9 de fevereiro de 2011

Você já conhece o barrigudinho?

Ainda não? Pois agora você vai conhecer. Ele é chamado também de buchudinho, lebiste, guarú-guarú ou guppy. É  rústico e resiste à variações no ambiente; além disso, reproduz muito rápido, o que facilita a sua disseminação e sobrevivência.

Na verdade é um peixe muito comum no Brasil, que conta com mais de três dúzias de espécies. E o mais importante é que ele ajuda a combater à dengue. Por isto a Embrapa Meio-Norte lançou a cartilha “O barrigudinho na batalha contra a dengue”.RCUI210

Os peixes dessa espécie se alimentam das larvas de mosquitos, o que contribui para a redução do inseto, principalmente nas fases de vida aquática. A adoção dos peixes no programa de combate à dengue reduz o risco de infecção da população, além de diminuir o uso de inseticidas.


A cartilha, organizada pelo pesquisador Luiz Carlos Guilherme e pela analista Dione Cavalcante Costa, é uma das ferramentas do Programa Embrapa e Escola, por meio do Projeto Reestruturação do Programa Embrapa e Escola na Embrapa Meio-Norte, que prevê ações educativas que visam oferecer orientação a estudantes do Ensino Fundamental e Médio sobre a importância da ciência e tecnologia no desenvolvimento sustentável e na preservação dos recursos naturais.


De acordo com os autores, a cartilha, por meio da educação ambiental, tem como objetivo, promover a conscientização ecológica baseada na mudança de atitudes e na adoção de posturas novas perante o meio ambiente, e consequentemente, contribuir para a formação de adultos responsáveis.cartBarrigudinho


Com isso, a educação de crianças sobre o papel do barrigudinho facilita o engajamento delas nas ações de cidadania, tornando-as mais conscientes quanto à necessidade da participação de todos no controle das condições que favorecem a multiplicação dos agentes causadores de doenças. Nesse sentido, a cartilha atua como uma ferramenta educativa e auxilia professores e agentes de zoonose na conscientização das crianças sobre a dengue e a importância do papel de cada um no seu controle.


A cartilha, que tem tiragem de 4 mil exemplares, foi criada pelas crianças Tiago Guilherme Faria e Júlia Guilherme Faria e adaptada pelos organizadores. A publicação pode ser adquirida na Embrapa Meio-Norte, em Teresina, com a analista Dione Cavalcante Costa, pelo telefone (86) 3089-9101 ou pelo endereço eletrônico dione@cpamn.embrapa.br<mailto:dione@cpamn.embrapa.br>.

Para informações sobre o Projeto Dengoso, entrar em contato com o pesquisador Luiz Carlos Guilherme pelo endereço eletrônicoguilherme@cpamn.embrapa.br<mailto:Guilherme@cpamn.embrapa.br> ou pelo telefone (86) 3315-1202.

Fonte: Embrapa

Blog Widget by LinkWithin

3 comentários:

  1. Olá amigo
    Preciso dessa cartilha, pois sou criador amador de guppy e outros peixes ornamentais e estou tendo problemas com meus vizinhos, que acreditam que meu tanque de peixes também produz mosquitos da dengue. Hilário, não?
    Abraços

    ResponderExcluir
  2. Pois é Victor, chega a ser hilário. Mande um email para dione@cpamn.embrapa.br, pois tenho certeza que vão madar esta cartilha para você.

    Abraços!

    ResponderExcluir
  3. http://obarrigudinho.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Deixe aqui seu recado.

Recomendo

  • Projeto Valença Troca Livros - Aguardem! Em novembro! Vem aí o *"Projeto Valença Troca Livros"* Sem custo algum, apenas doação, amor. Já tenho alguns livros *livros* para serem trocados...
    Há 4 dias
  • - Cheiro de Goiaba - Mais uma participação da escritora, historiadora *Urda Alice Klueger, *Comentando o seu primeiro dia de aula, na Rua da Glória antiga Escola São José, e q...
    Há 2 semanas
  • - Noite da Família no Clã! No sábado a noite (13/05) foi realizado uma noite super especial com todas as Mães e familiares do Clã, onde rolou bolos e salgad...
    Há 5 meses
  • -

Arquivo do Blog