8 de fevereiro de 2012

Atividades físicas beneficiam também o cérebro

Pesquisas recentes indicam que além de tonificar músculos, melhorar a capacidade respiratória e tornear o corpo, os exercícios físicos são excelentes para a saúde do cérebro. Entre os benefícios pode ser citado o desenvolvimento de novos neurônios em uma região responsável pela memória, o hipocampo. Regiões cerebrais ligadas à cognição e ao raciocínio também são beneficiadas com a prática esportiva.

“Os exercícios físicos contribuem para o bombeamento de sangue, fazendo com que mais oxigênio seja liberado para as células da massa cinzenta e para o todo o corpo”, explica a fisioterapeuta Mariana Pinheiro Dias da Reichmann Ortopedia de Chapecó.

Segundo a fisioterapeuta, quem faz exercícios físicos regularmente tem menor risco de sofrer AVCs (acidentes vasculares cerebrais). As atividades aeróbicas também estimulam a criação de novos neurônios e aumentam a capacidade de interação entre eles.AtivFisica

Mariana destaca que o Pilates é uma excelente alternativa para pessoas de qualquer idade. Os exercícios desse método combinam respiração e movimento e são praticados por aparelhos com molas, elásticos ou bolas, promovendo níveis variados de resistência, centrados na melhora da flexibilidade e da força, sem hipertrofiar os músculos. “O método garante excelente forma física, molda o corpo e reduz medidas, sem causar exaustão e sem o risco de lesões” acrescenta. Para atingir os benefícios e ter uma melhor eficácia na série de atividades, essa técnica utiliza seis princípios: concentração, respiração, alinhamento postural, controle de centro (abdomen), eficiência e fluência de movimento.

O objetivo do Pilates é reforçar o centro de energia, que é o centro de gravidade do corpo, formado pela pélvis, glúteos, abdômen e quadris, o que permite aliviar as tensões de outras regiões do corpo, como pernas, joelhos, ombros, pescoço e coluna. Algumas pessoas sentem o resultado logo após as primeiras aulas, com o aumento do tônus muscular e da flexibilidade. Os exercícios são adequados às necessidades dos praticantes e podem ser feitos por qualquer pessoa, de qualquer idade com bom condicionamento físico ou não.

A fisioterapeuta indica o método Pilates no tratamento de dores crônicas, artrose, artrite, fibromialgia, desvios posturais (escoliose, hiperlordose e cifose), patologias da coluna como hérnia de disco, osteoporose, entre outros, e também para aqueles que querem ter uma coluna saudável e um corpo flexível e elegante.

Fonte: MARCOS A. BEDIN

MB Comunicação Empresarial/Organizacional

mb@mbcomunicacao.com.br

Blog Widget by LinkWithin

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui seu recado.

Recomendo

  • Projeto Valença Troca Livros - Aguardem! Em novembro! Vem aí o *"Projeto Valença Troca Livros"* Sem custo algum, apenas doação, amor. Já tenho alguns livros *livros* para serem trocados...
    Há 4 dias
  • - Cheiro de Goiaba - Mais uma participação da escritora, historiadora *Urda Alice Klueger, *Comentando o seu primeiro dia de aula, na Rua da Glória antiga Escola São José, e q...
    Há 2 semanas
  • - Noite da Família no Clã! No sábado a noite (13/05) foi realizado uma noite super especial com todas as Mães e familiares do Clã, onde rolou bolos e salgad...
    Há 5 meses
  • -

Arquivo do Blog