22 de junho de 2011

Nunca as empresas ganharam tanto com o marketing de esportes

Se há um fenômeno capaz de parar o mundo inteiro em torno de um mesmo espetáculo é o esporte, que atrai multidões de todas as classes sociais. Há alguns anos, o futebol era o mais visto e o mais comentado. No entanto, algumas outras modalidades vêm se destacando, conquistando torcedores em muitos países, como é o caso do vôlei. Mas a que se deve esse aumento de seguidores? De acordo com o professor doutor Francisco Paulo de Melo Neto, da Universidade Federal do Rio de Janeiro, as empresas aprenderam a investir no marketing esportivo e começam a alcançar um público cada vez mais fiel.

Neto palestrou para os profissionais do esporte e estudantes do curso de Educação Física da Unoesc Chapecó, na última semana, com o tema “Gestão e marketing na atividade física”. O palestrante fez um comparativo entre a gestão pública do esporte e a privada. “O governo aprendeu a fazer o marketing público do esporte, mas cede às pressões das entidades privadas, principalmente da Fifa”, disse. Destacou também que no Brasil não existe um projeto para formar atletas e citou como exemplo a Inglaterra. Até 2020, o plano nacional daquele país prevê que 70% da população ativa participar de alguma prática espormarketingesptiva.

“Além de incentivar a prática do esporte, é preciso tornar o evento em um espetáculo. É aí que entra o marketing”, disse o palestrante. Para isso, é preciso levar em consideração algumas questões: quais são os maiores concorrentes, como melhorar o produto, quais são os segmentos atendidos e quais são as fontes de receitas? “O futebol tem muitos campeonatos e, por isso, está sempre em evidência. Além disso, produz astros o tempo todo. O vôlei mudou as regras e alcançou mais espaço. O esporte deve ser visto como produto”, enfatizou.

Na avaliação do palestrante, há espaço para o mercado esportivo, basta que as empresas criem ações para conquistar o consumidor. Há o mercado dos praticantes, dos espectadores, dos consumidores de produtos e serviços esportivos e ainda dos telespectadores, internautas, ouvintes e usuários de celulares. “Nunca as empresas ganharam tanto com o marketing de esportes como agora e poderão crescer ainda mais”, concluiu.

A coordenadora do curso, professora Sandra Rogéria Oliveira, defendeu que essa é uma temática ampla que deve ser discutida de forma que os profissionais da área possam visualizar a evolução do marketing esportivo. “O processo de globalização e a diminuição das fronteiras frente às novas tecnologias vêm afetando a cultura das organizações esportivas no Brasil, criando tensões nos sistemas federativos esportivos, induzindo mudança, inclusive, na legislação esportiva”, complementou.

Após a palestra, foi realizada uma mesa de debates sobre Conquistas e desafios do esporte na região. Participaram das discussões o vereador e apresentador esportivo, Sergio Badá Badalotti, o representante da Fesporte, Lenoir de Oliveira, o presidente da Associação Amigos do Handebol, Adriano Tonim, o secretário municipal de Esporte, Clóvis Marinello, e o gerente regional do Sesi, Laércio Grigolo.

Fonte: MARCOS A. BEDIN

MB Comunicação Empresarial/Organizacional

mb@mbcomunicacao.com.br

Blog Widget by LinkWithin

2 comentários:

  1. Realmente,dá para ganhar bastante $$$ com o esporte.Basta as empresas abrirem os olhos...Mas infelizmente ainda não perceberam isso, que o Brasil não é só futebol.Temos grandes atletas porém como não há patrocinadores o Brasil não consegue participar de muitos torneios pelo mundo afora.Empresários: abram os olhos e invistam no esporte.

    ResponderExcluir
  2. Esporte é saúde, venha participar de um esporte que é uma filosofia de vida. Venha voar de asa delta, acesse www.jpvoo.com ou www.asadeltabrasil.com

    ResponderExcluir

Deixe aqui seu recado.

Recomendo

  • Projeto Valença Troca Livros - Aguardem! Em novembro! Vem aí o *"Projeto Valença Troca Livros"* Sem custo algum, apenas doação, amor. Já tenho alguns livros *livros* para serem trocados...
    Há uma semana
  • - Cheiro de Goiaba - Mais uma participação da escritora, historiadora *Urda Alice Klueger, *Comentando o seu primeiro dia de aula, na Rua da Glória antiga Escola São José, e q...
    Há 2 semanas
  • - Noite da Família no Clã! No sábado a noite (13/05) foi realizado uma noite super especial com todas as Mães e familiares do Clã, onde rolou bolos e salgad...
    Há 5 meses
  • -

Arquivo do Blog