25 de fevereiro de 2011

Qual o maior medo do Homem?

Estamos em pleno Século XXI. Mas tem certas coisas que não mudaram ainda. Por mais que uma boa parte negue ou fujam do assunto. Este ainda continua sendo o maior medo do homem. Este medo deve vir lá dos nossos ancestrais e mesmo que não querendo que ele apareça. Ele teima em aparecer. Veja este artigo.

Desempenho, desempenho e desempenho. Por mais jovem, mais velho que seja todo homem preocupa-se com seu desempenho sexual na cama. Por mais que tenhamos ouvido falar, por mais que constatemos que as mulheres tomam iniciativas hoje no plano sexual, o homem ainda acha que é ele que tem que liderar e, caso a ereção ou seu desempenho não estejam a contento, sua masculinidade corre perigo.

Também hoje as mulheres sofrem desta pressão emocional por terem um ou mais orgasmos com “O” maiúsculo. O que passa pela cabeça da mulher atualmente é que se não atingir um clímmedohomemax alucinante quase o tempo todo da relação significa que algo está errado. A imagem corporal é outro aspecto da ansiedade do desempenho, da qual poucas mulheres escapam. Preocupam-se com celulites, estrias, seios caídos e uma imensa quantidade de imperfeições secundárias. Em resumo, a grande ansiedade consiste no fato de não serem suficientemente desejáveis. 

Sem dúvida, a beleza física é um forte atrativo sexual; mas este fato não pode atrapalhar o seu relacionamento. A paranóia de ter ou ser um padrão de beleza ideal faz com que as pessoas enxerguem apenas imperfeições, e com isso, acabem com sua auto-estima abalada. Ficam inibidas e desestimuladas a ter um relacionamento sexual com o parceiro.

Estamos nos tornando reféns de mitos perigosos como o do corpo perfeito, como se este fosse o único caminho para conquistar e seduzir o sexo oposto e obter prazer. Os terapeutas denominam tal comportamento de “ser espectador de si mesmo”, e isto afeta muito a resposta sexual masculina e feminina. O homem e a mulher que se mostram ansiosos em relação ao desempenho, primeiro precisam ter consciência de todo o seu potencial de erotização e deixar de lado o “eu crítico”, ansioso, espectador de si mesmo e sentir o seu corpo reagir pela sua excitação e a da parceria. O relaxamento com banhos quentes, duchas, massagens são muito recomendáveis. O antes do antes, ou seja, exercitar uma qualidade de vida fora da cama auxilia muito a resposta sexual e melhora a auto-estima diminuindo a ansiedade.

O esporte e uma alimentação saudável têm papel importante nesta mudança para melhor. Stress, desemprego, vida sedentária, tabagismo, alcoolismo, pressão no trabalho, relações superficiais, nas quais é esquecido o jogo da sedução, que prepara o corpo para o ato sexual, são alguns dos grandes inimigos de uma boa performance sexual na cama. A eles se somam doenças como diabetes, cardiopatias, pressão alta. Isso sem falar em parcerias mais críticas e exigentes. Além do corpo, a conscientização da importância das sensações de prazer, do sentir o desejo fluir, da excitação presente fora da área genital são necessários para a resposta sexual surgir espontaneamente.

Tudo seria melhor se o brasileiro deixasse de se preocupar com seu desempenho e pensasse mais no prazer, em curtir sua companheira. É preciso ocorrer uma mudança de comportamento. Não devemos cobrar de nossos parceiros sexuais o prazer e sim dar oportunidade a eles de mostrar como gostam, como querem ser amados e como querem dar prazer. A cobrança inibe e limita as ações. O carinho, o beijo e o ato sexual podem ser mudados e devem ter mudanças contínuas. Esta é a própria dinâmica da vida.

Por isso afirmo categoricamente: A resposta sexual humana é uma forma de expressão estreitamente ligada à sensibilidade. A sexualidade é uma experiência viva, dinâmica e integrada ao processo de desenvolvimento do ser humano... Em todas as idades... Em todos os sentidos.

Por: DR CELSO MARZANO – Urologista e Terapeuta Sexual – Diretor dos Institutos de Urologia e Sexualidade – CEDES e ISEXP

Fonte: Site Médico

Blog Widget by LinkWithin

Um comentário:

Deixe aqui seu recado.

Recomendo

  • Projeto Valença Troca Livros - Aguardem! Em novembro! Vem aí o *"Projeto Valença Troca Livros"* Sem custo algum, apenas doação, amor. Já tenho alguns livros *livros* para serem trocados...
    Há 5 dias
  • - Cheiro de Goiaba - Mais uma participação da escritora, historiadora *Urda Alice Klueger, *Comentando o seu primeiro dia de aula, na Rua da Glória antiga Escola São José, e q...
    Há 2 semanas
  • - Noite da Família no Clã! No sábado a noite (13/05) foi realizado uma noite super especial com todas as Mães e familiares do Clã, onde rolou bolos e salgad...
    Há 5 meses
  • -

Arquivo do Blog