18 de agosto de 2009

Dificuldade de ereção? 12 perguntas para fazer ao seu médico

A dificuldade de ereção ainda é um tabu, que faz com que milhares de homens se sintam envergonhados em procurar ajuda médica. A dúvida de muitos homens é "como abordar o problema com o médico?"


E a melhor solução é ser franco e direto sobre o assunto. O médico é a pessoa ideal para se conversar sobre dúvidas sexuais, incluindo a dificuldade de ereção. Ele irá avaliar o quadro do paciente e irá prescrever o tratamento mais adequado. Abaixo, algumas perguntas que todo homem deve fazer para tirar todas as dúvidas a respeito do problema.


1- Porque estou tendo problemas de ereção?
A disfunção erétil é um problema comum a muitos homens no Brasil e no mundo e está ligada a fatores orgânicos e psicológicos. Se o homem tiver alguma doença como hipertensão, colesterol, diabetes e depressão, as chances de apresentar disfunção erétil aumentam significativamente. Entre as causas psicológicas se destacam a ansiedade, medo de falhar, baixa auto-estima, etc.


2- O stress pode influenciar no meu desempenho sexual?
Sim, o desempenho sexual está intimamente relacionado à qualidade de vida. Quem leva uma vida muito agitada, submetido a pressões, cansaço, rotina pesada, etc, pode ter a vida sexual prejudicada, inclusive com o surgimento da dificuldade de ereção.


3- As causas do meu problema podem ser somente de natureza psicológica?
Sim, estima-se que em grande parte dos casos no Brasil, a dificuldade de ereção seja de origem psicológica. Entre os principais fatores psicológicos estão a ansiedade do homem em relação ao desempenho sexual, conflitos conjugais, problemas com a auto-imagem, baixa auto-estima, stress, problemas com o meio social ou profissional, fatores de desenvolvimento e educação (crenças sexuais errôneas), transtornos psiquiátricos (depressão, ansiedade, psicoses) e outros transtornos sexuais e de identidade sexual.


4- Qual a melhor forma de resolver o meu problema?
Procurar ajuda de um médico ou de um psicoterapeuta é a melhor solução. Somente um profissional poderá avaliar o quadro clínico do paciente e indicar o tratamento mais adequado. Atualmente, existem opções de tratamento seguras e eficazes, sendo o mais usado deles o tratamento com medicamentos orais, que apresentam níveis de eficácia superiores a 80%. Além disso, a dificuldade de ereção pode ser tratada com injeções e próteses penianas.


5- Se eu usar os remédios, com certeza vou curar minha doença?
Atualmente, não existe cura para dificuldade de ereção, dependendo de sua causa, mas o problema pode ser tratado com os medicamentos disponíveis no mercado, que são altamente eficazes.


6- Eu preciso mesmo tomar um medicamento ou posso resolver meu problema sozinho e ter ereção novamente?
A dificuldade de ereção ainda é encarada com muito preconceito e um grande número de homens considera que o uso de medicamentos é uma prova de que ele tem um problema sexual e isso os faz se sentirem menos homens. Mas o tratamento com orientação de um médico é sempre a melhor maneira de resolver o problema. Só ele pode avaliar o grau da disfunção erétil e recomendar o tratamento apropriado, seja medicamentoso ou psicológico.


7- Se eu tomar um medicamento, quanto tempo vou ter de ereção?
O efeito varia de acordo com o medicamento. Pode ser de 4 a até 36 horas, tempo de ação de Cialis. Quanto maior o efeito do medicamento, mais liberdade o casal terá para escolher o melhor momento da relação sexual. É importante lembrar que a ereção só ocorre mediante estímulo sexual e que esses medicamentos não podem ser usados por pessoas que tomam medicamentos a base de nitrato ou por pessoas em que qualquer atividade física, incluindo sexo, possa ser desaconselhada.


8- Como posso conversar com a minha parceira sobre o meu problema?
Falar francamente é o melhor caminho. O envolvimento da parceira é fundamental no tratamento, afinal é um problema que afeta a vida a dois. As mulheres estão dispostas a ajudar o parceiro a procurar ajuda e resolver a questão.


9- Quais são as principais contra indicações dos medicamentos que combatem a dificuldade de ereção?
Os medicamentos são geralmente bem tolerados, mas somente um médico pode avaliar se um paciente deve ou não usá-los. A contra-indicação absoluta é para quem usa algum medicamento a base de nitrato, indicados para o tratamento da angina e infarto do miocárdio. Neste caso, não se deve usar nenhum medicamento para dificuldade de ereção da classe dos inibidores da PDE5 (tadalafila, sildenafila ou vardenafila).


10- Durante o tratamento, posso sentir alguns efeitos colaterais?
Os efeitos colaterais relacionados ao uso dos medicamentos para dificuldade de ereção geralmente são leves, passageiros e desaparecem logo no início do tratamento. Os principais são: rubor facial, dor de cabeça, dor muscular e congestão nasal.


11- Vou ter problema de ereções pelo resto da vida?
Se a disfunção erétil for de origem psicológica, o tratamento psicoterápico pode resolver o problema e fazer com que o homem se sinta seguro e confiante em relação a sexualidade. Se as causas da doença forem orgânicas, é preciso avaliar o quadro clínico do paciente. É possível que as doenças associadas à disfunção erétil, como hipertensão, diabetes, colesterol, e hábitos como o tabagismo, etc, tenham causado danos ao sistema circulatório, que entre outras funções, controla as ereções. Nesse caso, a dificuldade de ereção é caracterizada como um problema crônico e se estenderá pelo resto da vida, devendo ser tratada com orientação de um médico.


