30 de dezembro de 2008

Nações Unidas incentiva o Software Público Internacional

O Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento - PNUD encaminhou neste mês uma carta oficial do escritório de Nova Iorque para todos os escritórios da América Latina e Caribe convidando-os a participar da iniciativa do Software Público Internacional. A consulta vai até meados de janeiro e tem como objetivo buscar a adesão de outros escritórios do PNUD para expansão da experiência brasileira.

O Software Público Internacional (SPI) é um projeto da Rede Colaborativa de Software Livre América Latina e Caribe - RCSLA [http://rcsla3.dcc.ufmg.br/pnud/projeto.php], que conta com a participação do próprio PNUD, da Universidade Federal de Minas Gerais e do Ministério do Planejamento.

A intenção do PNUD será organizar uma ampla consulta na América Latina e Caribe (ALC) para verificar quais das soluções brasileiras disponíveis no Portal do Software Público Brasileiro têm mais demanda em toda região. Em fevereiro, durante a IV Oficina de Software Livre em Cuba, será lançada uma pesquisa que vai aferir, por votação na internet, as soluções com maior quantidade de interessados.

As soluções escolhidas terão suas comunidades hospedadas no Portal do Software Público Internacional, a ser inaugurado no 10º FISL, em Porto Alegre. O Portal SPI, inicialmente, é um projeto coordenado pelo PNUD, com apoio do governo brasileiro e da UFMG, que estará aberto a parcerias com instituições da ALC e oferecerá estrutura para hospedagem de soluções que queiram aderir ao modelo e serem internacionalizadas.

Para Fausto Alvim, oficial de programa do PNUD, a iniciativa, além de reforçar a experiência brasileira e dar uma visibilidade internacional para as soluções desenvolvidas no Brasil, busca criar as bases de uma ampla comunidade de intercâmbio de soluções de software público no subcontinente. Na análise do oficial, o governo brasileiro e o PNUD, ao disponibilizarem as soluções do SPB e submeterem essas a um processo de seleção e avaliação pelos potenciais usuários na ALC, abrem um diálogo que procura atrair para um fórum comum, o Portal do SPI, as instituições públicas e privadas interessadas nessa área.

O grande diferencial do Portal será sua plataforma para compartilhamento de conhecimentos sobre software público que, a exemplo do original brasileiro, servirá como um espaço unificado para a troca coletiva de experiências. Em conjunção com o apoio e o aval institucional de organizações renomadas dentro e fora de seus países, o Portal propicia um ambiente favorável ao estabelecimento de novas parcerias e ao crescimento da RCSLA.

Até o dia 15 de janeiro serão recebidas as manifestações dos escritórios do PNUD e no dia 12 de fevereiro será lançada a pesquisa para toda América Latina e Caribe. Qualquer solução hospedada no Portal do Software Público Brasileiro poderá ser escolhida para ser a primeira a compor o ambiente internacional.

Fonte: www.softwarepublico.gov.br
Blog Widget by LinkWithin

Um comentário:

  1. O uso de programas livres para computador gera uma economia na aquisição de licenças de uso. Também é uma forma de combater o monopólio existente, portando se torna uma iniciativa muito proveitosa.

    ResponderExcluir

Deixe aqui seu recado.

Recomendo

  • Projeto Valença Troca Livros - Aguardem! Em novembro! Vem aí o *"Projeto Valença Troca Livros"* Sem custo algum, apenas doação, amor. Já tenho alguns livros *livros* para serem trocados...
    Há 5 dias
  • - Cheiro de Goiaba - Mais uma participação da escritora, historiadora *Urda Alice Klueger, *Comentando o seu primeiro dia de aula, na Rua da Glória antiga Escola São José, e q...
    Há 2 semanas
  • - Noite da Família no Clã! No sábado a noite (13/05) foi realizado uma noite super especial com todas as Mães e familiares do Clã, onde rolou bolos e salgad...
    Há 5 meses
  • -

Arquivo do Blog