18 de setembro de 2009

LG II GD335: O celular islâmico

O celular carrega o Corão, com música e imagens de texto que desliza na tela seguindo a recitação, e permite a sua tradução para várias línguas.

O Conselho Superior Islâmico aprovou o celular dotado de “funções islâmicas”, ofertado pela coreana LG aos muçulmanos, um mercado potencial estimado em 1,5 milhão de pessoas, de Casablanca até a Indonésia. O LG II GD335 traz, ainda, o anúncio das horas de oração, o convite à oração e tem, embutida, uma bússola eletrônica que indica a direção de Meca.

Outra sofisticação dirigida exclusivamente ao consumidor islâmico é a calculadora do celular, que determina com exatidão a quantidade de “zakat” – esmola, um dos cinco pilares do Islã -, que o seguidor de Maomé deve destinar aos pobres de acordo com o volume de seus ganhos anuais.

A sueca Nokia e a norte-americana Apple correram na frente nesse mercado e ofereceram aplicações específicas para o mês de Ramadã, nono mês do calendário islâmico, quando os muçulmanos praticam o jejum, o quarto dos cinco pilares do Islã. Esse é um tempo de renovação da fé e da prática mais intensa da caridade.

“No ano passado, mais de dois milhões e meio de muçulmanos baixaram em seu celular as aplicações para o Ramadã e, com base nos pedidos dos nossos clientes, melhoramos neste ano a oferta de novas aplicações”, disse para o La Repubblica o vice-presidente da Nokia para o Oriente Médio e África, Chris Braam.

A Igreja Católica e setores dela também têm recorrido às novas tecnologias de comunicação. O papa Bento XVI criou o sítio web “pope2you”, como ferramenta para enviar preces aos enfermos.

A Associação do Senhor Jesus (ASJ), seccional brasileira com sede em Campinas, São Paulo, e que se dedica à evangelização, contratou empresa de tecnologia para criar um sítio de relacionamentos com conteúdo essencialmente católico.

A página “nação católica” tem, segundo o jornalista James Cimino, da Folha de São Paulo, mais de 13 mil usuários e funciona como o Orkut, com perfis e comunidades, como a que está dedicada aos jovens de perfil atlético, que, contudo, não cultuam o corpo, mas a alma.

Fonte: ALC

Blog Widget by LinkWithin

4 comentários:

  1. Respeito o povo islâmico, mas acho que é muito fanatismo para o meu gosto.

    ResponderExcluir
  2. Olá xará

    Acho interessante quando a tecnologia se adapta às diferentes culturas. Sinal de que as empresas valorizam cada vez mais seu consumidor.

    Abraços.

    ResponderExcluir
  3. A tecnologia está de olho no islã. Eles sabem que precisam investir nesta área e atrair esse público. Bem bolado o celular. Abraços.

    ResponderExcluir
  4. Que notícia boa. Ferramentas adaptadas para as necessidades e costumes de cada um é fundamental para um mundo mais igualitário. Um abraço. Drauzio Milagres.

    ResponderExcluir

Deixe aqui seu recado.

Recomendo

  • Projeto Valença Troca Livros - Aguardem! Em novembro! Vem aí o *"Projeto Valença Troca Livros"* Sem custo algum, apenas doação, amor. Já tenho alguns livros *livros* para serem trocados...
    Há 2 dias
  • - Cheiro de Goiaba - Mais uma participação da escritora, historiadora *Urda Alice Klueger, *Comentando o seu primeiro dia de aula, na Rua da Glória antiga Escola São José, e q...
    Há uma semana
  • - Noite da Família no Clã! No sábado a noite (13/05) foi realizado uma noite super especial com todas as Mães e familiares do Clã, onde rolou bolos e salgad...
    Há 5 meses
  • -

Arquivo do Blog