27 de dezembro de 2010

Retocolite Ulcerativa Idiopática, sabe o que é isso?

O último evento do 2o Ciclo de Palestras do Aparelho Digestivo da Unimed Chapecó foi marcado pela apresentação do tema “Retocolite Ulcerativa Idiopática” - enfermidade com características inflamatórias ulcerativas na mucosa do intestino grosso. O evento foi conduzido pelo médico coordenador do Serviço de Endoscopia do Hospital Unimed Chapecó e membro Titular da Sociedade Brasileira de Coloproctologia, Luis Carlos Farret Júnior. Participaram médicos cooperados e colaboradores da cooperativa médica.

Atualmente, segundo o médico, a Retocolite Ulcerativa é a doença intestinal inflamatória (DII) mais frequente no mundo. Sua causa ainda é desconhecida, contudo, a teoria autoimune é aceita mundialmente. A doença se caracteriza por inflamação limitada as camadas superficiais das paredes do intestino grosso. No aparelho digestivo a doença acomete apenas o cólon e o reto, mas as manifestações extraintestinais (artrites, piodermites etc) são bastante comuns (30%). A inflamação sempre tem início no reto.RUI

O diagnóstico é feito através do quadro clínico, videocolonoscopia/retossigmóidoscopia com biópsia diagnóstica. A histologia tem condições de diagnosticar as doenças intestinais inflamatórias e, principalmente, de diferenciar a Retocolite da Doença de Crohn.

O quadro clínico depende da forma de apresentação da doença: proctite, poctossigmoidite, colite esquerda, pancolite. Os sintomas variam desde sangramento evacuatório, mucorreia com ou sem sangue, tenesmo, cólicas abdominais, diarreia, anemia e emagrecimento.

O câncer colorretal (CR) tem incidência maior nos pacientes com retocolite. Quanto maior o tempo de evolução e a extensão da doença, maior a chance da neoplasia. “O maior risco está na doença com início na infância, pancolite e poucas remissões clínicas”, explicou o médico.

O tratamento da retocolite sempre é clínico num primeiro momento. O tratamento cirúrgico fica reservado para os casos que não melhoram clinicamente, transformação maligna, retardo do crescimento ou outras complicações como a hemorragia maciça ou perfuração do intestino.

PalestraRUI

Foto: Palestra reuniu médicos cooperados e colaboradores da Unimed Chapecó

Luis Carlos Farret Júnior alertou que o manejo da RCUI é importante devido a sua alta incidência. As medidas terapêuticas já são protocoladas, variando apenas com a experiência do médico que as aplica. O melhor entendimento da doença e o seu envolvimento com a cascata inflamatória permitiu o desenvolvimento de novos medicamentos que estão ajudando na melhora da qualidade de vida e num maior tempo fora das crises. Contudo, o real entendimento da causa da doença, que permanece desconhecida, impossibilita a cura desta patologia crônica.

Fonte: MARCOS A. BEDIN

MB Comunicação Empresarial/Organizacional

mb@mbcomunicacao.com.br

Blog Widget by LinkWithin

9 comentários:

  1. Minha sobrinha tem essa doença, e acho importante que ela seja divulgada. Mas não foi falado na importância da alimentação tem na evolução da retocolite! Alimentos derivados do leite, e açúcar devem ser evitados, e a dieta é rigorosa!

    ResponderExcluir
  2. seu mal educado, cancer no cú é o q a sua mae deveria ter tido...

    é inflamação severa no reto, é totalmente diferente, seu burro.

    minha irma tem essa doença. ainda é um verdadeiro sofrimento, pq na epoca, nao se sabia mto sobre a doença, e apenas trataram ela com corticoides. Resultado: ela inchou mto e mto rapidamente, abrindo diversas estrias pelo corpo, retirando totalmente o aspecto estetico. Estamos lutando ate hj para achar um cirurgião plástico competente para amenizar as estrias, e até agora nada... E Pitangui nao da pra pagar, né...

    ResponderExcluir
  3. pessoas que não tem noção do que é a doença do chon fala bobagem msm.esta doença não é no anus como diz , o mal enformado , é não é cú que se fala este orgão tem um nome que é anus, mas esclarecendo sobre a doença eu tenho a doença do chon a mais de 4 anos, é doloroso sim, pois quando a inflamação estar atacada a gente não consegue ficar bem pois da muita dor nas pernas o abdomem fica muito dolorido e o pior que a gente não pode ter qualquer alimentação , só pode comer bastante alimento que tem mais carboidrato e controlar o estado emocional o que é mais afetado , a gente fica muito sensivel , é uma doença que a gente tem que aprender conviver com ela, e tem mais , não é contagiosa , é só uma inflamaçõa no reto e no intestino grosso, mas da pra viver como todas outras pessoas vivem. , e tem mais pessoas que não sabem o que falar vive criticando , deveria pesquisar antes de postar qualquer isto não vai ajudar em nada.

    ResponderExcluir
  4. gente tenho reto colite Ucerativa, gostaria de saber se tem algum dieta especifica para isso, pois minha médica não me proibiu nada ... gostaria de ajuda para saber sobre isso !! Boa tarde....

    ResponderExcluir
  5. Babaca esse que falou de cancer no cu. Idiota.

    ResponderExcluir
  6. Anonimo do dia 2-06-2011, a minha filha de 7 anos tb tem a RCU a 4 anos. Questão da alimentação você pode parar de comer produtos com conservantes, glutamato, corantes, açucares refinados, farinha de trigo branca refinada, refrigerantes e sucos de caixinha. Agora você está pensando que eu estou brincando, mas não estou. A dieta com alimentação SEMPRE de comida feita na hora, NUNCA comida de restaurante OU requentada (do dia seguinte), Evitar também alimentos ácidos.
    Basicamente tudo o que eu disse é DURANTE UMA CRISE e portanto, nos periodos de reemissão, você vai levar uma vida basicamente normal, podendo comer de tudo um pouco, sem exageros pra não desencadear crises.

    ResponderExcluir
  7. DR. William, eu tenho retocolite ulcerativa. Fui diagnosticada faz 03 meses. É difícil demais conviver com esta doença, pelo menos no meu caso. No Brasil as pessoas falam besteiras e nem sabem o que são as Doenças Inflamatórias Intestinais. Por enquanto, tomo Mezalazina, mas, como não estou bem, tenho receio de precisar utilizar imunossupressores. A dieta tbem é complicada. Parece que tudo nos faz mal. Tenho sofrido muito com dores, diarréia, e também dores no joelho

    ResponderExcluir
  8. ontem descombrir que tenho retololite ulcerativa estou muito preocupada e com muito medo me ajuda por favor estou sofrendo muito com as dores e a diareia

    ResponderExcluir

Deixe aqui seu recado.

Recomendo

  • Projeto Valença Troca Livros - Aguardem! Em novembro! Vem aí o *"Projeto Valença Troca Livros"* Sem custo algum, apenas doação, amor. Já tenho alguns livros *livros* para serem trocados...
    Há 2 dias
  • - Cheiro de Goiaba - Mais uma participação da escritora, historiadora *Urda Alice Klueger, *Comentando o seu primeiro dia de aula, na Rua da Glória antiga Escola São José, e q...
    Há uma semana
  • - Noite da Família no Clã! No sábado a noite (13/05) foi realizado uma noite super especial com todas as Mães e familiares do Clã, onde rolou bolos e salgad...
    Há 5 meses
  • -

Arquivo do Blog