6 de agosto de 2010

Reabilitação de joelho: técnicas modernas garantem qualidade e agilidade no tratamento

Os constantes avanços nos procedimentos para reabilitação de joelho contribuem para a realização de tratamentos mais rápidos e eficazes. “As cirurgias médicas, assim como os protocolos de tratamento passaram por grandes mudanças, onde o que chamamos hoje de protocolo de tratamento acelerado, certamente, no futuro, será de uso universal”, salienta o fisioterapeuta da Fisioterapia Unimed Chapecó, Cleber Mesa Casa.

O fisioterapeuta explica que a articulação do joelho tem basicamente a função de mobilidade e estabilidade articular, onde juntamente com outras articulações e grupos musculares, permite a sustentação do corpo em pé e a capacidade de locomoção.joelho140

A reabilitação do joelho segue alguns passos como: proteção das estruturas lesadas, ganho de amplitude de movimento, prevenção da atrofia muscular, manutenção da propriocepção, melhora do condicionamento e força muscular, proporcionando assim, o retorno às atividades de vida normais.

Para avaliação do joelho, Mesa Casa orienta consulta com o médico ortopedista e reforça que existem alguns exames complementares que poderão ser realizados. O exame físico é o mais importante e o primeiro a ser realizado, seguido dos exames radiológicos como: radiografia, ultrassonografia, ressonância magnética, tomografia, exames laboratoriais ou até mesmo a artroscopia, como diagnóstico em alguns casos.

Dentre as patologias mais frequentes estão: dor femoropatelar, instabilidade femoropatelar, plica sinovial, tendinite do tendão patelar, distrofia simpática reflexa, condromalacia patelar, osteoartrose, lesão meniscal, lesão de ligamento cruzado anterior e posterior, etc.

O fisioterapeuta descreve que o tratamento consiste em devolver a funcionalidade completa e desempenho máximo para a articulação do joelho. Após o período da imobilização, se necessário, prioriza-se o controle da dor e edema, seguido da manutenção da mobilidade articular, manutenção da função muscular, impedir aderências patelares, diminuir efeitos de rigidez articular, aumentar a mobilidade intra-articular e ganho de amplitude de movimento, melhorar a força e resistência muscular dos músculos envolvidos, melhorar a função articular, ganho de massa muscular, estabilidade articular e exercícios pliométricos relacionados às atividades desenvolvidas pelos pacientes em sua vida diária.

Fonte: MARCOS A. BEDIN

MB Comunicação Empresarial/Organizacional

mb@mbcomunicacao.com.br

Blog Widget by LinkWithin

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui seu recado.

Recomendo

  • - Barreira - Bandeira do time Grená O paredão do *Grêmio Esportivo Olímpico* de 1964/1966. Enquanto por aqui esteve, Barreira foi um goleiro respeitado até pelos adver...
    Há um dia
  • Como montar um Projeto Social - *Texto: Evelyne Leandro* Por melhores que sejam as intenções de uma organização não governamental, suas idéias devem ser expostas em forma de *projetos* pa...
    Há 5 dias
  • - Noite da Família no Clã! No sábado a noite (13/05) foi realizado uma noite super especial com todas as Mães e familiares do Clã, onde rolou bolos e salgad...
    Há 9 meses
  • -

Arquivo do Blog