28 de fevereiro de 2010

Segurança em condomínios requer mudança de hábitos

Constantemente os noticiários apresentam informações sobre o aumento da criminalidade e da violência. Algumas situações de furto e assaltos já estão sendo banalizadas e sequer provocam algum tipo de reação das pessoas, pois se tratam de apenas mais uma contravenção. Algumas pessoas preocupadas com a segurança própria e familiar começaram a buscar os condomínios, por se tratarem de imóveis com menos exposição e maior dificuldade de acesso para os bandidos. No entanto, com os altos índices de criminalidade, até mesmo os condomínios tem sido alvo dos ladrões.

O presidente do Sindicato do Mercado Imobiliário – Secovi/Oeste -, Paulo Jorge Lise, alerta aos moradores de condomínios que as questões de segurança podem ser garantidas com a mudança de alguns hábitos por parte de todos os condôminos. “Existem situações nos condomínios que expõe os moradores a riscos desnecessários. A segurança deve ser responsabilidade de todos. Síndicos, moradores e funcionários devem fazer cada um a sua parte”, adverte Lise.O presidente diz que é imprescindível que todos respeitem as normas pré-estabelecidas de segurança. segurocond

Nos condomínios onde existe a figura do porteiro, é importante que o profissional não abra o portão da garagem apenas ao identificar o carro, sem verificar quem está no interior do veículo; não deixe a portaria vazia, sem a cobertura de um substituto e ainda tomar cuidados com equipamentos de som e imagem, como rádios e televisão, que podem tirar a atenção do porteiro. Quanto houver monitoramento por câmeras, e os moradores tem acesso as imagens, elas devem ser observadas antes de sair da unidade (apartamento/casa).

Quanto aos moradores, Lise adverte que ao chegar no condomínio eles devem observar se há estranhos nas imediações; evitar entrar no prédio juntamente com visitantes de outras unidades que aguardam no portão, e nunca autorizar o porteiro que libere antecipadamente a entrada de uma visita que ainda não chegou. “Outra orientação importante é que os moradores nunca deixem as chaves do imóvel ou do veículo na portaria para que sejam entregues a outra pessoa”, afirma.

Lise também chama a atenção de moradores que repreendem funcionários/porteiros que cumprem as normas de segurança. “O porteiro é um profissional que deve ser instruído a cumprir normas, e não significa que por ser funcionário, pode descartar uma regra para atender a vontade de um morador, colocando em risco a segurança dos demais condôminos”, alerta Lise.

Fonte: MARCOS A. BEDIN

MB Comunicação Empresarial/Organizacional

mb@mbcomunicacao.com.br

Blog Widget by LinkWithin

Um comentário:

  1. A segurança do condomínio deve ser realizada em um trabalho conjunto dos moradores, funcionário e do sindico.As regras de segurança devem ser bem definidas e seguidas, sem exceção.
    www.adecoll.com.br

    ResponderExcluir

Deixe aqui seu recado.

Recomendo

  • Projeto Valença Troca Livros - Aguardem! Em novembro! Vem aí o *"Projeto Valença Troca Livros"* Sem custo algum, apenas doação, amor. Já tenho alguns livros *livros* para serem trocados...
    Há 4 dias
  • - Cheiro de Goiaba - Mais uma participação da escritora, historiadora *Urda Alice Klueger, *Comentando o seu primeiro dia de aula, na Rua da Glória antiga Escola São José, e q...
    Há 2 semanas
  • - Noite da Família no Clã! No sábado a noite (13/05) foi realizado uma noite super especial com todas as Mães e familiares do Clã, onde rolou bolos e salgad...
    Há 5 meses
  • -

Arquivo do Blog