17 de agosto de 2009

Homeopatia garante bons resultados de vacas leiteiras

Quem visita a propriedade do agricultor Salésio Cabreira, em Içara, Sul de Santa Catarina, percebe logo o capricho da família no trato com as plantas e criações.

A produção de leite é hoje a principal atividade econômica da propriedade, que tem seis vacas em ordenha, de um total de dez, que produzem em média 100 litros de leite por dia. Basta chegar nas pastagens para entender a razão da boa produtividade. Dividida em piquetes, a área de pastoreio está sempre verde, viçosa e com uma variada oferta de pastos.


Por enquanto, o produtor tem disponíveis 20 piquetes, separados entre si por cerca elétrica. A meta dele é chegar aos 30 no médio prazo e dobrar este número dentro de dois a três anos. Assim, a cada ordenha, as vacas pastoreiam numa área diferente e o pasto encontra tempo suficiente para se regenerar, além de possibilitar o aumento do número de vacas e conseqüentemente a produção leiteira. Salésio conta que desde que decidiu trabalhar com pecuária leiteira, dois anos atrás, a idéia foi investir em pastagens de qualidade para diminuir os custos. “Junto com o veterinário da Epagri, Marcelo Pedroso, nós fizemos um projeto e planejamos a atividade de maneira que fosse produtiva e rentável”, afirma.


Com a orientação do técnico, as melhorias não aconteceram somente no campo e no rebanho. O local da ordenha é um capricho só. As instalações são limpas, apropriadas para que tudo funcione com tranqüilidade. Animais calmos respondem com maior produção de leite. Todos os cuidados são tomados na limpeza e higienização do úbere e dos equipamentos de ordenha. O teste da mastite, que detecta uma das principais doenças do gado leiteiro em todo o mundo, tornou-se rotina na propriedade.


Mas, o que tem chamado mesmo a atenção de outros produtores e técnicos é o tratamento das enfermidades das vacas. Em vez dos remédios tradicionais, a família Cabreira agora faz uso somente da homeopatia. Em pequenos frascos estão guardadas soluções valiosas para a saúde das vacas leiteiras. Marcelo explica que a homeopatia trata o animal como um todo e não uma doença específica. “Diferentemente da alopatia que tem um remédio para cada enfermidade, aqui nós temos um remédio para cada animal”, destaca.


O uso da homeopatia melhorou em muito a sanidade dos animais por lá. Para se ter idéia, testes realizados na propriedade indicavam que quase todas as vacas tinham problemas de mastite. Depois de três meses de tratamento homeopático, a doença desapareceu. “Com o tratamento da mastite, conseguimos avançar e curar outras doenças como problemas respiratórios, de pele e feridas crônicas porque o medicamento equilibra o rebanho de maneira geral”, revela Marcelo.


A facilidade na administração do remédio é outra vantagem. O veterinário demonstra que é simples. “Basta agitar o vidro 10 vezes para ativar a substância, pingar cinco gotas em um copo com água, mexer e virar o medicamento na ração do animal”. Um detalhe importante é que o leite pode ser aproveitado também no período de tratamento das vacas, já que a homeopatia não deixa resíduos no produto.


Para Cilézia Cabreira, a aposta na homeopatia deu certo e hoje ela está convencida de que este é o caminho. “Quando o Marcelo nos falou do tratamento homeopático, no começo estranhamos homevaca1um pouco, mas tomamos a decisão certa. Além de tratar as doenças, a gente percebe mudanças no comportamento das vacas que estão mais tranqüilas”, afirma Cilézia.
Na regional de Criciúma, a Epagri presta orientações em homeopatia em seis propriedades rurais, num trabalho piloto distribuído em quatro municípios da região. Além do Marcelo Pedroso, que atende o Sul do Estado, outros seis médicos veterinários da empresa participaram de um curso de especialização em homeopatia e hoje desenvolvem trabalhos nas diferentes regiões de Santa Catarina.

Na foto, o casal Salézio e Cilézia e seus animais tratados com homeopatia.

Fonte: Matéria elaborada por Eonir Teresinha Malgaresi /Epagri/Florianópolis


Blog Widget by LinkWithin

2 comentários:

  1. Não sabia dessa ai não...já me tratei com o homeopatia e gostei, mas depois de uma infecção séria abandonei o processo. Quanto a utilização de homeopatia em vacas é uma novidade pra mim, rs. Abraços

    ResponderExcluir
  2. Eu trabalho com homeopatia em vacas leiteiras e gosto muito tenho resultados excelentes !!!
    sou zootecnista e prefiro zelar pelo bem estar animal
    Gabriela - Presidente Prudente
    Abraço

    ResponderExcluir

Deixe aqui seu recado.

Recomendo

  • Projeto Valença Troca Livros - Aguardem! Em novembro! Vem aí o *"Projeto Valença Troca Livros"* Sem custo algum, apenas doação, amor. Já tenho alguns livros *livros* para serem trocados...
    Há uma semana
  • - Cheiro de Goiaba - Mais uma participação da escritora, historiadora *Urda Alice Klueger, *Comentando o seu primeiro dia de aula, na Rua da Glória antiga Escola São José, e q...
    Há 2 semanas
  • - Noite da Família no Clã! No sábado a noite (13/05) foi realizado uma noite super especial com todas as Mães e familiares do Clã, onde rolou bolos e salgad...
    Há 5 meses
  • -

Arquivo do Blog