5 de junho de 2010

Jogos de Cartas: Seven-up

Chamado em inglês de Seven-up, esse jogo é provavelmente originário da região de Kent, na Inglaterra, onde teria surgido há mais de 300 anos. Segundo os historiadores de jogos, sua rápida difusão deveu-se à grande popularidade que os jogos de azar desfrutaram nos círculos aristocratas e burgueses da Inglaterra e de outros países da Europa a partir do século XVI.

Por volta de 1700, o Seven-up foi levado para os Estados Unidos por imigrantes ingleses e, no início da século XIX, tornou-se o jogo de cartas mais popular entre os norte-americanos. No decorrer do século XIX, porém, foi perdendo seu prestígio para o Pôquer. Mas, mesmo assim, ainda é bastante praticado nos Estados Unidos, com as denominações de Seven-up, High-low-jack, Old sledge entre outras.

Do Seven-up podem participar de dois a quatro jogadores. Se forem 2 ou 3, cada um joga independentemente; e, se forem 4, joga-se em duplas. Para jogar o Seven-up utiliza-se um baralho comum de 52 cartas e o valor delas, em ordem decrescente, é o tradicional do Ás ao 2.cartbar200

O objetivo de cada jogador, ou dupla, é fazer 7 pontos antes dos adversários. O carteador deve distribuir 6 cartas para cada jogador, de 3 em 3, e fechadas sem que nenhum jogador olhe suas cartas. Quando jogam apenas 2 jogadores, depois de terminada a distribuição, o carteador vira a carta de cima do monte do baralho, cujo naipe determinará o trunfo daquela mão.

Quando jogam 3 ou quatro, o processo de escolha do trunfo é feito da seguinte forma: após a distribuição e o carteador virar a carta do trunfo, apenas o carteador e o primeiro jogador à sua esquerda podem olhar as suas cartas e decidir se aceitam ou não o trunfo. O primeiro a se manifestar é o jogador à esquerda do carteador. que pode dizer “Fico” ou “Peço”.

Se ele falar “Fico” o naipe da carta virada será o trunfo, então os demais jogadores podem olhar suas cartas e o jogo tem início. Caso ele falar “Peço”, ele ao carteador o direito de decidir sobre o trunfo. O carteador então, pode também, aceitar a carta virada ou, então, concordar em que se determine um outro naipe para o trunfo. Caso o carteador aceite o naipe, o jogador à sua esquerda terá como vantagem a marcação de 1 ponto para si ou sua dupla.

Se o carteador decidir escolher outro trunfo, ele deverá distribuir mais 3 cartas para cada jogador e, em seguida, virar a próxima carta do monte que será o novo naipe de trunfo. Caso essa carta seja do mesmo naipe da primeira, repete-se o processo de distribuir mais 3 cartas para cada jogador, até que surja um novo naipe, que será obrigatoriamente aceito. Caso o baralho se esgote sem que surja um novo naipe, o carteador recolherá as cartas, recomeçando o processo. Os demais jogadores só poderão olhar suas cartas após ser decidido o trunfo. Se a primeira carta virada para marcar o trunfo for um Valete, o carteador marca 1 ponto para si ou sua dupla. Também se for recusado o primeiro naipe e no processo de escolha virar um Valete de naipe diferente o carteador também marcará 1 ponto, mas não marcará se a segunda carta virada for um Valete do naipe rejeitado.

Após esses procedimentos inicia-se o jogo propriamente dito, no qual os jogadores tentarão ganhar o maior número possível de vazas. A primeira mão é aberta pelo jogador à esquerda do carteador, que pode descartar qualquer carta que tiver na mão. O jogador seguinte deverá seguir o naipe, mas se não tiver cartas desse naipe, poderá descartar uma carta de trunfo ou de outro naipe qualquer. A vaza é ganha pelo jogador, ou dupla, que descartar a carta mais alta do naipe em jogo ou o trunfo mais alto. Uma carta que não acompanhe o naipe em jogo e nem seja de trunfo não tem nenhum valor.

No Seven-up existem quatro possibilidades do jogador, ou duplas, marcarem pontos:

1) Alto – quando um jogador recebe, na distribuição das cartas, o trunfo mais alto daquela mão, marca um ponto para si ou sua dupla.

2) Baixo – quando um jogador recebe na distribuição das cartas, o trunfo mais baixo daquela mão, marca um ponto para si ou sua dupla.

3) Valete de trunfo – quando o carteador vira uma carta para determinar o naipe de trunfo e essa carta for um Valete, ele marca um ponto para si ou sua dupla. Mas se o Valete de trunfo se encontrar, ao final de uma mão, numa das vazas ganha por algum jogador, este marca 1 ponto a seu favor ou de sua dupla.

4) Game – o jogador ou dupla que, ao final da mão, obtiver o maior número de pontos na contagem do valor das cartas pertencentes as vazas que ganhou, marca 1 ponto.

Para efeito de contagem de pontos, as cartas têm os seguintes valores:

Ás – 4 pontos

Rei – 3 pontos

Dama – 2 pontos

Valete – 1 ponto

Dez – 10 pontos

As demais cartas não valem pontos.

Bons jogos.

Fonte de pesquisa: Todos os Jogos, Editora Abril, 1978.

Blog Widget by LinkWithin

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui seu recado.

Recomendo

  • Projeto Valença Troca Livros - Aguardem! Em novembro! Vem aí o *"Projeto Valença Troca Livros"* Sem custo algum, apenas doação, amor. Já tenho alguns livros *livros* para serem trocados...
    Há 5 dias
  • - Cheiro de Goiaba - Mais uma participação da escritora, historiadora *Urda Alice Klueger, *Comentando o seu primeiro dia de aula, na Rua da Glória antiga Escola São José, e q...
    Há 2 semanas
  • - Noite da Família no Clã! No sábado a noite (13/05) foi realizado uma noite super especial com todas as Mães e familiares do Clã, onde rolou bolos e salgad...
    Há 5 meses
  • -

Arquivo do Blog