14 de setembro de 2009

Musculação: os perigos da prática incorreta

A busca do corpo perfeito e a influência da ditadura da moda imposta pela mídia, que valoriza excessivamente as formas a partir de um padrão de beleza, levam as pessoas à prática impulsiva de atividades físicas, na maioria dos casos, sem preocupação com a orientação e o acompanhamento de um profissional.

Esta realidade merece atenção alerta o médico ortopedista e traumatologista Joaquim Reichmann, diretor da Clínica Reichmann.

“A boa condição da musculatura é imperativa para manter o corpo bonito, saudável e a postura correta, mas ao contrário do que muitos pensam, a musculação em academias de ginástica ou em casa podem ser um agravante nos casos de desvios posturais e exercícios incorretos”, afirma Reichmann.

A prática da musculação deve ser acompanhada por um professor de educação física com conhecimento de biomecânica para evitar lesões que podem ser simples estiramentos e problemas nas cartilagens dos joelhos a outros mais graves como hérnia de disco na coluna vertebral.

Existem músculos agonistas e antagonistas ou flexores e extensores. Para que haja uma postura correta é necessário que exista alongamento adequado e equilíbrio entre estas duas forças musculares. Como exemplo podem ser citados os músculos peitorais que são fortes e flexores. Para corrigir a postura dos ombros necessitamos alongar os peitorais e fortalecer a musculatura das costas.

Já nos membros inferiores, devemos nos preocupar mais com o alongamento dos músculos posteriores e internos das coxas, joelhos e pernas. Quando estes grupos musculares estão encurtados, são responsáveis pela mudança da posição da bacia e então são causas da má postura, assim como podem causar estiramentos e dores nos joelhos e na coluna.

Enquanto este equilíbrio muscular não for atingido, a musculação e exercícios aeróbicos de impacto são contra indicados. Natação e hidroginástica, são bons programas aeróbicos, porém não alongam.

A conclusão é que alguns grupos musculares devem ser predominantemente alongados para que se consiga o máximo de rendimento nas articulações, responsáveis pelo movimento. Músculos muito fortes, porém muito curtos não são adequados e podem causar problemas articulares.

O médico explica apontando como exemplo a potência de um chute no futebol, que se trata do resultado da velocidade vezes a massa de impacto do pé com a bola. “Os músculos fortes e curtos tem potência maior e velocidade menor e então o resultado final é pior do que músculos não tão fortes, no entanto alongados que tem muito mais velocidade, sem falar no risco de lesões”, explica Joaquim Reichmann.

Como sugestão o ortopedista orienta para um programa de alongamento de alguns minutos ao se levantar pela manhã e à noite antes de dormir. “Isso é suficiente para a manutenção do vigor muscular e quanto mais idade tivermos, mais alongamentos devemos fazer, para compensar a perda da elasticidade dos músculos que vai acontecendo com o passar dos anos “, reforça Reichmann.

Fonte: Marcos A. Bedin
MB Comunicação
Assessoria de Imprensa
(49) 3323-4244, (49) 9967-4244
mb@mbcomunicacao.com.br

Blog Widget by LinkWithin

2 comentários:

  1. É a coisa sem limites, desenfreadas tornam-se muito perigosas, todo o cuidado é pouco.
    Abraços forte

    ResponderExcluir
  2. Olá, bom dia! Achei este post bastante interessante, gostaria de conversar um pouco sobre publicidade. Caso lhe interesse peço que entre em contato com o e-mail: caiovictorbr@gmail.com. Desde já agradeço a sua atenção!

    ResponderExcluir

Deixe aqui seu recado.

Recomendo

  • Projeto Valença Troca Livros - Aguardem! Em novembro! Vem aí o *"Projeto Valença Troca Livros"* Sem custo algum, apenas doação, amor. Já tenho alguns livros *livros* para serem trocados...
    Há 4 dias
  • - Cheiro de Goiaba - Mais uma participação da escritora, historiadora *Urda Alice Klueger, *Comentando o seu primeiro dia de aula, na Rua da Glória antiga Escola São José, e q...
    Há 2 semanas
  • - Noite da Família no Clã! No sábado a noite (13/05) foi realizado uma noite super especial com todas as Mães e familiares do Clã, onde rolou bolos e salgad...
    Há 5 meses
  • -

Arquivo do Blog