16 de outubro de 2010

Um novo olhar sobre a carne suína

Quem passou pelo estande do Sebrae/SC e da Associação Catarinense de Criadores de Suínosd(ACCS), durante a feira ACATS (Associação Catarinense de Supermercados), realizada nesta semana, nos pavilhões do Parque de Exposições Tancredo de Almeida Neves, em Chapecó, teve a oportunidade de degustar diferentes receitas à base de carne suína, preparadas pelo chef de cozinha, Daniel Furtado. Furtado é responsável pelos cortes diferenciados de carne suína que estão entrando no mercado e trabalha há cinco anos para a Associação Brasileira de Criadores de Carne Suína (ABCS).

A degustação de carne suína no estande é uma ação da campanha “Um novo olhar sobre a carne suína”, que faz parte do Projeto Nacional de Desenvolvimento da Suinocultura (PNDS), criado neste ano pela ABCS, Sebrae e Confederação Nacional de Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA). Em Santa Catarina, o projeto é de responsabilidade da ACCS e do Sebrae/SC.

Mesmo sendo o quarto maior produtor e exportador mundial de carne suína o Brasil é um dos países que menos a consomem. “Um dos principais problemas é que se conhecem apenas três cortes da carne suína: lombo, costela e paleta”. Mas, há possibilidade de se obter mais de 40 cortes diferentes”, explica o gestor regional do PNDS, Valdir Airton Ramthum. O presidente da ACCS, Losivanio Luiz de Lorenzi, complementa que “o foco é mostrar que a carne in natura é de qualidade, apresentar os novos cortes que são destinados ao consumo diário e, com isso, aumentar as vendas desse produto”.

A ação na feira, conta com a parceria dos frigoríficos Varpi de Concórdia e Frigolaste de Seara, que apresentam seus produtos com cortes diferenciados.

O PNDS visa ampliar a participação da carne suína no consumo dos brasileiros através de ações que oportunizam trabalhar a estabilidade econômica do produto. Além de degustação, são oferecidas cartilhas e livretos de receitas, com informações de ordem nutricional. A coordenadora do PNDS, Lívia Machado, explica que o projeto pretende aumentar dois quilos a mais no consumo de carne suína por pessoa ao ano. Os resultados dessa iniciativa representam 12 mil novos empregos diretos na produção; 60 mil novos empregos diretos e indiretos na cadeia produtiva; 14 mil profissionais capacitados em processamento de cortes suínos e novas tecnologias aplicadas às indústrias, ao comércio e à produção.

O projeto está em andamento no Distrito Federal, Espírito Santo, Goiás, Minas Gerais, Paraná, Rio Grande do Sul e Santa Catarina. Lívia Machado reforça que a “Campanha um novo olhar sobre a carne suína” já foi apresentada em 20 supermercados nestes sete Estados, oportunizaram a capacitação de 3 mil pessoas entre cursos de cortes, palestras e oficinas para alunos de medicina e nutrição. “Os resultados já estão aparecendo no aumento das vendas de frigoríficos e na participação de mais de 600 mil pessoas em feiras”, salienta.

Os investimentos são da ordem de R$ 9 milhões em três anos. Os recursos são aplicados na geração de conhecimento, na produção, industrialização e, principalmente na área de comercialização do produto.

cheffDanielChef Daniel Furtado foi o responsável pela preparação da carne suína oferecida aos visitantes

 

Por: MARCOS A. BEDIN

MB Comunicação Empresarial/Organizacional

mb@mbcomunicacao.com.br

Blog Widget by LinkWithin

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui seu recado.

Recomendo

  • Projeto Valença Troca Livros - Aguardem! Em novembro! Vem aí o *"Projeto Valença Troca Livros"* Sem custo algum, apenas doação, amor. Já tenho alguns livros *livros* para serem trocados...
    Há 2 dias
  • - Cheiro de Goiaba - Mais uma participação da escritora, historiadora *Urda Alice Klueger, *Comentando o seu primeiro dia de aula, na Rua da Glória antiga Escola São José, e q...
    Há uma semana
  • - Noite da Família no Clã! No sábado a noite (13/05) foi realizado uma noite super especial com todas as Mães e familiares do Clã, onde rolou bolos e salgad...
    Há 5 meses
  • -

Arquivo do Blog