, amor. Já tenho alguns livros *livros* para serem trocados...
    Há 4 dias
  • - Cheiro de Goiaba - Mais uma participação da escritora, historiadora *Urda Alice Klueger, *Comentando o seu primeiro dia de aula, na Rua da Glória antiga Escola São José, e q...
    Há 2 semanas
  • - Noite da Família no Clã! No sábado a noite (13/05) foi realizado uma noite super especial com todas as Mães e familiares do Clã, onde rolou bolos e salgad...
    Há 5 meses
  • -

Arquivo do Blog