8 de fevereiro de 2011

Mochilas: Tirem este peso das costas dos estudantes

Fevereiro é o mês da volta às aulas. Materiais escolares novos, cadernos bonitos, a saudade dos colegas e as inúmeras histórias de férias para contar. Porém, geralmente um problema passa despercebido: o peso das mochilas com tantos objetos para carregar.

Com o tempo, as consequências aparecem. O excesso de peso em mochilas afeta a coluna vertebral, provoca dores nas costas e induz a má postura e agravamento dos desvios da coluna, que podem ser do tipo cifose, lordose ou escoliose. O alerta é do médico ortopedista e traumatologista Joaquim Reichmann, diretor da Clínica Reichmann, de Chapecó, especializada em ortopedia e traumatologia, videoartroscopia de ombro, joelho e quadril.

Muitas vezes, as crianças nem percebem o enorme esforço para carregar mochilas tão pesadas. Cabe aos pais orientar os filhos e fornecer mochilas com rodinhas, sempre que possível.“A responsabilidade não é apenas da família, mas também da escola”, acrescenta Reichmann. As escolas também devem disponibilizar armários, diminuir o máximo possível o peso das mochilas, criando um sistema tal que os livros pesados fiquem nas próprias salas de aula.Peso das mochilas afeta a coluna e provoca dores nas costas

Reichmann assinala que a prática clínica permite constatar que 40% dos estudantes reclamam do excesso de peso e sofrem com dores nas costas e nos ombros. Explica que o peso da mochila não deve superar a 8% do peso corporal do aluno.

Alguns estudantes, principalmente crianças, colocam a mochila nas costas e passam grande parte do tempo com ela, muitas vezes até depois do turno da aula, em brincadeiras. Essa prática é prejudicial à saúde. O médico orienta que o uso da mochila deve ser no menor tempo possível. “Jamais deve-se brincar com ela, pois sobrecarrega a coluna vertebral. Além disso, a mochila deve ser usada sempre no alto das costas e não no meio ou embaixo” explica.

Os problemas causados pelo excesso não afetam somente jovens estudantes, mas adultos e idosos também podem sofrer com o uso de mochilas pesadas demais. Nesses casos, as dores etendinites nos ombros acompanham as dores nas costas. As mochilas tipo carteiro, que os estudantes usam somente num lado do ombro, são mais prejudiciais ainda, pois desequilibram a musculatura de um lado do corpo em relação ao outro.

A solução desse problema passa por várias providências: diminuir o peso dentro da mochila, ginástica especializada para corrigir má postura, mochilas com rodinhas, armários escolares para colocar materiais volumosos e pesados, etc.

 

Texto e Foto: MARCOS A. BEDIN

MB Comunicação Empresarial/Organizacional

mb@mbcomunicacao.com.br

Blog Widget by LinkWithin

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui seu recado.

Recomendo

  • Projeto Valença Troca Livros - Aguardem! Em novembro! Vem aí o *"Projeto Valença Troca Livros"* Sem custo algum, apenas doação, amor. Já tenho alguns livros *livros* para serem trocados...
    Há 4 dias
  • - Cheiro de Goiaba - Mais uma participação da escritora, historiadora *Urda Alice Klueger, *Comentando o seu primeiro dia de aula, na Rua da Glória antiga Escola São José, e q...
    Há 2 semanas
  • - Noite da Família no Clã! No sábado a noite (13/05) foi realizado uma noite super especial com todas as Mães e familiares do Clã, onde rolou bolos e salgad...
    Há 5 meses
  • -

Arquivo do Blog