7 de outubro de 2012

Cápsulas de café especial

A barista Georgia Franco de Souza, proprietária da Lucca Cafés Especiais, de Curitiba, quer democratizar o segmento com uma nova oferta de blends no mercado brasileiro. Para isso, está lançando cápsulas de cafés especiais de origem no 7º Espaço Brasil Café, a maior feira do setor. Compostas por grãos recém-torrados e artesanais, as invenções da empresária são compatíveis ao sistema de máquinas da marca Nespresso e 30% em média mais baratas do que as da grife sediada na Suíça.

Cada lote de cápsulas terá a descrição do café, esclarecendo qual a sua região de origem, fazenda produtora, características de sabor e data de embalagem. Criada há 10 anos, a Lucca foi a primeira cafeteria no Brasil especializada em cafés especiais.

A história de Georgia se confunde com a de milhares de empreendedores no Brasil. Ex-professora e funcionária da Pontificia Universidade Católica do Paraná, ela deixou a carreira para investir em um negócio que lhe rendesse prazer além de dinheiro. Depois de estudar fora do país, dedicou-se à representação de uma marca de café brasileiro no exterior.

Com o conhecimento adquirido, procurou o Sebrae no Paraná e participou do Empretec – programa que tem por objetivo desenvolver nos participantes características e comportamentos empreendedores. “Com o meu conhecimento e o curso, foi mais fácil elaborar um projeto e levantar recursos no Banco do Brasil".café

Os R$ 50 mil financiados foram usados para comprar um torrador, uma máquina de extração e uma de lavar pratos. O pouco dinheiro restante veio de recursos próprios. “Começamos vendendo cinco tipos de cafés. Nós fomos um marco entre o café de graça e o cobrado. Na época, as pessoas, ao consumir, recebiam um cafezinho de brinde”, afirma a proprietária.

O sucesso atraiu donos de restaurantes e hotéis, que passaram a comprar o café torrado. “Não queria ter apenas uma cafeteria, mas levar ao meu cliente uma experiência diferente”. A Lucca Cafés Especiais emprega 35 pessoas e vende 120 quilos de café na loja. Para hotéis e restaurantes, chega a repassar 2 mil quilos por mês.

“Meu sonho agora é ver a população ter informação e acesso a estes blends especiais. Quero disseminar o conceito de que é preciso tomar um café fresco (recém-torrado) e consumir não em quantidade, mas em qualidade, com certificação e selos de origem”, diz Georgia.

Para atender o público em todo o país, a Lucca criou uma loja virtual, que oferece as cápsulas e outros produtos diferenciados.

Fonte: Agência Sebrae de Notícias

Blog Widget by LinkWithin

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui seu recado.

Recomendo

  • Projeto Valença Troca Livros - Aguardem! Em novembro! Vem aí o *"Projeto Valença Troca Livros"* Sem custo algum, apenas doação, amor. Já tenho alguns livros *livros* para serem trocados...
    Há 4 dias
  • - Cheiro de Goiaba - Mais uma participação da escritora, historiadora *Urda Alice Klueger, *Comentando o seu primeiro dia de aula, na Rua da Glória antiga Escola São José, e q...
    Há 2 semanas
  • - Noite da Família no Clã! No sábado a noite (13/05) foi realizado uma noite super especial com todas as Mães e familiares do Clã, onde rolou bolos e salgad...
    Há 5 meses
  • -

Arquivo do Blog