9 de janeiro de 2010

Abóboras gigantes no Itaipu Rural Show

Tradicionalmente, as abóboras gigantes fazem um show a parte e despertam a curiosidade dos visitantes do Itaipu Rural Show. Assim tem sido em todas as edições em que a mostra ocorre. As abóboras gigantes são cultivadas no Centro de Treinamento e Difusão de Tecnologias Cooperitaipu. Em 2008 foram apresentados frutos de até 55 kg. Na última edição, a maior abóbora pesava 53,3 quilos.

O produto considerado “gigante” é cultivado no parque de exposições especialmente para a feira desde 2006. Além da mostra, a Cooperitaipu disponibiliza de sementes para venda e realiza o concurso da “Abóbora Gigante”.

Para o agrônomo responsável técnico do evento e idealizador de concurso, Paulo Junqueira da Silva, “a intenção é mostrar aos interessados que podemos produzir – o que antigamente só era possível em terra nova – com a utilização de tecnologias modernas”. O produto serve para alimentação humana (doces, geléias, chimias) e também para os animais.aboboragig

Ainda, segundo o agrônomo, as condições climáticas, com chuvas frequentes e altas temperaturas, estão propiciando um excelente desenvolvimento vegetativo da cultura. “Isso – prevê ele – poderá proporcionar a colheita de frutos com peso acima do alcançado na edição de 2009.

Na 12a edição da feira, que ocorre entre os dias 27 e 30 de janeiro de 2010, além da mostra, produtores que tiverem interesse de participar do concurso poderão levar a abóbora e se inscrever nos dias do evento, no estande da Cooperitaipu.

Considerada maior exposição-feira de difusão tecnológica do agronegócio em Santa Catarina, a feira também contará com exposição de mais de 80 cultivares de milhos híbridos, incluindo 20 transgênicos e 12 variedades de soja transgênicas, plasticultura com nove variedades de tomate com técnica de enxertia e duas de flores, 23 variedades de pastos para gado leiteiro, 13 variedades de plantas tóxicas ao gado leiteiro em local especial denominado “campo maldito”, além de exposição de animais e genética para produção leiteira.

Também farão parte da feira, dezenas de expositores de produtos e serviços para ordenha com foco na Normativa 51 do MAPA, Centro de Qualidade do leite (mostra de culturas bacterianas), suinocultura, caprinocultura, ovinocultura e piscicultura. Estão inclusas 160 espécies de plantas medicinais em horto apropriado e máquinas e implementos direcionados às pequenas, médias e grandes propriedades.

A feira ocupará uma área territorial de 18,5 hectares do Centro de Treinamento e Difusão de Tecnologias Cooperitaipu, localizado no quilômetro 580 da rodovia federal BR-282, a um quilômetro do trevo oeste da cidade de Pinhalzinho, no oeste de Santa Catarina.

Foto e texto: MARCOS A. BEDIN

MB Comunicação Empresarial/Organizacional

mb@mbcomunicacao.com.br

marcos.bedin@mbcomunicacao.com.br

Blog Widget by LinkWithin

Um comentário:

Deixe aqui seu recado.

Recomendo

  • Projeto Valença Troca Livros - Aguardem! Em novembro! Vem aí o *"Projeto Valença Troca Livros"* Sem custo algum, apenas doação, amor. Já tenho alguns livros *livros* para serem trocados...
    Há 2 dias
  • - Cheiro de Goiaba - Mais uma participação da escritora, historiadora *Urda Alice Klueger, *Comentando o seu primeiro dia de aula, na Rua da Glória antiga Escola São José, e q...
    Há uma semana
  • - Noite da Família no Clã! No sábado a noite (13/05) foi realizado uma noite super especial com todas as Mães e familiares do Clã, onde rolou bolos e salgad...
    Há 5 meses
  • -

Arquivo do Blog