21 de março de 2010

O tema sustentabilidade vai além do ambiental

A sustentabilidade em uma organização, e até mesmo em um país, está relacionada, atualmente, somente a questão ambiental. Mas a nova realidade mundial não segue apenas este indicativo. Para o PhD Sérgio Trindade, co-laureado com o prêmio Nobel da Paz em 2007, que palestrou no Agrogestão sobre sustentabilidade e os riscos e oportunidades do agronegócio no mundo sustentável, o tempo é de mudanças nos conceitos.

Segundo Trindade, o agronegócio precisa ser pensado de forma sustentável assim como as empresas. No entanto o conceito deve contemplar três divisões: econômico, social e ambiental. “O agronegócio precisará satisfazer critérios de sustentabilidade para ter acesso aos mercados”, diz.

Os novos conceitos a serem contemplados precisam indicar se a parte econômica é rentável, o social precisa promover a cultura, educação e empregos melhor remunerados e o por fim o fator ambiental, onde a melhoria da qualidade local e do meio ambiente precisam ser considerados.SergioTrindade

Modelos que já são utilizados até mesmo em projetos de gestão de riscos, onde as empresas ou agricultores pensam quais são as dificuldades que podem inviabilizar a produção para antecipadamente pensar em alternativas estratégicas. “Agronegócio é desafio de criar novas alternativas de projetos e modelos de negócios”, afirma Trindade.

“As oportunidades de crescimento no agronegócio são grandes”, completa Trindade. Argumenta ainda que é preciso pensar a atividade levando em consideração a natureza do negócio, e posteriormente pensar as opções de planejamento. Tudo de forma sustentável, levando em consideração os níveis econômicos, sociais e ambientais.

O público jovem pode ser atraído pelo agronegócio quando começar a desenvolver políticas de sustentabilidade. A possibilidade poderá acontecer porque segundo o palestrante, o jovem é atraído por novidades e assuntos relacionados a responsabilidade social. “O jovem é sensível e preocupado com a causa. Se os preceitos de sustentabilidade acontecerem no agronegócio, acho que os jovens vão gostar mais da atividade,”completa.

“A matriz energética brasileira é peculiar, 50% é renovável e a outra metade não”. A informação pode ser comparada com a contribuição do país ao aquecimento da camada de ozônio, assunto polêmico e contraditório comentado por outros palestrantes. “A fonte de gases de efeito estufa são produzidos pela destruição da floresta Amazônica, conclui.

Fonte: MARCOS A. BEDIN

MB Comunicação Empresarial/Organizacional

mb@mbcomunicacao.com.br

Blog Widget by LinkWithin

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui seu recado.

Recomendo

  • Projeto Valença Troca Livros - Aguardem! Em novembro! Vem aí o *"Projeto Valença Troca Livros"* Sem custo algum, apenas doação, amor. Já tenho alguns livros *livros* para serem trocados...
    Há 5 dias
  • - Cheiro de Goiaba - Mais uma participação da escritora, historiadora *Urda Alice Klueger, *Comentando o seu primeiro dia de aula, na Rua da Glória antiga Escola São José, e q...
    Há 2 semanas
  • - Noite da Família no Clã! No sábado a noite (13/05) foi realizado uma noite super especial com todas as Mães e familiares do Clã, onde rolou bolos e salgad...
    Há 5 meses
  • -

Arquivo do Blog