12- Vou voltar ao normal se usar algum medicamento para dificuldade de ereção?
O tratamento com medicamentos faz com que o homem seja capaz de ter relações sexuais normalmente. Sob efeito do medicamento, sempre que houver um estímulo sexual, o homem terá uma ereção. O tempo de ação do medicamento também ajuda o homem a se sentir como era antes do surgimento do problema. Quanto maior for o efeito, mais liberdade o casal terá para escolher o melhor momento para a relação sexual, sem se sentir pressionado e preocupado com o fim do efeito da pílula.


Fonte: www.esteticderm.com.br

Blog Widget by LinkWithin

21 comentários:

  1. Já é hora de se quebrar esses tabus, os homens hoje já tem uma nova mentalidade sobre o assunto.
    Abraços forte

    ResponderExcluir
  2. A remoção da Próstata implica em Disfunção Erétil permanente,ou tem solução para o problema?

    ResponderExcluir
  3. Cada caso é um caso. Alguns homens podem ficar impotentes. A cirurgia conservadora dos nervos tem por objetivo evitar o desenvolvimento de impotência. Se esta cirurgia for bem sucedida, a impotência pode ser apenas temporária, embora haja casos em que é permanente.

    ResponderExcluir
  4. quais medicamentos recomenda??

    ResponderExcluir
  5. Cada caso tem que ser analisado por especialista. O melhor caminho é procurar seu médico.

    ResponderExcluir
  6. Tenho 25 anos e não tenho certeza, mas acredito ter problemas com a segunda ereção, pois demoro muito para me recuperar. Qual é o tempo médio de recupareção após a primeira relação sexual?

    ResponderExcluir
  7. O tempo depende de cada um. Não existe um tempo médio. Cada caso é um caso.

    Abraços!

    ResponderExcluir
  8. Tenho 58 anos tive uma grande depressao em 2003 precisei até ser internado, e desde entao eu sfro de disf eretil, sou diabéticoe hipertenso, a insulina por exemplo pode causar disfunçao

    ResponderExcluir
  9. tenho 23 anos e tenho problema com ereção minha ereçãoe 1 vez so não consigu ter a segunda erção e as veses acontece de eu nem er a 1 ereção vc pode me ajudar

    ResponderExcluir
  10. Olá amigo. Só um médico pode lhe ajudar.

    Abraços!

    ResponderExcluir
  11. oi tenho diabetes tipo 2, mas depois q começei atomar o remedio p diabetes senti q minha ereçao diminuiu, isso pode acontecer?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cada caso é um caso. Você deve consultar seu médico.

      Abraços

      Excluir
  12. Tenho um namorado de 29 anos e ele perde a ereção no meio da transa , e achava isso meio estranho , agora lendo tive certeza que é algum tipo de problema , e estou querendo muito ajuda-lo ,n sei como conversar com ele sobre isso , e queria saber se o tratamento que é citado seria com remédios tipo viagra

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não tem nada a ver com viagra. Como cada caso é um caso, a melhor solução é procurar um médico.

      Abraços!

      Excluir
  13. Olá tenho 23 anos e to encontrando dificuldade com a ereção até algumas semanas atras era normal mais agora estou encontrando dificuldade será isso algo passageiro?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pode ser passageiro. Mas caso persista é recomendado procurar um médico.

      Abraços.

      Excluir
  14. ola amigo,tenho um namorado que te dificuldade de ereçao quase nao consegue uma penetraçao, e quando consegue nao mantem por muito tempo gostaria muito de ajuda-la mas ele tem vergonha de falar sobre isso comigo, o que eu faço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Você deve insistir e conversar com ele sobre isto. Só assim ele vai tomar alguma atitude, ou seja, procurar ajuda profissional.

      Abraços

      Excluir
  15. Olá Luiz,
    Estou enfrentando problemas com a D. E. e ja estou buscando ajuda profissional. No entanto gostaria de parabenza-lo pelo blog e pela sua iniciativa. Ele, apesar de simples, e bastante elucidativo e reconfortante.
    Creio que tem ajudado varios homens a, no minimo, não entrarem em desespero.

    Muito bom e mais uma vez parabéns.

    ResponderExcluir
  16. Bom artigo.. acho que o homem tem mesmo que tomar algum produto para ajudar na ereção , para que a mulher nao fique frustrada, eu achei esse site, meu marido comprou e eu aprovei!!! http://www.herbasolutionbrasil.com

    ResponderExcluir
  17. meu namorado sempre que vamos ter relação ele sempre fica se tocando percebo que pra a eresão acontecer ele tem que estimular porque?

    ResponderExcluir

Deixe aqui seu recado.

Recomendo

  • Fundar uma ONG não é Complicado - Incentivar, ajudar, se doar, frequentemente faço isso. Algumas pessoas não percebem o quão fácil é agir dessa maneira, e quantos benefícios isso trás para ...
    Há 2 horas
  • - Papagaio (a) Chica - *CHICA* Oi,Chica! A história de nosso personagem começa dia *03 de janeiro de 1999*, quando o amigo *Lauro Werner* nos traz de presente um Papagaio (a) c...
    Há uma semana
  • - Noite da Família no Clã! No sábado a noite (13/05) foi realizado uma noite super especial com todas as Mães e familiares do Clã, onde rolou bolos e salgad...
    Há 7 meses
  • -

Arquivo do Blog